Pular para o conteúdo principal

Professora expulsa da sala de aula estudante umbandista

Uma professora da rede pública de Fortaleza (CE) expulsou da sala de aula um estudante de 11 anos  do 5º ano porque ele estava com boné de umbandista.

Intolerância
ocorreu em
Fortaleza
A informação é O Povo Online, que não revelou os nomes das pessoas envolvidas.

De acordo com o jornal, a discriminação ocorreu na segunda-feira (19 de dezembro de 2016) no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic) Maria Felicio Lopes, no bairro Vicente Pinzon.

A garçonete de 42 anos mãe do garoto disse que a professora o colocou para fora após descobrir a cabeça dele.

Ela disse que a escola comunicou ao seu filho que só voltasse às aulas no dia 2 de fevereiro de 2017, início do ano letivo, sem o boné ou qualquer outra indumentária religiosa.

A professora e a direção da escola não deram a sua versão da história.

Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos