Templo da Universal em Angola sofre tentativa de roubo de R$ 200 mil


Autoridade
estranhou a quantia
não estar em
um banco

Quatro homens tentaram roubar no dia 6 de maio de 2018, um domingo, 13 milhões de kwanzas, equivalentes a 200 mil reais, do cofre do templo da Igreja Universal de Kilamba, na Grande Luanda, Angola.  

A polícia impediu o roubo e prendeu dois dos quatro suspeitos. Pelo menos dois deles seriam seguidores da Universal.

A Universal não deu uma explicação para ter no templo tanto dinheiro em espécie.


Francisco Castro Maria, diretor do Instituto para Assuntos Religiosos, um órgão estatal, estranhou o fato de a Igreja não ter depositado a quantia em um banco.

“Esses valores, acredito, são um esforço titânico dos fiéis e membros dessa igreja”, disse.

“Guardar [o dinheiro] na igreja é um risco e não obedece a normas modernas de conservação e manutenção do próprio dinheiro”, acrescentou.

“O lugar ideal seria no banco.”

A Universal tem outro templos em Angola, como mostra o mapa.


Com informações de O Pais, Nova África e outras fontes e foto de divulgação.


Universal tirou ilegamente dólares de Angola, diz ex-bispo

Em Moçambique, Universal é chamada de 'Igreja dos Ladrões'

Universal cresce na África com promessas de prosperidade




A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários