Promotor diz ser legal construção de monumento em homenagem à Bíblia

Para Capella, lei de Biguaçu
não é inconstitucional
O promotor Laudares Capella Filho (foto), do Ministério Público de Santa Catarina, não vê nenhuma ilegalidade na decisão de um município de homenagear a Bíblia com a construção de um monumento em local público.

Capella se manifestou sobre essa questão ao apreciar a denúncia de Leon Sampaio, bacharelando em ciência e tecnologia, de que Biguaçu (SC) desrespeitou a laicidade do Estado brasileiro ao aprovar lei que autoriza tal homenagem ao livro sagrado dos cristãos.

Biguaçu tem cerca de 58 mil habitantes e fica a 17 km de Florianópolis, a capital do Estado. O atual prefeito é José Castelo Deschamps (PP).

Sancionada no dia 31 de outubro de 2011, a lei 3.130 determina que “o poder executivo fica obrigado” a edificar o monumento em “avenidas, praças, jardins, hospitais e outros”.

Diz que os custos serão assumidos pelo Conselho Municipal de Pastores Evangélicos e Cristãos, o que na prática não ocorrerá porque o município vai alocar funcionários para definir o projeto e o croqui do monumento.

Na análise de Capella,a lei de Biguaçu não estabelece culto nem o subvenciona, mantendo-se, portanto, a laicidade do Estado. “Do simples fato de o município erguer tal monumento não se pode concluir que [o município] esteja mantendo relação de dependência ou aliança com algum culto religioso, igreja ou seus representantes.”

Segue a íntegra do despacho de arquivamento da denúncia.

"Não se verifica qualquer ilegalidade"

Representação SIG n. 01.2011.00015786-7_

DESPACHO DE ARQUIVAMENTO

Trata-se de atendimento enviado pela Ouvidoria do Ministério Público de Santa Catarina por meio do Protocolo n. 05.2011.018704-2, noticiando suposta inconstitucionalidade da Lei Municipal n. 3.130/2011 do Município de Biguaçu, que determina a edificação de monumento em homenagem à Bíblia Sagrada.

Da análise do referido ato normativo não se verifica qualquer ilegalidade.

Isso porque, a Constituição da República, em seu artigo 19, I, veda à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios "estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público".

Entretanto, constata-se que a Lei Municipal n. 3.130/2011 do Município de Biguaçu não infringiu qualquer das hipóteses relacionadas no dispositivo constitucional, não havendo, portanto, de se falar em inconstitucionalidade.

Com efeito, ao determinar a construção de um monumento em homenagem à Bíblia Sagrada, a mencionada Lei não estabeleceu culto religioso, não os subvencionou e, muito menos, embaraçou-lhes o funcionamento.

E, do simples fato de o Município erguer tal monumento, não se pode concluir que esteja mantendo relação de dependência ou aliança com algum culto religioso, igreja ou seus representantes.

Ante o exposto, deixo de instaurar procedimento preparatório ou inquérito civil e indefiro a presente representação, com fundamento no artigo 8º do Ato n. 81/08 da PGJ, devendo ser cientificado o representante, dando-lhe ciência do conteúdo desta decisão.

Após, decorrido o prazo previsto no artigo 8º, § 1º, do Ato n. 81/08 da PGJ, arquivem-se os autos em caixa própria, com os registros de estilo.

Biguaçu, 23 de janeiro de 2012.

Laudares Capella Filho
Promotor de Justiça

MP-SC vai apurar se monumento à Bíblia é inconstitucional
abril de 2013

Religião no Estado laico.


Comentários

Anônimo disse…
De um promotor chamado Capella já era de se esperar tal decisão
Anônimo disse…
Espero que respeitem quando quiserem fazer o mesmo com o alcorão um monumento ao livro sagrado do islãmismo.
Anônimo disse…
E porque querem monumento para um livro que deveria ser extirpado da humanidade um livro cheio de violência e preconceito um livro cheio de dogmas e doutrinas estranha do tipo beber sangue de um suposto sacrificado credo fala sério.
Igor disse…
Uma aulinha de Pontes de Miranda para o ilustre Promotor:

estabelecer cultos religiosos está em sentido amplo: criar religiões ou seitas, ou fazer igrejas ou quaisquer postos de prática religiosa, ou propaganda. Subvencionar cultos religiosos está no sentido de concorrer, com dinheiro ou outros bens da entidade estatal, para que se exerça a atividade religiosa.

E porque não José Afonso da Silva:

Mais difícil é definir o nível de colaboração de interesse público possibilitada na ressalva do dispositivo, na forma da lei. A lei, pois, é que vai dar essa forma de colaboração. É certo que não poderá ocorrer no campo religioso. Demais, a colaboração estatal tem que ser geral a fim de não discriminar dentre as várias religiões.

Pelo conceito primário do Promotor, o Estado pode dar dinheiro para a IURD e a ICAR, desde que não seja para o culto delas, mas para as instituições.

Porque bastava se aprofundar um pouco mais no tema para ver que é inconstitucional subvencionar a construção de um símbolo com o viés meramente cristão e com finalidade de criar um ponto religioso!
Luan Cunha disse…
Se essa moda pegar na minha cidade, eu juro, eu quebro essa porcaria na marreta e levo os cacos para o imbecil do prefeito que aprovou essa fuleiragem! E quero ver quem tem peito para me prender depois!

Estarei fazendo um favor ao meu país LAICO!
Anônimo disse…
O Direito é ciência aberta a interpretações variadas e, embora limitada e, por isso mesmo, tendente a favorecer a construção do malfadado monumento, não é nenhuma heresia jurídica, se examinada superficialmente. Porém, o que o promotor também deveria considerar é que há os que não têm na bíblia o seu livro sagrado, além dos que não crêem em nada e os que simplemente abominam qualquer crença no sobrenatural. O promotor deveria considerar que todos pagam impostos e que esse dinheiro não pode favorecer a alguns. Além disso, deveria prestar mais atenção e constatar que esse município deve ter outras necessidades mais prementes que um monumento a um livro que não passa de uma obra de Literatura que é uma contradição em si mesma.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Ora, a Constituição foi promulgada sob a proteção de Deus, quem está protegido ou quer ser protegido por Deus tem que homenagear a Deus e quem disser que o preâmbulo da Constituição não possui valor, que risque ou apague o que está contido nele.
Anônimo disse…
Ele disse em outras palavras "A lei é constitucional porque não é inconstitucional". É o tipo de servidor que está onde está porque tem amiguinhos importantes. Nojo do meu próprio estado.
Computer system disse…
Diante de contradições, por isso o sistema trava ou sai do ar.
Anônimo disse…
Se realmente fosse um estudante de constitucional, saberia que a menção a deus na constituição brasileira não passa de um preâmbulo, sem valor de lei. Aliás, precisa estudar o significado da palavra preâmbulo antes. E este pode muito bem ser alterado.
Anônimo disse…
se fosse pra outro livro sagrado eu duvido se ele achasse legal.
Anônimo disse…
Quero ver estes cristãos continuarem com está algazarra quando começarem enfrentar grupos que os enfrente quero ver se eles vão se sentir bem sabendo que tem terroristas querendo explodir com eles , quero ver se vai continuar tendo tantos pastores (ladrões)
Anônimo disse…
Construir um monumento a bíblia é o mesmo que construir um monumento ao maníaco do parque. Mais se este povo desvirtuado acha que ela é um livro de amor de bondade e moral fazer o que né , vai ver nos somos cegos, mais não somos não , a bíblia é só um livro tolo de milhares de anos atrás que foi escrito por homens que não sabia de nada que eram extremamente teocraticos e que viviam em guerras territoriais e que fizeram um deus só pra eles , tanto que este deus escolheu apenas eles para ser seu povo . Mais este deus abandonou todos eles e virou o deus romano.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
O preâmbulo pode ser alterado ou apagado, mas ainda não foi, outras partes das lei já foram revogadas, mas o preâmbulo não, o preâmbulo faz parte do pensamento da assembléia constituinte.Se o preâmbulo fosse apagado, então a liberdade que é dada aos cultos religiosos também seria.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
O preâmbulo pode ser alterado ou apagado, mas ainda não foi, outras partes das leis já foram revogadas, mas o preâmbulo não, o preâmbulo faz parte do pensamento da assembléia constituinte.Se o preâmbulo fosse apagado, então a liberdade que é dada aos cultos religiosos também seria.
Anônimo disse…
Enquantos os ateus se matam,nós,cristãos,estamos dominando o Brasil.

Bancada evangélica,Bíblia nas escolas,parques evangélicos,monumentos com a bíblia ...

Existe um grupo mais incompetente do que os ateus ?
Ateísmo no Brasil : povo sem fé e sem voz!
Fabiano disse…
AnônimoJan 24, 2012 05:13 AM
Enquantos os ateus se matam,nós,cristãos,estamos dominando o Brasil.

Bancada evangélica,Bíblia nas escolas,parques evangélicos,monumentos com a bíblia ...

Existe um grupo mais incompetente do que os ateus ?
Ateísmo no Brasil : povo sem fé e sem voz!


Os ateus se organizarem é um fenômeno MUITO novo. A ATEA tem apenas 4 anos (fundada em 2008). Então, se compararmos com outras instituições, ela mal começou. Acho, entretanto, que apesar do pouco tempo, ela já consegue ser fazer ouvida, seja no caso do Datena ou em reclamações contra aqueles que querem passar sobre a laicidade do Estado.

Agora, quanto aos cristãos serem organizados, você consegue dizer que os interesses da bancada evangélica é o mesmo da ICAR? Que se a ICAR quiser colocar símbolos em todos os lugares, os evangélicos vão concordar? Fora que entre os próprios crentes eles não se entendem.

E pra fechar... O número de ateus vem crescendo no Brasil. Os evangélicos até aumentem, mas tirando fiéis da ICAR, não entre os descrentes.
Fabiano disse…
Estudante Bíblico ConstitucionalJan 24, 2012 05:05 AM
O preâmbulo pode ser alterado ou apagado, mas ainda não foi, outras partes das lei já foram revogadas, mas o preâmbulo não, o preâmbulo faz parte do pensamento da assembléia constituinte.Se o preâmbulo fosse apagado, então a liberdade que é dada aos cultos religiosos também seria.


Nada a ver. Se o preâmbulo fosse apagado ou substituído, a CF garantiria a liberdade de crença por conta da laicidade do estado. Isso está lá e não tem nada a ver com o preâmbulo ou com o pensamento de quem estava lá. O artigo 5o, paragráfo VI fala sobre isso.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao.htm
Igor disse…
O tal “Estudante Constitucional” fica dizendo coisas totalmente desconexas em todos os tópicos. Típico flood...
Izaque Bastos disse…
contruir monumentos gays pode né, a biblia é o conjunto de livros mas bem sucedido e respeitado de todos os tempos, toma ateuzada besta, embracar direito de culto é errado, esta na constituiçao.querer comparar a bilbia com alcorao é desonesto.
muitos tem inveja da constituiçao americana, mas nem sabem que ela foi inspirada pela biblia sagrada.
os mdernistas só querem aquilo que os favoreça, o resto deve ser queimmado, a maioria da populaçao e´cristã, nao faz sentido construir monumentos pra Maomé, pois os islamitas nao contribuiam em nada pra nossa cultura.
e tem um anonimo ateu que posta como cristao pra criar discussao só isso.
Ateu Consciente disse…
Mas é claro que pode contruir monumento pra gays, não tem nada na constituição que diga que é proibido mas já sobre um livro religioso não, o estado não pode favorecer uma religião em detrimento de outras. Toma, cristão besta.
Fabiano disse…
Izaque, como é difícil entender o que você escreve. Sei que é ad hominem, mas não parece que você realmente leia a Bíblia. O conteúdo dela pode ser atroz, mas ao menos ela é traduzida corretamente, revisada. Se você realmente lesse e entendesse, tenho certeza que escreveria melhor.

O Ateu Consciente já respondeu, mas o estado é laico, não pode apoiar nenhuma religião. É sério. Se um muçulmano, espírita, candomblecista quiser colocar um monumento homenageando sua religião, ele também não pode.
Já colocar um monumento gay, para qualquer monumento precisa haver aprovação da Assembléia Legislativa da cidade. Não há nada na CF que proiba isso.

E se você lesse sobre a Constituição americana, saberia que os "pais fundadores" fizeram questão de livrá-la da influência da religião. George Washington, Thomas Jefferson, John Adams e Benjamin Franklin (entre outros), defendiam o estado laico a todo custo. Existe uma declaração falando sobre o Deus criador prover os direitos do homem, mas ao mesmo tempo ela fala sobre o Estado não patrocinar e defender nenhuma religão em específico. Olhe esta frase de George Washington:

"Todos possuem igualmente a liberdade de consciência e a proteção da cidadania. O governo dos Estados Unidos não apóia o sectarismo, nem dá assistência à perseguição, e exige somente que todos aqueles que vivam sob sua proteção, se conduzam como bons cidadãos. As crenças religiosas de um homem não o privarão da proteção das leis, nem do direito de obter e de exercer as mais altas funções públicas existentes nos Estados Unidos"

E que tal esta de John Adams?

"O governo dos Estados Unidos não está, de maneira alguma, fundamentado na religião cristã, e não tem nenhuma discórdia com a lei, a religião ou a tranqüilidade dos muçulmanos".
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Igor, Desconexas? Quem protege liberdade de culto religioso, no fundo espera ser protegido por Deus, é uma troca de favores. E quando você estiver numa fila bem grande e quiser falar com algum chefe em alguma empresa privada ou órgão público e ele estiver almoçando ou em reunião e não te atender, lembre-se que Deus também é um chefe, que não vai te atender. E se Deus não existe, as opções de falar com o chefe diminuem.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Igor, se Deus não existe então nós temos que cuidar do nosso planeta, você já usou a sacola retornável nos supermercados?Você vai usar menos o carro ou o ônibus para não poluir nosso planeta?Já que Deus não existe, então não adianta reclamar pra ele.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Fabiano, não tem nada a ver na sua cabeça, pois pra quem pensa que Deus existe, o mérito para a solução dos problemas sempre vai ser graças a Deus, até um presidente eleito pelo povo, diz que foi graças a Deus a sua eleição.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Igor, se Deus não existe, então por que deixar que pessoas falem que ele existe?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Paulo Roberto Lopes, por que eu aperto na opção responder e nada acontece?
Estou usando nesta resposta essa função e deu certo. Deve ser algum problema no seu browser ou, se estiver no trabalho, o computador está bloqueado para esse tipo de interação.
Anônimo disse…
Verme covarde.
Marcos Souza disse…
"Igor, se Deus não existe, então por que deixar que pessoas falem que ele existe?"

Porque a religião é uma característica pessoal. Ninguém tem nada com a sua religião nem você tem com a religião dos outros.

Se você realmente precisa que te expliquem isso deveria voltar ao ensino fundamental, onde normalmente se explica pra criança que "a sua liberdade termina onde começa a do próximo".
Anônimo disse…
Campanha ignore os crente esses defensores da imoral bíblia sagrada que acredita num deus inundo que adorava sacrifícios e quer que as pessoas bebam de um sacrifício ofertado a ele mesmo para que em forma de suborno e chantagem emocional lhes de uma vaga no céu onde você sera um fantasma assexuado eternamente ,e feridores do nosso estado laico não merece nossa atenção ,ignore porque o nível deles é nível de troll são perturbados é só gostam de causar confusão , por favor ateus não desçam no mesmo nível que os crente Ignore.

Anderson
Abçs
Anônimo disse…
Uma lida nas postagens acima dos crentes e vocês já consegue perceber do que eu estou falando. Por isso ignore.

Anderson
Abçs
Fabiano disse…
Estudante Bíblico ConstitucionalJan 24, 2012 04:18 PM
Fabiano, não tem nada a ver na sua cabeça, pois pra quem pensa que Deus existe, o mérito para a solução dos problemas sempre vai ser graças a Deus, até um presidente eleito pelo povo, diz que foi graças a Deus a sua eleição.


O que tem a ver o c* com as calças? Bom, eu parei de responder. É claramente um troll.
Vou ignorar, com toda certeza.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Marcos Souza, sendo a religião uma característica pessoal, íntima, então cada um tem que ficar só pensando, sem falar, sem fazer zuada no ouvido do ateu.
Fabiano, quem ignora é ignorante.E todo poder vem do povo ou vem de Deus?
Geese Howard disse…
Todo o poder vem de mim, Repuken, Repuken
Problema Mental disse…
O nome do Estado é Leon Sampaio?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Fabiano, o "c" fica escondido debaixo das calcas, mas no caso de algumas mulheres dá pra ver o formato, pois elas andam com a calça bem apertada.
Orione disse…
A intolerância dos ateus aos que crêem demonstra que o pensamento dos ateus sobre os crentes pode se transformar no mesmo e acarretar as mesmas consequências do pensamento nazista ao povo judeu.
Anônimo disse…
Ignore os crente

Anderson
Abçs
Luan Cunha disse…
Porra, PARA DE BIRRA, IZAQUE-FANFARRÃO!
Marcos Souza disse…
"Marcos Souza, sendo a religião uma característica pessoal, íntima, então cada um tem que ficar só pensando, sem falar, sem fazer zuada no ouvido do ateu"

Não necessariamente, o debate é livre na esfera pública, seja sobre cultura, religião, filosofia, política, etc. O que os ateus querem não é silenciar a religião simplesmente, é impedir que ela tenha mais poder do que deveria poder e que invada a liberdade alheia, como o monumento citado na reportagem.
Esstudante Bíblico Constitucional disse…
Sendo estudante estou procurando entender o assunto, agora se eu fosse o professor, eu estaria dando aulas.
Yori Yagami disse…
Ucha, Ucha, Ucha.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Desconexas? A palavra poder está tanto na Bíblia como na Constituição. Na Bíblia todo o poder emana de Deus e na Constituição, todo o poder emana do povo, mas o poder do povo é o de apertar o botão da urna eletrônica, isso não é todo o poder, é apenas um poder e pensando na Bíblia o promotor disse ser legal a construção de um monumento em homenagem a ela.
Anônimo disse…
Eu dou aulas, meu caro. E garanto que você está muito equivocado.
Anônimo disse…
Viajou na maionese. Na CF de 88 o estado é laico em seu conteúdo democrático. Acabar com a referencia a Deus no preâmbulo não proibira a liberdade de culto. Pare de se fazer de perseguido, moleque.
argumento ridículo de um estudante de direito fraco disse…
Desconexas? A palavra poder está tanto na VEDAS como na Constituição. No CORÃO todo o poder emana de Deus e na Constituição, todo o poder emana do povo, mas o poder do povo é o de apertar o botão da urna eletrônica, isso não é todo o poder, é apenas um poder e pensando no LIVRO VERMELHO, o promotor disse ser legal a construção de um monumento em homenagem a ela.
argumento ridículo de um estudante de direito fraco disse…
Igor, Desconexas? Quem protege liberdade de culto religioso, no fundo espera ser protegido por ALLAH, é uma troca de favores. E quando você estiver numa fila bem grande e quiser falar com algum chefe em alguma empresa privada ou órgão público e ele estiver almoçando ou em reunião e não te atender, lembre-se que THOR também é um chefe, que não vai te atender. E se SHIVA não existe, as opções de falar com o chefe diminuem.
Anônimo disse…
Quer dizer que você pode poluir a vontade que seu deus não vai permitir desastres ecológicos? Agora entendo porque o mundo vai de mal a pior...
Anônimo disse…
ótimo, dá pra perceber que estudou anatomia. Mas o resto de ciências...
Anônimo disse…
O povo é cruel. Se desse poder para o povo, ladrão de galinha seria condenado a morte por apedrejamento e o pais se tornaria teocracia. Estude mais e vá para o 3º período de direito, em sociologia jurídica deve ter reprovado por ficar somente nos pensadores medievais.
WillPapp disse…
As religiões sempre existiram e o ateísmo, também, sempre existiu. Ateísmo não significa ir contra as religiões. Ateísmo significa, simplesmente, não acreditar na crença "Deus".

O que se questiona nesse caso particular nada tem a ver com religiões ou ateísmo. Tem a ver com a legalidade dos atos da administração pública.
WillPapp disse…
Ignorâncias, falácias, non-senses. Vocês, cristãos, já foram melhores.
WillPapp disse…
A existência ou não de Deus nada tem a ver em cuidar do planeta. Devemos cuidar do planeta não por causa do planeta, mas, sim, por nós mesmos. O planeta já sobreviveu a maiores ameaças do que a do ser humano.
WillPapp disse…
A aprovação dessa lei e o arquivamento da denúncia de inconstitucionalidade mostra que o lobby cristão é forte.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Por que eu estou equivocado? Por que eu estou lendo o que está escrito? Pois se não fosse para ler o que está escrito, então não deveria existir escritos.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
O que acontece quando as bases de um prédio não estão bem fundamentadas?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Observe que mesmo sem meu argumento que serve pra ajudar o promotor, o promotor não foi impedido de construir o tal momunento.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Digo que se Deus existisse, eu diria pra que o planeta é dele, pra que ele cuidasse do planeta dele e que fizesse um planeta para cada pessoa, pra que cada pessoa cuide do seu próprio planeta.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Digo que se Deus existisse, eu diria pra ele que o planeta é dele, pra que ele cuidasse do planeta dele e que fizesse um planeta para cada pessoa, pra que cada pessoa cuide do seu próprio planeta.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Se desse poder para o povo? A Constituição Federal já diz que todo o poder emana do povo.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
O resto de ciências é uma matéria bem grande para ser estudada, ainda mais, considerando o peso da mochila, ao ter que carregar tantos livros.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Se a zuada do vizinho cantando músicas gospel ficasse só na casa do vizinho, seria ótimo. Aí a zuada do vizinho só vai ser barrada, quando eu fizer a minha zuada.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Descobri que no firefox é possível responder
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Se eu morrer antes que ocorra uma catastrofe no nosso planeta, eu não preciso ficar preocupado com nosso planeta, a não ser que eu reencarne e venha de novo pra cá.
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Já que o preâmbulo não tem valor, então por que você não apaga ele?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Senhor professor, por que os deputados são protegidos por Deus e dizem que todo o poder emana do povo?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Senhor professor, como é que os deputados são protegidos por Deus, já que todo o poder emana do povo?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Senhor professor, como é que os Deputados são protegidos por Deus, já que todo o poder emana do povo?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Senhor professor, os princípios constitucionais ficam no começo ou no fim da constituição?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Senhor professor, os princípios constitucionais ficam no começo ou no fim da constituição?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Professor, o preâmbulo da Constituição pode ou não pode ser alterado? Ou apagado? O que acontece quando alguém acredita em algo que não existe? Por que existem pessoas que acreditam em algo que não existe?
Estudante Bíblico Constitucional disse…
Igor, o que acontece quando alguém acredita em algo que não existe? Por que existem pessoas que acreditam em algo que não existe?
Anônimo disse…
Da livraria evangélica, sei...
Anônimo disse…
Poder para decidir seus representantes. Vá tomar o seu gagau e estagiar antes, garotinho.
Anônimo disse…
Estudante, POVO NÃO É DEUS. Se acha que deputados são protegidos por deus, isso só mostra o caráter cretino dele de manter aquela zona, e povo só se lascando. Outro detalhe: o que faz achar qe o deus que citam é o Deus da bíblia?

E realiza, estúpido: PREÂMBULO NÃO É PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL. É UM MERO TEXTO, DISCURSO.
Anônimo disse…
Está no curso errado, se procura essas respostas. Estude Filosofia e ciências da mente que vai entender o porquê.

Detalhe: anoônimo aqui não é o professor, mas você se gaba saber mais do que um...
Anônimo disse…
O promotor não constroi nada. Ele deve lutar pelo o que é constitucional ou não. E ele está equivocado. O estado é laico.
Anônimo disse…
Poluição sonora? Delegacia do silêncio? Tem muito o que aprender...
Anônimo disse…
Isso só mostra a relação do egoísmo religioso e a poluição do planeta. Agora entendo porque países religiosos são os que mais destroem o meio ambiente...
Anônimo disse…
Liberdade de expressão, assim como possso afirmar que um bule voador existe pairando sobre a Terra?
Anônimo disse…
O que acontece quando alguém acredita em algo que não existe?
R. Perda de tempo.

Por que existem pessoas que acreditam em algo que não existe?
R. Porque elas não conseguiram provar a existência delas; porque elas precisam de explicações de fácil compreensão para aquilo que não encontram respostas; porque elas não admitem não saber de tudo e acham que algo/alguém/alguma coisa precisa explicar isso; porque elas não tem nada melhor para fazer (risos).

Suas perguntas são bobas, e merecem respostas bobas.
Anônimo disse…
Estudante Bíblico Constitucional

Eu ri horrores com sua resposta:

"Se eu morrer antes que ocorra uma catastrofe no nosso planeta, eu não preciso ficar preocupado com nosso planeta, a não ser que eu reencarne e venha de novo pra cá."

De acordo com a sua crença, vc irá para o inferno pelas suas ações. Ou vc acha que seu deus terá piedade de quem destrói sua criação?

Vc é uma piada.

-------- Busca neste site