Tribunal da Polônia proíbe abate religioso com dor


Justiça decidiu que o
abate  religioso é cruel 

O Tribunal Constitucional, a mais alta instância da Justiça da Polônia, proibiu o abate religioso por considerá-lo cruel, desrespeitando, portanto, a lei de proteção aos animais.

A decisão contraria a instrução da UE (União Europeia) que entra em vigor em janeiro de 2013 permitindo tal ritual porque faz parte da liberdade de religião.

Para o tribunal polonês, contudo, a matança com dor de animais, sem atordoá-los, deixando-os sangrar, fere uma lei do país de 2009. A Polônia, nesse caso, não precisa se submeter à orientação da UE.

A maioria da população polonesa é católica, e o ritual com sofrimento dos animais pertence à tradição judaica e islâmica.

Na interpretação dessas duas crenças, o animal tem de estar consciente no momento de sua morte, para que a sua carne se mantenha pura e, portanto, adequada para o consumo.

Na Holanda, a Câmara dos Deputados aprovou no ano passado uma lei proibindo o abate religioso, mas a medida emperrou no Senado em consequência das pressões de religiosos. No Reino Unido, também se discute a proibição do ritual, com o apoio de setores do governo.

Sacerdotes do judaísmo e do islamismo argumentam que desenvolveram uma técnica de abate que minimiza o sofrimento dos animais, mas não há nenhum estudo científico que garante isso.





Com informação do National Secular Society.



Comentários

  1. só devemos matar algum animal por saciar a nossa fome e não para sofrer por nossos erros.

    ResponderExcluir
  2. ''Sacerdotes do judaísmo e do islamismo argumentam que desenvolveram uma técnica de abate que minimiza o sofrimento dos animais, mas não há nenhum estudo científico que garante isso.''
    Tem que testara técnica nos caras que maltratam os animais; com certeza, ficaria provada ou não a eficiência dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o leao que mata a zebra com mordidas. vcs qurem proibi-lo tambem?

      Excluir
    2. O Leão além de fazer isso porque é necessário para sobreviver, não tem consciência. Agora provocar a dor em seres indefesos e sem escolha apenas por causa de superstição?! puta que pariu!

      Excluir
  3. esta doendo vaquinha?

    muuuuuuuuuuuuuu...

    E agora vaquinha esta doendo?

    Muuuuuuuu muuuuuuuu

    Hein e agora esta doendo?

    Muu muu muu muu muu muu

    Calma vaquinha ?

    Mu mu mu mu mu mu mu mu mu..

    O que foi esta doendo?

    ?????O Grande e Poderoso Deus não me queimeis no inferno e aceite esta vaquinha no meu lugar Amém..

    ResponderExcluir
  4. ''Sacerdotes do judaísmo e do islamismo argumentam que desenvolveram uma técnica de abate que minimiza o sofrimento dos animais, mas não há nenhum estudo científico que garante isso.''
    Tem que testara técnica nos caras que maltratam os animais; com certeza, ficaria provada ou não a eficiência dela.

    ResponderExcluir
  5. Atenção, que assim prossiga pelo mundo todo.
    Quem deveria ter dor ao morrer deveriam ser os religiosos que assim seriam coerentes com suas fabulas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente.

      E a União Européia tem me decepcionado muito, mas muito mesmo, ultimamente. Já não bastava aquela conivência com a homofobia de cristãos e/ou fascistas da Grécia e, agora, essa conivência com a crueldade animal praticada puramente por questões religiosas.

      Francamente, eu não imaginava que a União Européia ainda seria tão submissa à religiosidade, aceitando colocar a dignidade humana e os direitos dos animais muito abaixo da "liberdade religiosa".

      Pelo andar da carruagem, eu não estranharia que a União Européia desse total apoio se acaso surgir um novo Partido Nazista. E não estou exagerando!

      Que vergonha, União Européia, que grande vergonha!

      Excluir
  6. Errmãos é só ler os livros sagrados:deus sempre gostou de sofrimento e sangue.Que imaginario deus podre.

    ResponderExcluir
  7. Paulopes se os comentarios forem ser moderados definitivamente crie uma materia dizendo porque razões você passou a moderar teu site de noticias.

    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  8. Esses psicopatas apelidados de religiosos dão sorte de eu não ter um exercito sob meu comando,eles iriam aprender na marra rapidinho como viver sem crenças estupidas e sem sentido!O que mais me revolta nesse mundo é esse bando de retardado que conseguiu chegar ao poder é pode melhorar muito esse mundo e não o fazem por puro sadismo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior é que a "egrégora" do ódio, criada pela cultura religiosa, acaba afetando a todos independente de crenças e descrenças!

      A religião só serve para corromper toda a humanidade, portanto, deveria ser banida de uma vez por todas, e na marra mesmo, pois a vida é urgente e não pode esperar!

      Excluir
    2. @Anônimo 30 de novembro de 2012 00:04

      Boa!

      Excluir
    3. É muito bom concordar consigo mesmo, não é?

      Excluir
    4. Concordo com você.

      Excluir
    5. Isto é, concordo comigo.

      Excluir
  9. E foi preciso 2012 anos para perceberem isso?
    Detalhe, eles estão sacrificando animais.
    Garanto que se tivesse um bode, um pentagrama e capuz negro até o para ia enfiar bode no anus.

    Cristão Coerente

    ResponderExcluir
  10. Bem... mas eles consomem a carne depois, não matam somente.
    Acho muita hipocrisia quem condena atos desse tipo e depois come carnes de animais que sabe-se lá como foram abatidos.
    Nota: acho esse ato um ato ridículo e sem sentido, porém o fim é o mesmo: consumo. Por mais mirabolantes e imaginários que sejam os rituais a realidade é que sempre acaba em consumo.
    Se a gente almoçar um frango, que sabe-se lá como foi abatido, somente, será menos estranho do que se a gente rezasse antes de come-lo?
    Sou contra maus tratos aos animais, mas não gosto de hipocrisia (inclusive minha, pois também como carne, por isso penso bem no que devo dizer sobre isso)

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo a sua lógica, devemos ficar quietos quanto ao sofrimento dos animais por motivos cretinos, como o religioso, só pq não sabemos como os animais são abatidos para a carne chegar a sua mesa? Que estupidez.

      Excluir
    2. Seguindo o raciocínio do Sr. Smith, então não devemos nos importar também com o sofrimento causado a nenhuma pessoa, afinal, sabemos que todas as pessoas irão morrer algum dia, logo, seria hipocrisia condenar alguém por ter causado sofrimento alheio.

      Ou é isso, ou estou louco...
      E aí?

      Excluir
  11. Consumo cada vez menos carne - e por uma junção de motivos de saúde (digestivos, p. ex.) e éticos. Também por uma não condescendência com o deus canalha inventado pelos teístas (um carniceiro que, apesar de supostamente todo-poderoso, escolhe criar um mundo cheio de dor, onde os seres têm de devorar outros seres para sobreviverem. E, mesmo assim, os crentes dizem que esse deus é bom. Vai ver, o conceito deles de bondade é outro... Então, normal que os canalhas da religião escolham infligir dor às outras espécies. Não atordoam os animais para o abate, mas eles, crentes, parece que vivem atordoados... Que o exemplo da Polônia seja seguido.

    Ruggero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus tá nas lacunas... ops, nos detalhes2 de dezembro de 2012 12:53

      A fábula da Queda (descrita no Gênesis, quando Adão e Eva comem da árvore do conhecimento) foi criada justamente para tentar explicar por que há tanto sofrimento desnecessário no mundo. Depois os cristãos e islâmicos (não sei dos judeus) criaram a figura do anjo caído, Lúcifer, o diabo, que é um subdeus (ou o equivalente a um Titã da mitologia grega) responsável por todo o mal no mundo.

      Daí criou-se um malabarismo teológico falando de livre-arbítrio, ou predestinação, dependendo da facção religiosa.

      Mas hoje começa-se a ver que a emenda saiu pior que a sonata...

      Excluir
  12. Paulo, fugindo um pouco do assunto, viu que a frase "Deus seja Louvado" vai permanecer nas notas? Vi no "http://noticias.gospelprime.com.br/deus-seja-louvado-real-permanece/".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde ontem à tarde não estou conseguindo atualizar o blog por causa de um problema do Blogger. Abs.

      Excluir
    2. A irracionalidade é sempre preferivel ainda mais quando envolve "poderosos" fizeram birra , fizeram beicinho e a frase permanece. Vivemos sim num estado teocratico cristão , mesmo de forma velada mais vivemos. Eu não compreendo a necessidade desta frase no dinheiro a não ser proselitismo religioso , é muito estranho isto tudo.

      Excluir
  13. vi em um blog do bule voador que ateísmo não tem muita coisa a ver / ser vegetariano e vegano, mas depois vai desmintindo aos poucos e que sim tem um pouco interligado aos 2, de fato, conheço muita gente vegetariano ateu e nenhum vegetariano religioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só conheço vegetarianos teístas e deístas. Nunca conheci um ateu vegetariano.

      Excluir
  14. Nossa! Como tem vegetariano lendo o Paulopes...

    ResponderExcluir
  15. Fiquei admirado com a quAntidade de vegetarianos lendo o Paulopes...

    ResponderExcluir

Postar um comentário