Pular para o conteúdo principal

Padre pedófilo do Brasil ameaça processar o filme 'Spotlight'

Condenado a mais de 60 anos de prisão por abusar de adolescentes, o padre José Afonso Dé (foto), 82, está ameaçando processar os produtores do filme "Spotlight - Segredos Revelados".

Dé recorre em
liberdade à
condenação 
O filme conta a história real sobre como o jornal americano The Boston Globe descobriu que a Igreja Católica estava acobertando padres pedófilos.

O nome de Dé é citado ao final do filme, em uma “lista da vergonha” de padres violentadores.

Ele foi denunciado (acusação formal à Justiça) pelo Ministério Público Estadual por ter abusado de oito coroinhas na paróquia São Vicente de Paula, em Franca (SP).

Dé está recorrendo da sentença em liberdade. Ele nega todas as acusações.

O padre acredita que poderá pedir uma indenização aos produtores do filme porque foi absolvido, até agora, em sete das nove acusações de abuso sexual.

José Chiachiri Neto, advogado do padre, disse ter provas para conseguir a absolvição total de Dé. Uma delas seria o fato de o padre ser impotente por causa de uma operação de próstata.

Em 2010, quatro adolescentes de 12 a 16 anos deram depoimento à Delegacia de Defesa da Mulher afirmando que eles tinha sido beijados na boca pelo padre e acariciados nas pernas e órgãos genitais por cima da roupa.

Com informação da Folha de S.Paulo e de outras fontes. 





Filme americano sobre pedofilia na Igreja cita casos brasileiros

Comentários

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato