Prefeitura de João Pessoa inclui religião em festa cultural

Luciano Cartaxo
Cartaxo gasta verba da cultura
 para agradar religiosos
A prefeitura de João Pessoa (Paraíba) incluiu dois shows religiosos na programação do Extremo Cultural, que é um evento realizado na orla da cidade. No dia 17, haverá apresentação de músicas evangélicas e no dia 21, de católicas.

A ALPP (Academia de Livres Pensadores da Paraíba) divulgou carta criticando o uso de recursos da cultura na promoção de eventos religiosos, o que é inconstitucional porque desrespeita a laicidade do Estado brasileiro.

O Extremo Cultural é organizado pela Funjope (Fundação Cultural de João Pessoa), uma entidade ligada à prefeitura cujo presidente é Maurício Burity.

Para a academia, a prefeitura, ao introduzir na festa cultural eventos de cunho religioso, quebrou a neutralidade que deveria ter diante de crenças.

A ALPP afirmou que o envolvimento com a religião sugere que os servidores municipais “estão submetidos a outros princípios que não aqueles que regem a administração pública no Brasil”.

Além disso, segundo a entidade, quem não tiver religião, ou não for devoto de nenhuma daquelas duas denominações, poderá se sentir constrangido, porque eventos religiosos, mesmo festivos, são sempre sectários, excluem automaticamente quem não segue seus dogmas.

João Pessoa tem mais de 700 mil habitantes. Seu prefeito é Luciano Cartaxo (PT), na foto acima. Durante a campanha eleitoral ele prometeu respeitar a laicidade do Estado.

 Com informação da ALPP.





Bispos fazem lobby para emplacar ministro no Supremo
dezembro de 2012

Religião no Estado laico

Comentários

  1. Esta semana o vereador que assumiu a presidência da câmara municipal de Fortaleza ligado a ICAR imediatamente cedeu um espaço gratuito para um programa de evangelização promovido pela igreja católica d Fortaleza. Uma decisão inconstitucional e demagogica.

    ResponderExcluir
  2. >>"Prefeitura de João Pessoa inclui religião em festa cultural"

    E a Religião não faz parte da cultua de um povo?

    >>"Durante a campanha eleitoral ele prometeu respeitar a laicidade do Estado."

    As duas festas, Evangélica e católica, ao que parece serão realizadas em espaço aberto, logo: para quê essa de laicidade, já que não serão dentro de alguma repartição pública e atenderão a dois públicos destintos e de grande massa? Vai quem quer.

    Podem chorar ateus, e esperneem também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh fanático! Dane-se onde for realizado o evento. A questão é o dinheiro público utilizado para bancar essas crendices de incautos.

      Excluir
    2. Talvez um dia vocês também chorarão e espernearão, ou acham que o islamismo vai perdoá-los ? Quem viver verá !

      Excluir
    3. Basta pesquisar: islã, a religião que mais cresce no mundo. Em matéria de fundamentalismo, ver-se-á quem é mais forte !

      Excluir
    4. o certo não seria cultura roberto.

      argumentum ad populum também conhecido como apelo à popularidade ou maioria não conta pra nós.

      Excluir
    5. Não tem essa de 'vai quem quer' com dinheiro publico. V. Sa. deve estar concordando porque, certamente, faz parte de uma das duas denominações agraciadas com a mamata. Queria ver se sua opinião seria a mesma se fosse o candomble ou o espiritismo ou, mesmo, o ateismo o beneficiado. No Brasil temos a maldita cultura do tudo em beneficio próprio, daí manifestações como essa do sr. Roberto. Você, teísta, é que devia chorar por estar agindo exatamente como os proselitistas querem: igual um fantoche.

      Ruggero

      Excluir
    6. Anônimo15 de janeiro de 2013 02:40

      Para o bem da humanidade não é o Islamismo a religião que mais cresce, e sim a descrença.
      No mundo ocidental as pessoas estão abandonando a crenças em seres mitológicos, fantasiosos.
      Não te preocupa, estamos seguindo para um mundo secularista.

      Flavio Aguiar

      Excluir
    7. Para o bem da humanidade, é verdade, os ateus fizeram muito bem para a humanidade mesmo, na União Soviética, na China, Sudeste Asiático e etc e tal.

      Excluir
    8. como se nossos queridos amigos yankees não tivessem feito lá suas asneiras com o tal anti-terrorismo, guerra do vietnam, guerra do iraque/afeganistão

      esse valdo deve ser fã do tio sam, ficam sempre papagaiando a falácia ateismo=comunismo, parecem até aqueles caras que apoioavam a política da boa vizinhança.

      Excluir
  3. Esse políticos confundem Estado laico com o agradar quase todas as religiões. Estado laico é não tomar posição a favor de nenhuma denominação religiosa, o estado tem que ficar neutro. Não querer fazer concessões a várias igrejas para ficar bem politicamente.

    Flavio Aguiar

    ResponderExcluir
  4. Como cidadão pessoense e ateu eu me sinto envergonhado, revoltado e desrespeitado com isso.
    Precisamos mobilizar o máximo de pessoas(agnósticas e/ou atéias) para lutarmos por nossos direitos garantidos pela constituição federal.
    Todos os dias surgem notícias de atos de desrespeito contra a laicidade do estado. Precisamos nos mobilizar e lutar por nossos direitos. Vamos reunir forças e nos unir para lutar por um país onde não veremos mais o autoritarismo religioso se perpetuar nas entranhas do poder público.

    ResponderExcluir
  5. Não acredito que li isso, de acordo com você:

    1 - bandas religiosas devem ser impedidas de se apresentarem em eventos patrocinados pelo governo (não foi mencionado no texto, mas suponho que a turminha da baixaria tem passe livre);
    2 - religião não faz parte da cultura do povo;
    3 - realizar um show com banda religiosa em espaço público é o mesmo que obrigar todas as pessoas da cidade a seguirem determinada religião, o que fere o estado laico.

    Parabéns senhor "intelectual". Mais uma vez, me concedendo momentos de diversão com seus textos. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente com vc amigo... que palhaçadaaaaa nammmm

      Excluir
    2. gente, é muita idiotisse escrito num lugar só, pelo amor de Deus!!! concordo plenamente com vc amigo... esses NEOs (formadores de opinião) não conseguem criar nem ideologias affffffffff

      Excluir
  6. Então pelo senso crítico de ateus e secularistas, religiosos não pagam impostos e não votam, afinal não tem direito a cultura como outros povos, legal é que a grande maioria da população é contra o aborto, mas os ateus são a favor, a maioria é contra o casamento gay, os ateus são a favor, a maioria é contra a passeata gay, os ateus são a favor, sendo que querem que o aborto e a passeata gay (que causa um trastorno enorme nas vias com sexo ao ar livre, consumo de drogas e homossexuais nus em via pública) sejam bancados pelo poder público. Se a festa é cultural e a grande parcela da população é cristã, tem que se ter algo para essa parcela da população, afinal são brasileiros (Art. 5º "todos são iguais perante a lei"), pagam impostos e votam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que dá para explicar?
      «(Art. 5º "todos são iguais perante a lei")»
      Se são todos iguais perante a lei e se a lei é de um estado que se diz laico, porque razão todos devem ser obrigados a suportar os delírios cristãos? Será que não é possível celebrar segundo a tradição hindu ou budista?

      Será que, segundo a sua interpretação, serão mesmo todos iguais perante a lei?
      Ou essa lei é cristã?

      Excluir
  7. A questão é que políticos só se preocupam com votos. A minha cidade tem um dos menores indices de investimento em cultura do estado. As praias estão poluídas, a questão ambiental é totalmente ignoranda, quando não ridularizada. A cidade que é considerada turistica não recebe investimentos publicos na área. Mas porque justamente o prefeito é eleito por evangelicos e catolicos. Ele é crente e seu vice é catolico carismatico. Dinheiro para os eventos religiosos evangelicos e catolicos nunca falta. E como diz meu pai "crente não vai na praia", então as praias que continuem poluídas. O prefeito não está nem ai para o desenvolvimento ou os empresarios e trabalhadores da cidade. Enquanto ele der dinheiro pras igrejas estará tudo bem.

    ResponderExcluir
  8. De 16 a 20 de Janeiro a Festa de São Sebastião 2013 promete oferecer grande estrutura de palco, som e luz, segurança, estacionamento, parques de diversões. O prefeito Fabiano Pedro já definiou com sua equipe de governo os detalhes da festa e pretende surpreender a população com sua organização.

    Confira abaixo a programação oficial da festa de São Sebastião 2013

    Dia 16 – Carlos Alexandre Junior, Kakau do Forró e Orlando Costa
    Dia 17 – Paulo Marcio, Theo Moreno, Marcos show, Marinizio, Maiara Nascimento e Nego Manta
    Dia 18 – Alexandre Carvalho e Banda Vários Toques, Limão com mel e Forro da Curtição
    Dia 19 – Forrozão Vip, Arreio de Ouro e Capital do Sol
    Dia 20 – Padre Antônio Maria (Após a procissão)

    Uma realização prefeitura de Lagoa de Dentro
    Governo o povo em primeiro Lugar
    Prefeito Fabiano Pedro
    Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

    ResponderExcluir
  9. Ruggero:

    "Queria ver se sua opinião seria a mesma se fosse o candomble ou o espiritismo..."

    Eu é que não iria numa festa dessas satânica. Então você me diria que estou sendo preconceituoso; ao que eu lhe respoderia: aprofunde-se numa dessas seitas, e descobrirá que não minto.

    "Você, teísta, é que devia chorar por estar agindo exatamente como os proselitistas querem: igual um fantoche."

    Para asua informação não sou fantoche, mas sim, hajo como o meu Deus quer.

    Valdo:

    "Para o bem da humanidade, é verdade, os ateus fizeram muito bem para a humanidade mesmo, na União Soviética, na China ..."

    Rapaz eles fizeram tanto bem na antiga URSS que não se aguentarm com o comunismo por lá, prova que o regime não se sustentou e caiu, além disso viviam em pé de guerra com os EUA e boa parte do mundo; a URSS era muito amiguinha de Cuba, e este país vive num grande atraso. A China está em pleno desenvolvimento e projeta-se um crescimento nuca alcançado, entretanto a classe mais pobre vive em estado miserável, fora os abusos e até desrespeito aos direitos humanos.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto...
      Para asua informação não sou fantoche, mas sim, hajo como o meu Deus quer.

      então seu beto, vc assumiu que é títere sem opinião própria que segue aos caprichos de um livro contraditório,a um sacerdote picareta ou a uma suposta entidade "superior".

      outra pérola :Rapaz eles fizeram tanto bem na antiga URSS que não se aguentarm com o comunismo por lá, prova que o regime não se sustentou e caiu, além disso viviam em pé de guerra com os EUA e boa parte do mundo; a URSS era muito amiguinha de Cuba, e este país vive num grande atraso. A China está em pleno desenvolvimento e projeta-se um crescimento nuca alcançado, entretanto a classe mais pobre vive em estado miserável, fora os abusos e até desrespeito aos direitos humanos.

      onde estão as fontes dessa afirmação.

      se tu achas os States um paraíso é pq tu nuca fostes naquele lugar. um verdadeiro "inferno na terra" para estrangeiros, pricipalmente se tu fores mexicano, brasileiro ou colombirano

      Excluir
  10. O Prefeito de João Pessoa Luciano cartaxo, também deveria colocar o "2º encontro dos Ateus" como pauta. A não sendo uma corrente religiosa mas que trata do humanismo, secularismo, de maneira filosófica.
    Bem dinheiro publico para financiar festa religiosa ai tem coisa, não e de admirar que minha Cidade Campina Grande também tem um evento que tanto o estado como governo municipal, senta na mesma cadeira para pedir votos.
    Mas dizer que isso e cultura "precisamos ensinar antropologia nas escolas" como coloca Rodrigues, Jose Carlos em seu livro "Tabu do Corpo" [...] A cultura distintivo das sociedades humanas, é como um mapa que orienta o comportamento dos indivíduos em sua vida social[...].
    Mas observo pessoas falando dos Islã, sem mesmo conhecer, mas não sou especialistas, mas existe uma corrente no islã a do sufis, que vai muito além, para se ter uma ideia, a igreja só tornou capitalista graças aos povos árabes, que eram bem capitalista que os povos cristão. Bem não e do Islã esta forçando a pessoa acreditar neles, entra na onda quem quer. Mas Luciano Cartaxo esta criando este showzinho por que o PT da Paraíba esta como balcão de vendas. E revoltante ver os estado se prostituindo com esse tipo de ideologia, utopia religiosa.

    ResponderExcluir
  11. Acho que o poder público não deveria financiar nada de manifestações culturais, pois se as pessoas querem festas (católicas, evangélicas, ateias, carnaval, shows, passeatas gays etc.) deveriam fazer com o próprio dinheiro (financiamento particular), porque o estado não deve ter "gosto" em dizer que isso ou aquilo é cultura. Cultura é tudo que é criado pelo homem e, como há divergências com relação a onde o governo deve investir em "cultura", cada um deveria pegar seu próprio dinheiro e investir onde bem entender. Sendo que isso vale para teatro, esportes, musicas, shows, festas religiosas, festas não religiosas, festas de carnaval, festas juninas, passeatas, etc.
    Claro que eu também sou a favor que os brasileiros paguem menos impostos para que esse dinheiro (que não foi entregue ao governo) fosse investido de acordo com a vontade de cada um. Assim tenho certeza que acabaria essa mamata nas tetas do governo e todos ficariam mais felizes e não haveria necessidade de nós ficarmos vendo cenas absurdas como essas: chefes de governo(municipal, estadual e federal) utilizando o dinheiro público como bem querem sem restrições.
    Que absurdo!
    (Só pra constar: eu sou Agnóstico e respeito todas as opções religiosas desde que a minha também seja respeitada!)

    ResponderExcluir

Postar um comentário