'Sou gay, tentei me livrar do demônio e agora sou ateu'

por Will a propósito de
Jovens sem religião indicam que Brasil caminha para o secularismo

Eu sou um desses jovens que deixaram de ser católicos. Não sou ateu, mas acho que "to quase lá"...

E o motivo foi:

"-- Suposto distanciamento e arrogância por parte do oficialismo católico, combinado com elementos da doutrina da Igreja que não lidam bem com a juventude de mente progressista, incluindo as posições da Igreja sobre aborto, contracepção e homossexualidade (não surpreendentemente, essa ideia é especialmente popular na ala liberal da Igreja brasileira)."

Sou gay e quando eu era católico fiz de tudo pra tirar o "demônio" de mim: lia a b´blia diariamente, rezava o terço, ia à missa praticamente todo dia, frequentava missas de libertação, lia dezenas de livros sobre a espiritualidade católica...

Acabei perdendo a vontade de viver nesse tempo por não conseguir "me curar".

Depois, comecei a tentar me aceitar, o que me levou a uma crise mais profunda do que nunca, pois vi que de modo algum era possível viver a vida homossexual e ao mesmo tempo ser plenamente fiel à Igreja. Mas comecei a me aceitar, com dificuldade, e com o tempo passei a ir deixando a Igreja.

Foi um longo processo e, em resumo, digo, sem medo de ir pro inferno que não professo mais o catolicismo e nenhuma vertente do cristianismo.

Gay religioso pede ajuda: 'Qual a forma mais rápida de ser normal?'
junho de 2011





Ateísmo.    Coisas do diabo     Posts de leitor.