Grupo LGBT critica o papa por insinuar que homossexualidade é doença

por Congresso em Foco

A Aliança Nacional LGBTI+ criticou o papa Francisco por recomendar “psiquiatria para homossexualidade na infância”.

Francisco disse em entrevista que os pais podem recorrer à psiquiatria quando detectarem sinais de homossexualidade nas crianças.

“Quando é observado a partir da infância, há muito o que pode ser feito por meio da psiquiatria para ver como são as coisas. É outra coisa quando se manifesta depois dos 20 anos.”

Para a Aliança Nacional LGBTI+, o papa “parece ter usurpado o papel da Organização Mundial da Saúde, ou se dar o direito de insinuar que os homossexuais são doentes mentais”.

Desde 1990, a OMS não considera a homossexualidade como doença.


“O papa Francisco, o Vaticano e os sacerdotes mais reacionários da Igreja Católica fariam bem para a humanidade se seguissem estes preceitos em relação aos homossexuais, tratando-os da mesma forma que qualquer outra pessoa, em vez de tratá-los ora como pecadores a serem queimados na fogueira da Inquisição, ora como doentes a serem tratados por psiquiatras”, disse a Aliança em nota.

Após a entrevista, o Vaticano disse que o chefe da Igreja foi mal-interpretado. “Quando o papa se refere à ‘psiquiatria’, é claro que ele faz isso como um exemplo que entra nas coisas diferentes que podem ser feitas”, disse o porta-voz.

Segundo a associação, 626 pessoas LGBTI+ são filiadas à Aliança em todo o Brasil e 20,5% delas se consideram católicas.

A Aliança lembra ainda os escândalos envolvendo padres em casos de pedofilia e pede que a Igreja foque nos “problemas internos” em vez da “sexualidade alheia”. “Chega de discriminação institucional!”, pede.


Sucessão de abusos mostra que a Igreja Católica está moralmente falida

Arcebispo acusa papa Francisco de acobertar cardeal americano pedófilo

Enviado do papa investiga denúncias de pedofilia envolvendo bispo brasileiro




Anúncio de ateus no NYT sugere que é hora de os católicos deixarem a Igreja

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site