CFP não aceita a ‘psicologia cristã’ de filho de Crivella



O CFP (Conselho Federal de Psicologia) afirmou que não reconhece o curso de “psicologia cristã” que Marcelo Hodge Crivella fez nos Estados Unidos.

Essa modalidade
de psicologia
não existe
Com ironia, o conselho explicou que, no Brasil, existe “apenas uma psicologia”, que é constituída de 12 especialidades, e a “psicologia cristã não é uma delas”.

O filho de Marcelo Crivella, prefeito do Rio e bispo licenciado da Igreja Universal, estudou na Universidade de Biola, uma escola cristã da Califórnia.

O conselho afirmou que Crivella, o filho, não pode exercer a sua especialidade de “psicólogo cristão” no Brasil porque seu diploma não é reconhecido pelo Ministério da Educação.

Além disso, pela legislação, todo profissional de psicologia precisa estar afiliado a um conselho regional da categoria, o que Crivella não poderá fazê-lo.

Com informação do Conselho Federal de Psicologia.

Envio de correção.



CRP critica ‘psicólogo cristão’ na prefeitura do Rio de Janeiro



EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato