Polícia prende gang de batina. Abra a caixa preta, Igreja Católica!


Bispo Ronaldo
é apontado como
o chefão

A Polícia Civil de Goiás prendeu hoje (19 de março de 2018) o bispo José Ronaldo (foto), de Formosa [mapa], quatro padres, um vigário-geral, um monsenhor dois funcionários administrativos da Igreja Católica.

De acordo com denúncias de fiéis e do Ministério Público de Goiás, a gang da batina desviou mais de R$ 2 milhões da coleta de dízimo, da oferta e do pagamento de batizado, casamento e festas.

A gang usou o dinheiro para comprar fazenda de gado, casa lotérica e carros de luxo.


Como a contabilidade das igrejas são caixas pretas, embora as religiões devessem prestar conta aos contribuintes, porque desfrutam de imunidade tributária, esse tipo de delito raramente chega ao noticiário.

A Igreja Católica defende o combate ao desvio de recursos, a corrupção, mas ela deveria ir além das palavras, dando exemplo com a determinação da abertura das caixas pretas das paróquias, diocese e CNBB.

A Igreja deveria seguir um tal de Jesus, que disse ser “a verdade”.

Com informação do G1 e de outras fontes e foto de reprodução.


Dezoito pastores são suspeitos de dar o golpe da pirâmide



A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Busca neste site