Pular para o conteúdo principal

Principal conselheiro do papa recebe R$ 183,5 mil por mês


Maradiaga é defensor
 de uma 'Igreja pobre'

O cardeal Oscar Maradiaga (foto), o principal conselheiro do papa Francisco, vinha recebendo por mês 35 mil euros por mês da Universidade Católica de Tegucigalpa, em Honduras.

A quantia equivale a R$ 138,5 mil, considerando que um euro tenha o valor de R$ 3,96, conforme cotação de dezembro de 2017.

Assim como Francisco, o hondurense Maradiaga é defensor de uma “Igreja pobre”.


As informações são do jornalista italiano Emiliano Fittipaldi. 

Na revista L’Espresso, ele conta que o papa mandou apurar o caso, diante da informação de que o Tribunal de Contas de Honduras está investigando a transferência de grandes somas de dinheiro de fundações católicas para Maradiaga.

O cardeal continua em atividades. Até agora, ele não se manifestou sobre a denúncia.

Além de conselheiro de Francisco, Maradiaga é coordenador do poderoso Colégio de Cardeais. 

Com informação da L’Espresso e foto de divulgação.




Papa Francisco defende o Estado laico, só que não

Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico

O dia em que Bill Gates, defensor da ciência, previu a pandemia, em 2015