Pular para o conteúdo principal

Fiéis não acreditam que pastor tenha estuprado e matado filho e enteado


George Alves
 teve de
cortar a barba
 na prisão

Os seguidores do pastor George Alves (foto) não acreditam que ele tenha estuprado e matado o seu filho Joaquim, 3, e o enteado Kauã, 6.

A polícia prendeu preventivamente o pastor, que era o responsável pela Igreja Batista Vida e Paz, no bairro Interlagos, em Linhares, Espírito Santo [mapa abaixo].

De acordo com o site A Gazeta, daquele Estado, fiéis estão defendendo o pastor na rede social e em conversas com amigos e parentes.

Uma pessoa chamou a atenção para o fato de o pastor não ter confessado o crime e que tudo é invenção da polícia.

A pastora Juliana Salles, mulher de George, e o pastor Rodrigo Felix também não acreditam nas acusações da polícia.

Uma das provas apresentada pela polícia foi o sêmen no ânus das crianças. 



Pastor acusado de matar filho e enteado tinha falado em ‘propósito eterno’

Princípios satânicos têm moral superior a dos 10 Mandamentos




Edir Macedo admite que oração não serve para nada

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Posts mais acessados na semana

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Bolsonaro fica irritado com aprovação da CoronaVac que vai salvar vidas

Aprovação da CoronaVac significa duro golpe no bolsonarismo

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil