Peugeot desiste da cor Vermelho Lúcifer por causa de evangélicos


A Rouge Lucifer na 
teve de ser abreviada
 no Brasil para Luc 
A Peugeot desistiu de lançar no Brasil o carro modelo 308 com o nome da cor Vermelha Lúcifer (Rouge Lucifer, na França) porque teme espantar os consumidores evangélicos.

Ou seja, a montadora se rendeu à paranoia religiosa segundo a qual o diabo sempre está à espreita, pronto para atacar as pessoas em seus momentos de fraqueza.

“Não queremos criar polêmica”, disse Carlos Gomes, presidente no Brasil do grupo Peugeot-Citroën.

O vibrante vermelho metálico da cor vai continuar exatamente o mesmo, só que com o nome de Luc. Aparentemente a montadora acredita que os evangélicos não sabem ou vão fingir não saber que Luc é abreviatura de Lúcifer. De qualquer forma, é uma hipocrisia.

A decisão da Peugeot é mais uma prova de que o país se encontra em rápido processo de empobrecimento cultural em decorrência da expansão das religiões neopentecostais. Sai o Vermelho Lúcifer e entra a crendice religiosa...

O empobrecimento da cultura brasileira que se revela na música, TV, cinema, literatura, etc. Diminuiu a miséria do povo, e ainda bem, mas se agravou a pobreza cultural por falta principalmente de investimento na educação.

Foi isso que levou o pastor rebelde Ricardo Gondim a pedir a Deus que não torne o Brasil em um país de população de maioria evangélica. Pelo jeito, para orações de Gondim, Deus está surdo.


Com informação da Folha.com.

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Pastor afirma que 'mendigos têm dever bíblico de passar fome'

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Nos EUA, críticos da pseudociência processam fabricante de homeopatia