Pular para o conteúdo principal

Maioria dos norte-americanos acredita na teoria da evolução



A organização independente Pew Center apurou que 65% dos adultos nos Estados Unidos acreditam que os humanos e demais seres vivos evoluíram ao longo do tempo, de acordo, portanto, com a teoria já consagrada do naturalista inglês Charles Darwin (1809-1882).

Entre os norte-americanos não afiliados a igrejas, o percentual é mais ainda significativo, de 86%.

Entre os religiosos, destacam-se os católicos brancos, 73% deles creem na teoria da evolução. Na sequência vêm os protestantes (71%) e os católicos hispânicos (59%).
Teoria de Darwin
tem mais adeptos do
que o criacionismo

Do total dos 2.000 adultos entrevistados em agosto de 2014, 31% demonstraram ser criacionistas. Apesar dos estudos de fósseis, eles acreditam que os seres vivos de hoje são do mesmo jeito em relação ao seu primeiro dia após serem criados por Deus.

A maioria (59%) da população acha que ciência e religião entram às vezes em conflito entre si.

Parte dos religiosos não tem a mesma percepção. Do total deles, 38% acham que não há incompatibilidade entre religião e ciência.

Do total dos não filiados a nenhuma religião, 61% dão credibilidade à teoria de que o universo foi criado pelo “bing bang”.

Com informação do Pew Research Center. 



Livro tenta compatibilizar teoria da evolução com fé cristã


POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato