Babalorixá acusa evangélicos de tentarem invadir terreiro

Érico Lustosa
Érico Lustosa filmou a intolerância religiosa
O babalorixá Érico Lustosa (foto) está acusando um grupo de evangélicos de tentar invadir no domingo (15) à noite um terreiro de matriz africana e afro-brasileira no Varadouro, em Olinda, na Grande Recife (PE).

Ele aparece protestando contra a intolerância em um vídeo gravado no momento em que os evangélicos se aglomeravam diante do terreiro Pai Jairo de Iemanjá Sabá.

“Eles [os evangélicos] gritavam ‘sai daí, Satanás’, e forçaram o portão”, disse Lustosa. “Foi aí que me coloquei em frente ao portão e meu filho começou a gravar.”  “Um deles gritou para a gente tomar cuidado porque que ele era evangélico mas era também um ex-matador.”

A polícia está investigando, mas ainda não foram apontados os responsáveis pela intolerância. Os evangélicos seriam da Igreja Universal do Reino de Deus.

O Jornal do Commercio, com sede em Recife, informou que na semana passada evangélicos invadiram terreiros em Brejo da Madre de Deus, cidade do agreste pernambucano. O motivo seria o assassinato naquela cidade de um menino de 8 anos durante um ritual celebrado por um pai de santo.  O JC ouviu pesquisadores segundo os quais as religiões de matriz africana não realizam sacrifício de humano.

O vídeo de Lustosa tem causado indignação nas redes sociais, e representantes de religiões de matriz africana exigem das autoridades punição aos intolerantes. Eles temem que haja acirramento da intolerância evangélica.

Ato de intolerância religiosa


Com informação do JC, entre outras fontes.

Evangélicos pentecostais estão mais intolerantes, diz ministra
janeiro de 2013

Intolerância religiosa no Brasil

Comentários

  1. "representantes de religiões de matriz africana exigem das autoridades punição aos intolerantes."

    Punição aos intolerantes é não tolerar os intolerantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a única intolerância que concordo: intolerar os intolerantes.

      Excluir
    2. "Tolerar" atitudes criminosas, é cumplicidade.

      Excluir
    3. Por que o Estado não interna os religiosos num hospício?

      Excluir
    4. E ainda querem religião nas escolas.

      Excluir
    5. @Plim! Porque nem todo religioso é louco. Com essa declaração vc se iguala ao fanáticos religiosos como os da passeata

      Excluir
    6. Mário, não foi uma declaração, foi uma pergunta.
      Quanto é 2 + 2?
      Jesus é Rei dos Judeus?

      Excluir
    7. Outra pergunta: Por que o Estado não interna os ateus num hospício?

      Excluir
    8. Mário, se nem todo religioso é louco, então por que alguns religiosos são loucos e outros não?

      Excluir
    9. Por que o Estado não interna os religiosos num hospício?
      Teríamos que abrir cerca de 170 milhões de vagas nos hospícios...

      Excluir
    10. Abraço por trás19 de julho de 2012 07:43

      Ia custar muito caro internar todos os religiosos. Mesmo que só internassem os loucos, ainda seria um gasto absurdo.

      Excluir
    11. Quase não temos hospício para os próprios loucos, imagine para os religiosos?

      Excluir
  2. Nunca no Brasil houve tantos casos de intolerãncia desde que os empresários evangélicos (pastores) ganharam notoriedade na mídia.

    De lá pra cá, as pessoas que cultuam seitas afrodescendentes estão cada vez mais acuadas pelos evangélicos que os destratam, demonizando suas crenças e fazendo até ataques fisicos contra esse povo já tão discriminado historicamente.

    Nós não queremos que o Brasil se transforme numa Irlanda ou num Oriente Médio... Somos uma nação onde convive todas as raças, credos e pessoas de todos os lugares do mundo em harmonia, e não é um punhado de empresários da fé evangélica que vai mudar o curso de nossa paz.

    A policia e a justiça precisa URGENTEMENTE tomar providências severas e exemplares dentro da Lei para que esse tipo de abuso e discriminação não aconteça mais...

    ResponderExcluir
  3. Aqui na minha região, assaltaram o centro espirita que meus pais frequentam, dizem que os bandidos chegaram lá atras do dinheiro que se recolia para fazer os 'trabalhos" eu ja visitei o lugar, não fazem este tipo de coisa lá, devem ter sido bandidos evangelicos.

    ResponderExcluir
  4. " Os evangélicos seriam da Igreja Universal do Reino de Deus."

    Gente boa!

    ResponderExcluir
  5. Eu eletrificava todo o terreiro e o portão... assim que começassem a forçar o portão pra derrubar, eu ligava a corrente elétrica.... e só desligava quando aquele bando de FDP estivesse no chão desmaiados...

    ResponderExcluir
  6. E ainda falam da 'evangélifobia',perseguição aos evangélicos.Por favor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igual a nazistafobia por parte dos judeus, ah! este judeus!

      Excluir
  7. Evangélicos, intolerantes como sempre.

    ResponderExcluir
  8. Se a sociedade não reagir prá colocar os evangélicos no seu devido lugar e prender gente como o bispo "pedir mais cedo" e o Valdemiro, esse tipo de coisa só irá piorar. Hoje começam com os umbandistas, amanhã os espíritas, budistas, etc., e quando nos dermos conta, nossos filhos estarão aprendendo "bibra" na escola e acusando uns aos outros de endemoninhados. ESTADO LAICO JÁÁÁÁÁ...!!!

    ResponderExcluir
  9. Qualquer ato do gênero, por qualquer parte que for, deveria ser julgado como um ato vindo de um grupo civil. Não deveria ser tratado como algo especial...

    ResponderExcluir
  10. Estes evangélicos que invadiram o terreiro precisam entender que o respeito às crenças que eles tanto cobram dos outros deve também ser exercido por eles.
    Foi uma falta de respeito da parte destes vândalos, que não podem exteriorizar sua repulsa a estas religiões afro-brasileiras desta forma, podendo ferir ou traumatizar outras pessoas que também querem respeito a fé que professam.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
  11. O pior é ver o marcus feliciano afirmar que os gays são cristofóbicos, evangelicofóbicos. Dá um tempo.

    Nelson

    ResponderExcluir
  12. Quero ver o Julio Severo publicar textos assim no blog dele

    ResponderExcluir
  13. Sinceramente, ateus procuram chifre em cabeça de cavalo, em nenhum momento o vídeo mostra invasão ao terreiro de macumba e sim uma passeata de um grupo evangélico e um "babalorixá" dando chilique. O que ele queria era chamar a atenção e conseguiu, mas só a atenção dos ateus e nada mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O título do Paulopes é claro: é o babalorixá que acusa os evangélicos de tentativa de invasão. Não há informação de que esse babalorixá seja ateu, rs, rs.

      Excluir
    2. carrasco frouxo vc é o tipo de crentroll que só joga a isca e dá no pé, típico

      Excluir
    3. Desculpe Ryoko (que nome horroroso), mas onde foi que eu joguei a isca e onde foi que eu dei no pé? Apenas dei minha opinião ou isso é proibido pelo fato de eu ser cristão?

      Excluir
    4. vc é troll e nada mais, lugar de doido é no sanatório

      Excluir
  14. Baixou o capeta neles!!

    ResponderExcluir
  15. Não é de hoje que eu venho afirmando que o movimento evangélico tem um projeto de poder e que estão dispostos a tudo para tornar o pais numa "teocracia".

    Liberdade religiosa na visão desses grupos é isso: "Direito de te criticar e atacar livremente"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato! Já estão em quase todas as escalas do poder e muitos ainda não perceberam a gravidade da coisa.


      @heimsbral

      Excluir
  16. Isso repete-se a todo momento pelo Brasil. Somente alguns casos de intolerância é que são noticiados pela mídia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, são muitos os casos que acontecem todos os dias, mas apenas alguns poucos chegam até a mídia.

      Excluir
  17. Um deles gritou para a gente tomar cuidado porque que ele era evangélico mas era também um ex-matador.
    Por isso que nunca acreditei nesses assassinos e estupradores que dizem que mudaram de vida quando aceitaram o G-zuis.

    ResponderExcluir
  18. nosso brasil rumo a ditadura evangélica.

    ResponderExcluir
  19. NÃO HOUVE INTOLERÂNCIA APENAS UMA PASSEATA PACÍFICA

    Assassinato de criança em ritual comandado por pai de santo, causa revolta e indignação de Evangélicos

    http://ensinopentecostal.com.br/component/k2/item/333-assassinato-de-crian%C3%A7a-em-ritual-comandado-por-pai-de-santo-causa-revolta-e-indigna%C3%A7%C3%A3o-de-evang%C3%A9licos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.eunanet.net/beth/caso_lucas_terra.php

      Ritual por ritual...evangélico faz igual.

      Excluir
  20. "(...) O motivo seria o assassinato naquela cidade de um menino de 8 anos durante um ritual celebrado por um pai de santo. O JC ouviu pesquisadores segundo os quais as religiões de matriz africana não realizam sacrifício de humano."

    O criminoso diz que é pai-de-santo e no dia seguinte já sai estampado em letras garrafais que "pai-se-santo sacrifica menino em ritual macabro". ABSOLUTAMENTE NÃO SE FAZEM SACRIFÍCIOS HUMANOS em religiões de influência africana como o Candomblé, Umbanda, Omolokô, Tambor de Mina, etc. Ficamos estarrecidos com tal ocorrido e com o fato de pensarem isso de nós, afro-religiosos.

    Lamentavelmente qualquer um hoje em dia se diz pai-de-santo e abre um quartinho nos fundos da casa para jogar cartas, búzios, ler a mão e fazer trabalhos de amarração para amor entre outras coisas bizarras. ESSAS NÃO SÃO PRÁTICAS DOS CULTOS AFRO, mas sim de pessoas que se utilizam de nossa religião para se promover e roubar. Pais-de-santo não cobram pela caridade ou solidariedade prestada a quem acorre os terreiros, não faz amarração nem trabalhos com intuito maligno. Para se tornar pai-de-santo (babalorixá) é preciso entre 7 a 15 anos de formação, digamos assim, dependendo da religião ou nação origem de culto.

    ResponderExcluir
  21. Joga uma moedas neles que eles param de gritar...

    ResponderExcluir
  22. Até que ponto chegaremos? Sou agnóstico, mas tenho mais respeito pelo Babalorixá do que por esse bando de semi-analfabetos alienados.

    ResponderExcluir
  23. Era muito facil o babalorixa se livrar dessa corja. Era só gritar: olha um gay la do outro lado da rua!

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog deleta comentário escrito só com letras maiúsculas.

      Excluir
  25. Assisti ao video, e naõ vi nada de 'intolerância religiosa' como citada pelo babalorixá. O que vi foi uma manifestação pacífica e na rua, e não dentro do terreiro ou tentativa de invasõa deste.

    O babalorixá deu mesmo foi um xilique. Coitado. Tá prcisando se tratar a criança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para os que nada viram sobre intolerância, no vídeo, faço uma pergunta: Para que se configure uma invasão, esta necessariamente precisa ter como componente, agressão física e danos ao patrimonio, ou agressão moral moral e psicológica, "somente", não representa ato e intolerancia???

      Excluir
    2. Você está querendo tapar o sol com a peneira e justificar o injustificável. O ato de agredir alguém moral ou psicologicamente já é suficiente para se configurar intolerância. A agressão física só agravaria a situação já antes caracterizada pelos atos hostis dos religiosos evangélicos contra o babalorixá.

      Excluir
  26. Senhoras e Senhores, o CANAL POVO-DE-
    SANTO: CIÊNCIA E FÉ, hoje tem o desprazer de
    demonstrar e denunciar alguns fatos
    passados ontem (16.07.2012) no Bairro do
    Varadouro, na cidade de Olinda PE. Todavia,
    gostaria primeiramente pedir que DESCULPEM- ME O TOTAL EXARCEBAR DOS TONS, mas o calor
    da agressão foi por demais intenso. E era só
    eu contra uma turba! Senti-me impotente
    como cidadão que achava ser correto crer
    numa Justiça promovida por um Estado de
    Direito! Foi "como se" tivesse que lutar sem a devida proteção cidadã! O famoso "cada um
    por si"! Mas não o Estado por todos!... Diante
    disto, como filósofo, sou um crítico e analista
    social; como quase cientista da religião, um
    promovedor da intercomunicabilidade dos
    credos; mas como babalorixá, sinto-me uma vítima de um sistema manipulado por
    vontades escusas, porém óbvias: como diz o
    adágio "a quem de direito, direito!" Desta
    forma, a quem interessa atos como estes? A
    quem REALMENTE interessa? Aos ditadores da
    maioria?! Aos que deixaram de usar, por força de Mandado de Segurança, os termos
    "Exu, Pomba-gira, Zé Pelintra, pai-de-santo,
    mãe-de-santo, macumba" e etc?! Mas,
    estrategicamente trocaram pelos sugestivos,
    indutivos e capciosos termos (arg) "pai-de-
    encosto, mãe-de-encosto, filho-de-encosto, casa-de-encosto"?! Não configuraria isso um
    simulacro de afronta?! Fica aqui a pergunta no
    ar! O fato é que uma criança (Flanio da Silva
    Macedo, 9 anos) foi assassinada numa
    suposta liturgia de (sic) "magia negra", e nós
    não apenas nos solidarizamos com a família, e com os habitantes do lugar (São Domingos
    PE), bem como repudiamos veementemente o
    ato; mas isso não pode ser tipificado por
    "crime religioso"! Foi sim um assassinato
    brutal e hediondo! E onde está o Estado? Cadê
    que um assessor designado por um Secretário da área de Direitos Humanos se propõe a vir
    ante o público a fim de se posicionar
    esclarecendo os fatos e determinando a
    posição da governadoria?! É isso aí o que dá
    um Governo (que pode ser até bom em alguns
    aspectos) mas por estar completamente mal- assessorado, soçobra no desequilíbrio de uma
    Sociedade dividida a qual, a largos passos, se
    encaminha para um verdadeiro embate civil! É
    a promoção leviana de uma verdadeira (arg)
    "guerra santa" sendo articulada pelo e para o
    lucro alheio! "Alheio" esse mais que óbvio para quem conhece os fatos como eles os
    são!...
    Se acharem que devem, por favor, divulguem!
    Lembrem-se: "QUEM NÃO REAGE, RASTEJA"!!!

    ResponderExcluir
  27. Estes EVanJEGUES estão mostrando o quanto são idiotas e encrenqueirros, trabalha não querem né, gasta o tempo deles com projeto social não querem né, mas perseguir as diferenças isso querem, gentalha inutil, que nojo eu tenho desses evanjeguicos e evanjeguas. raça ignorante, que morram todos :!

    ResponderExcluir

Postar um comentário