Ministério Público vai pressionar ministro para que tire Deus do real

Jefferson Aparecido Dias
Para procurador, o governo
tem de ficar longe da religião 
Jefferson Aparecido Dias (foto), procurador dos Direitos do Cidadão, do MPF (Ministério Público Federal) em São Paulo, vai pedir ao ministro Guido Mantega (Fazenda) a retirada da inscrição “Deus seja louvado” das cédulas de real porque essa mensagem religiosa é incompatível com laicidade do Estado brasileiro.

Em dezembro de 2011, o MP já tinha apresentado o pedido ao Banco Central. Como a resposta do BC foi de que a questão é da alçada do CMN (Conselho Monetário Nacional), Dias vai agora pressionar Mantega, que é o presidente do conselho da instituição.

Para Dias, que é católico praticante, “Estado e religião têm de estar bem distantes entre si” e, por isso, não se justifica a menção de Deus no dinheiro.

Em 2011, a Corte Suprema dos Estados Unidos recusou um pedido de um ateu para que fosse retirada das moedas e cédulas do dólar a inscrição In God we trust (Confiamos em Deus).

No Brasil a questão também poderá acabar indo para o STF (Supremo Tribunal Federal), onde já tramita uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) proposta pela Procuradoria Geral da União para que o governo discipline o ensino religioso de acordo com o caráter laico do Estado.

Com informação do Correio Braziliense.

fevereiro de 2012

Religião no Estado laico

Comentários

  1. Este escrito nas nota de real faz tanto sentido quanto ter ele escrito tatuado na testa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. porque que este procurador não vai trabalhar, correr atras de leis que poderiam mudar a vida de miseraveis brasileiros? fica ai com besteiroide, estudou pra que?
      Deus não precisa de real e nada, mas estes otários ficam perdendo o tempo com infantilidades, com besteiras de atoas que não passam de moleques.

      o mp e todo o tipo de poder do Brasil já é lento, pra não falar outra coisa, e ficam ouvindo moleques, meu Deus este pais tem um povo que se diz estudado dono da razão e são um atraso em vez de serem exemplos , como os verdadeiros ateus.



      Ateu conciente.

      Excluir
    2. E por que você não vai catar coquinho ? :D

      Excluir
    3. O tal procurador do MP (que a matéria diz que é "católico praticante", no estilo me-engana-que-eu-gosto) já é relativamente famoso pelos seus ataques à religião, principalmente a mando de militantes gayzistas e ateístas.

      O nobre procurador deveria honrar o título e ir PROCURAR algo de útil pra fazer neste país com tantos problemas graves.

      Mas tudo indica que ele prefere continuar usando seu cargo para fazer seu ativismo ideológico e politiqueiro.

      Excluir
    4. Sim, porque TODOS SABEM que uma luta invalida as outras. Por que vocês estão reclamando aí ao invés de irem alimentar as crianças vítimas de minas terrestres abandonadas no Afeganistão?

      Excluir
    5. Procura que acha, vá procurar o que fazer, olavete!

      Excluir
  2. Devagarinho o Estado Laico vai se estabelecendo, de verdade.

    ResponderExcluir
  3. A bancada evangélica pira rsrsrs

    .
    Mas falando sério, é uma iniciativa necessária. Um estado laico não pode ter em sua moeda corrente, apologia a religião.

    Tiago Oliveira

    ResponderExcluir
  4. Deus, se existisse, aprovaria o pedido.

    ResponderExcluir
  5. Um católico praticante autor da lei? Estou surpreso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele entende que estado laico é estado laico... e nao laico fajuta

      Excluir
  6. Ótimo. Sempre achei inútil esse "Deus seja louvado". Aliás, se fosse útil mesmo, não estaria escrito em letras microscópicas. E o melhor é que deixará a nota com melhor aparência.

    ResponderExcluir
  7. Podem até tirar o nome Deus seja louvadas das cédulas, mas não conseguirão tirar Deus do coração das pessoas.O Brasil nasceu cristão,meus caros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo, abra seu torax e pegue aquela máquina de tatuar e escreva "Deus seja louvado" no músculo de seu coração. Por mim, tudo bem.

      Excluir
    2. Vai ver é vc que precisa, pois quanto a mim, ele já está no meu coração.

      Excluir
    3. O Brasil nasceu "cristão" porque não existia laicidade por aqui e estes "cristãos" oprimiam a liberdade de pensamento e de crença das outras pessoas. Graças a Jaga o país evoluiu como nação e como civilização e hoje busca a plena separação entre Estado e religiões afim de assegurar respeito para a pluralidade de fé, que era ignorada e oprimida em seu primórdios, quando do seu "nascimento cristão".

      Excluir
    4. O Brasil não "nasceu", ele já existia qdo países cristão chegaram aqui e impuseram seus ditames a quem já vivia nessas bandas.
      É sempre assim, aliás: o lugar "nasce" quando um bando de fdp chega e impõe seus costumes e credos. E dizem que isso é civilização.

      Excluir
    5. ''...Deus do coração das pessoas...'' Vá catar coquinhos! No meu coração tem sangue, artérias, átrios...

      Excluir
    6. O Brasil nasceu cristão e você nasceu idiota... continua idiota e provavelmente ira morrer idiota...

      Excluir
  8. É mesmo?
    Pensei que, antes da conquista do Brasil, essas terras Tupiniquins fossem governadas por Tupã, Anhangá, Guaraci, Wanadi, Sumé, etc.

    Acho que você precisa aprender hitória, um pouco mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc precisa aprender mais de Deus.

      Excluir
    2. Deus é uma teoria não provada.

      Excluir
    3. voce é uma pessoa nao esclarecida.

      Excluir
    4. Precisamos de clareza na cena política. O Estado é laico, mas a sociedade não o é. Ao contrário, em sua grande maioria a sociedade professa uma fé religiosa, cuja manifestação está garantida como direito fundamental no artigo 5º, VIII da Constituição Federal. Portanto, aos cristãos cabe o chamado de Cristo: “Duc in altum” ["Faz-te ao largo" (Lc 5,4)].

      Excluir
    5. Quanto sofisma você escreveu, anônimo do dia 21. O Estado é laico e o dinheiro representa o Estado. O que a maioria faz ou deixa de fazer/pensar é completamente irrelevante. Opiniões como a sua são baseadas no senso comum de que democracia seria sinônimo de maioria. Democracia é antes de tudo sinônimo de respeito à constituição.
      Pesquise o conceito de "tirania da maioria" desenvolvido por Alexis de Tocqueville, autor de "A Democracia na América".
      Aos cristãos nunca foi negado o direito de expressão. Eles podem escrever "Deus seja louvado" onde bem entenderem: em suas igrejas, em suas casas, em seus corpos até. No corpo dos outros eles não podem. E tampouco no dinheiro que representa o Estado, o qual por sua vez representa todos nós (inclusive os ateus, por minoria que sejam).
      É tao difícil de entender?

      Excluir
  9. É injusto fazer com que os ateus, agnósticos, deístas, politeístas e pessoas de outras religiões serem obrigados a entregar uma cédula louvando a "deus" toda vez que troca dinheiro por uma mercadoria. Você é indiretamente obrigado a fazer proselitismo

    E para os que apoiam que seja mantida a frase. Basta refletir e deixar de ser hipócrita. Vcs aprovariam que fosse mantida nas cédulas a seguinte frase: “Deus não existe.”? Obvio que não, ninguém deve ser obrigado a fazer proselitismo mesmo que indiretamente.

    Além de ser sem noção. Que eu lembre Jesus disse dai a césar oq é de césar $$$.

    Mas hoje em dia, alguns preferem louvar a deus de preferência com nota de $50 e de $100. :)
    Rodrigo*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí uma boa idéia...acho que é crime, mas poderíamos escrever abaixo dessa frase - 'deus seja louvado'- "deus não existe', talvez o BC e o ministro pensassem nisso.

      Excluir
    2. Ou "deus seja louvado, caso ele exista e eu queira louvar". rs

      Excluir
  10. Já temos 1100 assinaturas ao CMN pedindo a retirada da frase. Mais assinaturas são bem-vindas:
    http://www.change.org/petitions/conselho-monet%C3%A1rio-nacional-exigimos-dinheiro-laico-em-estado-laico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eli, meu bom Eli!
      Como estão nossos planos de destruir a Atea?

      Assinado: Honorável da ORDEM MANTRA

      Excluir
  11. Jesus disse: Dai a César o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus.
    Alguém perguntou: Como vamos saber o que é de César e o que é de Deus.
    Jesus disse: De quem é o rosto estampando nesse dinheiro.
    Alguém respondeu: É o rosto de César.
    Jesus decretou: Então deem isto a César e todo o restante a Deus.

    A frase "Deus seja louvado" nas notas de dinheiro soa como uma rebelião contra as palavras do Messias (se foi feita por um cristão) e soa como chacota (se feita por ateus).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na nota de R$ 5,00 existe o desenho de uma garça. Os fiéis devem dar o dinheiro para a garça.

      Excluir
  12. E se alguém falar Deus seja louvado, perto do Procurador?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se essas palavras não foram ditas, mas apenas ... pensadadas?
      Talvez seja possível não pensar nas palavras propriamente ditas, mas tão somente sentir a sensação associada à sua pronúncia.
      É claro que tal sensação deve ser escolhida ou treinada, à priori. O mais importante consiste em experimentar as diversas formas de autocomunicação.

      Excluir
    2. Analista Man, jura q vc perguntou isso? estou com dificuldade de acreditar no que li.

      Se alguém falar isso perto do procurador, esta exercendo seu direito. Por exemplo, se eu falar "Deus seja louvado" ou "Krishna seja louvado", ou mesmo se eu tatuar essas frases no meu braço, isso é LIGEIRAMENTE diferente de pichar a mesma frase nas paredes do congresso nacional (que representa todos), no BACEN, ou se começar a capturar pessoas para fazer a tatuagem nelas contra suas vontades..

      percebe a SUTIL diferença? A boca de quem falar isso perto do procurador pertence a este alguém. O dinheiro do país pertence a todos. É difícil de entender?

      Excluir
    3. Anônimo2 de agosto de 2012 16:35
      Qual seria a reação do procurador?

      Excluir
    4. O Procurador crê em em Deus ou o Procurador é Laico?

      Excluir
  13. Como muitos automóveis tem "dirigido por mim, guiado por deus" ou "propriedade de Jesus"a frase do real é absurdamente hipócrita. Talvez não. O que interessa mesmo é o espírito capitalista - O VERDADEIRO ESPÍRITO. Essa fease tem de ser suprimida a qualquer custo. Quem os crédulos pensam que são? Imperadores romanos ou inquisidores medievais? Que acaba, dá no mesmo.

    ResponderExcluir
  14. toda honra e glória daremos ao senhor para todo sempe, nada vai mudar isso. todo inimigo de deus vai perde sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza, mas deixa deus se defender, vc não é advogado dele.

      Excluir
    2. mas sou filho dele assim como voce anonimo.

      Excluir
  15. O católico consciente, feito minha mãe, seguramente apóia a iniciativa, reconhecendo que é nocivo ao Estado imiscuir-se com religiões de qq credo.

    ResponderExcluir
  16. O Nome de Deus não pede sair do Real de jeito nenhum! Porque Deus é o Dono de tudo.

    ResponderExcluir
  17. O Anônimo você é uma prova viva de que Deus não é apenas uma teoria, você só está vivo e respirando por que esse Deus (que você diz que é uma teoria não provada)tem misericórdia de você.

    ResponderExcluir
  18. Eu sou fiel a Deus, mas depois de ler tantos comentários eu prefiro mesmo que seja tirado o nome de Deus das cédulas. Eu acho que Deus é poderoso e santo demais para ficar no meio de corruptos e exploradores do povo. Que tire o nome de Deus.

    ResponderExcluir
  19. Este Procurador em Vez de ficar procurando algo de UTIL para Fazer como por exemplo pegar criminosos e coloca-los no devido luagar não fica arunado coisinha para gastar o Dinheiro da clase trabalhadora que pagam os impostos e inclusive o belo SALARIO que ele ganha para ficar fazendo besteira e querendo aparecer provavelmente para ser um candidato ... é assim aqui no Brasil mesmo ... e Salvem este F........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cumprir a constituiçao é sempre útil

      Excluir
  20. Quanta ignorancia,estado laico não significa ser estado ateu,e sim não priorizar uma religião.Deus é nome generico e cabe em todas as religões.

    ResponderExcluir
  21. Anonimo de 13 de Julho, a ignorancia é sua. Explico: existem religioes ateistas, como o Budismo (sim, vc leu corretamente: religioes ateístas. Isso existe).
    Existem religiões politeístas (acreditam em DeusES).
    E existe o ateísmo, que embora não seja religião, é tratado como se fosse uma, para efeitos de equiparação de direitos entre grupos religiosos e ateus no que tange o princípio da laicidade.

    O correto é o dinheiro não fazer qualquer referencia a filosofia ou ideologia religiosa, simplesmente abstendo-se de comentar o assunto - deixando-o para a esfera privada, que é seu lugar.

    O problem todo surge quando algumas pessoas com lesão cerebral, via de regra religiosos, entendem que uma não declaração (ausência de declaração) equivale a uma declaração negativa (declaração de não existência). Em outras pelavras, o dinheiro que não faz menção a Deus NÃO seria um dinheiro "ateísta", seria simplesmente dinheiro ou dinheiro laico, pois o dinheiro ateu traria em suas cédulas a seguinte frase: "Deus não existe". E nós não estamos vendo ninguém fazer campanha pra isso, estamos?? Estamos? ESTAMOS?

    Não. Compreende agora como não tem nenhum sentido dizer que "Estado laico não é Estado ateu" (embora a frase seja verdadeira) ??

    ResponderExcluir
  22. "Ordem e Progresso" nas cédulas!

    ResponderExcluir
  23. Com o nome de APARECIDO no nome você queria o que para um procurador, é que lá na MPF não tem nenhum serviço, ai vem o Dr. Jefersom APARECIDO Dias, quer APARECER pegando carona no "DEUS seja louvado" das cédulas para APARECER, só no nosso país mesmo para acontecer uma coisa tão importante como esta, e ainda temos que aguentar mais esta do MPF..... O pior que pagamos bons salários para eles, ficarem criando celeuma onde não tem que, muito obrigado Membros do Ministério Público Federal de São Paulo.

    ResponderExcluir
  24. vamos tirar essa porra do meu real e queimar todas essas bilbias de merda

    ResponderExcluir
  25. Sebastian...nao seja covarde convidando a outros, porque voce nao faz isso sozinho?Seja homem e defenda seu ódio contra Deus!Ora agora ficar convidando outros pra fazerem algo que voce nao tem coragem de fazer sozinho ai é demais.E quanto ao retirar ou nao,nao muda nada em Deus.Ele foi,Ele é, Ele sempre será Deus!Independente de nossa opiniao.Do estado laico, dos crentes, dos católicos dos ateus...que o sao por frustrados e tem que por a culpa em algúem dizendo que Deus nao existe.Deus nao existe ou será que as pessoas sao cegas demais para crer nele?Coisa que ELE, nao preciza, que acreditem nele.Agora vivam suas vidas como quiserem e nao coloquem Deus no meio.Nao acredita em Deus?Seu direito.Acredita nele?Seu direito.Ao fim e ao cabo todos chegarao a saber quem tinha a razao,só esperem, pode ser agora, amanha em dez anos mais saberemos.Para uns tarde demais para outro será um até que enfim!Todos seram responsáveis por nossas escolhas.Cada um é dono do nariz e pode fazer o que quer.A questao é quando chegar o momento de enfrentar responsabilidades,assuma a sua!Voce escolheu!Nao queira que outros pensem como vc ou atuem como voce.Seja dono de sua vida, de suas crenças, de suas escolhas e assuma o seu papel.Toda escolha traerá consequencias que nós somente nosotros seremos responsáveis!

    ResponderExcluir

Postar um comentário