Jornal critica intolerância evangélica contra umbanda

Jornal diz que os fanáticos deveriam tirar lições da história do
cristianismo, no período em que foi perseguido pelos romanos

editorial do Jornal do Commercio, de Pernambuco

De tão antiga e tão arraigada à história de todos os povos, a intolerância religiosa se presta normalmente a estudos acadêmicos, mas quando se torna ato de agressão física ou moral a questão desce ao plano policial e é, sim, matéria jornalística. Como vem sendo desde o bárbaro assassinato de uma criança no que se divulgou como “ritual de magia negra” no interior de Pernambuco. Sinal para que grupos evangélicos saíssem do já conhecido teatro de condenações, a tela de TV, para a manifestação direta contra os seguidores de umbanda, com ameaças de violência e gestos de intolerância inaceitáveis.

Esse é um capítulo à parte na história contemporânea do nosso País, principalmente pelo crescimento das denominações pentecostais, que curiosamente associam o demônio às manifestações religiosas de matriz africana quando se trata de uma criação cristã. Todos os preconceitos que alimentam a intolerância religiosa recaem sobre expressões quase sempre desconhecidas, como o vodum e as entidades do panteão da religiosidade afro-brasileira, que recebemos como fruto de um dos capítulos mais sujos de nossa história: a escravidão.

Antes de condenar e perseguir práticas religiosas que desconhecem, esses grupos que atacam quem não reza pelo seu livro deveriam recorrer à história de suas próprias crenças para encontrar as mesmas formas de intolerância que fez a perseguição romana contra os cristãos, destes contra os judeus, a perseguição católica contra os protestantes, até as mais recentes manifestações da “religião” nazista.

Mais que atentar para a história das crenças, cabe lembrar aos fanáticos de todas as denominações que há princípios e leis que asseguram o direito de acreditar, ou não acreditar, em divindades, e que há punição assegurada pelo Estado – entidade sem religião – para quem viola essas normas. É por essas razões que causam inquietação as manifestações de grupos evangélicos contra os seguidores de umbanda, assim como é impensável se associar a práticas religiosas afro-brasileiras algo como ritual de magia negra, com sacrifícios humanos.

Também não podem os intolerantes – tão cuidadosos em pautar suas vidas pela Bíblia – desconhecer que esse livro contém muito sangue e até remete a manifestações que seriam não apenas criminosas do ponto de vista laico, como inaceitáveis na visão do religioso dos dias de hoje. Basta que recorram aos episódios que falam de sacrifício humano e de animais, culminando com o capítulo 9º da Carta aos Hebreus, onde trata do “sangue da nova aliança”. É um trecho coberto de sangue, com expressões como: “E, segundo a Lei, quase todas as coisas são purificadas com sangue, e sem derramamento de sangue não existe perdão”. Essa é a coluna ideológica com que fanáticos de todas as latitudes têm tentado legitimar seus atos, em quaisquer circunstâncias inaceitáveis em uma sociedade onde a liberdade de crença e culto e, sobretudo, o direito à vida, têm a proteção de todas as leis.





Transcrição do editoral do Jornal do Commercio.


Comentários

AD Luna disse…
Olá, Paulo Lopes. Só dando um toque que este é o Jornal do Commercio de Pernambuco, um dos maiores e mais influentes do Nordeste (www.jconline.com.br). abs
Anônimo disse…
Este texto foi uma patada na cara dos fundamentalistas fanáticos e expressa bem o que nos ateus em nossa condição neutra a religiosidade vem dizendo a tempos.
Anônimo disse…
A Ética que tem se sobressaído no mundo sugere que devemos viver e deixar que os outros vivam. Assim, rituais "religiosos" que envolvem sacrifício de crianças ou de qualquer pessoa em qualquer fase da vida, soa um tanto desrespeitoso. E, como há leis que punem tais sacrifícios, supõe-se que a Sociedade rejeita tal prática.
Portanto, se independente de qualquer lei, um ato é desrespeitoso e, à luz da lei ele é repreensivo, aqueles que o praticam devem ser reprimidos. E todos aqueles que podem vir a praticá-lo devem ser vigiados.
VOZ DO BRASIL disse…
Não vejo bons horizontes dentro da atual conjuntura neo-pentecostal diante da sociedade.

Eles ganharam muito terreno, tanto econômico, quanto político e midiático, quanto em número de templos e seguidores... Agora com todo esse poder irreversível, eles podem se plantar de intolerantes o quanto quiserem, pois esse conceito da intolerância eles pregam nas cabeças dos seus milhões de seguidores a toda hora... e essa massa vai apoiá-los cegamente, assim como votam em candidatos indicados por seus líderes.

Por outro lado, tamanha é a concorrência entre eles por rebanhos que não duvido que dentro de pouco tempo eles terão tiroteios e atentados dentro das suas respectivas igrejas na disputa de concorrência.
Anônimo disse…
"Toda unanimidade é burra".
Rafa in Love disse…
Caralho, paguei muito pau para a matéria... pena que a Folha nunca publicaria algo assim :/
Rafa in Love disse…
Perfeito! Digo mais... creio que em menos de 20 anos nós teremos guerra civil em nossa pátria amada.
Paulo Lopes disse…
Sim, Luna. O Jornal do Commercio é um dos jornais brasileiros mais longevos. Para mim, foi um surpresa ele ter feito a advertência sobre as "manifestações criminosas da Bíblia". Este tipo de coisa não costuma aparecer na imprensa brasileira, que é, como se sabe, exageradamente confessional. Abs.
Rosinha Tricolor disse…
As coisas tendem a piorar mais ainda caso a PEC 99/2011 passe: "As Mesas da Câmara dos Deputados e do
Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a
seguinte emenda ao texto constitucional:Art. 1º O art. 103 da Constituição da Federal passa a vigorar acrescido do
seguinte inc. X:“Art. 103 .....................................................................X –as associações religiosas de
âmbito nacional;”Art 2º Esta Emenda
Constitucional entra em vigor na data de sua promulgação." Autor: Deputado João Campos (PSDB - GO). @@ Tenso... @@ O Estado Laico vai por água abaixo, de vez, se esta Emenda passar... Mando o link da Petição contra a PEC 99/11 http://www.change.org/petitions/irmos-na-discordncia-rejeitem-a-pec99-em-nome-da-laicidade-constitucional#
Anônimo disse…
Cristãos consideram os deuses pagãos como demônios, qual a novidade aqui?
AD Luna disse…
Legal!!! Foi bem importante! Abs
Anônimo disse…
A mídia cristã direitista é sem vergonha eles nunca daria uma notícia dessas.
Anônimo disse…
Texto ruim, mal organizado, de sintaxe confusa. Salva-se apenas pelo apelo à tolerância. Não sei como alguém tem coragem de botar um artigo desses num jornal. Vários dos comentadores que escrevem por aqui fazem melhor do que isso.
Anônimo disse…
Concordo! Só valeu pela intenção. Fatima
Thiago disse…
Todo argumento contra fanáticos tem meu apoio. Chega de hipocrisia, preconceito e ignorância. BASTA de fanáticos!
Anônimo disse…
Minha vez! Minha vez!
MIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMI
MIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMI
MIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMI
MIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMI
Anônimo disse…
Anônimo de 14:39, A Folha de São Paulo um jornal de direita!

Você está contando uma piada?!
Cristão geralmente tem essa mania de pensar que só eles que são perseguidos, mas parecem esquecer que eles são os maiores perseguidores hoje em dia.
Rodrigo FS disse…
"Antes de condenar e perseguir práticas religiosas que desconhecem, esses grupos que atacam quem não reza pelo seu livro deveriam recorrer à história de suas próprias crenças para encontrar as mesmas formas de intolerância que fez a perseguição romana contra os cristãos, destes contra os judeus, a perseguição católica contra os protestantes, até as mais recentes manifestações da 'religião' nazista."

Esse parágrafo é ótimo.
Anônimo disse…
Essa dificilmente passa, mas a que dar super-poderes ao Congresso para anular decisões do STF, igualmente imoral, tem grandes chances de ser aprovada por encantar os membros do Congresso Federal.
Logical disse…
Medo, muito medo do futuro desse país de acéfalos fundamentalistas religiosos sendo manipulados por esses pastores zilionários e que crescem a cada dia.
Me preocupa muito isso. Alguma coisa tem que ser feita para minimizar esses abusos. Que tal começar por obrigar essas igrejas a PAGAR IMPOSTOS igual a todos nós?
Anônimo disse…
O tal editorial do Jornal do Commercio, reproduzido acima, fica melhor num blog ateísta, e não num jornal longevo que busca ser "respeitável".

O desonesto articulista que o escreveu parece desconhecer o fato de que evangélicos têm, sim, o direito de criticar outras religiões ("afros", inclusive) mais ou menos como o autor do tal editorial também exerce seu direito, dedicando tantas linhas a atacar o Cristianismo e a fazer sua panfetagem anti-cristã.
Caruê disse…
Nada mais respeitável do que denunciar tais atos, se existissem ateus queimando igrejas tal ato teria de ser dito, agora quando exite dezenas de casos de depredação assassinato e intolerância dos evangélicos. Em sua luta imaginaria contra o diabo o que fere e mata o povo deve ser ignorado em prol da imagem cristã? Isso é o mesmo que acobertar pedófilos de ICAR.
Anônimo disse…
O que dá medo é ver gente levando a sério um editorial ridículo desses num grande jornalão, pregando "a tolerância e o respeito" (desde que não sejam tolerância e respeito aos cristãos, claro).
Pedro Lobo disse…
Calma, cristão das 20:04. Não descontextualize. Você sabe muito bem que as religiões evangélicas demonizam as religiões de matriz africana, e isso é preconceito e tem de ser denunciado, sim. O jornal apenas fez o que tinha de fazer.
Anônimo disse…
É mesmo? Há "dezenas de casos de depredação assassinato e intolerância dos evangélicos"?

"Intolerância" pode até ser, já que qualquer coisa que evangélicos digam, e que não agrade a vocês, é logo rotulada como "intolerância".

Mas quanto às "dezenas de casos" de depredação e assassinatos promovidos por evangélicos, já é apenas pura mentira ateísta militante.

Por isso mesmo, é natural que apaludam o jornalão pernambucano apoiando seu discurso panfletário.
Anônimo disse…
"tolerância e respeito aos cristãos" equivale a aceitar qualquer ato de desrespeito cometido pelos mesmos? Ser cristão é ser isento de responsabilidade?
Anônimo disse…
http://www.paulopes.com.br/2012/07/evangelicos-sao-acusados-de-intolerancia-religiosa.html

http://www.paulopes.com.br/2012/07/evangelicos-sao-punido-por-intolerancia.html
Anônimo disse…
Rodrigo, você tem razão,realmente este texto está meio confuso e pouco organizado. O Jornal do Commercio é considerado o maior do Nordeste e é surpreendente que tenha publicado este texto, que apesar de confuso, é ousado e VERDADEIRO. Toca na ferida da intolerância extremamente comum a esses grupos de evangélicos pentecostais e neopentecostais.
Anônimo disse…
essa intolerancia religiosa tem que ser banida, falo de todos os ambitos religiosos, está na hora de acabar com isso, os religiosos falam tanto de amor ao próximo, de livre arbitro,e etc... mas vivem julgando os outros o tempo todo, creio que esse povo não leem nada são leigos e só acreditam no que eles querem acreditar; falta respeito e compreensão apenas isso!
Caruê disse…
Apenas leia isso e volte para comentar.
http://www.defensoria.sp.gov.br/dpesp/Repositorio/39/Documentos/Mapa_da_intolerancia_religiosa%5B1%5D.pdf
Anônimo disse…
Um ou outro caso isolado, às vezes sem nenhuma prova senão uma mera acusação não confirmada, não são "dezenas de casos de depredação e assassinato".

É a famosa tempestade em copo d'água.
Anônimo disse…
A igreja devia pagar impostos Já que elas não fazem nenhuma obra de caridade. É um centro comercial como qualquer outro. Eu queria por quais motivo a igreja não paga impostos.
Anônimo disse…
*eu queria saber por quais motivos elas não pagam impostos*
Anônimo disse…
Caruê, se os adeptos às "religiões de matrizes africanas" fossem maioria, eles teriam respeito pelas outras religiões?
Anônimo disse…
E evangélicos são maioria? Imaginem se fossem... Tempestade em copo d'água? Hahahahaha... Eta cinismo...
Anônimo disse…
Todo mundo, que tenha consciência,deseja que igrejas paguem impostos, mas é muito difícil que isso ocorra. A bancada religiosa está lá em Brasília para, entre outras coisas, impedir que isso aconteça. Isso só aconteceria se houvesse uma mobilização monstruosa por parte de toda a sociedade brasileira.
Anônimo disse…
Cristãos (evangélicos, católicos, etc.) são maioria. O que não significa que essa maioria "agrida" minorias, ao contrário do que certas minorias militantes mentem.
Anônimo disse…
Cristãos não, EVANGÉLICOS PENTECOSTAIS. Não finja que não entende A GRANDE DIFERENÇA. A coisa está muito clara. Eles são intolerantes, sim, e com muitos outros segmentos da sociedade, além dos adeptos das religiões afro-brasileiras. E pelo que consta , ninguém está perseguindo cristãos ou EVANGÉLICOS pentecostais aqui no país da maneira como esses perseguem outros grupos.
Anônimo disse…
"O oprimido quando tem a oportunidade, muitas vezes se torna opressor..." Érico Veríssimo
Warner disse…
Não demora estarão a minha porta com tochas.
George Lemos disse…
Com o o crescimento desses novos evangélicos, a tendência é que casos de intolerancia aumentem.Como todo grupo, os evangélicos escolheram os seus grupos bodes "espiatórios":ateus e gays.

Se algo dá errado a culpa é dos ateus, ou então ficam dizendo que os homossexuais estão tentando montar uma "ditadura gay".

E isso vai piorar amigos;vejo muitas semelhanças entre essas igrejas pentecostais novas com o catolicismo medieval.
Michelle Cunha disse…
É incrível como alguns ateistas têm uma obsessão patológica e mórbida com a homossexualidade.
Sentem necessidade de desviar o foco e falar em gays em toda oportunidade possível, inclusive em posts sobre outros assuntos, como este.
Olha a Olavette aí!!! disse…
A verdade dói. né? Tanto que alguns tentam desviar de foco acusando outros de o fazer.
Maycon disse…
O que mais me impressiona é saber que ainda se utiliza fé em seres imaginários para decidir coisas importantes na vida de uma pessoa e até mesmo para machucar outros seres humanos. Até onde é necessário em nome da tradição interferir na vida das pessoas. Digo por experiência própria que quando conheci um mulher do qual nos apaixonamos e eu era evangélico nessa época. Mas como não era da mesma denominação que ela, seus pais não nos permitiram ficarmos juntos.
Nesse sentindo me faz pensar tristemente o quanto ainda falta evoluirmos em termos de compreensão do bem estar de cada um.
BODEARTE disse…
O mundo dá muitas voltas! O que ontem era um reduzido grupo de perseguidos, hoje é uma elite preconceituosa e autoritária....
analisessintaticasdarealidade.blogspot.com
Anônimo disse…
Meus caros, qto a isso vcs ñ precisam se preocupar, pois a nossa crença é baseada no amor ao próximo que sofre por ñ conhecer a Jesus e na fé q nos garante a vitória! Enqto ao nosso crescmto, isso é fato, pois hoje somos quase 50 milhões (42 milhoes de 2010)e a proxima geração q vem aí,filhos de evangélicos, logo seremos a gde maioria em nosso querido Brasil. E nada e ningúem irá nos deter, pois já estamos representados em todos os setores da sociedade, e na política temos a força necessaria para barrar qquer ação q queira freiar o nosso crescimento e continuaremos a caminhar sem nos acomodar, achando q já chegamos onde queremos. A preocupação da grande midia e dos fabricantes de produtos q ñ são consumidos pelo evangelicos faz com q aumente perseguição contra nós,pois ningúem quer perder seu dindin, ñ é! Mas eu quero mandar um recado a todos os incomodados com o nosso crescimento. Vão ter q nos engolir!E AGORA QUERO FAZER UM PERGUNTA A VCS. QUAL O MAL Q OS EVANGELICOS TEM FEITO PARA VCS OU PARA A SOCIEDADE?
Anônimo disse…
jornalzinho sem-vergonha, preconceituoso, ateu, desrespeitoso, sem compromisso com a verdade e parcial. Não ficarei surpreso se me disserem q o dono desse jornalzinho é candomblecista.
Caruê disse…
Anônimo28 de julho de 2012 21:16
Não sei, talvez sim talvez não, existem religiões que não vinculam o demônio com outras denominações o espiritismo, o budismo e que talvez por isso sejam muito mais tolerantes.
Esperar tolerância de fieis que escutam pregações das quais os pastores chutam uma santa:

www.youtube.com/watch?v=VpPwWEsk0OY Acusam tudo que é diferente de endemoniado incluindo gays, ateus, espiritas, religiões africanas, religiões indígenas. Evidente que não são todas as igrejas que disseminam a intolerância religiosa, mas elas existem e devem ser denunciadas.
Cognite Tute disse…
Michelle Cunha: "É incrível como alguns ateistas têm uma obsessão patológica e mórbida com a homossexualidade.
Sentem necessidade de desviar o foco e falar em gays em toda oportunidade possível, inclusive em posts sobre outros assuntos, como este."


E lá vamos nós, de novo.:-)

Michele, ações de ateus, ou melhor, de humanistas seculares, são na verdade "reações". Se prometer que você e seus deus imaginário vão parar de tentar ser "fiscais de fiofó alheio", nós prometemos nunca mais falar no assunto "gays".:-)

Na verdade, se prometer manter sua crença em seres imaginários e absurdos diversos em termos estritamente pessoais, sem tentar interferir na vida alheia, ou ditar regras gerais e normas de conduta sociais, prometemos nunca mais tocar nesse assunto e viver nossas vidas em paz..:-)

Entende isso? É uma reação a suas ações, em geral mesquinhas e totalitárias, que é preciso controlar e impedir.

Hoje em dia são gays seus "alvos", e ateus, mas já perseguiram mulheres, negros, hereges, umbandistas (ops, umbandistas ainda perseguem.:-), etc, etc. E sempre foi preciso uma reação, e não ação, para controlar e impedir essas ações.

Pare de encher o saco e vá cuidar de sua vida e de seu amigo imaginário, e nunca mais vamos amolar você com coisas como argumentos, lógica, razão, direitos civis, etc.

É simples, nem precisa mais vir a um blog de jornalismo espernear e se fazer de vítima.:-)

Cognite Tute
Cognite Tute disse…
Duas charges que esclarecem bem a questão da "agressão" contra cristãos, e seus "mimimis" recorrentes:

http://img36.imageshack.us/img36/624/crentes.jpg

http://25.media.tumblr.com/tumblr_lq4rkzgVtx1ql1yfio1_500.png

As vezes o humor é a melhor explicação para uma bobagem dessas .:-)

Cognite Tute
Cognite Tute disse…
Muito mal, mesmo. Como toda religião organizada, que visa "crescer" e sequestrar mentes, muito mal causam.

Tente entender, se hoje você pode "crescer" e criar seus filhos em suas crenças, é apenas porque, no passado recente, o humanismo, o pensamento racional, entre outras forças, separou igreja de estado.

Sem isso, a religião dominante ainda seria dominante, e você perseguido. E morto.

Se o que preve ocorrer, "vocês" se tornarem uma religião dominante, e conseguirem se tornar, de novo, parte do estado, todo mal que isso representa voltará, com a perseguição as outras religiões e a descrentes.

As fogueiras da inquisição também eram acessas a partir da crença que representavam "amor ao próximo" e a vontade de deus, ao salvar as "almas" dos pobres queimados hereges.

Suas crenças absurdas em seres imaginários não são tão perigosas (pode acreditar em Papai Noel ou Papai do Céu, não ligamos muito.:-), mas as estruturas que derivam delas, a religião organizada que usa um rebanho de pouco senso crítico, são muito perigosas.

Duas charges que esclarecem bem a questão da "agressão" contra cristãos, evangélicos, e seus "mimimis" recorrentes:

http://img36.imageshack.us/img36/624/crentes.jpg

http://25.media.tumblr.com/tumblr_lq4rkzgVtx1ql1yfio1_500.png

As vezes o humor é a melhor explicação para uma bobagem dessas .:-)

Cognite Tute
Cognite Quase Tute disse…
Se o saco ainda não encheu, ele ainda pode ser enchido a não ser que ele seja fechado.
A falácia da inversão, ou a retorsio argumentativa, para sustento da blague protestante, é pífia: "se as religiões afro-ameríndias fossem maioria, elas continuariam sendo religiões como tal se apresentam, isto é, não pregam uma "salvação exclusivista" em detrimento das demais, nem demonizam as concorrentes.
Tampouco a umbanda serve-se desta incoerência esdrúxula das três majoritárias religiões do Ocidente, que é "afirmarem um único Deus em três versões diferentes(Jeová, Alá, e o "Pai" de Jesus, em tese, são o mesmo) e com nomes e "eleitos" étnicos divergentes...Ao contrário do monoteísmo etnocentrista, que privilegia ora judeus,ora árabes e ora cristãos; os deuses da umbanda não priorizam nem predestinaram os "africanos"...Tanto que a umbanda é aberta democraticamente a TODOS os povos, inclusive os nativos ameríndios, e demais etnias minoritárias como os ciganos, etc. O que está por trás do ódio velado contra a umbanda e a perseguição sistemática dos fanáticos de "matriz neopentecostal norte-americana e eurocentrista"; é o velho conhecido nosso, o RACISMO...A umbanda é uma cultura NEGRA, que apesar do sincretismo, não "embranqueceu", conserva os dialetos, os ritos, os conteúdos mimético-corporais não disfarçados...Como o funk gospel e a incorporação animista camuflados sob pretexto de "batismo com o espírito santo"...Basta compararmos uma manifestação de igrejas pentecostais com uma roda de terreiro, há mais semelhanças que uma confraternizaçao judaica, ou de "matriz israelita"...Quem poderá imaginar os apóstolos de Cristo em Pentecostes, com todos os trejeitos e maneirismos africanos, como vemos num culto pentecostal ou numa gira de candomblé? Além de falsos "cruzados", os perseguidores evangélicos das tradições africanas são juízes em causa própria, de sua mesma condenação. Quem quiser me contradizer visite os abundantes vídeos disponíveis no youtube, coloque no silencioso, e junte a dança de um(neopentecostal) com os atabaques e os gritos de outro...Em vez de Aleluia! Grite Saravá...!!!

Yá d' Orixá Oyá Janaína de Xangô/ Agandu Ilê.
Intolerância evangélica, grande novidade. Negros, macumbeiros, gays, tudo que a elite branca católica de outrora desprezava...O que é insólito, é que - do ponto de vista sociológico, da sociologia da religião -; os neopentecostais eram paupérrimos, até há bem pouco tempo, e também discriminados, como as supra-citadas minorias. Tradicionalmente, os historiadores-sociólogos da religião atribuíam à conurbação e à perda das raízes do padroado rural, à re-inserção num cristianismo comunitário e de ambientes de muita pobreza, o crescimento do movimento neopentecostal. Alie-se à facilidade com que se "consagram" pastores, livres da obrigatoriedade de estudar, graduar-se em filosofia e teologia, como os segmentos mais históricos do protestantismo...Além , é claro, de serem verdadeiras "minas-de-ouro" de exploração econômica, via charlatanismo grosseiro, simulação rasteira e vulgar de possessões, curas, impostação de voz, drama, magnetismo e hipnose; além de outras pérolas histriônicas que expostas em meios midiáticos...Levam as massas ao delírio e neurose histérica em grau superlativo do coletivo. O neopentecostalismo veio pra ficar, porque é a cara do Brasil faminto, empobrecido, sem escolaridade, sem leitura e muito menos capacidade crítica de uma realidade...E agora emerge, junto com todo o arrivismo dos caciques empoderados na política e no parlamento; para beficiar-se de todos os avanços midiáticos da globalização. Uma indústria hiper-lucrativa, líderes de moral questionável e base ética duvidosa, tudo isto aliado ao tráfico de armas e entorpecentes, na manipulação da consciência coletiva de uma massa anencéfala e mentecapta. Eis a religião do futuro próximo, não precisa ser nem São Tomé, pra ver sem duvidar.
Anônimo disse…
Nossa ANJYA que eloquência, até o Apóstolo Pedro, um humilde pescador, ficaria boquiaberto tamanha sapiência. Só que ele ñ foi escolhido por Deus por causa da sua sabedoria, e sim por causa da sua fé inteligente no Deus todo poderoso, q nunca falhou e nem falhará nas suas promessas.Vou deixar uma mensagem de Deus para Vc 1 corintios 3:17-21: Porque Cristo enviou-me, ñ para batizar, mas para evangelizar, ñ em sabedoria de palavras, para q a cruz de Cristo ñ se faça vã. Pq a palavra de cruz é loucura p os q perecem, mas p nós q somos salvos, é o poder de Deus. Pq está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a inteligência dos inteligentes. Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura ñ tormou Deus em loucura a sabedoria deste mundo? Visto como na sabedoria de Deus o mundo ñ conheceu a Deus pela sua Sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Abs. Deus os abençoe!
Anônimo disse…
deus deveria selecionar melhor... não foi este mesmo Pedro que o negou 3 vezes? talvez fosse melhor pedir um currículo kkkkk Agora concordo com a parte do "destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligencia dos inteligentes" faz muito sentido... Fica bem mais fácil de se controlar e disseminar esse tipo de pensamento
Anônimo disse…
Para o seu conhecimento, este mesmo pedro que negou a Jesus, depois se arrependeu e tornou-se um dos maiores apóstolos da sua época, sendo conhecido com o apóstolo da circuncisão, que, qdo tbém o mataram crucificado, disse: me ponha de ponta cabeça, pois ñ sou digno de ficar na mma posição do meu Senhor.
Anônimo disse…
É maycon, quem somos nós para julgarmos o q está dentro do coração do homem. O q se percebe é q vc nunca foi evangélico, pois ñ existe ex-evangélico e sim desviados da fé, aqueles aquem Jesus comparou com o porco q volta ao lamaçal e o cão q come o seu próprio vômito (palavras ñ são minhas são d'Ele).Qto a sua namorada, se vc realmente a amava, pq ñ lutou por esse amor? Se os pais dela visse em vc a principal caracteristica de um ser humano, que é o CARATER (ñ estou dizento q vc ñ tem carater)e ñ a religião, eu duvido q eles teriam tido objeção.
Anônimo disse…
Procura se informar qto q o governo economiza com cada ex detento q se converte e ñ volta mais ao crime. Além da economia para o estado, este cidadão passa a trabalhar e contribuir com a nação e ainda é um bandido a menos nas ruas, q poderia ser o nosso futuro assassino.
Um dia o bicho vai pegar ! Os fundamentalistas de cá terão que se haver com os fundamentalistas de lá ! Ou não é verdade que a religião que mais cresce é o islã ? Quem viver verá ? Já estou velho demais para presenciar as atrocidades vindouras !