Livro sobre como bater nos filhos teria causado três mortes

Pastor Pearl diz que Deus orienta pais a baterem no filhos 
Hana (foto), uma criança etíope adotada aos 11 anos por um casal americano, morreu em maio vítima de violência, desnutrição e hipotermia. Seu corpo foi encontrado nu e de bruços no quintal de sua casa.  

Hana foi espancada
pelo método do pastor
Havia sinais de que a menina tinha sido espancada por um tubo de plástico de 38 cm, o mesmo recomendado pelo pastor fundamentalista Michael Pearl (foto), em seu livro “Como Educar Crianças”, onde diz como os pais devem bater nos filhos. Larry Williams e Carri de Sedro-Woolley, pais da menina, são seguidores de Pearl. Eles afirmaram à Justiça que são inocentes.

O livro de Pearl já teria induzido a morte de duas outras crianças. Lydia, 11, foi uma delas. Ela levava longas surras de Kevin Shatz e Elizabeth, seus pais adotivos, com trégua apenas no horário da oração. A menina morreu em 2010 de tanto sangrar. Os pais se declararam culpados.

O pastor recomenda que os castigos às crianças comecem logo, já no período da amamentação. Ele escreveu que as mães devem puxar os cabelos dos filhos toda vez que eles morderam o mamilo.

Pearl, no livro, dá instrução detalhada sobre como os pais devem castigar com violência os filhos. Diz, por exemplo, que crianças com menos de um ano deve ser açoitada por uma vara de salgueiro entre 25 a 30 centímetros de comprimento, de uma polegada e sem nós.

Mais de meios milhão
de exemplares vendidos
Ele recomenda uma “varinha mágica” -- porque não rompe a pele -- para os casos em que as crianças merecem surras frequentes. Trata-se do tubo de plástico utilizado pelos responsáveis pelas crianças que morreram.

O pastor escreveu que o seu método de educação, se usado corretamente, assegura que as crianças cresçam saudáveis e com boa formação.

“Os pais podem ter sentimentos que os impeçam de castigar os filhos, mas isso não é o amor de Deus”, disse no livro. “Ele [Deus] criou as crianças e sabe o que é melhor para elas, ordenando aos pais que usem o chicote.”

“Como Educar Crianças” já vendeu mais de 670 mil cópias, garantindo ao pastor cerca de US$ 1 milhão (R$ 1,7 milhão) em direitos autorais.

Com informação do New York Times, entre outras fontes.





Professor de ensino religioso dá soco na boca de estudante
outubro de 2011

Fanatismo religioso.    Violência contra criança.


Comentários

  1. Anônimo11/09/2011

    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH Que nojo de um filho da p*** desses!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Lindos exemplos de quem tem deus no coração.

    E depois é ruim pras crianças serem adotadas por homossexuais.

    Vejam só esse lindo exemplo de heteros, com deus no coração, que seguem o amor de deus =3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo10/21/2012

      Pois é, hipocrisia level infinito...

      Excluir
  4. Anônimo11/09/2011

    Alguém tinha que mostrar o amor de Deus a esse pastor. Com um pé-de-cabra.

    ResponderExcluir
  5. Eu fui no google e achei uma "palhinha" do livro no original:
    http://www.amazon.com/Train-Up-Child-Michael-Pearl/dp/1892112000#reader_B0038KA6GC

    No final ele diz que não está castigando, está "treinando obediencia", mas o termo em ingles é o que se usa prá fazer adestramento de aminal !!! Quem não quer um cachorrinho que rola, dá a patinha e finge de morto ??? Mas daí a "treinar" uma criança é privá-la da sua própria personalidade, da sua voz, da sua opinião.
    Não vou dizer que nunca bati nas minhas filhas, porque eu já fiz, mas as vezes que eu estava com muita raiva, eu sempre mandava as duas irem pro quarto, sair de perto de mim até eu esfriar a cabeça.
    Depois eu conversava com elas e explicava o porque da minha raiva, que muitas vezes era uma pilha de outros problemas que calharam de estourar na minha cabeça com algum mal comportamento delas.
    Espancar e negligência, nunca !!

    ResponderExcluir
  6. A Hanna da foto era linda !!! Olha só o sorriso dela!!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo11/09/2011

    Cegos guiando cegos.

    ResponderExcluir
  8. Joaquim11/09/2011

    Somente gente ignorante mesmo para pensar em pleno século XXI que bater para educar é algo eficiente. Pode ser eficiente se os pais quiserem tornar seus filhos tão ignorantes quanto os mesmos.

    ------------------------

    “Os pais podem ter sentimentos que os impeçam de castigar os filhos, mas isso não é o amor de Deus”, disse no livro. “Ele [Deus] criou as crianças e sabe o que é melhor para elas, ordenando aos pais que usem o chicote.”

    Aff... Nem animais menos inteligentes(mais inteligentes que esse pastor, com certeza), precisam desse tratamento, deve ser porque o deus deles ama mais as crianças humanas por isso elas precisam castigadas.

    -----------------------

    São pais que não sabem que passar o conhecimento falando a seus filhos é bem mais fácil e pratico, parece que tratam seus filhos como se fossem adultos cometendo erros, e como não sabem dialogar vão direto para pancada. Só vão estar ensinando uma coisa a essas crianças, ignorância resolve tudo, e essas propagaram o mesmo erro para a próxima geração, já que também não saberão como se comunicar com seus filhos se não for a base do "chicote".

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11/09/2011

    DEFINITIVAMENTE, isto demonstra que o deus cristão foi a pior criatura já inventada pelo ser humano! Seres humanos malévolos, ignorantes, escravistas, genocidas, estupradores, megalomaníacos... Todos eles estão lá. Foram eles que criaram esse deus e essas regras sangrentas. Antes dos jesuítas chegarem ao Brasil, os índios não batiam em seus filhos. Foi a introdução forçada do cristianismo que introduziu os castigos físicos contra crianças. Todas os cristãos que eu consultei que batem em seus filhos (97%), dizem-se justificar pela Bíblia. Está na Bíblia a origem da violência contra crianças, animais, gays, negros, deficientes físicos, e outros preconceitos! Se a Bíblia é a palavra do deus cristão, então EU CUSPO NESSE DEUS PSICÓTICO ESPANCADOR DE CRIANÇAS, ABOMINO-O COM CADA ÁTOMO DO MEU CORPO. E,para não deixar dúvida, cuspo e abomino quaisquer pessoas que batam em crianças, seus COVARDES MALDITOS!

    ResponderExcluir
  10. Joaquim11/09/2011

    É claro que não são só os cristãos, e nem todos os cristãos, que batem em seus filhos, e não são todos os filhos que se tornam ignorantes como os pais. Isso é óbvio.
    Não estou generalizando, não sei como é em todos os lugares, mas muitas pessoas que conheço seguem o sistema educacional "Pé na Porta e Soco na Cara" com um índice elevado de aprovação, e muitos que seguem em frente conseguem doutorado em ignorância.

    ResponderExcluir
  11. Vou escrever um livro sobre como espancar até a morte e com requintes de crueldade um pastor estúpido, imbecil e louco chamado Michael Pearl.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De todos os posts que eu já li aqui,esse com certeza foi um dos que mais me chocaram. Esse homem é tão lunático que que ensina que as pessoas devem castigar bebês. Isso é um absurdo. Tomará que alguém quebre esse maluco. Mas quebre mesmo.

      Excluir
  12. É ao ver sujeitos nojentos como esse pastor, que é inevittável sentir uma vontade absurda de fazer justiça com as próprias mãos, dando a ele o que ele merece.
    O que espanta é permitirem a publicação desse livro. Ok, liberdade de expressão, blá, blá, blá, mas a partir do moento que isso instiga pais a surrarem e até matarem seus filhos, algo deveria ser feito para impedir! Não existem associações de psicólogos, educadores infantis, proteção à criança e afins, para processar esse cara e/ou tirar o livro de circulação? Ou como de costume, mesmo que processem, não dá em nada porque religiosos estão cima da lei?
    E eu achando que isso era coisa do Brasil.

    ResponderExcluir
  13. John Constantine11/09/2011

    E se fizessemos uma petição para darmos uma surra no pastor, para cada livro que vendeu, usando as recomendacoes que ele mesmo escreveu ?

    Vai ser muito saudavel e com boa formacao, para esse pastor cheio de amor divino pelo proximo.

    Acredito que ele nao se oporá a essas medidas educativas e corretivas.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo11/09/2011

    Religiosos cada vez mais me dão nojo.

    ResponderExcluir
  15. Sei, sei... meu irmão sempre apanhou quando criança, apenas de cinto, ainda bem que meus pais nunca encostaram um dedo em mim ( acho que porque sou a única menina dos filhos ). Talvez seja uma das coisas que meu irmão tem raiva de mim. Ele foi educado na base da porrada e eu pelo argumento. Acho que por isso eu sou mais calma, agora meu irmão é bastante agressivo, ele só não faz burrice por que a namorada dele o controla, mas ele já falou que quando tiver um filho, ai desse filho se fizer besteira ( ainda mais se for gay, pois meu irmão disse que bateria nele até que ele ficasse deformado para nenhum homem querer ele ) e olha que meu irmão virou evangélico já faz alguns meses e não mudou esse pensamento. Eu que não duvido que ele me espancaria se fosse o meu pai só para eu acreditar em Deus.

    ResponderExcluir
  16. Religião e violência andam de mãos dadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo5/10/2012

      São a mesma coisa com nomes diferentes

      Excluir
  17. Anônimo11/10/2011

    Aposto que se a criança ousar falar que duvida da existência do amigo imaginário do pai ou mesmo ousa discordar dele,experimentará uma tortura pior do que a executada em guantanamo .

    ResponderExcluir
  18. O pior é que tem gente comprando o livro dessa desgraça.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo11/10/2011

    Semelhanças com o nazismo?

    ResponderExcluir
  20. Anônimo11/10/2011

    Pessoa no livro sagrado deles, lá em levíticos etc já manda descer o cacete nos filhos e se for preciso que os esquarteje para servi de exemplo.


    Algum religioso vai me acusa de mentiroso?

    ResponderExcluir
  21. Anônimo5/10/2012

    Coisa de quem acredita em Deus....

    ResponderExcluir
  22. Anônimo5/10/2012

    Religião emburrece! Quando criança minha mãe, católica fervorosa, me dava surras que deixaram traumas dos quais só me livrei quando adulto e com psicoterapia. Tenho um amigo que sofreu coisa pior da mãe, também religiosa mas que fora da igreja era até racista. Ele, com esse exemplo, virou ateu e hoje é uma das melhores pessoas que conheço, ajuda os outros sem esperar nada em troca (coisa que religioso deveria fazer). Essa porcaria de livro, escrito com certeza sobre ditames "bíblicos" é totalmente retrógrado, medieval, estúpido, ignorante, LIXÃO MESMO! Cadeia nele!!! Por que os religiosos não vão defendê-lo agora???

    ResponderExcluir
  23. Anônimo5/10/2012

    Estou chocada,como um livro desse foi publicado,isso é um crime,esse homem,essa coisa deve adora ver e ouvi criança sendo torturada.Pra ter gente que segue os conselhos dessa coisa so pode ser completamente louca igual a ele.Quantas atrocidades ainda precisa acontecer em nome desse deus que o povo hebreu inventou pra se sentirem superiores aos demais.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo5/10/2012

    Espero que este livro seja vetado, tenho medo de igreja não é atou que minha pupila dilata quando entro na Igreja,Crentes e Catolicos Fanaticos devem Morrer.

    ResponderExcluir
  25. Anônimo5/10/2012

    Paulo de Tarso e outros religiosos fanaticos, se preparem, pois eu o DiaBO estou precisando de Servos, Mas vocêis precisam morrer 1º, por isso eu vos matarei com meus poderes misticos, eu costumo aparecer em todos os lugares, principalmente em igrejas e espelhos.

    Ass. O Sr.Diabo

    ResponderExcluir
  26. Anônimo5/10/2012

    IGNORÂNCIA PURA! ALGUEL POR FAVOR! PODERIA METER UMA BALA NA CABEÇA DESSE FDP!

    ResponderExcluir
  27. Anônimo5/11/2012

    >>“Os pais podem ter sentimentos que os impeçam de castigar os filhos, mas isso não é o amor de Deus

    -Ah sim, agora eu conheço o "amor" de Deus, o "amor" desta divindade é o castigo, agora sei o porque Dele ter criado o inferno. É muito "amor" mesmo!

    ResponderExcluir
  28. Anônimo5/11/2012

    No século XXI veremos um grande embate entre mundo secular e fanatismo religioso. Quem vencera?

    ResponderExcluir
  29. Anônimo7/02/2012

    dá vontade de matar esse ´´pastor``.
    Nao se pode culpar uma religiao por causa do erro de um individuo.

    ResponderExcluir
  30. Anônimo11/02/2012

    Eu raramente comento aqui, mas isso aí, é mais uma das coisas que me envergonha; envergonha como ser humano.

    ResponderExcluir
  31. Ricardo Couto11/06/2012

    Se me pagarem passagem e hospedagem, vou para os states e espanco esse velho fdp com um tubo, e depois enfio o tubo em seu orifício anal. O que me dizem, rola uma vaquinha?!

    ResponderExcluir
  32. Anônimo11/06/2012

    Puxar cabelos de uma criança de peito. Quanta bondade no coração!

    ResponderExcluir
  33. Anônimo11/06/2012

    Enquanto um velho pastor vagabundo, sádico, inescrupuloso fica rico, crianças morrem. Pior o monte de cérebro de esterco que compra o livro/lixo do FDP. Esse traste ainda tá vivo?

    ResponderExcluir
  34. Não são os crstãos!!! Sou evangélica e está aqui o meu trabalho nesse blog, contra todo tipo de castigos físico, inclusive a palmada!

    http://maosefilhos.blogspot.com.br/

    Muita raiva e nojo desse "pastor" sem noção! Sádico e estúpido! Um monstro............

    ResponderExcluir
  35. Anônimo2/02/2013

    Já repararam que nesses posts que o cristão está errado não aparece um para falar merda só uma observação.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Pastor afirma que 'mendigos têm dever bíblico de passar fome'

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Nos EUA, críticos da pseudociência processam fabricante de homeopatia