Pular para o conteúdo principal

Polícia prende uma gang de desvio de dízimos. E as outras?


Dinheiro
fácil e farto
para pastores

A Polícia, de Goiás, prendeu um bispo e padres sob a acusação de desvio de dízimo. 
É uma notícia inusitada, surpreendente, por dois motivos:

Primeiro: desta vez, a decretação de prisão de sacerdotes católicos não se deve a suspeita de pedofilia.

Segundo: em um país em que líderes religiosos ficam milionários milagrosamente, do dia para a noite — para constatar isso basta olhar o seu estilo de vida —, a prisão de uma única gang de desvio de dízimo é pouco, muito pouco.

Quando as outras, principalmente as grandes gangs, serão presas?


CNBB diz surpreendida com desvio de dízimo e pede oração



A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos