Por que evangélicos tradicionais não reagem aos neopentecostais? Eis uma explicação


Teologia da
prosperidade
seduz cada vez
 mais pessoas

[opinião]

Eu sempre me pergunto por que as igrejas evangélicas tradicionais não reagem ao avanço do neopentecostalismo na sociedade, permitindo que os defensores da tal de teologia da prosperidade expropriem o significado genérico da palavra “evangélico”.

Ismael de Vasconcelos Ferreira, professor de Ciência da Religião, fornece uma possível explicação: os pentecostais não se opõem aos seus dissidentes porque eles próprios estão aderindo ao neopentecostalismo, valorizando o imediatismo, pragmatismo e antropocentrismo.

Ao analisar as transformações pelas quais a Assembleia de Deus tem passado, Ferreira escreveu a tese de pos-graduação “Neopentecostalização do pentecostalismo clássico”.

Ele concluiu que cada vez mais evangélicos tradicionais estão aceitando a pregação de que não se deve crer “no melhoramento do mundo a partir da promoção do evangelho, mas no melhoramento do mundo para os evangélicos”.

Quem acompanha as atividades dos parlamentares evangélicos, observo, já percebeu isso.

Íntegra da tese de Ismael Ferreira.


Deputado quer estender isenção fiscal às entidades das igrejas

Avanço evangélico é tragédia anunciada, afirma Sottomaior




Evangélicos querem se impor como os islâmicos, diz jornal

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

  1. É o mesmo motivo pelo qual muçulmanos/católicos/judeus moderados jamais criticam os extremistas: porque esses cães raivosos fazem o serviço sujo da fé, permitindo que os outros possam posar de bons moços, fingindo ser progressistas.

    ResponderExcluir
  2. Silas #MalafaiaGOLPISTA Chama Caminhoneiros De Aproveitadores E Pede Prisão Para Grevistas!
    http://www.maqlserv.com/2018/05/silas-malafaia-chama-caminhoneiros-de.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site