Pular para o conteúdo principal

Estado Islâmico existe por culpa dos ateus, afirma religioso russo

Os ateus são os responsáveis pelo surgimento do Estado Islâmico porque eles estão edificando uma “civilização sem Deus”, fazendo com que, para escapar disso, muçulmanos se dediquem ao fundamentalismo religioso. É o que disse o patriarca Kirill (foto), líder da Igreja Ortodoxa Russa.

'Terrorismo islâmico
é uma reação à
sociedade sem Deus'
“O Estado Islâmico é uma reação a uma sociedade radicalmente secular”, afirmou.

Acrescentou que, por isso, não deveria causar surpresa que aqueles que se opõem às ideias seculares se alistem em organizações terroristas.

Para Kirill, é a maturidade dessa “civilização sem Deus” que tem permitido a celebração de eventos como Parada do Orgulho Gay.

Sempre aparece algum líder religioso para associar mazelas da sociedade à “falta de Deus”. Desta vez, em relação ao Estado Islâmico, até que demorou.

As palavras de Kirill reforçam o ímpeto dos terroristas islâmicos de caçar ateus para matá-los com requintes de barbaridade. O patriarca deve estar feliz.




Líder 'pobre' da igreja russa tem relógio de R$ 56,4 mil

Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19

Padre Paulo Ricardo diz que masturbação danifica o cérebro