Arcebispo afirma que ateísmo é fenômeno que ameaça a fé cristã

Eduardo Benes de Sales Rodrigues
Arcebispo lamentou 
que negar a Deus
deixou de ser insólito
A fé cristã está sendo ameaçada por dois fenômenos. O primeiro é a concepção de um Deus que nega a relação Dele com os humanos, e, o segundo, é ateísmo, que está disseminando a descrença. Essa é a avaliação do arcebispo Eduardo Benes de Sales Rodrigues (foto), 71, da Arquidiocese de Sorocaba (SP).

Ele publicou recentemente um artigo no jornal Cruzeiro do Sul onde se detém mais no ateísmo como fator de desestabilização da cristandade. Dom Rodrigues transcreveu trechos do Concílio Vaticano II que aborda, do ponto de vista da Igreja Católica, a causa do ateísmo.

Um dos trechos afirma que as “grandes massas afastam-se praticamente da religião”, diferentemente do que ocorria no passado, porque “negar Deus ou a religião, ou prescindir deles já não é um fato individual e insólito: hoje, com efeito, isso é muitas vezes apresentado como exigência do progresso científico ou de um novo tipo de humanismo”.

O texto do Concílio, que acaba de fazer 50 anos, continua: “Em muitas regiões, tudo isto não é apenas afirmado no meio filosófico, mas invade em larga escala a literatura, a arte, a interpretação das ciências do homem e da história e até as próprias leis civis; o que provoca a desorientação de muitos".

O arcebispo também transcreveu o trecho que atribui aos crentes parte da responsabilidade pelo avanço do ateísmo, “na medida em que, pela negligência na educação da sua fé, ou por exposições falaciosas da doutrina, ou ainda pelas deficiências da sua vida religiosa, moral e social, se pode dizer que antes esconderam do que revelaram o autêntico rosto de Deus e da religião."

O artigo do arcebispo ecoa uma recente mensagem do papa Bento 16 em que destaca o “fenômeno perigoso” do “ateísmo prático”.

Parece que, pelo tom dessas e outras manifestações, a Igreja Católica tende cada vez mais colocar a culpa nos ateus e nos próprios fiéis pela crescente rejeição à fé cristã do que em si mesma, o que diminui as expectativas de que venha a conseguir recuperar um pouco do prestígio que teve até o século passado. E sem autocrítica, não há a longo prazo salvação para Igreja.






Arcebispo afirma que 'Estado laico não é dono da sociedade’
junho de 2012

Comentários

  1. A verdade vai dizimar a crendice em absurdos.

    ResponderExcluir
  2. Veritas Vos Liberabit, a verdade há de libertar a sociedade da cegueira auto-imposta pela religião

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11/19/2012

    Pelo que entendi falar a verdade e expor o ridículo das religiões é uma ameaça a quem mente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que não deixa de ser verdade XD hahahahaha

      Excluir
  4. Anônimo11/19/2012

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo11/19/2012

    Ele diz a verdade. O ateísmo, o bom senso, o mínimo de inteligência, tudo isso ameaça a fé cristã, ou qualquer outra fé.

    ResponderExcluir
  6. "isso é muitas vezes apresentado como exigência do progresso científico ou de um novo tipo de humanismo”. "

    Qual era o outro tipo de humanismo mesmo? Misognia, Machismo, Homofobia, Escravidão, Genocídios e a Igreja acumulando mais e mais riquezas enquanto bilhões de pessoas estão na miséria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11/19/2012

      Um dos trechos afirma que as “grandes massas afastam-se praticamente da religião”, diferentemente do que ocorria no passado

      É claro pq no passado quem se afastava da igreja ia direto pra foqueira

      Excluir
  7. Incrível como a fé desse povo é tão pequena e frágil que pode ser abalada por qualquer coisinha...

    Acho que a fé deles nãoé tão forte como dizem que são...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11/20/2012

      E nem "inabalável", como eles gostam de dizer.

      Excluir
  8. Na verdade, acho que o ateísmo é um fator DECORRENTE do enfraquecimento do pensamento religioso. As explicações e as soluções sugeridas pelo pensamento católico são cada vez menos convincentes. Os costumes mudaram, a sexualidade, as relações sociais, os tipos de governo, educação e conhecimento cientifico apresentam uma realidade com a qual a religião se mostra incapaz de competir como já foi capaz.

    Fora isso, pelo menos aqui no Brasil, a incapacidade de se reinventar pela Igreja Católica, favoreceu que um outro tipo de religião adquirisse força, como os neo-pentecostais.

    O curioso paradoxo é que me parece que tanto católicos quanto grupos protestantes "históricos", sobretudo os de origem luterana, que tanto se utilizaram ou combateram a venda de indulgências, vejam a eles errôneamente associados as figuras de pregadores da "teologia da prosperidade", versão remaiusterizada onde n~çao apenas o perdão é transformado em fetichismo monetário, como a propria prosperidade, inclusive de bens materiais, se torna refém de um "quer pagar quanto?" teleevangelista.

    [Promessa de] Dinheiro é o ópio do povo.

    ResponderExcluir
  9. "Incrível como a fé desse povo é tão pequena e frágil que pode ser abalada por qualquer coisinha...

    Acho que a fé deles nãoé tão forte como dizem que é..."

    Pensei o mesmo...

    ResponderExcluir
  10. Mas, seja como for, o ateísmo é apenas mais barulhento em suas críticas, não um fator de fato causador da perda de importância católica.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo11/19/2012

    Qual é a relação racional de deus com os humanos racionais?

    ResponderExcluir
  12. Mas ele está certo!
    Somos nós ateus e que temos que disseminar a dúvida, para que pensando se chegue a mas simples das conclusões;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11/19/2012

      Navalha de Occan nos crentes!

      Excluir
  13. Anônimo11/19/2012

    Quando alguém usa a força para impor sua idéia, significa que já perdeu a razão, portanto é errado dizer que a ICAR perdeu o prestígio e a confiança só há pouco tempo. Na verdade eles as perderam desde quando promulgaram a Santa Inquisição, e só chegaram vivos até hoje por imporem medo, o que é muito diferente.
    O mundo ocidental hoje não está perdendo a confiança na ICAR, e sim o medo.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11/19/2012

      "O mundo ocidental hoje não está perdendo a confiança na ICAR, e sim o medo."

      [2]

      Excluir
  14. vai acabar com o dizimo esse é o medo dele

    ResponderExcluir
  15. Anônimo11/19/2012

    Como debater de forma inteligente com pessoas que acreditam no diluvio ?

    ResponderExcluir
  16. Anônimo11/19/2012

    "Um dos trechos afirma que as “grandes massas afastam-se praticamente da religião”, diferentemente do que ocorria no passado, porque “negar Deus ou a religião, ou prescindir deles já não é um fato individual e insólito: hoje, com efeito, isso é muitas vezes apresentado como exigência do progresso científico ou de um novo tipo de humanismo”

    Parei de ler nessa chuva de fezes.

    ResponderExcluir
  17. E desde quando ser ateu é algo ruim?

    ResponderExcluir
  18. A ICAR acusa os ateus e até alguns cristãos, mas se esquece de olhar para o próprio rabo. A ICAR e outras igrejas estão desmoronando porque estão se tornando anacrônicas. Elas estão estagnadas no tempo enquanto a humanidade continua evoluindo.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo11/19/2012

    O padre esqueceu que não existe pregadores do ateismo e quem da mídia para ateus militantes como richard dawkins são os próprios crente. O padre pode ter certeza que não tenho o desejo de desconverter ninguém, quem se torna ateu é por conta própria.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo11/19/2012

    Sem cristianismo o ar vai deixar de ser ar? A vaca vai deixar de ser vaca? A água vai deixar de ser água? A terra vai deixar de ser terra?

    ResponderExcluir
  21. O que mais ameaça a fé cristã é a razão.

    ResponderExcluir
  22. Anônimo11/19/2012

    João Paulo II disse que o ateísmo também cresce devido aos maus exemplos dos crentes.

    Fato.

    ResponderExcluir
  23. Anônimo11/20/2012

    But is that blood that's on your hand your religion.

    ResponderExcluir
  24. Wendell11/20/2012

    A Igreja católica não é uma mera humana instituição, mas divina, assim não fosse, basta imaginar uma outra força existente nos milhares de cristãos sacrificados no começo do cristianismo sem parar no Imperio Romano por séculos a fio, praticamente por quase 350 anos.
    De forma diferenciada um pouco, mas até hoje, em especial dos muçulmanos de forma contínua a cada dia na tenaz perseguição mantida, especialmente conta a Igreja católica.
    Desde seu aparecimento fundada por Jesus Cristo, aliás Ele mesmo, centenas de religiões apareceram e as que permanecem a seu lado como as protestantes dela oriundas subsistem por serem relativismo religioso sob forma de religião, ateísmo disfarçado, pelo fato de a pessoa obedecer a uma instituição e, se desistir dela poderá fundar outra de igual valor, são as dezenas de milhares de seitas em que cada um julga o seguimento religioso a criterio pessoal.
    As seitas mais se parecem com balcões de conveniencias que religião e ou outros semelhantes movimentos niilistas existentes em que privilegiam o ateísmo, como os provenientes da relativista maçonaria e de seus subsidiarios partidos comunistas, instigando a soberba e orgulho do homem, tão fraquinho, mortal e que dentro em breve incidirá no: lembra-te que és pó e em pó hás de te tornares.
    E que não levarão ninguém a lugar algum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse doidin precisa de tratatento psiquiátrico.

      Excluir
    2. Anônimo11/20/2012

      Wendell falou, falou e prá (não) variar, disse nada com coisa nenhuma.

      Excluir
    3. Anônimo11/22/2012

      Procure ajuda, crentalhão

      Excluir
  25. Anônimo11/20/2012

    Liberdade por não se submeter à crendices pregadas por clérigos que vivem nababescas vidas bem terrenas sem nunca precisar produzir um prego, pois há uma horda de cordeiros a fazê-lo em seu lugar. Vivem em seus lindos templos , contemplando seus maravilhosos vitrais pois qualquer coisa menor que isto seria um insulto ao deus pai. Alegria por ser uma pessoa virtuosa sem precisar viver sob a intimidação e ameaça do fogo do inferno. Felicidade por ser uma pessoa virtuosa, simplesmente por sê-lo e não por querer algo em troca (vida eterna) chantagem portanto, serei isto se me deres aquilo. Isto por si só já é algo amoral. Ademais, o deus do pentateuco é por demais sinistro, violento, vingativo, para que seja levado a sério.

    Religião e fé são para os que se prestam a comungar com rituais bizarros e insanos de canibalismo e vampirismo, ao aceitar que uma bolacha e um copo de vinho é o corpo e o sangue de alguém. Este é o verdadeiro horror da religião, faz com que pessoas perfeitamente sãs e decentes, alimentem ideais e pratiquem atos que apenas um psicopata o faria por si só. Se amanhã pela manhã, eu falar algumas palavras em latim para minha panqueca e meu copo de vinho, alegando ser ser o corpo e o sangue do Elvis Presley, provavelmente serei internado como um doido varrido.

    Sem contar os clérigos sodomitas, extremamente perigosos com suas conversinha mansas e suaves de irmão pra cá e Deus vivo pra lá, quando os pais forem ver, já foi. Hipócritas, que sequer fiéis aos seus próprios dogmas. "casais e multiplicais". Sou a favor de que todos os padres tenham a sua libido esterilizada quimicamente, para que um padre precisa de libido, a não ser para ficar traçando os cordeirinhos de deus e dando uma interpretação deturpada do "vinde a mim as criancinhas". Sei que para o ateu isto soa injusto, afinal, nem todos são bandidos. Mas para o cristão isto é totalmente normal, um inocente pagar pelos pecados do outro. Um bebê já nasce com os pecados dos seus pais por pagar. Faz parte do processo hipnótico onde deve haver a rendição incondicional de todas as inocências e a imputação do peso da culpa e do pecado Mecanismo necessário para o clérigo lhe vender em suaves prestações a redenção de um ser imaginário. Ao constituírem patrimônios, corroboram ser o seu profeta só mais um doido varrido, pois mandava seus seguidores não investirem em terras, gados, nada de cuidar do futuro de seus filhos, apenas segui-lo, porque era a luz, o caminho e ninguém chegaria ao pai a não ser por ele. Continua.....

    ResponderExcluir
  26. Anônimo11/20/2012

    Continuando......

    Não era nada exibido o pobre rapaz que no momento da morte gritou "pai por quê me abandonaste"? Morreu para tirar os pecados do mundo mas se arrependeu e ressuscitou, dando um estelionato em seus devotos. O mais interessante que ao ressuscitar, não foi reconhecido por sua mãe, aquela que apesar de ter tido meia dúzia de filhos, é chamada de virgem. Uma ressurreição é a suspensão da lei natural, o que seria mais provável? Um a suspensão da lei natural pra satisfazer a sua crença, ou que você esteja cometendo um terrível engano. Ainda mais, se esta não aconteceu com você e sim porque você ouviu falar. Levando em consideração também, uma ressurreição naquela época e naquele lugar da Palestina.

    Vejam que o tal Jesus ressuscitou, o Lázarus ressuscitou, a filha do Jairo ressuscitou e segundo Gospel, todos os crucificados de Jerusalém se levantaram dos seus túmulos e saíram caminhando pelas ruas. É como se ressurreição fosse algo banal, tal qual estes filmes de zumbis que vemos na televisão.

    O cérebro humano repete o que ouve, você fala português porque se habituou a escuta-lo e não o francês ou alemão. Também está acostumado com mentiras desde a tenra idade, contadas por àquelas pessoas que mais depende e ama, seus pais. Papai Noel, Bicho Papão, Cegonha, Coelhinho etc. Todas as fábulas capturam em sua essência o mecanismo de recompensa mediante um comportamento desejado ou imposição de consequências desagradáveis caso tal comportamento não seja atendido.

    Depois de adulto o cérebro já não consegue mais se livrar desta dependência e a estória da possibilidade de vida eterna mediante algumas condições, caem como uma luva e fazem o maior sentido dentro do sistema cognitivo que se acostumou com esta mecânica. Isto, por meio da indução sugestionamento e doutrinação - eufemismo de lavagem cerebral - ficando limitado pelo senso comum. Muito esforço, haveria de ter, para a libertação desta mazela mental. É uma lástima.

    A mesma metodologia se aplica às religiões e você é cristão e não muçulmano, judeu, indu ou budista, única e exclusivamente porque o Brasil foi colonizado por europeus cristãos. Então veneras o profeta se ajoelhando e falando ao vento.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por Árabes, você veneraria o profeta se prostrando de quatro com a testa no chão e o fiofó pro avesso de Meca e Medina, e clamaria por um tal de Alá que ali nunca está. E isto muitas vezes ao dia.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por asiáticos, você nortearia as suas certezas como base nos ensinamento de um obeso mórbido, que mal e porcamente conseguia controlar o próprio peso.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por indianos, você seria um idólatra da vaca, do rato e do grande "Deus" Macaco Hanumann.

    Se o Brasil tivesse sido colonizado por judeus, você iria para frente de um muro e ficaria se balançando para frente e para trás, e conversaria com a pedra feito um pateta.

    Consegues perceber agora a trivialidade e insignificância de sua crença religiosa? Sendo pois, meramente por uma questão geográfica? Dos mais de três mil deuses adorados pela humanidade ao longo de sua existência, todos eles foram os únicos e verdadeiros, tal qual o seu. E você é ateu em relação à todos. Não é ?

    ResponderExcluir
  27. Anônimo11/21/2012

    arcebispo, vai procurar uma criança pra te comer!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  28. Anônimo11/21/2012

    igual aos mágicos que fizeram de tudo para acabar com o Mr.M... descobrir as artemanhas e conta-las bota em risco o negócio.

    ResponderExcluir
  29. Anônimo11/22/2012

    É uma ameça mesmo, ameaça ao clubinho de chupadores de pipi dele.

    ResponderExcluir
  30. O que? Eu ateuzão fodão estou contribuindo pra detonar com a maldita ICAR? Oba, oba, to me sentindo um homem-bomba. Ei padrófilos, cuidado comigo, eu tenho um cinto de explosivos, cuidado que BUUUM... não vai sobrar pedra sobre pedra.Eu quero é que a católica se exploda no quinto dos infernos, e que ninguém mais lembre das suas malditas cinzas, na verdade não quero que seja esquecida não, quero mostrar pras gerações posteriores a capacidade do homem de ser estúpido por séculos e séculos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Gloria Perez defende a novela 'Salve Jorge' de críticas de religiosos

Vicente e Soraya falam do peso que é ter o nome Abdelmassih