Cuba devolve à Igreja Católica bens nacionalizados em 1961

do Religión Digital

Fidel Castro
Fidel Castro tem se aproximado
cada vez mais da religiao
O governo cubano devolveu à Igreja Católica os locais onde ficavam um antigo colégio, uma capela e dois terrenos à diocese de Bayamo-Manzanillo, na província sudeste de Granma.

O Conselho da administração provincial de Granma devolveu para a Igreja o imóvel onde ficava uma escola primária estatal, na cidade de Bayamo, de acordo com nota publicada no site da COCC (Conferência de Bispos Católicos de Cuba). Nessa edificação, antes, até maio de 1961, existia o Colégio Divina Pastora, quando o então Governo liderado por Fidel nacionalizou as instituições de educação privada, tanto católicas como evangélicas.

Uma fonte do bispado de Bayamo-Manzanillo disse que esta decisão significa “poder dispor de algumas instalações em meio a uma carência de locais nesta diocese e isto sempre é uma bênção”. Não obstante, lamentou a falta de templos e capelas em muitos lugares, mas disse que se mantém “a aspiração” de tê-los no futuro, para o seu trabalho pastoral.

Também destacou que os acordos com o governo local, ainda “em processo de execução”, também incluem a restituição da capela São Tarcísio, construída na década dos anos 1950, na cidade de Manzanillo, situada a uns 900 km ao leste de Havana.

Segundo as fontes citadas, as autoridades do governo em Granma aprovaram, além disso, a entrega para a diocese de um terreno em Cauto Embarcadero, para levantar uma capela, e a autorização para construir outra paróquia, no mesmo terreno onde antes estiveram ambos localizados no município de Rio Cauto.

Nos últimos anos, abriu-se uma nova etapa de estiramento nas relações entre a Igreja católica e Estado cubano, marcadas durante a revolução castrista pelas crises, desencontros, altos e baixos e por tensões.

A construção de novos templos é uma das reivindicações que a Igreja católica insiste em recuperar, em Cuba, para realizar sua missão social.

Já faz algum tempo que tem aumentado os contatos entre a Igreja e o Governo, as procissões públicas, e vários templos foram devolvidos.

De acordo com dados do arcebispo de Havana, 60% da população cubana se consideram católicos em referência ao número de pessoas batizadas, há cerca de 650 templos, 340 sacerdotes e umas 600 religiosas.





Fidel está cada vez mais próximo da religião, diz jornal italiano
fevereiro de 2012

Cuba precisa das ‘bênçãos’ dos evangélicos, afirma Raúl Castro
maio de 2012


Comentários

  1. Deveriam colocar a foto de Raúl Castro, atual presidente.

    ResponderExcluir
  2. Ah Fidel, depois de velho me vem fazer merda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como? Fazer merda? Merda ele já fez ao adotar o comunismo como política para seu país. Ele fez algo justo, algo raro aos esquerdistas, devolveu propriedades roubadas por um regime torpe, que é o comunismo. Ou melhor, roubadas por ele. No comunismo esse roubo é eufemizado pela expressão "nacionalizadas". Não deve-se cecear a liberdade religiosa de ninguém, mesmo que você não seja a favor.

      Excluir
    2. Só por esse teu 'nick' metido a besta em inglês já dá pra ter ideia da tua linha ideológica meu caro .. te resume a tua ignorância, e vai ler um pouco de história (de verdade, não a que tu vê no jornal da globo).

      Excluir
    3. Esse urubu definitivamente é um crentalhao enrustido.

      Excluir
    4. Sério? Meu nickname te incomoda? Que fofo! Mas deixe-me te falar, "meu caro germânico", eu não gosto nem um pouco da ICAR, muito menos gosto de um regime genocida como foi o comunismo, que muita merda fez em seu pouco tempo de vida, e que hoje rasteja-se quase sem vida, restringindo-se à países com governos podres, como a China, que hoje já mudou bastante, e a Coréia do Norte. Um regime que mais matou pessoas em todo o mundo, liderados por uma "galerinha travessa" como Pol Pot, Mao-Tse-Tung e Stalin, por exemplo, que deixaram um lastro de 60.000.000 de mortos [ou mais, pois há debates sobre isso].

      E sobre Cuba, que em sua era comunista, e que hoje está abrindo suas portas, era tão "bondosa" para com a população, que nem tolhas, nem papel higiênico ou outros produtos de higiene pessoal o povo cubano tinha. Um regime que cerceia a liberdade de expressão por meio da violência, seja por perseguição religiosa ou por perseguição política. Regime que proíbe sua população de ter acesso a Internet e acesso a Televisão, regime este que prende quem lê coisas proibidas pelo próprio. E sem falar que matou, em sua "revolução", mais de 77.000 civis. Agora pergunto, que tipo de história você fala?

      E sobre a Globo, faz uma vida que não a vejo, devo manter distância de algo tão prejudicial para meu cérebro. Acho que você deve ler mais sobre o comunismo e sua história, e você verá que a ICAR é uma santinha perto de tais regimes comunistas.

      Excluir
    5. Faithless, tuas informações sobre cuba e comunismo estão extremamente equivocadas.
      em primeiro lugar, a rev. cubana foi uma revolução popular (portanto, basicamente todos os revolucionários eram civis), onde os únicos que saíram perdendo foram as classes altas (um filme que mostra muito bem como ocorreu a tomada de havana e como era conduzido o governo cubano pré-fidel é o 'poderoso chefão: parte 2'. recomendo).
      hoje, cuba tem índices sociais superiores aos brasileiros, mesmo convivendo com um bloqueio econômico imposto pelo governo americano desde a década de 60. é um país pobre, claro, mas deve-se levar em consideração os demais países da américa central. nenhum tem educação, saúde, mortalidade infantil, entre outros índices, comparáveis com os cubanos.
      sobre a perseguição violenta que o governo supostamente faz: se é tão violento e vil como se diz, como a blogueira anti-fidel, que morava em cuba nunca sofreu um arranhão? (acusou, certa vez, de ter sido espancada um no dia anterior à denúncia, porém não possuía qualquer marca ou sinal de agressão física no corpo)
      sobre o fato de eles não possuírem 'nem toalhas, nem papel higiênico ou outros produtos de higiene pessoal', gostaria de uma fonte sobre isso, pois acho estranho que em um país com uma mortalidade infantil tão reduzida o povo não tenha acesso à itens de higiene...

      sugiro que, antes de demonizar um sistema político (socialismo e comunismo) que prega a igualdade entre todos, assista à uma reportagem com Brad Pitt, para o real time, onde ele, que já esteve em países socialistas (ao contrário da grande maioria que ataca tais regimes), fala sobre como o povo destes países está "just fine".

      outro ponto interessante em teu comentário foi quando acusastes o comunismo de ter matado mais pessoas que o capitalismo. quero lembrar que a guerra fria não ocorreu só de um lado, além de a 1a guerra mundial ter sido uma disputa econômica entre países capitalistas. sem contar as várias guerras civis no continente africano, ou as diversas guerras em que os eua se envolveram durante os anos, ou, até mesmo, as guerras anteriores ao surgimento da ideia socialista (rev. francesa). (todas as guerras entre reis e seus reinados são guerras capitalistas)
      não acuse uma ideia política pelos atos de humanos. ideias são apenas ideias. comunismo e capitalismo são apenas formas de se conduzir economicamente e politicamente um país. ser comunista não torna a pessoa um stalin. assim como a pessoa ser cristã não a torna um malafaia. assim como ser capitalista não torna a pessoa um bush.

      outro erro teu é confundir nacionalizar e roubo. cuba era o quintal norte-americano. os donos das terras não era o povo cubano, mas grandes empresários americanos. o dever do governo de um país é defender os interesses de seu povo, principalmente os mais fracos. nunca defender ricos, que praticamente se apoderaram das terras dos cubanos (lembre que, antes de fidel, cuba vivia uma ditadura capitalista apoiada pelos norte-americanos onde a população vivia na miséria)

      desculpe pelo post longo.

      Excluir
    6. Lamento, mas é você quem não conhece seu próprio regime. Em primeiro lugar devo frisar que, o comunismo como um ideia, uma utopia, é algo bonito de se ler, porém, como já disse, é utópico, assim como os ensinamentos de Jesus. Devido à nossa tão odiosa natureza humana, quem atende essa natureza é o capitalismo, pois somos, por natureza, competitivos, individualistas e gostamos de poder. E, portanto, para que possa-se implementar o comunismo, deve-se usar a força bruta, passando por cima dessa nossa natureza, como aconteceu em todos os regimes já implantados.

      Quanto os civis mortos, você generalizou, e muito. Pois nem todos aderiram ao regime, mesmo pessoas de baixa renda, muitas inclusive, e estas, pelo simples fato de não concordarem com o regime implantado, morreram.

      Quanto a os E.U.A. e Cuba, sim concordo que Cuba fez bem em tirar ao os imperialistas de lá, porém, para isso, não precisava adotar o regime comunista, o comunismo não é sinônimo de revolução bondosa assim como o capitalismo não é sinônimo de complacência política, isso dependerá da cultura de um povo. E quanto a nacionalização, esta é sim um roubo, nacionalização é o eufemismo do roubo, pois o governo força os proprietários a saírem de suas terras, tomando assim seus bens.

      Ao número de mortes, digo e reafirmo, este torpe regime matou bem mais que o capitalismo, pois, já que você cita a primeira guerra, esta aglomerou um pilha de 10 milhões de cadáveres, o que comparado ao comunismo é um número bem baixo, por exemplo, a revolução de Mao ceifou mais almas do que isso. E não, guerra de reis não eram guerras capitalista, anda bem de história hein? O capitalismo veio a existir bem depois da era do absolutismo. E quanto os africanos, estes nunca se mataram por dinheiro, mas sim, por motivos étnicos.

      [Cont.]

      Excluir
    7. [Cont.]

      Sério, Brad Pitt deu uma opinião política sobre os países comunistas e falou "Just Fine"? Esse Brad é uma anta política mesmo, vou precisar falar da Coréia do Norte? Ou da cruel China?

      Você cita um exemplo atual, para justificar a "bondade" do governo cubano, só que hoje as coisas por lá estão diferentes, veja, até devolveram terras para a igreja. Como compara o hoje com o ontem? Um absurdo isso. Hoje, pelo que eu vejo, em sua já escassa vida, ele que posar de bom senhor, de salvador da pátria. Tática esta que ilude apenas os incautos.

      Fontes sobre o papel higiênico:
      -http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,cuba-agora-enfrenta-escassez-de-papel-higienico,415256,0.htm
      -http://veja.abril.com.br/090909/ate-que-enfim-serviram-para-algo-p-098.shtml
      -http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u606780.shtml

      Sim, eu sei, culpa do embargo e talz, você provavelmente vai dizer, mas se são comunistas deveriam viver sem a ajuda dos capitalistas, não é mesmo?

      Excluir
  3. Isso vão cendendo( escrevi errado?) aos religiosos, de pouquinho em pouquinho eles chegam lá,primeiro é a mão, depois o braço,depois a carteira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não está cedendo nada aos religiosos, apenas está devolvendo propriedades roubadas, digo, "nacionalizadas" pelo governo.

      Excluir
    2. Devolvendo proprieddades roubadas? A ladra é a "Santa" madre igreja, Brainless Crow.

      Excluir
    3. Sério? Espeto? Sério mesmo? Ele perseguiu, matou e roubou. O que há de tão difícil em entender nisso?

      Excluir
    4. tu está dizendo que o povo cubano (a rev. foi um movimento popular) roubou terras cubanas de uma instituição bilhonária italiana? pela tua noção de roubo, d. pedro roubou portugal quando decretou a independência do brasil e nós, como cidadãos honestos que somos, deveríamos devolver a terra que é 'por direito' de portugal. confere?

      Excluir
  4. É o começo do fim... O governo abriu uma brecha por onde vai entrar agora golpismos, sabotagens, mentiras, intrigas... Parece que não sabem com quem estão lidando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes enfrentar os golpismos da ICAR, do que enfrentar um regime tão cruel quanto o comunismo.

      Excluir
  5. Fidel com medo de morrer e ir pro inferno, triste =/

    Mais uma prova que a religiao se aproveita da fraquesa das pessoas para se colocar como a salvadora da patria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais a Igreja salva basta acredita em Jesus Cristo nosso Salvador.

      Excluir
  6. nós tínhamos a terra e eles a bíblia.

    Agora nós temos a bíblia e eles a terra.

    ResponderExcluir
  7. Mais um ditador que revela respeito a religião. Sempre tem religião por trás destes cars. Ou dentro... kkk

    ResponderExcluir
  8. fidel é um cagão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Fidel e um cagão e você um idiotão.

      Excluir
  9. Então os "comunistas malvados" transformaram as propriedades católicas em escolas? Deve ser por isso que esse país tão "maldito" para nossa classe média direito-conservadora tenha indices muito superiores do que o Brasil em termos de educação e saúde!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora, fala do tanto de liberdade que eles têm pra dar a opinião deles...


      Ops, liberdade de opinião eles têm...quando falam bem do governo dele. Só assim.

      Excluir
    2. Deve ser fácil pra quem é de classe média prezar a liberdade de opinião como o mais alto dos bens... a verdade é que voces burguesinhos sempre se lixaram pras outras pessoas...

      Eu sempre digo que toda pessoa UMA VEZ NA VIDA deveria PASSAR FOME... isso é uma coisa reveladora que explica muito sobre o mundo. Crianças mimadas de classe média JAMAIS vão ter superioridade política de dizer o que é melhor para as pessoas. NUNCA.

      Cuba pode realmente ser uma ditadura... E isso está errado. Agora é INEGÁVEL que em termos de qualidade de ensino e SAÚDE PUBLICA está acima de muitos países.

      Excluir
    3. Crianças mimadas de classe média? Humpf... sou de família pobre, moro em um bairro pobre, trabalho de manhã e a tarde, e vou para a faculdade a noite. E sou filhadaputamente de direita. O que você quer dizer com isso Anônimo30 de janeiro de 2013 11:09? Que os direitistas são apenas playboyzinhos minados? Quanta generalização e ignorância!

      Cuba pode gozar de uma boa educação, desde que tal educação não ofenda o governo, e uma boa saúde, apesar de que os produtos de higiene, como o papel higiênico, por lá não existiam. Mas eu prefiro mil vezes viver no Brasil.

      A única coisa que Fidel se gaba é isso, saúde e educação, pois o resto...

      Excluir
    4. E o que passar fome tem a ver com o assunto? Putz, cada uma que me aparece!

      Excluir
    5. pergunte isso para uma criança de rua: "o que você prefere: ter saúde, comida, casa, segurança, educação e emprego, ou liberdade?"
      a liberdade a criança tem, o resto não.

      depois disso, tu vai entender qual a real necessidade primária do povo, pois, de que vale a liberdade se não há condições de goza-la?
      como um catador de latinhas usufrui de sua liberdade? como um morador de rua aproveita os privilégios de viver em um país livre? liberdade é um privilégio que só o poder econômico nos dá. e isso é um fato.
      em cuba, todos tem a 'liberdade' de serem bem atendidos nos hospitais. tem a 'liberdade' de praticar esportes. tem a 'liberdade' de ter comida todos os dias. tem a 'liberdade' de serem bem educados. 'liberdades' que boa parte da população brasileira não tem.

      o conceito de liberdade é muito vago.

      alguém se negaria a perder algumas liberdades se, com isso, uma pessoa carente não passasse mais fome, nem morresse de frio, nem vivesse em uma calçada, e pudesse ter educação e saúde?

      (não estou defendendo o regime ditatorial, apenas tentando mostrar um outro lado da mesma moeda.)

      Excluir
    6. Fome, é? Preciso citar o holocausto Ucraniano? Em torno de 5 milhões de mortes, mortes estas causadas pela fome, e sim, causadas pelo governo comunista russo, sob a liderança de Stalin. Que "nacionalizou" as terras de vários proprietários, desde os mais ricos aos mais pobres, roubando todo seu sustento e, portanto, causando uma grande desgraça.

      Atualmente, o que podemos dizer da Coreia, não é mesmo?

      Ou eu posso citar a grande fome Chinesa?

      Mas no tocante pobreza, que você citou, você cita a esquerda cuba, eu posso citar vários países Europeus de direita que tem índices de saúde bem mais elevados que Cuba, e Brasil obviamente, e que são de direita. O capitalismo pode ser mais justo, mas isso dependerá da educação de um povo.

      Excluir

Postar um comentário

Busca neste site