Igreja do Santo Sepulcro fecha porque não quer pagar imposto


Lugar onde
Jesus teria
sido sepultado

As igrejas cristãs que administram a Igreja do Santo Sepulcro de Jerusalém fecharam o local no dia 26 de fevereiro de 2018, em protesto à cobrança por Israel do imposto sobre bens imóveis. 

Elas alegam perseguição do governo israelense aos cristãos, porque, argumentam, o santuário estava isento do imposto havia décadas.


O Santo Sepulcro é onde Jesus teria sido sepultado, de acordo com a tradição cristã.

Os administradores da igreja poderiam arrecadar dos milhares de turistas que visitavam o local o dinheiro para o pagamento de impostos. Simples assim.

O cancelamento da isenção do imposto contém um simbolismo para o qual o mundo laico deve prestar atenção.

Se a Igreja do Santo Sepulcro tem de pagar imposto, todas as demais também.

Jesus disse que “Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.

Com informação das agências.




Igreja tem de pagar imposto porque é negócio, diz Villa

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

  1. a informacao esta incompleta. eles nao querem cobrar imposto da igreja. querem cobrar imposto do HOTEL da igreja, que tambem nao paga imposto. :D

    ResponderExcluir

Postar um comentário