Pular para o conteúdo principal

Escola afasta professora por aula sobre religião de matriz africana

Maria Firmino
registrou B.O.;
há suspeita de
proselitismo 

A Escola de Educação Infantil e Fundamental Tarcila Cruz de Alencar, de Juazeiro do Norte (CE) [mapa abaixo], afastou a professora de história Maria Firmino (foto), 42, dos alunos após ela ter dado aula sobre religiões de matriz africana.

Designada para serviços burocráticos, Firmino, que segue uma dessas religiões, acusa a direção da escola, servidores, pais e alunos de intolerância religiosa.

De acordo com B.O. da professora na polícia, no dia em que ela deu a aula, em 20 de abril de 2018, três estudantes manifestaram descontentamento, com suposta simulação de mal-estar.

Depois, na rua, parentes de alunos gritaram para a professora ‘sai Satanás’, ‘vou pegar essa feiticeira’ e ‘ninguém pode mais do que Deus’.

Trata-se de bordões típicos de evangélicos neopentecostais.

Mãe de uma ex-aula teria dito que a religião da professora é 'demoníaca', conforme está relatado o B.O.

A Secretaria da Educação de Juazeiro diz não ter sido informada de nada, mas a professora afirma que a titular da pasta, Maria Loreto, teve uma reunião com a direção da escola para tratar do assunto.

Se a professora se valeu da obrigatoriedade de falar sobre "patrimônio material, imaterial e natural de matriz africana”, de acordo com o currículo escolar, para proselitismo de sua religião, ela deveria ter sido advertida pela direção da escola para que respeitasse a laicidade de Estado.

Mas, se fosse uma professora evangélica ou católica fazendo pregação, provavelmente nada teria acontecido com ela.



Com informação do G1 e de outras fontes e fotos de divulgação.

Professores evangélicos vetam a cultura afro, diz pesquisadora

Professores impõem suas crenças em escolas laicas




A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Bolsonaro fica irritado com aprovação da CoronaVac que vai salvar vidas

Aprovação da CoronaVac significa duro golpe no bolsonarismo

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil