Dawkins critica projeto da construção de templo ateu

Dawkins e Botton: aumentou
a rivalidade entre os dois
O cientista e militante ateu Richard Dawkins (foto, a de cima), 71, criticou o filósofo Alain de Botton (foto), 42, por ter planejado a construção no centro financeiro de Londres do primeiro templo de ateus do mundo.

"Os ateus não precisam de templos", disse Dawkins ao jornal britânico The Guardian. “Acho que há coisas melhores para se gastar dinheiro, como a educação secular e a construção de escolas não religiosas que se dediquem ao pensamento cético.”

Para o autor do best-seller “Deus – um delírio”, o edifício de Botton é “quase religioso” e “os ateus não precisam disso para investigar o significado da vida”.

O jornal informou que Botton já conseguiu metade do dinheiro para construir o templo, que consistirá de uma torre de 151 metros de altura, representando a idade da Terra. Em seu interior haverá a inscrição de um código binário da sequência do genoma humano.

Se o departamento de obras de Londres aprovar logo o projeto, a construção começará até o final de 2013.

O filósofo suíço radicado na Grã-Bretanha tem sido um critico de Dawkins por apregoar “um ateísmo agressivo”. O anúncio da construção do “templo do novo ateísmo” acirrou a rivalidade entre os dois.

Botton declarou ao The Guardian que, por causa do Dawkins e de Christopher Hitchens (1949-2011), autor do "Deus não é grande – como a religião envenena tudo”, “o ateísmo se tornou uma força destrutiva”.

Para ele, "há muitas pessoas que não acreditam em Deus e nem por isso são agressivas em relação às religiões”.

Comentários

Noah Mera disse…
Discordo dos dois. As idéias do Alain de Botton sobre a capacidade das religiões em criar laços e unir pessoas em torno de causas são interessantes. E acho que a literatura daria conta da questão moral.

Mas essa idéia de templo ateu é uma pilha errada. Faz um templo ao conhecimento, à ciência - idéias que merecem louvores - mas ao ateismo não.
Anônimo disse…
Desde quando idéias e verdade é agressão ,se uma pessoa tem mal hálito você não deve dizer isto a ela ? O que Dawkins faz é isto, diz que a religião esta com mal hálito e este mal hálito e toda forma de mentira e embuste da qual as religiões tem recorrido para sobreviver ,Como eu já disse sairiam estas igrejas impunes de um tribunal ? Adeus este foi meu ultimo comentário.

Ignore os crente

Anderson
Abçs
Daniel disse…
Concordo com o Tio Dawkins. Eu entendi a proposta do Botton e as motivações do mesmo, mas ainda assim acho a idéia mal orquestrada e desnecessária. Outros meios de propagar a razão e o conhecimento secular seriam mais viáveis, ao meu ver, do que um "templo para ateus".
Daniel disse…
A propósito, o Dawkins vai fazer 71 só em março hehehe
Agislânia disse…
A ideia desse "templo ao ateísmo" é simplesmente babaca! Esse Botton ta é querendo aparecer e daqui a pouco vai cobrar dízimo de quem quiser fazer parte do clubinho. ¬_¬
Avelino Bego disse…
Concordo com o Dawkins: ateus não precisam de templos!

O Botton, com essa ideia de fundir ateísmo e religião é a maior furada.
que que 151 mestros tem a ver com a idade da terra? pelo que eu saiba a idade da terra é de 4,5 bilhões de anos, e do universo é 15 bilhoes
SUPER OFERTA disse…
concordo com esse pensamento

Os ateus não precisam de templos", disse Dawkins ao jornal britânico The Guardian. “Acho que há coisas melhores para se gastar dinheiro, como a educação secular e a construção de escolas não religiosas que se dediquem ao pensamento cético.”
Carlos B. disse…
Botton quer propagar o ateísmo?

Se os Estados cumprissem pelo menos sua condição laica já seria um grande avanço. Outra coisa que ajuda muito é tirar definitivamente da educação científica, que é a que se compromete nossos colégios, o ensino religioso.

Agora, se ele quer um reforço, eu acho que essa "religião" ateia até pode funcionar, com templo e tudo, mas será uma grande hipocrisia isso.

O templo do ateu, assim como de qualquer pessoa, é ele mesmo. Podemos ter estabelecimentos para reuniões e etc, ou até alugar, mas acho que essa coisa de um prédio cheio de símbolos e significados é bem tosco.
Regis disse…
Me sinto constrangido e até envergonhado com a idéia de um templo ateu. Mistificar o ateísmo... Que babaca!
Jefferson disse…
Daqui a pouco surgirá dois tipos de ateus, os ortodoxos e os reformados, quanta babaquice, fala das religiões, mas tentam imita-las, até nas diferenças de idéias e na desunião, só numa coisa os ateus é mais parecido com algumas religiões, tirar dinheiro da alguns babacas.
Rodolfo Mendes disse…
A meu ver, se colocasse os dois numa balança consider inexpressivas as propostas do Bottom, então, como forma de atrir foco pra si, solta uma dessas, confundindo aqueles que estão apenas começando a ter uma visão cética e imprimindo um conceito errado sobre o que é ser ateu/agnóstico.
Dawkins tem razão ao criticar essa idéia absurda que não trás nenhum benefício real à mudança de conciência.
carlosqevedo disse…
deixa o cara construir a igreja dele, quem não concorda que não se submeta, ele coloca apenas uma opçao entre muitas. não é a liberdade a causa e o objetivo comum entre nós ateus? na inglaterra tem até igreja jedi e daí? deixa eles em paz, que cada um exercite seu ateismo ou religiosidade como achar melhor. esse negócio de ficar se incomodando com as formas diferentes de pensar e reunir é coisa de teísta bitolado que só se sente seguro quando existe a padronização de costumes e de ideias.
aspen-bh disse…
E eu pensando que cada biblioteca já fosse um templo do ateísmo, já que o mito cristão proíbe claramente que se persiga o conhecimento.
Joshka disse…
É isso aí. Estou de acordo com o posicionamento do Carlos... A liberdade e a tolerância é a causa comum dos verdadeiros ateus inatos. O ateísmo é o extremo oposto do fascismo - esse caráter de dominação dos indivíduos ávidos de poder - a essência de todas as instituições religiosas e Estados totalitários.
Joshka disse…
Esse tal Botton deve ser o "ateu" que o Papa Ratzinger pediu a D-U$...
Anônimo disse…
Se trocassem a definição de "TEMPLO" por... MUSEU... ou algo semelhante, tinha ficado melhor!
Conspiratus disse…
Um lugar para se reunir, sem precisar combinar passeatas; um espaço onde todos sabem que as mensagens são em prol do ateísmo/agnosticismo e secularismo.
Provavelmente o templo de Botton se torne um ícone, visitado por milhares de pessoas por ano, religiosas e não religiosas.
Possivelmente ele desenvolverá um símbolo, que será associado aos não crentes, à semelhança da Estrela de Davi, que evoca os Judeus. Esse símbolo será o receptáculo de significados que ficarão conservados ali ao longo das Eras.
Para que o templo funcione continuamente, haverá alguma forma de arrecadação financeira de sócios ou filiados que desfrutarão de certos privilégios, indisponíveis aos demais.
Possivelmente, haja a necessidade de montar uma administração do(s) templo(s), com sua respectiva hierarquia.
Políticos, Militares, Pensadores se aglomerarão nesses templos e farão acordos, sugerirão práticas mútuas, estabelecerão pactos...
O Ateísmo que Botton prega é muito mais letal às religiões organizadas que o de Dawkins!
Enfim,
Alan Daniel disse…
Concordo plenamente com o que Noah Mera escreveu
Renan Torquato disse…
Mr.Dawkins is right in his criticism. Mr. Botton preys on the (fortunately) rising wave of skepticism around the globe to get funds to build what will be probably the first of a series of schemes and tactics to lure passionate atheists with the same obnoxious and vile deception techniques religious clerics use to steal millions from religious people. Not to mention, this "exotic atheist thinking" of Mr.Botton is using is, also, as Mr. Dawkins said, philosophically inappropriate to atheism and secular values, since it have bases on pure religion and cult-based mentality.
Mello disse…
Os religiosos devem estar festejando a babaquice deste "templo Ateu". Eh uma pena que existam quem nao pense entre os ateus.
Anônimo disse…
Richard Dawkins, o queridinho dos ateus, confirmando que o ateísmo é uma religião.
Luan Cunha disse…
Criar laços e unir pessoas em torno de uma causa, como o Noah falou, é uma das poucas coisas boas que eu posso tirar das religiões, é esse suposte social que eles constroem com seus membros.

Mas podemos alcançar isso por meios seculares também, e não é construindo um templo para uma não-religião que se fará isso.

Ateísmo não é religião, é a rejeição de divindades.

Ora, se tem uma coisa que posso chamar de templo, seria o nosso planeta, esse Universo imenso e tudo aquilo que transmite conhecimento.
Anônimo disse…
Já tá virando religião, ou É.
Ed disse…
Hitchens já faz falta.
Anônimo disse…
O mais próximo que consigo conceber sobre o que seria um templo ateísta é uma boa e velha biblioteca. O ateísmo está se tornando religião - o que é totalmente paradoxal. É uma pena mesmo.
Anônimo disse…
estes atoas de tanto falarem de templos estão caindo dentro de um.
meu q viadagem é esta? ateu de verdade é diferente.

ateu conciente.
Tryniti disse…
Bom, se Dawkins é considerado o Rottweiler de Darwin, eu tenho que me considerar Rottweiler de Dawkins. O que Dawkins disse tem toda razão, acredito que esse Botton não capacidade intelectual como a de Dawkins e precisa chamar a atenção de alguma forma e inventou um templo para ateus. Ora, veja quantos cristos redentores e imagens absurdamente grandes estão sendo construídos por todo o Brasil e sempre criticamos que poderia utilizar melhor esse dinheiro. Botton está fazendo o mesmo.
Tryniti disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse…
Botton quer aparecer, isso sim.
Anônimo disse…
O motivo que Botton dá para este empreendimento é que o mesmo pode ser uma maneira dos ateus aprenderem o lado bom das religiões, que era a reunião em prol de boas causas e o sentimento de união. Ora! e a única maneira de se ter isso é criando um templo?! É verdade que devemos respeitar as idéias dos outros, já que isso representa a tal liberdade de expressão que tanto buscamos, mas é esta mesma liberdade de expressão que me dá o direito de discordar disso, ou não? Eu acho que acontecerá com o ateísmo o mesmo que com as outras religiões com o passar dos tempos: padronização, doutrinação, regularização, oficialização, expansão e repressão. Por que que o ser humano sempre acaba fazendo isso?! Se hoje fazemos chacota do povo da Idade Média, o mesmo será feito de nós futuramente. Na verdade, este é um círculo vicioso, mas a gente não precisava contribuir mais com isso, não é?
Cristão disse…
Chego a conclusão de que os ateus estão mas perdidos do cego em tiroteio.

A minha oração tem mais objetividade.
Anônimo disse…
Que nané.
Anônimo disse…
Digo, Mané.
Arthur disse…
Eu acho que apesar do ateísmo não ser uma religião o munumento vai servir para as pessoas se lembrarem dos grandes ateus pela história como Marie Curie,Albert Einstein e John Lennon. Nó também queremos deixar nosso legado para os ateus do futuro.
Anônimo disse…
To doido pra saber como é que vai ser os rituais!!Só sei que no meu batismo quero mergulhar em cerveja!!!!
Anônimo disse…
Esta ideia, Sr. Jefferson, não é um ateu, mas de um teísta. Seu comentário é equivocado.
Anônimo disse…
Matou, Aspen.
Anônimo disse…
Por favor, antes de comentar, seria bom ler o artigo e inteirar-se um pouquinho mais. Ou você tem problemas de compreensão escrita.
sandrareynaldo disse…
Perfeito, Tryniti. As pessoas que acreditam em forças superiores (ou inferiores) controlando seus passos, não conseguem conceber que alguém consiga pensar por si e tomar para si a responsabilidade por seus atos. Esse Botton só achou um nicho novo para atacar.

Eu também fico revoltada quando vejo dinheiro sendo gastos com coisas supérfluas e nossas escolas depredadas e os professores mal pagos. Fora todo o resto, claro.
Anônimo disse…
A proposta, Cristão, é de um teísta e não de um ateu. Por favor, leia o artigo com atenção.
Anônimo disse…
Alain de Botton não tem nada que dizer que é ateu, porque não é. Se fosse, sabia que a moralidade tem explicação científica e natural, e não é nada de transcendente ou inexplicável como ele acha que é.
pessoal, pra que tanto radicalismo entre o sim e o não ? de repente esse "templo" poderia ser um centro de estudos e ideias sobre o ateísmo. Há pouco, uma garota de 17 anos suicidou-se por provável pressão da mãe e sociedade. quem sabe, um centro assim não poderia fortalecer suas ideias e dar-lhe apoio moral? ou qq outro tipo de apoio? têm pessoas que são simplesmente, ateias mas, precisam de alguma base cintífica, aí entraria esse centro pra promover conhecimento e debates. Eu acho interessante, não entro nessa briga pessoal de Botton e Dawkins.