Deputada quer obrigar TV Brasil a exibir proselitismo religioso

Liliam é da Frente 
 Parlamentar Evangélica
A deputada Liliam Sá (foto), do PSD-RJ, apresentou um PDL (Projeto de Decreto Legislativo) que, se aprovado, acaba com a autonomia da TV Brasil, obrigando-a transmitir programas de proselitismo religioso.

O PDL 406/11 é uma retaliação à decisão dos conselheiros da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), a responsável pela  da TV estatal, de acabar com dois programas, um católico e outro batista, para substituí-los por apresentações sobre os aspectos históricos e culturais de todas as crenças praticadas no Brasil.

Os programas ainda continuam no ar por força de uma liminar (decisão judicial provisória) obtida pela Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Liliam apresentou o projeto com o argumento de que os programas se justificam porque a maioria da população brasileira é cristã.

O Conselho Curador da EBC está tentando acabar com os programas religiosos para cumprir a determinação constitucional de que o Estado brasileiro é laico, não podendo, portanto, ter qualquer envolvimento com as religiões, mesmo em relação à hegemônica.

O Conselho vem sofrendo fortes pressões de parlamentares, como o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), ligado à Igreja Universal, para não só manter a programação como também para franqueá-la a outras denominações religiosas.

O PDL, para ser votado no plenário, terá de ser aprovado pelas comissões da Câmara.

Igreja Católica obtém liminar para manter programa em TV estatal
 agosto de 2011

TV e rádio não podem estar a serviço de crenças religiosas
por Eugênio Bucci em abril de 2011


Comentários

  1. Anônimo1/12/2012

    A repressão sexual bem administrada produz isso aí. A bomba explode em forma de pansexualismo, erotomania, a ponto do velho arquétipo de prostitutas cultuais da Babilônia retornar, sob as cortinas e insígnias das vestais parlamentares, e suas mis-en-scènes puritanas. Nada contra a pureza, nem muito menos contra as profissionais do sexo ( o mito da prostituta sagrada, aliás, reúne as duas); mas vejamos se os parlamentos e outras empresas de administração financeira da fé, em nosso país; não ficam nada atrás dos prostíbulos da roma papal, e das orgias com dinheiro sagrado que tanto escandalizaram os puritanos de outrora.
    Sob os véus não de Ísis, mas de Astartéia, é comum agora encontrarmos aqui e acolá, atrizes e outras femininas encarnação da cena política; a defender...(como aquela da eleição passada), a defender toda esta corrupção...Justamente sob a bandeira sacrílega, que abriga debaixo do seu estandarte todos os corruptos; a flâmula da defesa da religião, contra a corrupção dos costumes. Este lamentável, recorrente e reincidente retrocesso que nunca nos permite avançarmos para além de 1964 (como se andássemos sempre em círculos!); e a assistir caminhadas por PAZ, MARCHAS COM DEUS PELA FAMILIA, QUEREMOS DEUS e outras alienantes manifestações de súplica por direito aos céus; que deviam ser canalizadas em mobilizações políticas concretas, da demanda de direitos ao Estado...Toda essa corrupção...em parte é culpa nossa; dos que pensamos, lemos, contribuímos, pagamos e não nos mobilizamos o suficiente para desmontar a farsa pública e o engodo salafrário dos vendilhões dos templos, e suas propagandas mentirosas; antes sustentamos essas meretrizes e as engordamos, com a nossa conivência, complacência, e por omissão, ainda pagamos esses acrobatas e palhaços do Grande Circo!Até quando?

    ResponderExcluir
  2. Anônimo1/12/2012

    Estou ficando com medo da ditadura hipocrita desses religiosos.

    ResponderExcluir
  3. Arnaldo1/12/2012

    Não pode haver programas religiosos na TV Brasil.

    A função da TV Brasil é fazer proselitismo esquerdista e gay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1/13/2012

      Fóbico irracional, ditatorial homofóbico e militarista de extrema-direita? Você tem cara de viúva "ultrademocrática" da ditadura...

      Excluir
    2. Anônimo2/11/2012

      Que coisa curiosa, ultimamente não se pode usar a liberdade de expressão nem dizer a verdade aqui no Brasil, que imediatamente chovem "anônimos" dando chiliques e apontando "discriminações" e homofobia...

      Excluir
  4. John Constantine1/12/2012

    As atitudes e acoes dos evangelicos no Brasil, a cada dia que passa, cada vez mais se assemelham ao Taleban no Afeganistao.

    O Taleban comecou assim, intervindo cada vez mais na vida publica, ate se impor no pais todo e deu no que deu, a tragedia da nacao afega.

    Teremos a tragedia brasileira, devidos aos evangelicos ? Tempos de escuridao e obscurantismo estarao a caminho ?

    Se nada for feito, o futuro é negro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1/12/2012

      John, e muitos religiosos dizem que ateus-gays-ceticos-descrentes-seculares-agnosticos-whatever querem uma ditadura que exclui Deus e a religião da sociedade, mesmo quando vemos claramente o contrario.

      Excluir
    2. Polícia Politicamente Correta1/12/2012

      "Se nada for feito, o futuro é negro."

      Cuidado, os militantes afro e o Ministério Público (parceiros dos ateus, gays e outros politicamente corretinhos, controladores do que pode ou não ser falado) podem te processar por RACISMO.

      Excluir
    3. Combate ferrenho ao fanatismo hipócrita das seitas pente-fino-costais.1/13/2012

      Se nada for feito a DITATURA TEOCRÁTICA vai tomar conta do país.Vejam o argumento "vazio" e pouco consistente desta deputada pseudo-moralista desta famigerada bancada "cristã":A maioria da população é cristã.E daí,por acaso vivemos em uma ditadura de maiorias?E essa "maioria" cristã está na igreja ou é praticante?Tem muitos poréns aí!.

      Excluir
  5. Anônimo1/12/2012

    A grande arma dos religiosos são os números por essas razões eles tem filhos igual uma galinha, cada chocadeira coloca 12 pintinhos no mundo.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo1/12/2012

    Religião não é natural [ Melhor dizendo é um transtorno mental], por que não tem sustentação na realidade, é imaginário, por que buscam explica-los pelas causa emocionais.

    Acredita em algo que não existe e tenta sustenta-los através de analogias no dia-a-dia é fecha os olhos para a procura de respostas concretas [Ciência].

    Orações, louvores e adorações tudo não passa de mentiras, monstrar respeito e aceitar essas crenças, é está de acordo com a louca e a paranóia.

    O estado tem a obrigação de dá apoio ao tratamento dessas pessoas, assim como a droga seus olhos são fechados a realidade e sua vidas giram entorno de uma utopia.

    Os que deixam as crenças ver a realidade de forma mais claras, avaliam muito bem cada situação e não deixam levar pelo lado emotivo, pois esse não dão respostas.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo1/12/2012

    Hoje, assistindo a uma entrevista com um especialista em cosmologia e astronomia, fiquei pasmo, com a afirmação de que, somente na nossa galáxia, existem 100bilhões de estrelas, umas mais outras menos parecidas com nosso sol.
    Sendo pessimista, qual a possibilidade da existència de planetas com as mesmas caracteristicas da posição da terra em relação ao nosso sol.
    Pois bem, divagações à parte, sem proselitismos, isto dá um numero tremendamente grande. Se levarmos em conta, que existem outros tantos numeros de galáxias, e que, nem a mais corajoza mente, pode dizer quantos, dá para ter uma idéia do quão é vasto o nosso universo.
    Fico pensando, naquele velho, de barbas brancas, criando tudo isto em um dia, no primeiro ou segundo dia.
    Imagino, o que e quanto a raça humana, deixou de progredir, sob a tutela destas religiões, como a católica, que matava quem ousasse dizer qualquer coisa que padres e religiósos ignorantes, não tivessem capacidade de entender. É só lembrar de Galileu Galilei e Copérnico, que quase morreram somente por ousar defender que a terra girava em torno do Sol.
    Imaginar que a Terra fosse o centro de tudo.
    É este o perigo que corremos! Para ser pastor, não precisa de estudo nenhum, é só dizer que foi ungido! No caso da Católica, é mais complicado já que o padre é instruido, mas guarda suas idéias próprias, pois não pode arriscar abrir a boca, e tambem faz seu papel proselitista.
    É só ver o que acontece no Brasil:
    campanha contra aborto, células tronco, restrição do jornalismo, tentativa de amordaçar o MP, tornaram, de uma serta forma, refem o congresso, já que esta bancada religiosa tem grande poder de fogo, e não se pode desprezar seu apoio,
    forçar ensino religioso, mesmo com filhos de pais que não o querem, ou querem de outra crença, e ai vai.
    Tomaram conta da tv e rádio. Voce não consegue mais ter o direito de assistir programação que não envolva proselitismos evangelização e pedido de dinheiro.
    Ou nosso governo age, e faz cumprir a Constituição, já que nosso pais e constituição são láicos, ou nós vamos, desculpe, entendo que a crença e a fé são livre, e cada um tem direito de procura-la, mas para isto tem igrejas, templos, etc aos montes.
    Na nossa tv. deveria passar, informação, cultura e divertimento.
    Nossa tv, como disse uma vez o profeta Lobão, é emburrecelizante.
    e nós já estamos pagando o pato(meu grifo).

    wrl

    ResponderExcluir
  8. SATANÁS1/12/2012

    nada a ver esse comentário do arnaldo!quais seus argumentos para sustentar essa ideia idiota? busque se informar mais sobre o assunto antes de falar asneiras. televisão pública deve ficar imune a essa corja de falsários e enagnadores da fé alheia! quem vota nessas nulidades políticas é o mesmo povinho que contribui para a conta bancária rica e gorda desses canalhas travestidos de pastores. acorda, brasil!! não quero viver numa ditadura evangélica. que o os deuses do olimpo nos livrem dessa tragédia.

    ResponderExcluir
  9. Esses trolls precisavam mudar o discurso, perdeu a graça...

    ResponderExcluir
  10. Anônimo1/13/2012

    Religião e clube de futebol, so devem afetar s associados.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo1/13/2012

    Religião e clube de futebol, so devem afetar s associados.

    ResponderExcluir
  12. Não sei nem por onde começar a xingar...

    ResponderExcluir
  13. Anônimo2/11/2012

    Estou realmente desejando o fim do mundo em 21/12/12... vai ser o único jeito de acabar com essa ignorância e imposição religiosa absurda...

    ResponderExcluir
  14. Anônimo3/07/2012

    Eu quero o fim do mundo, prefiro o fim do mundo à essa miséria chamada religião.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo6/05/2012

    Evangélicos + Muçulmanos = Câncer da Humanidade

    ResponderExcluir
  16. Anônimo3/06/2013

    Só uma correção ao Ádilon: Gente ignorante é o câncer do mundo. Não os que foram e são bombardeados por esse tipo de informação tosca e descabida.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nobel 2019 de Física afirma que 'não há lugar para Deus no universo'

Robinho: de jogador promissor a evangélico fanático e a estuprador

Com fechamento de 400 templos em uma década, Igreja da Inglaterra ruma para o fim