TJs têm perda acelerada de fiéis em países desenvolvidos, relatam ex-seguidores


Congregações não
 conseguem lotar
seus salões na Europa,
 Canadá e Estados Unidos

Ex-Testemunhas de Jeová informam que o número de fiéis da religião está caindo em países europeus, Canadá e Estados Unidos.

A Igreja estaria em crescimento somente em países pobres ou nos em desenvolvimento, como Brasil e México.

Os dirigentes das TJs não divulgam dados detalhados de seus fiéis por país. Oficialmente, eles não admitem perda de fiéis.

Contudo, ex-TJs relatam que suas antigas congregações estão ficando cada vez mais vazias.

Uma neozelandesa, por exemplo, conta que em 1991 o salão que frequentava tinha 250 cadeiras que eram ocupadas rapidamente nos dias de reunião. Atualmente, segundo ela, são ocupadas 60, no máximo.


Ex-TJs dos Estados contam que há congregações vendendo seus salões, substituindo-os por outros menores.

Tem havido também fusão de congregações.

Todas as religiões organizadas perderam fiéis nas últimas décadas em países desenvolvidos,  onde a secularização mais tem avançado.

As Testemunhas de Jeová estariam perdendo fiéis mais rapidamente por causa da discriminação da Igreja a ex-seguidores (e familiares de fiéis) e pela proibição de transfusão de sangue.

Há também o vazamento de casos de pedofilia por parte de anciões (sacerdotes) em vários países e a popularização da internet e consequente aumento de informações e questionamentos a dogmas religiosos.

Um ex-seguidor escreveu: “Pode ser que demore trinta anos, quarenta ou mais. Mas um dia as Testemunhas de Jeová vão se transformar em uma seita de fundo de quintal”.

Com informação do Reddit e de outras fontes.


Com oposição da mãe Testemunha de Jeová, transfusão salva bebê

Testemunhas de Jeová experimentam do próprio veneno, a intolerância




A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

  1. Olá Paulo! Você conhece ou já foi Tjeová? eldv.org@gamil.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site