Pular para o conteúdo principal

Entra em vigor na França proibição aos muçulmanos de orar nas ruas

Oração foi feita em um quartel desativado
Centenas de muçulmanos de Paris (França) usaram ontem (16) um quartel desativado de bombeiros no norte da cidade como local de orações. Foi o primeiro dia da validade da lei que proíbe as pessoas de rezar nas ruas. A França tem 5 milhões de muçulmanos. 

A lei vale para todos os credos, mas na prática ela foi elaborada para os muçulmanos. A polícia foi orientada a agir contra quem desrespeitá-la.

Com o apoio da extrema-direita, tendo à frente Marine Le Pen, a proibição foi aprovada após uma acalorada polêmica. Os políticos direitistas acreditam a lei vai ajudá-los na eleição presidencial, daqui a sete meses.

O xeque Mohamed Salah Hamza supervisiou as orações no quartel. Ele disse que se trata do começo de uma solução. "Os fieis estão muito satisfeitos de estar aqui. O local, que abriga 2 mil pessoas, está cheio."

Alguns ativistas islâmicos, contudo, reforçaram as críticas de que se trata de uma lei que oficializa a intolerância religiosa por parte do Estado.

O ministro Claude Gueant, do Interior, disse que o governo vai construir em Paris galpões de oração.

Com informação das agências.

França inocenta homem que queimou Alcorão e urinou nas cinzas.
maio de 2011

Comentários

Avelino Bego disse…
Sou ateu, não tenho afeição por religiões, mas... eu não entendo essa proibição com relação aos muçulmanos que a França está fazendo.
Caruê disse…
É um exagero tal lei, sei que os muçulmanos rezam em direção a Meca varias vezes ao dia. Seria um transtorno que ele tivessem de se movimentar ate um galpão, apenas para rezar.
Anônimo disse…
INTOLERANCIA nunca é bom , mas acontece que :

MUÇULMANOS são crentes imbecis que vivem uma religião mentirosa e fabulosa que incita ao ódio e deixa o individuo burro , idiota , pobre e alienado ao mundo acreditando em lendas e mentiras imbecis como as que : Quem se matar por ALAH vai encontrar RIOS DE MEL e 72 virgens no paraiso ??????


ai vira tuuuuuuuuuuuudo terrorista mesmo , Muçulmanos sao crentes ainda mais burros e perigosos.......o correto seria proibir a pratica da religião islamica devido a sua periculosidade

alguem tem duvida ???

O MUHAMAD fumava haxixe e disse que falava com DEUS ? e os bocós acreditam nisso..........
Vane* disse…
Acho que isso é um exagero. Estado laico quer dizer que não tem religião oficial, e na teoria deveria respeitar todas elas, e não proibir as práticas religiosas. Afinal, que mal vai causar as orações desse povo? Proibição sem sentido.
Anônimo disse…
Essa lei é um absurdo...
O governo não deve ter o direito de se meter tanto na vida das pessoas.
Cada um deve ter o direito de expressar suas crenças, por mais irracionais que sejam.

Imagine se quiserem me impedir de andar com um chifrinho em sinal de minha devoção ao grande unicórnio rosa e ficar de quatro na rua por 4 minutos em sinal de adoração a ele?

O governo que impede as pessoas suas irracionalidades éde se expressarem é muito mais irracional que elas.
Cirilo Metódico disse…
http://universo-ateu.blogspot.com/2011/09/o-deus-camera.html
Cirilo Metódico disse…
Pelamordedeus, ressuscitem já Avicena, Averróis, Al-Khowarizmi e Al-Jabar! ^^
Anônimo disse…
É necessário conter esses caras!!Essa gente é perigosa!!
Luiz disse…
"Sou ateu, não tenho afeição por religiões, mas... eu não entendo essa proibição com relação aos muçulmanos que a França está fazendo."
[2]
Anônimo disse…
"O governo que impede as pessoas suas irracionalidades éde se expressarem é muito mais irracional que elas."

Nossa, acho que tava bebendo quando escrevi isso...
O q quis dizer foi:
"O governo que impede que as pessoas expressem suas irracionalidades é muito mais irracional que elas."
Headbanger Ateu disse…
Não é difícil compreender o por quê dessa separação literal entre Igreja e Estado por parte da França.

A França é um país com alto índice de imigrantes árabes. A crise econômica mundial é apenas um dos fatores da imigração islâmica rumo a Europa. Assim como a França, outros países também possuem uma grande quantidade de imigrantes islâmicos. A exemplo de Inglaterra, Alemanha e países escandinavos.

O Islã, assim como o Cristianismo, é uma religião imperialista. Por seus costumes e regras, é capaz de alterar uma cultura. É o que de fato os adeptos desse credo fazem naturalmente por onde andam. É comum inclusive notar revoltas, motins e boicotes por parte de islâmicos ao redor da Europa.

Um desses costumes é orar em locais abertos como ruas e praças. Outro costume é a própria vestimenta característica de homens e mulheres. Sendo o caso das mulheres, o aspecto mais perceptível.

O que a França faz é um exemplo a ser seguido por países laicos como o Brasil. O maior respeito que se pode dar aos religiosos é separando-os do Estado e dignificando seus locais de culto. Tanto é que os próprios islâmicos desta reportagem aprovaram a idéia por haver um aumento de adeptos em tal local de culto que foi, por ora, improvisado. Uma vez que já existe um projeto de se criar galpões de culto aos islâmicos.

Este é um exemplo de separação entre Igreja e Estado. Não há qualquer violação da crença dos adeptos, e sim, mera separação. Tudo em seu devido lugar. O Estado Laico é do povo, mas religião nenhuma dá diretrizes a ele.
Cirilo Metódico disse…
Headbanger, você acha que muitos muçulmanos (outros, não esses) vão se revoltar com essa medida e começar atitudes mais agressivas?

Aproveitando a pergunta: você acha que na Europa a mistura cultural (principalmente a "islamização" em massa) faz os Estados tenderem mais a ser rigorosos na laicidade? E você acha também que os imigrantes muçulmanos da Europa vão reagir mal a essa laicização e tentar, como vocês falam, moldar o continente à sua imagem, ou você acha que futuramente eles podem absorver a laicidade ao menos nas relações com o espaço público, sobretudo o não muçulmano?

Abraços!
Headbanger Ateu disse…
Erick

Respondendo a seu primeiro questionamento, sim. Eu acredito que é bem possível existirem focos de revolta por parte de militantes. Deixando claro que este mesmo tópico frisou uma opinião contrária dos mesmos, e claro, com um argumento capcioso e que nada tem a ver com a realidade:

"Alguns ativistas islâmicos, contudo, reforçaram as críticas de que se trata de uma lei que oficializa a intolerância religiosa de Estado."

Se a intolerância religiosa existisse, nem no velho quartel eles estariam exercendo seu direito de crença. O que aconteceu foi apenas a mera separação entre Igreja e Estado. Ruas são locais públicos e um estado laico não permite esse caráter de oração nesse tipo de local. Esses tipos de argumento são comuns entre os militantes que visam distorcer as leis e o estado a bem de seus interesses.

"você acha que na Europa a mistura cultural (principalmente a "islamização" em massa) faz os Estados tenderem mais a ser rigorosos na laicidade?"

Sem dúvida. Os Europeus, na verdade, têm um grande histórico de conflitos com o Islã desde remotos tempos. E somado ao Cristianismo, tais conflitos só tenderam a aumentar. Um recente exemplo é o caso de Anders Brevik, o terrorista norueguês que se utilizava de uma filosofia cristã - e de ordem política (extrema-direita) - para efetivar um "pente fino anti-islâmico" por toda a Europa, baseado mais ou menos na Ordem dos Cavaleiros Templários. Segundo ele, os islâmicos "roubam a identidade" dos povos escandinavos.

O melhor que os países laicos fazem, é separar a Igreja do Estado a fim de se evitar ao máximo os conflitos. Sem violar aos religiosos, o direito de crença. Ainda assim, isso pode também trazer à tona o risco dos ditos terroristas islâmicos. A exemplo dos intolerantes que afirmam que os ocidentais já estão fadados ao inferno (sic) por não serem islâmicos e por isso, devem ser combatidos por atrapalharem a difusão do "verdadeiro islã".

"E você acha também que os imigrantes muçulmanos da Europa vão reagir mal a essa laicização e tentar, como vocês falam, moldar o continente à sua imagem, ou você acha que futuramente eles podem absorver a laicidade ao menos nas relações com o espaço público, sobretudo o não muçulmano?"

Tudo é possível. Muitos islâmicos também podem adaptar-se muito bem aos países laicos, e numa hipótese mais otimista, até abdicar-se dessas crenças e adquirirem posturas mais liberais de pensamento próprio, questionarem as crenças. Em contrapartida, pode também ocorrer a não-aceitação por parte de militantes e terroristas como citei. Podendo ocasionar nas imagináveis hipóteses de conflitos.


Abraços! \m/
Anônimo disse…
Muçulmano e um povo tao imbecil e atrasado que qualquer aluno de oitava serie de historia sabe que antes do ISLÃ surgir ? o ORIENTE MEDIO era o berço da civilização e cultura e ciencia no mundo.......eles era livres e cultos ....

a civilização mais antiga do mundo são os SUMERIOS atual IRAQUE ...


OLHA como ta o IRAQUE hoje ????

culpa do ISLÃ........e da burrice
Cirilo Metódico disse…
Headbanger, obrigado pelos esclarecimentos! Gostei deles, você parece ser bem entendido do assunto! :)

Anônimo aí de cima, cujo conteúdo encefálico deve ter o mesmo tom do jeito que escreveu: já ouviu falar em Averróis, Avicena, filosofia árabe? Em história da geometria, da álgebra, da matemática e dos algarismos indo-arábicos (aliás, por que esse nome?)? Do gosto pelos perfumes e de hábitos de cortesia? Do fato que foram os árabes que trouxeram a filosofia grega clássica de volta à Europa? Sugiro pesquisas honestas até mesmo por uma Wikipédia, que já pode esclarecer bem.

Atenciosamente a todos,

E.
Anônimo disse…
"MUÇULMANOS são crentes imbecis que vivem uma religião mentirosa e fabulosa que incita ao ódio e deixa o individuo burro , idiota , pobre e alienado ao mundo acreditando em lendas e mentiras imbecis como as que : Quem se matar por ALAH vai encontrar RIOS DE MEL e 72 virgens no paraiso ??????"

Sou muçulmano. Não existe isso de se matar e ganhar benefícios na vida póstuma. Tenta estudar mais antes de abrir a sua boca.

"ai vira tuuuuuuuuuuuudo terrorista mesmo , Muçulmanos sao crentes ainda mais burros e perigosos.......o correto seria proibir a pratica da religião islamica devido a sua periculosidade "

Por que não se cala? VocÊ tem o direito de julgar quem pode não ou quem não pode praticar a religião? Vocês não gostam de pagar uma de "liberais" ? Pode ver que o liberalismo é só até onde o seu anus vai, não é mesmo?

Ateus, se liguem. Vocês são minoria em um país Cristão. Coloquem-se nos seus lugares.
Anônimo disse…
Por que o governo vai contruir lugares reservados às orações? Se eles tem dinheiro, que eles mesmo construam e não que usem o dinheiro público para isso, dinehiro é para saúde e educação e não para religião!
Anônimo disse…
vc ainda vai aceitar a Jesus Cristo como seu único e suficiente salvador...viu Rhalan?!
critica religiões
saiba q Jesus não é religião...ele cura,liberta,salva,transforma, restaura, perdoa.
Ele te amaaaa!!!!!!!!!!!!!!!
Anônimo disse…
Perdeu uma ótima chance de ficar calado. Mostrou um ótimo exemplo do amor democrático cristão...
É por causa de gente como vc, que os ateus e agnósticos precisam lutar por laicidade e tolerância. E vá fazer ameaças à sua vovózinha.
Anônimo disse…
"Ateus, se liguem. Vocês são minoria em um país Cristão. Coloquem-se nos seus lugares."


Agora até filhote de bin laden tem aqui...com esse tipo de pensamento poderia dar um bom terrorista no futuro.
Anônimo disse…
Manda ele aparecer denovo então, pq ja faz 2000 que ele não da as caras.
Analista Man disse…
Deve ser porque orar na rua faz muita zuada, da mesma forma que falar no celular no meio da rua ou dentro do ônibus.
Anônimo disse…
Religião é uma arma! No caso do islamismo talvez seja a mais perigosa e mortal de todas! Vc permite que se ande armado na rua? Permite que se mate pq vc acredita ser o único dono da verdade? Países islâmicos permitem que os estrangeiros façam o que bem entendem em suas terras? Posso beijar outro homem na rua? Posso andar de mini saia? Posso beber e comer carne de porco? Posso ir de biquíni na praia? NÃO! ENTÃO PAÍSES LAICOS DEVEM SIM EXIGIR RESPEITOS A SUAS LEIS E COSTUMES! ESTÃO CERTÍSSIMOS! QUE SERVI DE EXEMPLO PARA O RESTO DO MUNDO!

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade