Vídeo mostra que pastor usa porrete em cura de viciados

Sargento Isidório de Santana
Pastor Sargento Isidório apresenta
aos internos a 'missionária Teresa'
Um vídeo de 11 minutos postado em junho de 2012 no Youtube [veja abaixo uma síntese] mostra o pastor Sargento Isidório de Santana (foto), criador da Fundação Dr. Jesus, que trata de dependentes químicos em Candeias (BA), afirmando a novos internos que a “missionária Teresa” vai cuidar daqueles que saírem da linha. A tal “missionária” é um porrete “responsável pela disciplina da casa”.

Sargento Isidório, que diz ser metade pastor e metade carrasco, contou um caso em que precisou da “missionária Teresa” para conter um paciente que tinha quebrado armários e estava ameaçando dar facadas em colegas de internação.

“Eu senti aquela voz dizendo ‘meu filho, aquilo é carne, é carne'. Quando eu olho, tá o porrete lá. Eu disse: 'Oh, já entendi'”.

E ele seguiu contando como deu uma surra no interno.

O pastor também falou que a “missionária Teresa” tinha quebrado pela segunda vez os dentes de um mesmo  interno e como ela esmiuçou três costelas de um “negão”.

Quando a desobediência parte de internas, a punição é outra. As mulheres são obrigadas a usar uma camiseta vermelha e ficam por algum tempo sem comer.

No vídeo, o pastor apresentou algumas dessas internas e disse que quem usa camisa vermelha “não gosta de carne, não gosta de peixe, não gosta de frango. Não toma café de manhã porque não quer bolacha nem pão doce. Não come nada. Mas em compensação as outras comem tudo”.

O Jornal da Metrópole informou no ano passado que o Ministério Público da Bahia ia investigar as acusações de que o pastor agride  internos e raciona comida.

Sargento Isidório também é deputado da Assembleia baiana, pelo PSB. Ele fez um discurso que entrou no anedotário nacional. Foi quando protestou contra o departamento médico da Assembleia por ter feito nele exame de toque retal, em uma campanha de prevenção ao câncer de próstata.

Ao dividir um púlpito na noite de quinta-feira (4) em Salvador com o pastor-deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, Isidório ressaltou que é ex-gay.

Ele criticou o “Zé Povinho” que estava fazendo manifestação contra Feliciano e disse que quem pratica “sexo sujo” não será abençoado por Deus.

"Eu sou metade pastor e metade carrasco"


Íntegra do vídeo.





Com informação de vídeo do Youtube e Globo.

Psiquiatra desaconselha tratar dependente em clínica religiosa
maio de 2012

Clínica religiosa da Sérvia espanca dependente químico
maio de 2009


Comentários

  1. O médico devia ter feito o exame usando uma "missionária" nele.

    Esse país de merda com um povo de bosta que aceita esses lixos religiosos fazendo o que bem entendem, não existe, sério!

    Nasci no lugar errado, pois definitivamente e sem medo de ser arrogante, EU SOU MUITO MELHOR QUE TUDO ISSO!

    ResponderExcluir
  2. Sou de Candeias e digo que esse cara é maluco, lembro das pregações que ele fazia na praça em frente a minha escola, o nome é Fundação Doutor Jesus, e pra mim não passa de um centro de lavagem cerebral disfarçado de clinica para dependentes.

    Maior vergonha de ter minha cidade representada por gente como ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que tem gente que vai atras de um lunático desses procurar "ajuda". Vergonhoso!

      Excluir
  3. Cara, excelente a forma como o pastor trata assuntos tão pesados com um bom humor fora do comum, casa de recuperação não é zona e nem boca de fumo pra interno querer ficar esfaqueando os outros, tem de haver disciplina. Parabéns pastor, e à quem for pensar em colocar a questão do racismo nas palavras deste sábio homem, dá uma olhada na cor dele antes de falar asneiras!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Unknown, você deve ta de sacanagem né?

      Excluir
    2. troll reaça detected

      Excluir
    3. Drogado e evangélico é tudo igual.

      Excluir
  4. as pessoas nao podem confundir nao sao todos religiosos que agem dessa forma nao podemos generalizar esse safado ai esta usando o nome de Deus em vao e ele vai pagar por isso pode ter certeza.os verdadeiros servos de Deus respeita as pessoas.mais o que e desse safado esta guardado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não quero que ele "pague", eu quero que as outras pessoas sejam protegidas de lixos feito esse, só isso.

      Se ele puder ser ressocializado, menos mau. Não vou sentir prazer em saber que ele está "pagando" (com sofrimento), só não quero que as pessoas sofram!

      Punição e vingança não são sinônimos de justiça, embora a religião apregoe que seriam. Basta de dor e sofrimento, as pessoas precisam ter direito de ter uma vida feliz, e eu não sou igual a esses monstros pra desejar que eles sofram ou sentir prazer em sua "punição".

      Se ele for impedido de maltratar outras pessoas, é isso que importa! E a ressocialização é para que ele também consiga levar uma vida sem dor para ele e sem causar dor ao próximo!

      Desculpe, mas eu nasci humanista de verdade, e não apenas da boca pra fora! Não sei se para os outros é muito sacrifício ver a justiça desatrelada à vingança, mas para mim nunca foi e não é, ao menos não enquanto estou são e racional (diferente do que a maioria demonstra, eu não sou um ser emocional tendo lapsos racionais. Eu sou um ser racional que vive momentos emocionais, sejam bons ou ruins, mas são apenas momentos e mesmo assim não são algo completamente fora de controle, por isso não sou bárbaro e nem defendo a barbaridade).

      Excluir
  5. Sei... ele não gostou do exame de toque, né? Ele sentiu foi é saudades... ficou com vontade porque é "ex-gay". Poupe-me, em vez de condenar os homossexuais, deveria agir como gente e não bater nos outros. Ele é que precisa ser internado, além de homofóbico e tosco, é louco e sem-vergonha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, assino embaixo!

      Excluir
  6. tem cada fdp que aparece, futuramente espero menos gente enganando os outros através de bosta de religião.Um cara desse é um primata, ignorante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos contar apenas com a boa vontade dos predadores, devemos agir para coibir atitudes desse tipo.

      Excluir
  7. Espera-se que o Ministério Público use uma missionária chamada Dura Lex pra colocar esse pastor-deputado-carrasco na linha.

    ResponderExcluir
  8. O que espanta é depois de tudo isso ele ainda estar solto. Isso é mais que o suficiente para mandar alguém direto para a cadeia.

    Ah, é mesmo. Ele é pastor. Então, não tem problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, é mais uma prova de que no Brasil os líderes religiosos se encontram acima da lei!

      Excluir
    2. pastores tem direito a celas especiais e um monte de benefícios fiscais e tudo por menos de 1000 reais que é o dinheiro que você precisa para abrir uma igreja. E outra o estado não tem nenhum meio legal que impeça qualquer um de abrir uma igreja.. Uma igreja é um verdadeiro paraíso fiscal.

      Excluir
  9. Francamente, eu me seguro para não vomitar, quando eu leio uma porcaria dessas. Quanto mais eu conheço os evangélicos, mais eu amo os animais, essa corja comete as piores atrocidades do mundo, em nome de Deus! Eu queria uma dia poder ter condições de mudar desse país de gente alienada, atrasada e que vive na Idade Média. Como eu disse e repito:

    Religião é o câncer da sociedade, só serve pra atrasar qualquer país!

    O Brasil está regredindo ao invés de evoluir e com os evangélicos crescendo no país, o futuro será de muito preconceito. Pois o sonho da crentalhada é fazer no Brasil, uma ditadura evangélica.

    E quanto a esse pastor que disse que é ex-gay, só idiota pra cair nessa conversa, ele é uma biba enrustida isso sim.

    ResponderExcluir
  10. Por mais defeitos que o pastor tenha, acho que o outro lado da moeda são as vidas que essa pastor está recuperando, tirando das drogas. Se querem discutir sobre os erros dele, não se esqueçam de observar o que ele faz que nem a metade das pessoas que o critica faria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que ele não está salvando ninguém, ele só está incutindo mais sofrimento ao usar da violência para "recuperar" viciados, que sou capaz de apostar que voltam pras drogas (se é que largaram mesmo) poucos meses depois, afinal o motivo psíquico da dependência química não foi cortado. Apenas foi inserido um elemento de medo caso eles usem drogas, método altamente ineficaz.


      Métodos violentos não salvam ninguém.

      Excluir
    2. Usando sua lógica, por que não ver o outro lado da moeda e ver todas as vidas que Hitler salvou quando o partido nazista financiou pesquisas na área médica? Porque sim, o nazismo não foi só extermínio de judeus, eles faziam outras coisas. Mas isso não diminui a monstruosidade deles.

      Não existe defesa para esse sujeito.

      Excluir
    3. Quantos % de fato continuam sem usar drogas depois de 5 anos. Pesquise sobre isso e verá que o número nao compensa as atrocidades.

      Excluir
    4. Agora sim o Israel disse tudo!

      Excluir
    5. Israel, uma comparação um tanto forçada, não? Pois eu não vejo o tal pastor e sua "missionária" mandar ninguém ir, bem, "tomar banho" (se é que você me entende!) ou dizer que eles devem morrer por serem inferiores. E no início do vídeo, ele diz que quem veio para badernar é melhor não aparecer, ele, portanto, não está obrigando ninguém a ficar lá. Foi, sim, uma comparação esdrúxula.

      Excluir
    6. Não, não é.
      O meu exemplo foi para ilustrar que o fato de uma coisa horrível trazer algum benefício, não a torna menos horrível. É ridículo querer desculpar uma atrocidade como essa usando algum benefício que possa vir a trazer (E ainda esses "benefícios" são altamente questionáveis).
      A lógica se aplica perfeitamente, exceto no caso de você querer intencionalmente distorcer a realidade para proteger o pastor criminoso (E ao meu ver, quem protege um criminoso não é nem um pouco diferente dele).

      Excluir
    7. "não está obrigando ninguém a ficar lá"

      Será mesmo?

      APROVADA LEI DE INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA

      Excluir
    8. Meus Deus (Oh! Acabo de cometer algo altamente criminoso aos dogmas ateístas, escrevi deus com D maiúsculo, putz...), Israel, sim, eu concordo, trazer algum benefício não torna esse algo mais belo, de fato. A minha bronca foi, se você não entendeu, quanto ao fato de você comparar isso ao nazismo. Por favor, isso foi ridículo, eles não estão pregando o ódio ou o genocídio. Ele está aplicando penas muito severas, creio que castigos são necessários, principalmente nesse meio, só que de forma mais branda (Isso depende do caso, há pessoas que realmente merecem punição severa). Portanto sua lógica é exagerada.

      Agora, distorcer a realidade? Proteger criminoso? Hahahahahahahaahaha! Por favor. O Pastor não é criminoso, você conhece o lugar? Você sabe como essa corja de drogados se comporta? Poi zé, nem eu. Imagino que não seja da forma mais educada e, talvez, o medo imposto pelo pastor os mantenha na linha, o que não é má ideia para esse tipo de ambiente. Educação na base da porrada sempre construiu bons caráteres.

      Anônimo, sou contra essa lei, porque, ao meu ver, não vai resolver nada. Pode pegar um ou outro, mas a maioria que forem para essas casas de reabilitação, será por livre e espontânea vontade, já que é impossível pegar todos ou maioria e, ademais, não há suporte para tantas pessoas caso sejam pegas pela lei.

      Excluir
    9. Você obviamente tem problemas GRAVÍSSIMOS de interpretação de texto. Mas isso não é espanto algum. Se fosse capaz de interpretar textos, não seria cristão.

      Mas vamos lá. Em momento algum eu disse que o que o pastor faz é uma atrocidade do mesmo nível da que o nazismo fez. Usei como exemplo para mostrar como aquela lógica de relevar atos ruins por que coisas boas surgiram no processo não funciona. Não tem a ver com a escala, tem a ver com a lógica. E usar um caso conhecido é a melhor forma de exemplificar, ainda mais algo repugnante como o nazismo, que mesmo você, que tem um parafuso a menos, concorda que é horrível.

      E, não é criminoso? Tem certeza do que está falando?
      Aquilo pode muito bem ser classificado como tortura. E isso é crime, você gostando ou não.

      E se os drogados são o lixo da humanidade ou o que quer que seja, isso é irrelevante. Mesmo os piores assassinos têm direitos, e a lei deve ser cumprida. Além disso, embora eu realmente ache difícil, pode muito bem haver vítimas entre eles, gente que é viciada mas não necessariamente é bandido. Gente que é fraca e caiu no vício, mas nunca machucou ninguém e quer se recuperar.
      Não vou com a cara de drogados. Na verdade, odeio viciados; por mim, quero mais que se fodam. Mas o que eu acho ou deixo de achar não interessa, o que interessa é que a lei seja cumprida, só assim é possível haver alguma justiça.

      Educação na base da porrada constrói bons caráteres? Cara, até acreditar em cobra falante é menos estúpido do que isso. Você deve ter apanhado e olha só o lixo que virou.

      Finalizando, você pode discordar da lei que for, pelo motivo babaca que for. Mas tem que cumprir mesmo assim. O que o pastor faz é contra a lei mesmo que você ache certo, portanto ele está errado e é um criminoso.

      Excluir
    10. Israel, meus sinceros obrigados pelos Ad Hominem. Vou desconsiderá-los, talvez sua mamãe devesse ter lhe dado umas boas palmadas para aprender um pouco de educação, não? Quem sabe teria um pouco mais de educação. Primeiramente, pasme, respire fundo, pois eu sou ateu! Incrível essa ateuzada de Facebook que está saindo agora, basta discordar deles que os putz revoltz já taxam os outros de religiosos, como se isso fosse algum tipo de palavreado no vernáculo brasileiro (???), quanto preconceito escarrado, não? Você ficaria impressionado que há cristão mais cultos que muitos ateus por aí, isso inclui você. Agora, por favor, pare de escarrar seus preconceitos contra os cristãos. Fala sobre respeito, mas não tem algum, hipocrisia isso, não?

      Quem sofre de dislexia é Vosmicê, pois eu não disse que o pastor fez a mesma atrocidade do nazismo, isso em cima do seu comentário, disse que sua comparação foi forçada e exagerada, seu exemplo foi, portanto, esdruxulo. Compreende? Você poderia ter dito que o que ele faz, do modo como ele faz, não redime o trabalho social que ele o faz, seria bem melhor, não? Sem exemplos desse porte. Se bem que seu exemplo foi ambíguo, podendo exprimir tanto uma comparação como um exemplo.

      Outra vez a dislexia ataca, em que momento eu disse que os drogados são o lixo da humanidade (na verdade, a humanidade é o lixo desse planeta)? Eu usei a palavra corja, no sentido de mau caráter, mas esse quadro pode ser revertido, basta eles quererem, só que até lá, continuam sendo uma corja. E não tire conclusões precipitadas, pois você não os conhece, tão pouco convive com eles. E garanto que o comportamento deles não deve ser dos melhores, e devem sim ser postos na linha, mesmo que se tenha que usar o medo como arma, pois o Pastor sabe muito bem em qual meio ele está inserido.

      (Cont.)


      Excluir
    11. "Pastor não é criminoso, você conhece o lugar? Você sabe como essa corja de drogados se comporta?"

      Essa retórica faz parte do mesmíssimo discurso de quem fica "aliviado" ao saber que os acusados de crimes sexuais receberão "estupro corretivo" quando chegaram à prisão!

      E quem se deleita direta ou indiretamente com a existência desse tipo de situação "alheia", não é nada diferente de seus envolvidos diretos, ou quem sabe sejam até piores, uma vez que são covardes, já que só têm 'coragem' para aplaudir (aprovando e/ou consentindo), contribuindo assim com a perpetuação desses ciclos de barbáries.

      Vocês, seja quem diz "estuprador vai virar mulherzinha na cadeia pra aprender" ou "drogado vai entrar no cacete pra aprender", me enojam profundamente!

      Excluir
    12. Os fins não justificam os meios!

      Agora vá fazer isso entrar na cabeça da maioria...

      Excluir
    13. (Cont.)

      Agora você apresenta sua contradição -Não vou com a cara de drogados... odeio viciados... quero mais que se fodam - sim, você se justifica dizendo que a lei deve ser cumprida, mas quer que eles se fodam, interessante, na verdade você pouco se importa com a condição dos drogados (assim como eu)... então é melhor deixar quem se importe, no caso o Pastor, cuidar disso, não? Mesmo que ele usa certos métodos, ele faz um trabalho em prol da sociedade que você, tão pouco eu, iremos jamais fazer. Talvez ele realmente ajude alguém nesse processo. Pare, portanto, com esse mimimi ateísta, não use isso para hastear a sua bandeira.

      Na minha opinião, sinceramente, que foda-se a lei em horas como essa (pois por mim, o melhor código já criado foi o de Hamurábi), essa corja já está ferrada, e o respeito, que eles certamente não tem, deve ser imposto, ao menos dentro da clínica, mesmo que seja através do medo. Agora, não está satisfeito, por que não ajuda eles então? Se atreveria entrar em um meio tão perigoso como esse, bancando o santinho, o passador-de-mão-na-cabeça? Acho que não...

      Hahahahahahahaha! Mais uma vez o preconceito regurgitado, Dio Mio, por que você não tem respeito pelos cristãos? Mas, enfim, sim minha mãe me deu umas boas palmadas quando eu era moleque, ou seja, ela me deu educação. E hoje eu não sou como essa corja de drogados que a mamãe ficava passando a mão na cabeça. Vê? Essas porradas, na verdade, são corretoras, e hoje isso é contra lei, já que há a lei anti-palmada, mas, cá entre nós, não acha que essas gerações só tendem a piorar? Poi zé, só tem piorado. Uma educação rígida, portanto, constrói bons caráteres.

      Ao responder, por favor, use um pouco de educação (apenas use a ironia) e menos preconceito religioso, sim?

      Excluir
    14. Nem adianta debater com uma pessoa que nem deve saber que dependência química é uma doença.

      Excluir
    15. O sujeito é claramente completamente ignorante; acha que violência é resposta para problemas. Acha que é válido tentar resolver um problema social na base do medo e na ilegalidade. E ainda diz que é ateu, como se alguém fosse acreditar nisso depois de todo o discursinho lotado de clichês de fanáticos religiosos.
      Mas se quisermos resolver a falta de caráter dele na base da porrada, com certeza vai achar ruim.

      Excluir
    16. Não, não sou completamente ignorante. Sim, eu sei que dependência química é uma doença, mas foi um caminho escolhido por livre e espontânea vontade, que arquem, portanto, com as consequências do uso desse produto. Agora, repensei uma coisa, falha minha na verdade, reitero-me, portanto. Sim, eu falei que foda-se a lei, errado, deve-se sim punir de acordo com as leis vigentes, punições mais brandas aos presos devem ser aplicadas, já que nossas leis são frouxas mesmo. Que o Pastor sofra as sanções cabíveis, se comprovado que ele as praticou, e não somente contou estorinhas para assustar os drogados. Mas eu indago: infelizmente, com o comportamento desses drogados que por pouco matam por causa da droga, tratamentos mais rígidos seriam necessários, não? Ao meu ver essas leis deveriam ser reformuladas, punições mais rígidas devem ser aplicadas.

      Sim, medo, medo é uma arma poderosíssima, principalmente no que tange o controle de pessoas, mostrar a alguém o que vai acontecer se quebrarem as regras impostas evitará conflitos, principalmente nesse meio. A menos, é claro, que vocês tenham outra ideia para lutar contra esses tipo de problema? Sinceramente, gostaria muito de ouvi-la. Já que são os sapientíssimos ateus, o intelecto superior. Por favor, digam o que fazer. E, por favor, usem argumentos, que tal? Ficar me chamando de ignorante não resolve, apenas evita o debate.

      E não, Israel, não quero sair na porrada (mas se não houver outra opção, não corro de briga), depois eu que sou o ignorante. Ademais, eles não tem mais que se foder, como você mesmo disse. E deixem o Pastor, ao menos que um pouco, ajudar alguém. Pois você não o fará. O que ele faz por essas pessoas, eu garanto que nenhum de nós o fará. Contraditório você, rapaz. Na verdade, o que eu vejo é implicância contra os religiosos, estou errado?

      Excluir
    17. Anônimo8 de abril de 2013 12:50:

      Mentecapto, abléptico e vil! Isso te define. Como você ousa comparar isso ao estrupo? Que comparação torpe e esdrúxula. Eu jamais colocaria a culpa nas mulheres por serem estrupadas. Ridículo, simplesmente, ridículo! Isso são situações completamente diferentes, esses drogados escolheram esse caminho, eles causaram isso a eles próprios. E por isso roubam e matam. E, portanto, merecem punições severas. Por favor, pelo Tritão de Poseidon, repense o que disse.

      Excluir
    18. Anônimo8 de abril de 2013 12:52:

      -Dependendo da situação, sim, os fins justificam os meios.

      Excluir
    19. Anônimo8 de abril de 2013 12:50:

      -Perdão, li errado, me equivoquei, estou meio com pressa. Entendi algo diferente. Mas ao comentário, certo dessa vez, quanto aos estupradores, bem, imagine se fosse com sua filha? Bem, eu garanto que você mudaria de opinião imediatamente. Os estupradores devem sim receber um punição muito severa, pois imagine o sofrimento que ele causou a pessoa que foi estuprada? Poi zé, muito sofrimento. Use um pouco da empatia, coloque-se no lugar da vítima, e verá que o sujeito merece, no mínimo a morte. Que ele sofra pelo que fez, olho por olho, amigo.

      Excluir
    20. Agora senhores, sim, eu sou ateu, mas pelo visto para ser um ateu True deve-se seguir certos dogmas. Patético. Os ateus são um grupo heterogêneo, portanto há vários ateus com diferentes pensamentos por aí. Acostumem-se.

      Excluir
    21. Ateu com alma de cristão: Reacionário e nada humanista.

      Excluir
    22. Reacionário... rssrsrsrsrsrrsrs... típico comentário de comunista xarope. Humanistas? Hahahahahahahahahahah. Esses grupos são uma piada....

      Excluir
    23. "comunista xarope", "esses grupos"...

      Chora mais, crentalhão tentando se passar por ateu.

      Excluir
    24. Oh! Entendi, quebrei mais dogmas ateístas, sou de direita e não sou humanista, Gzus, como pode esse humano ser um ateu? Poi zé, é o ateísmo se dogmatizando. Mas paremos por aqui, não há argumentos e você se comporta como um verdadeiro Troll.

      Excluir
    25. Pensei que o sr. Papp tivesse ido...

      Excluir
  11. QUando eu vejo que um cara desse é eleito pelo povo me da vontade de sair desse país, olha o naipe dos nossos políticos.

    ResponderExcluir
  12. O pastor sargento Isidório é figura conhecida na política baiana pela forma caricata que sempre aparece no horário eleitoral gratuito. Toda eleição para deputado e vereador ele se lança candidato, como todo bom pastor evangélico aproveitador. Além de o achar um péssimo candidato pelo discurso vazio e a falta de propostas sérias de trabalho, agora tenho certeza que é preciso fazer uma grande separação entre a política e a religião.
    O que impressiona nessas casas de recuperação evangélicas que não é apenas a fé utilizada no tratamento dos doentes, mas a lavagem cerebral e a violência. O tratamento de viciados em drogas já é uma coisa complicada, que tem que envolver o trabalho conjunto das instituições e da família, além da internação ser desaconselhada. Como na internação os pacientes ficam isolados de suas famílias, fica fácil para os administradores e funcionários usarem de violência e métodos de tortura nos pacientes, sem que ninguém fique sabendo. Um trabalho que devia ser social, acaba tornando-se espaço de mais segregação social e violência.
    E o pior é que esse sujeito reuni duas características detestáveis numa mesma pessoa: pastor intolerante e militar reacionário e truculento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diante disso, podemos comprovar o quão conivente com tudo isso é o Ministério Público.

      Excluir
  13. Acho bem :então não querem emoções fortes? não praticam masoquismo... < então mocada para cima de eles...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode escrever em português? Sabe como é, tenho dificuldades em ler em dialeto.

      Excluir
    2. Amigo, não sabemos ler aramaico aqui..

      Excluir
  14. Pessoa, se esse pastor está ai, e conforme o Emerson Novais informou, é devido ao "povo" querer. Qualquer contato com o cara já passa a ideia dele não ser bem equilibrado. Vocês podem ver no vídeo todo mundo lá sentando, rindo e sorrindo, achando tudo normal e aceitando as colocações. Ou seja, quem está lá, está por livre e espontânea vontade.

    Será que ainda não caiu a ficha? Brasileiro gosta de apanhar, é esperto e egoísta. Deixa o circo pegar fogo. É isso que o "povo" quer.

    ResponderExcluir
  15. Paulo, fica a sugestão de se legendar este vídeo em inglês e mandar em um youtube, com o forma de denúncia do tipo de problemas que tem sido observado no país com a retomada do discurso reacionário por determinados meios religiosos.

    A defesa de espancamento, quer ocorra, quer não (e não duvido por um mionuto sequer que seja feita) vai contra qualquer valor humanitario e ético.

    Se denunciar somente por aqui não está tendo ainda o devido efeito, é hora de se mostrar ao resto do mundo.

    ResponderExcluir
  16. Eu saberia em que lugar do pastor eu enfiaria esse porrete...

    ResponderExcluir
  17. Esse pastor tá possuído pelo demônio.

    ResponderExcluir
  18. PSB repudia declarações de Deputado: http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/134354-psb-repudia-declaracoes-do-deputado-sargento-isidorio.html

    ResponderExcluir
  19. Olha o tipo de gente que concorda com o Feliciano! Isso que esse débil mental (sargento, isso daí?! Sério?! DUVIDO que tenha prestado um concurso, ao menos um concurso honesto) faz não é claro desrespeito aos direitos humanos? Cadê o senhor presidente da CDHM? Gostaria de saber o que ele fará a respeito...

    E a Dilma? Que sofreu na pele esse mesmo comportamento por parte da ditadura militar? Será que ela tem conhecimento disso? Eles, evangélicos, ficam de chororô, se postando como perseguidos (invertendo os fatos, né...), mas querem que falemos o que, quando ficamos sabendo que um pastor retardado, sem a mínima condição moral, ética, psicológica, profissional de trabalhar com narcodependentes, age praticando tortura? Isso não é tratamento, isso é nazifascismo, isso é covardia contra uns coitados que, provavelmente desde criança, foram transformados em drogados. E quem devia ajuda-los faz isso, munido de um livro grotesco (que, entre outras coisas, justifica a escravidão, a subserviência da mulher, etc.) e um porrete ao qual o babaca ainda dá nome de mulher como se fosse engraçado.

    Crentes, querem combater os gays? Tá aí que devia ser, mesmo, combatido. Algum ingênuo acha que esse foi "curado"? Parem de incitar ódio contra os homossexuais - cuja maioria é honesta - e façam algo contra um covarde como esse pastor!

    E eu quero muito ver o senhor 'defensor dos direitos humanos' Deputado Feliciano se manifestar a respeito desse caso...

    Ruggero

    E

    ResponderExcluir
  20. Uma forma de se mostrar que o poder publico é incompetente ao delegar a obrigação a outro incompetente como este.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incompetente ou conivente?

      Sei não...

      Excluir
  21. Você é MESMO jornalista? Porque, geralmente, jornalistas deveriam investigar e apurar os fatos corretamente e não sair por aí publicando qualquer coisa que "encontra" pela internet, principalmente em um momento como este. O Ministério Público do Estado (MPE), juntamente com a Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, do Conselho Regional de Medicina (Cremeb), do Conselho Regional de Psicologia, do Conselho Tutelar, da Vigilância Sanitária, entre outros, estiverem no local em 2012 para averiguar as supostas denúncias e nada de irregular foi constatado. Cuidado ao publicar notícias pela metade com o objetivo de queimar a imagem de pessoas e ludibriar seus leitores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a sua informação procede, então isso denota que tais órgãos foram todos corrompidos e estão mancomunados com este pastor canalha.

      O vídeo é a evidência da notícia, e não se trata de montagem e nem computação gráfica, então por favor, recolha-se à sua insignificância, dona "Loba".

      Excluir
    2. Você é o anônimo e eu sou a insignificante? Ahan... rsrs Nossa, esse pastor deve ser MUITO rico e poderoso para conseguir corromper O MP, a CHDM, a OAB o Cremeb, Conselho Regional de Psicologia, Conselho Tutelar e Vigilância Sanitária... E todos os parentes de internos que desmentiram as acusações... Lógico... Texto fora de contexto é pretexto. Não viaja, recolha-se a sua teoria conspiratória. Beijos.

      Excluir
    3. Você é o anônimo e eu sou a insignificante? Ahan... rsrs Nossa, esse pastor deve ser MUITO rico e poderoso para conseguir corromper O MP, a CHDM, a OAB o Cremeb, Conselho Regional de Psicologia, Conselho Tutelar e Vigilância Sanitária... E todos os parentes de internos que desmentiram as acusações... Lógico... Texto fora de contexto é pretexto. Não viaja, recolha-se a sua teoria conspiratória. Beijos.

      Excluir
    4. Wow, esse pastor é mágico, pois ele confessa as barbáries diante de câmeras e uma multidão, mas mesmo assim os órgãos "competentes" negam que ela exista, é isso?

      Explique isso melhor!

      Excluir
    5. Excelente Anny, isso ao meu ver foi mais uma forma de preconceito, contra os religiosos. Eu duvido que algum ateu aqui desempenhe o papel que esse pastor faz, ajudar pessoas, uma corja de drogados, a se recuperarem. Ninguém tem saco para isso. Mas se bem que, eu creio que, o pastor está é contando estorinhas para amansar os meninos, já que os mesmos não são flor que se cheire. Ele sabe o meio que está inserido, e sabe como deve agir.

      Excluir
    6. Leviatã é um crentelho troll tentando se passar por ateu. Merece o desprezo, nada mais.

      Excluir
    7. Eu adoraria utilizar os métodos do pastor para amansar e recuperar essa corja de trolls iguais ao Leviatã, pois não são flor que se cheire, então já sabemos como devemos agir!

      Excluir
    8. Claro, claro, mereço desprezo, tão pouco argumentos, né? Argumentos são para os fracos, né?

      Excluir
  22. A diferença entre o porrete e um avião sendo jogado em um prédio está na oportunidade. Se ele tiver um ou outro ele vai usar em nome de "Deus". Esse é o problema de algumas religiões: saem das suas esferas, dos seus templos para praticar o mal contra terceiros em nome do "bem". Depois ainda afirmam que ateu é o sanguinário, corrupto, bandido e tudo de ruim. Aliás, se todo ateu é bandido, nas prisões não haveriam cultos ou missas, sacou Datena? E se o congresso é tão "religioso" não haveria sequer um parlamentar corrupto, sacou Sarney?

    ResponderExcluir
  23. a maioria n entendeu as palavras q o pastor estava falando....

    ResponderExcluir
  24. Passado alguns meses, manchete "Pastor que dava porretadas é acusado de molestar de internas". Fato liquido e certo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site