Pular para o conteúdo principal

Livro ‘Com Zeus Não se Brinca’ faz reflexão das loucuras da religião

Livro
ri das
divindades
 

Com Deus não se brinca, dizem os religiosos, mas Paulo Bitencourt, que é ateu, brinca, e muito, com as divindades como forma de reflexão sobre as loucuras da religião.

“Com Zeus Não se Brinca”, à venda na Amazon, é o segundo livro de Bitencourt.

Trata-se de uma coleção de chistes que, em seu conjunto, se indigna diante de assassinatos de pessoas que brincam “com palavras como Deus, Javé, Jesus e Alá”, como diz o prefácio do livro.

“Se isso não é prova de que religião é loucura, então não sei o que é”, diz Bitencourt, que nas redes sociais se apresenta como “Apóstolo da Razão”.

Ele esteve perto de se tornar um “apóstolo da fé”.

De família evangélica, cursou a Faculdade de Teologia, em São Paulo, até o quinto semestre, preparando-se para se tornar pastor.

Abandonou os estudos, distanciando-se, inclusive, da família. Mudou-se para a Áustria, formando-se em Canto Lírico.

Seu primeiro livro, já no título, exprime o resultado da guinada que deu em sua vida: “Liberto da Religião: O Inestimável Prazer de Ser um Livre-Pensador".


Livro explica a origem da conotação pessimista que se atribui ao ateísmo

Ateísmo é a evolução lógica da religião, diz Richard Dawkins

O dia em que comecei a desacreditar em Deus



Comentários

Junior Miguel disse…
Religiosos por si só já são doentes mentais...

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19