Maioria dos brasileiros apoia discussão sobre sexo nas escolas



A maioria dos brasileiros é favorável à discussão de temas ligados à ideologia de gênero nas escolas.

É o que apurou uma pesquisa feita pelo Ibope sob encomenda da organização Católicas pelo Direito de Decidir.

Entre os dias 16 e 20 de fevereiro de 2017, o instituto entrevistou 2002 adultos em 143 cidades.

Dos entrevistados, 84% concordam total ou parcialmente que os professores exponham os temas em sala de aula.
Do total, 88% apoiam que as escolas públicas tenham aulas de educação sexual.

O apoio varia de acordo com idade, escolaridade, classe social e religião dos entrevistados, conforme mostram os gráficos abaixo.

Concorda que professores devem debater o direito
de cada pessoa viver livremente sua sexualidade?
Com informação do Católicas pelo Direito de Decidir.

Envio de correção


Liminar suspende veto de Paranaguá à ideologia de gênero


Comentários

  1. Educação Sexual é algo específico. Connhecer o próprio corpo mais a fundo, prevenir ISTs, combater abusos, em que quase sempre ocorrem dentro da tão enaltecida "família" (tradicional)...
    Agora dizer de LGBTs e gênero é algo que vai além do reducionismo em ser "Educação Sexual". É sobre pessoas e no que são, logo NEM há idade "certa", devendo-se começar desde bem cedo, pois preconceito deve-se combater mesmo sem adiamentos.

    ResponderExcluir
  2. Faltou adendo: essa de "ideologia de gênero" é sófisma para justificarem preconceitos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Vicente e Soraya falam do peso que é ter o nome Abdelmassih

Gloria Perez diz não querer ampliar a voz de seus críticos