Pular para o conteúdo principal

Clube cancela palestra de Dawkins ao saber que se trata de um ateu

Dawkins está lançando nos  EUA
  o livro The Magic of Reality
Os donos do Clube de Campo Wyndgate, em Rochester Hills, em Michigan (EUA), cancelaram um encontro marcado para quarta-feira (12) no qual o cientista britânico Richard Dawkins (foto) daria uma palestra e falaria sobre o seu livro para criança The Magic of Reality quando souberam que se trata de um ateu.

Eles tomaram a decisão depois de ver uma entrevista de Dawkins a Bill O'Reilly, da Fox News, durante a qual o jornalista, que é criacionista, afirmou que o livro “zomba de Deus”.

"O mais extraordinário [em relação ao cancelamento] é que, em vez de ler o livro ou ao menos abri-lo, ele [um dos donos do clube] deu crédito às palavras de O'Reilly”, disse o cientista. "Ele me perguntou se sou ateu e eu respondi: claro que sou."

Ateus americanos processam clube por discriminação a Dawkins.
abril de 2012

O Wyndgate é um clube privado que aluga suas instalações para eventos. Uma funcionária disse que foi a primeira vez que ali houve o cancelamento de um contrato já assinado.

Na internet, há um abaixo-assinado para que os proprietários do clube peçam desculpas pelo preconceito.

O Centro de Investigação (CFI, na sigla em inglês), uma entidade humanista que preparou a realização do evento, informou que poderá recorrer à Justiça contra o clube.

“A Lei dos Direitos Civis de 1964 proíbe discriminação racial e de crença ou descrença”, disse Sean Faircloth, diretor a Coalizão Secular da América. “Os proprietários do Wyndgate deixaram claro que foram discriminatórios.”

Em seu site, o CFI afirmou que “a atitude do Wyndgate ilustra o tipo de preconceito e intolerância que os descrentes têm de suportar durante todo o tempo”.

Com informação das agências.

Criacionista diz a Dawkins que seu livro para criança ‘zomba de Deus’
outubro de 2011

Livro de Dawkins propõe às crianças discussões entre ciência e filosofia.
outubro de 2011

Mais sobre Dawkins.    Ateísmo.     Ciência versus religião.

Comentários

  1. Mídia cristã repressiva. No Brasil seria a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  2. Quem são esses idiotas que não sabem quem é Dawkins e que ele é ateu?

    ResponderExcluir
  3. Realmente o que mais me chamou a atenção foi que não soubessem quem era o Dawkins... Depois não querem que o pessoal fale que os crentes vivem numa bolha...

    ResponderExcluir
  4. Os ateus falam como se esse Dawkins fosse a pessoa mais conhecida do mundo, sendo que ele não passa de um fanfarrão ateu querendo ganhar fama em cima da religião, um simples tonto se não fosse esses livros idiotas dele falando mal da religião ninguém notaria sua existência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi um dos mais proeminentes biólogos de sua geração.


      Ignorância mata.

      Excluir
    2. vá ler a biblía...lá você vai ver todas a criação...estes cientista fala do que já tá feito!!!preite atenção a verdade e a mentira...ciência, flilosofia, matematica..todas as sofia do mundo tá na biblia...ok.

      Excluir
    3. Todas as sofia estão na bíblia? E todas as Elaine e Michele também? huhahahahahah!

      Crente argumentando é uma piada mesmo!

      Excluir
  5. Fanfarrão?Então porque perde seu tempo comentando sobre ele?

    ResponderExcluir
  6. Nha, finalmente consegui entrar na minha conta de novo!!!S2

    Mas que vergonha hein, esse pessoal não merece crédito nenhum.

    ResponderExcluir
  7. Ele não fala mal da religião ele fala em prol da ciência, mas tem idiota que não entende.

    ResponderExcluir
  8. Não alimente os trolls. Eles costumam não ser muito inteligentes, não usam a razão e acabam tornando-se donos de Clube de Campo.

    ResponderExcluir
  9. E Dawkins é excelente em outra área que trolls fogem como Diabo da Cruz (desculpem o trocadilho):

    Livros sobre conhecimento.

    Trolls não gostam disso, trolls gostam de xilique.

    ResponderExcluir
  10. E a palavra Dawkins continua com seu poder de evocar das profundezes, seres abissais! :D

    ResponderExcluir
  11. Esse pessoal vive em que planeta? Dawkins é abertamente ateu; quem não sabe disso é totalmente desinformado.

    Mas é idiotice desse clube cancelar a palestra do Dawkins, não somente pelo preconceito mas também pela oportunidade perdida de assistir uma palestra interessante.

    PS: Mas o que se poderia esperar de um clube cujo dono leva a sério o que um criacionista desonesto intelectualmente como Bill O'Reilly diz?

    ResponderExcluir
  12. Quem são esses idiotas que não sabem quem é Dawkins e que ele é ateu?

    Não que haja qualquer obrigação de se saber quem é Dawkins, ao contrário do que disse o troll («Os ateus falam como se esse Dawkins fosse a pessoa mais conhecida do mundo»), mas o fato de não terem procurado saber quem era o homem que estavam contratando é de um amadorismo e de uma incompetência relinchantes.

    ResponderExcluir
  13. Era um clube de golfe ou um clube de pilantras o lugar onde Dawkins ia promover uma palestra? Afinal quem age dessa forma contra ateus só pode ser um pilantra, ainda por cima dos de mais baixo nível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eles..fizeram o que é certo, da lugar a voz da mentira...pra que???agiram dentro do correto expulsando um ateu do que é verdade...APROVADO.

      Excluir
  14. Nós fugimos do nome Dawkins, kkkkkkkkkk...
    Essa foi uma boa piada sr ''Avelino tomou no Bego'', porque iriamos fugir de um ateu tonto que escreve livros sem utilidade nenhuma querendo em vão desmoralizar a religião. E outra coisa os livros dele não são científicos antes fosse, ele escreve asneiras contra a religião e nada de cientifico, o dia que ele escrever algo que possa colocar medo em nós algo realmente que preste o que é impossível vindo de um tonto igual ele ai quem sabe ficaremos preocupados com ele, claro que para vocês ateus um bando de bobos ele é um gênio, o maioral.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo disse...
    porque iriamos fugir de um ateu tonto que escreve livros sem utilidade nenhuma querendo em vão desmoralizar a religião. E outra coisa os livros dele não são científicos antes fosse, ele escreve asneiras contra a religião e nada de cientifico...
    Os ateus falam como se esse Dawkins fosse a pessoa mais conhecida do mundo, sendo que ele não passa de um fanfarrão ateu querendo ganhar fama em cima da religião, um simples tonto se não fosse esses livros idiotas dele falando mal da religião ninguém notaria sua existência."


    Puxa, deve ser por isso que Dawkins, professor em duas universidades, Oxford e Berkeley, entre outros cargos docentes, respeitado biologo, zoologo, etologo, ganhau premios como:

    Zoological Society of London Silver Medal (1989)
    Prêmio Michael Faraday (1990)
    Kistler Prize (2001)
    Kelvin Medal (2002)

    E tudo isso bem antes de escrever Deus, Um Delirio, e por isso é tão respeitado por todo meio acadêmico dos dois lados do Atlantico..:-)

    Deve ser por isso que muitos jornais publicam suas colunas, e que a Royal Society o declarou sócio emérito, e por isso que em 2005 foi eleito o intelectual do ano na Inglaterra (com o dobro dos votos do segundo colocado).

    Por isso que, muito antes de Deus, Um Delirio, seus livros sobre biologia eram os mais vendidos no mundo, e o Gene Egoista, escolhido como o melhor livro de ciências.

    Tudo isso porque é apenas um "escritor fracassado"..:-)

    Agora entendi, bom mesmo, de "sucesso", é o Anonimo que critica Dawkins em um blog..:-)

    Faz todo sentido..:/

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  16. Cognite Tute, kkkkkkkkkkkkkk, tonto demais , os prêmios do, pode se dizer chefão do ateísmo se restringe a Inglaterra e E.U.A, agora pergunte em outros países que esse camarada é conhecido, claro cabe a vocês ateus lamberem os ovos do chefe né, vocês estão certos, o resto do mundo que é errado.

    ResponderExcluir
  17. Gente, não alimente os trolls, principalmente aqueles que assinam como "anônimo"...é perda do nosso tempo corrigí-los o tempo todo.

    O melhor que termos a fazer é não dar atenção à esses trolls; deixá-los sozinhos com sua ignorância, intolerância e mente fechada/pequena.

    ResponderExcluir
  18. Meu filho, quem não sabe que o Dawkins é ateísta é o mesmo que não saber que Bento XVI é católico.

    O cara é considerado um dos maiores intelectuais e divulgadores científicos do mundo. Autor de vários best-seller, entre eles "Deus, um delírio", considerado um dos livros mais importantes da década passada, ganhador de vários prêmios importantes.

    Quem não sabe quem ele é deve viver no Matrix!

    ResponderExcluir
  19. Oi Michele

    Eu sei, não se deve alimentar os trolls..:-)

    Mas o alimento de troll são as encrencas e bate bocas, um pouco de gozação não faz mal, e deixa os bichos mais irritados, o que é divertido..:-)

    Veja..:-)

    Anonimo (sempre anonimos): "se restringe a Inglaterra e E.U.A,"

    Resringe?!?! Restringe?!?!?! USA e Inglaterra, e chama isso de restringir?!

    Anonimo, você é hilário..:-)

    Cognite Tute

    PS: Dawkins ganhou prêmios na Alemanha, Alfred Toepfer Stiftung concedeu-lhe o prêmio Shakespeare, no Japão, prêmio internacional Cosmos, e em diversos outros países. Seria tão menos ridículo se o Anonimo soubesse ao menos usar o Google..:-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu premio é no ceu avida eterna...e o seu????

      Excluir
    2. Anônimo,

      O nosso prêmio é a realidade.

      Excluir
  20. A palavra Dawkins EVOCA e não afugenta seres abissais.

    Não alimentem quem não tem interpretação de texto!

    ResponderExcluir
  21. Porque não focamos no assunto do tópico?

    Realmente parece que as religiões do deus de Abraão carregam em si, a marca da segregação.

    Só religiosos que não as levam à sério ou ao pé-da-letra, conseguem escapar de serem segregadores.

    ResponderExcluir
  22. Cognite Tute,

    Pra mim é mais engraçado ainda deixar os trolls se afundarem na própria ignorância...mais cedo ou mais tarde eles acabam falando uma besteira tão grande que eles não vão ter como sair dela

    Aí eles vão partir para o complexo do pombo enxadrista e isso não tem preço.

    ResponderExcluir
  23. Avelino: "Realmente parece que as religiões do deus de Abraão carregam em si, a marca da segregação."

    Acho que não apenas as religiões abraamicas, mas a maioria delas em geral, pois foram criadas, tem sua origem, no tempos remotos como "identificadores" do "outro", do inimigo, do estrangeiro fora da tribo.

    Religiões servem de identificação para a segregação, e hierarquização de pessoas, culturas, sociedades, grupos.

    Nós e "eles". Assim fica mais fácil saber a quem matar ou perseguir.:-(

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  24. Bobajada esse papo de que praticaram "discriminação contra ateus", que isso é "proibido", blablablá.

    Uma instituição particular aceita ou rejeita quem quiser.

    Um grupo ateu não é obrigado a aceitar religiosos, por exemplo.

    Uma parada gay não permite que um pastor, padre ou qualquer pessoa que discorde da militância gay suba no carro de som e fale coisas que os gayzistas não gostem.

    Normal se quem não gosta de ateus quis chutar o picareta Dawkins pra escanteio.

    Liberdade é isso aí.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. O que porra significa"gayzista"?Que tal "seitista"(macedista ou malafaista)?Igrejista ainda o há.Cuidado com as palavras sem nexo,elas não tornam teu discurso mais robusto ou impactante,antes o torna vazio e empobrecido!.

    ResponderExcluir
  27. E depois são os outros que inventam palavras e assassinam a língua.Antes(preferível) homoafetivo(palavra tão criticada pelos puritanistas e puritanos donos da verdade)a essa aberração dessa palavra pejorativa de péssimo gosto:"gayzista".Palavras que não significam absolutamente nada nem semanticamente tampouco etimologicamente enriquecem o debate!

    ResponderExcluir
  28. @Libertas

    Mas se uma instituição particular cancelasse uma palestra pelo motivo de o palestrante ser católico ou evangélico por exemplo a comunidade religiosa iria cair matando em cima dessa instituição, falando que é discriminação religiosa (o que seria verdade) acusando essa instituição de opressão, perseguição, censura, etc.

    Talvez teria até alguns processos contra essa instituição não só por discriminação religiosa mas tb por quebra de contrato.

    ResponderExcluir
  29. E o que seria liberdade para esse "libertas"?

    ResponderExcluir
  30. Sabem como é, pimenta no cu dos outros é refresco...
    Esse é o velho hábito cristão de que, quando é com os outros, é liberdade. Quando é com eles, é discriminação.
    Se o Papa tivesse sido impedido de fazer QUALQUER coisa (incluindo atos pedófilos), ele estaria gritando que é discriminação religiosa, ditadura gay, "ateuzismo" e qualquer outra coisa que ele conseguisse pensar após alguns minutos prendendo a respiração no desespero de fazer o cérebro funcionar e se peidando todo no processo.

    Bem, sobre o caso, não foi grande perda a palestra; só serviu para levantar um assunto na mídia e vai acabar se virando contra esse pessoal desse clube. Eles vão ser processados e teremos mais um exemplo da ignorância cristã para incluir na lista.

    ResponderExcluir
  31. Bem feito. Quem com ferro fere, com ferro será ferido. Na Inglaterra cristão não pode mais adotar crianças porque a Bíblia é homofóbica; os donos de uma pensão, bem idosos, foram processados e tiveram que pagar indenização a um casal de gays que queriam obrigá-los a hospedá-los; o motorista de uma empresa foi demitido porque colocou um crucifixo no carro; uma senhora foi tirada de dentro de um avião porque usava um cordão com um crucifixo; uma enfermeira foi processada porque disse a uma paciente que acreditava em Jesus Cristo. Ateu falando em preconceito não passa de piada.

    ResponderExcluir
  32. Galera,

    este será o último post no qual comento. Parabéns e obrigado ao Paulo Lopes pelo espaço cedido e mantido, mas já faz algum tempo que a sessão de comentários (ao meu ver a parte mais interessante, por permitir debates e reflexão) vem sendo utilizada majoritariamente para ataques, tanto por parte de ateus quanto de teístas, e não creio que isso seja saudável. Sem contar o número de trolls, que deve ser mesmo difícil controlar sem restringir a liberdade de expressão alheia.
    Me despeço deixando alguns conselhos a todos, se me permitem:
    - Sejam tolerantes com a opinião alheia, na medida do possível;
    - Não se façam extremistas de qualquer causa;
    - Não tentem ofender a ninguém, gratuitamente ou não;
    E por último, mas não menos importante:
    - Não alimentem os trolls.

    Grande abraço a todos, e fiquem bem.
    Paz e sabedoria.

    ResponderExcluir
  33. A palestra seria para crianças em um clube de campo, e concordo que é melhor não envolver convicções religiosas, a menos com a aprovação dos pais.
    Imagine uma criança chegando em casa dizendo aos pais que assistiu a uma brilhante palestra de Edir Macedo, num clube de campo que custou uma fortuna. Alguns não iriam gostar.

    ResponderExcluir
  34. Se os pais pagam a palestra para os filhos, é porque sabem qual será o tema e quem é o palestrante. Ninguém vai a uma palestra sem ter a menor idéia do que vai ser dito nela.
    Imbecil é que tem um clube e não sabe do que se tratam os eventos que serão feitos nele.

    ResponderExcluir
  35. Foi muita falta de respeito por parte desse clube. Isso mostra que nao leram o livro em questao e nem procuraram se informar sobre o autor.

    Agora pegou bem mal para os membros desse clube e terao de arcar com a repercussao negativa.

    Se isso acontecesse com um clube de ateus e estes rejeitassem um palestrante so por ser evangelico, nao acham que a gritaria dos religiosos seria bem maior, com ofensas e insultos, ataques ad hominem, etc ?

    Os religiosos se comportam muito mal, é so olhar aqui nos comentarios, em varias noticias , em varias ocorrencias ja publicadas.

    ResponderExcluir
  36. engraçado que esses anônimos ( se não o mesmo ) vem aqui apenas falar mal de Dawkins e não comenta sobre o assunto da matéria. Será que sentem-se envergonhados de alguma forma?

    ResponderExcluir
  37. Antônimo de tolerância?Anônimo das 10:43 sua pergunta é excelente.

    ResponderExcluir
  38. Douglas ,você é mais importante que os trolls.Tem o que acrescentar,e eles?

    ResponderExcluir
  39. Douglas ,você é mais importante que os trolls.Tem o que acrescentar,e eles? (2)

    Reforço a posição do Anonimo acima, você fará falta Douglas, por favor reconsidere sua decisão.

    Mesmo com a trollagem e anonimos malucos, acho que algo de interessante sempre acaba surgindo aqui nos comnetários.

    O termo troll surgiu justamente da capacidade desses seres do mal de destruir e acabar com listas, foruns, e qualquer grupo de discussão, afastando os bons, cansando os participantes interessados, e deixando apenas flamewars.

    Depois de "destruido" algo, eles partem para novas "conquistas".

    Se você for, será uma vitória para eles. Por favor, mesmo que com menor frequência, mantenha o contato e as boas colocações e argumentos.

    Um abraço.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  40. E eu prometo não alimentar trolls, mesmo diante das maiores asneiras..:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  41. Na verdade o termo troll não vem de monstros de fantasia medieval (embora a inteligência de ambos seja muito semelhante), mas sim de um termo de pescaria em inglês para definir o ato de ficar jogando a isca e puxando de volta para atiçar o interesse do peixe (ou seja, "trollar" o peixe).
    Ou pelo menos, é uma explicação que vi que parece ser a mais lógica.

    ResponderExcluir
  42. Acho que tem razão Israel, embora a figura que hoje se associa a trolls seja a do monstro da fantasia medieval. O termo parece ser derivado desta frase, da Usenet:

    Trolling for suckers (lançando a isca para os trouxas).

    As ações padrões de trolls são basicamente estas:

    1 - Jogar a isca e sair correndo: consiste em postar uma mensagem de polêmica grande já esperando uma grande reação em cadeia e flame war. Porém o troll não se envolve mais na discussão, some após a mensagem original e se diverte com a repercussão. Uma forma mais branda é postar noticias polêmicas (às vezes mensagens não-verídicas) só para observar a reação da comunidade.

    2 - Induzir a baixar o nível: alguns trolls testam a paciência dos interlocutores, induzem e persuadem a pessoa a perder o bom senso na discussão e apelar para baixaria e xingamentos. Com isso, o troll "queima o filme", consegue que a pessoa se auto-difame na comunidade por ter descido a um nível tão baixo.

    3 - Desfile intelectual: um troll pode ter um bom nível intelectual, vocabulário sofisticado diante de outros discursantes, desfilar referências e contradizer os argumentos dos rivais por conhecimento e pesquisa, muitas vezes expondo-os ao ridículo e questionando sua formação educacional.

    4 - Repetição de falácias: outro método usado que induz ao cansaço, aqui o troll repete seu conjunto de falácias até que leve seu interlocutor à exaustão, alegando depois ter vencido a discussão após o abandono do oponente.


    Dá para "reconhecer" vários amigos aqui da lista, não?..:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  43. Relamente, tem muito ateu troll aí.

    ResponderExcluir
  44. Muito pelo contrario Israel, troll é um método de pescaria que no português é conhecido como "de corrico".

    São iscas jogadas com o barco em movimento, diferente da pescaria tradicional que ocorre com o barco parado.

    Jogar a linha e ficar buscando manualmente e lançando de volta até pegar um peixe é pescaria tradicional.
    Trolling é jogar a isca, deixar lá sem se esforçar(o movimento do próprio barco dá movimento a isca, atraindo peixes caçadores) e esperar que algum peixe morda a isca; dai que veio o termo, a maioria dos trolls não se esforça, apenas joga algo polemico e depois assiste os bobos discutindo ou nem assiste e vai embora.

    ResponderExcluir
  45. Paulo Lopes, acho que seria uma boa ideia proibir os comentários anônimos no blog, ou pelo menos levantar uma votação para ver o que o pessoal acha. É claro que isso não vai diminuir o número de trolls, mas ajudará a identificá-los.

    Sobre a notícia, essa questão de preconceito é complicada, mas acho que uma pessoa não pode ser discriminada pela sua crença (ou descrença) religiosa - desde que essa crença não prejudique a vida de outras pessoas diretamente. Por mais estranha que essa crença seja.

    ResponderExcluir
  46. Veja, Aleatório, para mim você também é anônimo.

    ResponderExcluir
  47. ddragoonss,

    Não sei esses detalhes, isso foi algo que li alguém explicando, não conheço jargões de pescaria. Provavelmente é assim mesmo como você disse, então.

    ResponderExcluir
  48. Bem, em inglês,troll significa algo ligado à pescaria(pescaria"de corrico"),mas eu penso que troll de internet talvez (o troll da Internet,que inferniza a vida dos comentaristas de um determinado assunto em fóruns virtuais,seja uma espécie de monstro ligado ao ser primitivo do folclore escandinavo) teria origem no termo norueguês troll ou no dinamarquês trold(troldmand) que significa mágico ou bruxo.Trolls são originalmente criaturas do folclore escandinavo que advém de trolldom(norueguês) ou trolddom(dinamarquês)ou ainda de trolla(sueco),trolle ou trylle(norueguês)que quer dizer fazer bruxaria,mas confesso que fico em dúvida se esse troll da Net seria expressão originada do termo troll do inglês ou das línguas escandinavas.Reconheço,entretanto,que o termo troll do inglês teria mais lógica dentro do contexto do universo virtual.Em todo caso :Trolls são uma lástima!.

    ResponderExcluir
  49. Anônimo disse...
    Relamente, tem muito ateu troll aí.


    Na verdade, tem sim. Trollagem não é privilégio de nenhuma categoria, é mais uma questão de personalidade.

    Mas há ainda assim um "filtro", pois pessoas debatendo religião, em um site religioso, ou pessoas debatendo ateísmo, ceticismo, humanismo, em um site para esse propósito, não significa trolagem.

    Mas se um crente se dispõe a arrumar encrenca em um site cético, ou um cético, a arrumar encrenca em um site crente, isso só pode dar em trollagem.

    Eu nunca entrei em um site religioso, ou crente, ou católico, ou evangélico, ou seja o que for, para arrumar briga e xingar as pessoas e participantes. Não acho minimamente razoável agir dessa forma, extrema falta de educação na verdade.

    Então, sim, tem muito troll ateu, corintiano, palmeirense, branco, negro, chines, judeu, argentino, brasileiro, etc, etc. É a personalidade trollistica, não a natureza da crença.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  50. fez certo, ninguem quer saber de ciencia não...homem vazio e hipocrita.

    tem ateu mais inteligente p convidar.

    ResponderExcluir
  51. Preconceito???? Piada. Agora sustentar opiniões pessoais e preferências nesse país cacareco virou preconceito. Quanta histeria.

    Agora não temos mais o direito dos nossos ouvidos? Somos obrigados a ouvir imbecilidades? Se o clube paga, escolhe e ponto! Não tem o que discutir. Quem aqui gostaria de ouvir por exemplo um imbecil trollento a noite toda zumbindo em seu ouvido como pernilongo? Diz que ouviria sen~çaoo chamo de preconceito!

    Os caras tem o direito de escolher quem vai ouvir e ponto final mermão.

    ResponderExcluir
  52. Anônimo de 17/10/11 11:59

    Os caras já haviam escolhido caramba, só que só foi eles descobrirem que Dawkins é Ateu que eles cancelaram. Deixe de ser ignorante.

    ResponderExcluir
  53. descobriram que dawkins é ateu depois do contrato, porque deve ser um grupo de ignorantes como a grande maioria catolica Brasileira!

    vivem não alem de suas bolhas! não conhecem nada, criticam o que não conhecem, e ainda intitulam de ignorantes os caras que são capazes de se sobresair no meio de tanta asneira religiosa.

    fique com Zeus.

    ResponderExcluir
  54. Se quererem criticar os ateus, querem defender deus, religião e o preconceito e a intolerância que ela gera, deveriam ao menos se identificar...

    ResponderExcluir
  55. Ah, então o clube NÃO SABIA que Dawkins era ateu?

    Os donos desse clube estiveram em coma durante os últimos cinco anos?

    ResponderExcluir
  56. Se estiveram em coma não sei, mas pra você ver como eles são ignorantes por não saberem uma informação dessas.

    ResponderExcluir
  57. Ele se acha muito conhecido. Mas a matéria demonstra que ele não tem a importância que pensa ter!

    Ademais, ateísmo veste o mesmo paradigma similar do esquerdismo: "Quem nunca foi de esquerda até os 30 anos, não tem coração. Quem permanece esquerdista após os 30, não tem cérebro"!

    ResponderExcluir
  58. Ele se acha muito conhecido. Mas a matéria demonstra que ele não tem a importância que pensa ter!

    A questão aqui não é a importância dele, mas o fato de o terem contratado sem buscar informações.

    Não se contrata nem uma empregada doméstica sem pedir referências. E a informação sobre o ateísmo de Dawkins não é exatamente um segredo de estado.

    ResponderExcluir
  59. Poxa, qualquer pessoa que vive no planeta Terra e que tem acesso aos meios de comunicação sabe que Dawkins é ateu.

    Não procurar se informar sobre o histórico profissional e referências de uma pessoa antes de contratá-la como palestrante é incompetência das grandes.

    ResponderExcluir
  60. Anônimo de 31/10/11 19:30,

    Concordo com esse brocado.

    De fato, quem nunca duvidou da existência de Deus, criador do céu e da terra, e de tudo quanto existe, não é um ser pensante, MAS, permanecer nesse equívoco da dúvida, depois de um certo período de existência, então é porque PAROU DE PENSAR!

    ResponderExcluir
  61. O pessoal está preocupado porque um clube não se informou se o DELIRANTE Dawkins era ou não ateu.

    Vai ver, o pessoal do clube sempre convidou pessoas que não têm esse DELÍRIO, ou jamais imaginou que um DELIRANTE, aceitasse um convite.

    Não seria o caso do próprio DELIRANTE Dawkins ter rejeitado o convite?

    ResponderExcluir
  62. @Joe Guitar

    Querido, vc leu a matéria?

    Pela declaração de Dawkins "O mais extraordinário [em relação ao cancelamento] é que, em vez de ler o livro ou ao menos abri-lo, ele [um dos donos do clube] deu crédito às palavras de O'Reilly”, disse o cientista. "Ele me perguntou se sou ateu e eu respondi: claro que sou." já indica que Dawkins não rejeitou o convite e sim o clube que cancelou a palestra.

    Se vc não entendeu, leia de novo e de novo até entender.

    As declarações de algumas pessoas aqui praticamente defendendo a atitude descabida desse clube me deu vontade de fazer a seguinte pergunta:

    Se um clube cancelasse uma palestra ao descobrir que o palestrante convidado acredita em deus, vcs seriam a favor ou contra esse clube?

    ResponderExcluir
  63. Michelle,

    Eu não disse que ele rejeitou o convite. Disse que talvez fosse o caso dele ter rejeitado o convite, NÃO COMPARECENDO AO CLUBE, e evitando o constragimento.

    Eu entendi o que eu li na matéria. Você é que não entendeu a minha última frase, que diz, ipsis literis:

    - "Não seria o caso do próprio DELIRANTE Dawkins ter rejeitado o convite?"(Joe Guitar)

    - DECIFRANDO PRA VOCÊ, eu quis dizer:
    - Por que ele não rejeitou o convite?

    ResponderExcluir
  64. Joe Guitar,

    Dawkins não rejeitou o convite pq ele honra os compromissos dele, oras. Ele teria feito a palestra se o clube não tivesse cancelado.

    ResponderExcluir
  65. Joe Guitar ,deixa de " enrolar".

    ResponderExcluir
  66. Nem Dawkins, nem os Ateus perderam nada com esta medida descriminatória.
    Quem perdeu mesmo foram os teistas demonstrando claramente a intolerância e preconceito contra a desrença de pessoas em seus dogmas ou doutrinas.
    Orgulho de ser Ateu.

    ResponderExcluir
  67. Dawkins está ficando rico com suas palestras ás custas dos ateus.
    É só entrar no iste dele e ver a lojinha que ele montou.
    Dá dando um dinheirão.
    Adus laboratórios de biologia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu posso dizer o mesmo das igrejas que enchem seus cofres de dinheiro à custo da ingenuidade e fragilidade emocional de seus fiéis.

      Mas no caso do Dawkins, há uma diferença: ele cobra por suas palestras e livros. Nada mais justo. As igrejas prometem mundos e fundos (vide vida eterna num paraíso imaginário, curas de doenças através de pedacinhos de papel com umas palavrinhas escritas, toalhinhas santas, garrafinhas com água benta vendidas entre 100 a 1000 reais, etc), dízimos, trízimos, etc.

      Com isso, podemos dar adeus ao bom senso e racionalidade.

      Excluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Promotor nega ter se apaixonado por Suzane, mas foi suspenso