Citações a 'deus' preocupam senador porque eleição não instituiu uma República teocrática

Um usuário do Twitter rebateu a crítica do senador não reeleito Roberto Freire de que a evocação a Deus tem sido exagerada por parte de alguns ministros de Bolsonaro, principalmente pela pastora Damares Alves.

Ricardo Melo Junior (@ricardomelojr1) alegou que “quem votou estava, ou deveria estar, consciente da reunião entre igreja e poder político”.

Freire (@freire_roberto) respondeu que o uso da “expressão deus” é comum na política, mas em “nenhum momento do processo eleitoral foi discutida a hipótese de que iríamos nos transformar em uma República teocrática”.


Com informação do Twitter.



Aviso de novo post por e-mail

Por que Estado laico interessa mais aos cristãos que aos ateus

Congresso não pode ter bancada religiosa, diz procuradora

Congresso não pode ter bancada religiosa, diz procuradora




Políticos adotam pregação de pastores, e Estado laico tende a desaparecer


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

  1. O dia em que eu ficar sem mencionar o nome de Deus, eu morri, pois Deus está comigo o tempo todo e eu Amo DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Se Deus não existe, é melhor se matar, pois morto não fala e não ouve sobre Deus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site