Pular para o conteúdo principal

Irã condena jovem à morte sob acusação de ofensa a Maomé


Dehghan é mais uma
 vítima da 'religião da paz'

O Supremo Tribunal do Irã confirmou a sentença de morte a Sina Dehghan (foto), 21, por ele ter insultado Maomé.

O rapaz está preso em Teerã desde outubro de 2015, quando a polícia descobriu que ele era suspeito de ter sido desrespeitoso para com o profeta em uma mensagem no app Line.

O teor da mensagem não foi liberado para a imprensa.

Dehghan foi condenado em 2016.

A defesa do jovem afirma que ele foi enganado pela polícia, que prometeu libertá-lo se confessasse a autoria da mensagem.

Entidades de direitos humanos estão tentando livrar Dehghan da morte.

Entre elas, não há nenhuma das organizações e clérigos muçulmanos que, no Ocidente, afirmam que o Islã é uma religião de paz.

Com informação do Centro para os Direitos Humanos e foto de divulgação.

Envio de correção.

'Religião da paz' tem orações de ódio aos não muçulmanos


Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19