Justiça de Goiás indefere pedido para tirar João de Deus da prisão

A Justiça de Goiás negou hoje (18 de dezembro de 2018) o pedido de habeas corpus a João de Deus, que foi preso por tempo indeterminado sob a suspeita de ter abusado de centenas de mulheres.

Polícia Civil fez
 uma deligência na
Casa de Dom Inácio

João de Deus está preso no Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia desde domingo (16 de dezembro de 2016).

João de Deus nega as acusações e diz que é inocente.

Na tarde desta terça-feira, equipes da Polícia Civil de Goiás realizaram diligência na Casa Dom Inácio de Loyola.

A Justiça autorizou também busca e apreensão em mais de 20 endereços ligados ao líder espiritual.

Com informação da Agência Brasil e de outras fontes.



Aviso de novo post por e-mail

Já existem 506 relatos de mulheres que acusam João de Deus de abuso

João de Deus sacou R$ 35 milhões após as primeiras denúncias de abuso

Número de vítimas de João de Deus deve superar o de Roger Abdelmassih




Mulheres de pelos menos seis países acusam João de Deus de abuso


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site