Pular para o conteúdo principal

Ministra dinamarquesa divulga caricatura de Maomé-bomba


Tela do smartphone de Inger 

A ministra da Dinamarca Inger Støjberg, da Integração, publicou em seu perfil no Facebook uma captura de tela de seu smartphone cujo fundo é uma conhecida caricatura de Maomé com um turbante-bomba.

Houve protesto de muçulmanos. Para o Islã, qualquer reprodução de Maomé é blasfêmia.

Inger disse que decidiu usar a imagem ao tomar conhecimento que um museu de Viborg (oeste da Dinamarca) se recusou a exibir caricaturas do profeta.

Ela negou estar provocando os islâmicos e disse se sentir orgulhosa em poder usufruir da liberdade de expressão, que é um dos pilares do valores da Dinamarca.

Com informação e imagem da página de Inger Støjberg no Facebook.




Dinamarca extingue lei da blasfêmia depois de 151 anos

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Posts mais acessados na semana

Maioria dos católicos dos Estados Unidos apoia a pena de morte; ateus rejeitam

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Religião atua para perpetuar os detentores do poder e domesticar as mulheres, diz romancista