Ator ateu aparece crucificado em revista; blasfêmia, dizem cristãos

'Você tem o direito de ser ofendido"
Depois de ter escrito para o The Wall Street Journal um artigo com o título “Por que sou um bom cristão”, o ator e comediante inglês Ricky Gervais, 50, voltou a irritar religiosos ao aparecer crucificado na capa da edição setembro/outubro da revista New Humanist. Ele é um ateu assumidíssimo. 

Na foto da capa, Gervais está de jeans e sem camisa, com a palavra “ateu” escrita com tinta vermelha no peito. Na cabeça, tem uma coroa de espinho.

O site Christian Post informou que cristãos estão apontando a foto como blasfêmia, mas não revelou quem são esses religiosos.

Na entrevista que deu à revista, Gervais falou, entre outras coisas, do seu show “A vida é demasiada curta”, como, ainda criança, tomou consciência de que é ateu e de um tema que lhe tem sido recorrente: a intolerância praticada em nome da religião.

Gervais disse que os cristãos fazem uma leitura muita seletiva da Bíblia, e essa é, segundo ele, a explicação para “tanta crueldade e preconceito” que tem visto ultimamente da parte deles.

A capa reproduz uma frase que o comediante falou na entrevista:  "Você tem o direito de ser ofendido, e eu tenho o direito de ofendê-lo".

Trata-se, claro, de uma piada, porque Gervais sugeriu a quem se sentir ofendido com a capa da revista a ignorá-la.

Com informação da New Humanist, entre outros site.

Comentários

Avelino Bego disse…
Leitura seletiva das lendas da Bíblia? Imagina!
Isso "nunca" aconteceu... :D
Abbadon disse…
Eu nao vi nenhuma "blasfemia" nessa capa.

Blasfemia é um crime imaginario contra seres imaginarios.

Cabe aos cristaos mostrarem onde exatamente esta a blasfemia e porque é uma blasfemia ?
Luiz disse…
Realmente não há blasfêmia algum. Blasfêmia é uma ofensa contra o que se considera sagrado; o ator é ateu, ergo, ele não considera sagrado.
Cristão disse…
Eu quando vejo isso, fico rindo, porque se intenção dele é chocar, não chegou nem perto.kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Luan Cunha disse…
Desnecessário isso aí

Aprendi, na minha curta vida de militância gay, que nunca devemos provocar os cristãos. É como cutucar uma comeia cheia de abelhas assassinas.
Anônimo disse…
Gostaria de saber aonde eu encontraria essa revista New Humanist, fiquei curioso para ler a matéria.
Israel Chaves disse…
Exato, se o cara não acredita naquilo como sagrado, não é blasfêmia; pode ser ofensivo a quem acredita, mas é outra coisa. E eles se sentem ofendidinhos com isso mas acham besta quando muçulmanos ficam irados com caricaturas de Maomé. Vai entender...

E Luan, cristãos e abelhas são diferentes. As abelhas não machucam ninguém se ninguém mexer com elas.
Anônimo disse…
Acho desnecessário isso.Até faz lembrar os outdoors do Malafaia.
Luan Cunha disse…
Israel, acho que você entendeu minha metáfora errado, amigo.

Eu disse que mexer com cristãos é como mexer numa comeia cheio de abelhas assassinas. Ou seja, se você mexer com as abelhas, vai levar picada, semelhantemente quando se mexe com um cristão ou sua fé. :)
Marcos disse…
Por muito séculos ninguém provocou os cristãos. Hoje chamamos esse período de Idade das Trevas.
Israel Chaves disse…
Eu entendi. Só estava aproveitando a deixa para emendar um piada :)
Porque se você não mexer com as abelhas, elas não te atacam, diferente dos cristãos. Sacou?
Arlequim disse…
Acho que temos que ter senso de humor. Esse falso moralismo que nos cerca é doentio. Tudo é errado, tudo é pecado, tudo é desrespeito. Malafaia não é crente, é apenas mais um esperto usando táticas que dão certo, assim como Ricky Gervais usa um assunto polêmico para aparecer. Temos que deixar esse falso moralismo de lado. Não matar, roubar, fazer mal a alguém não depende de religião e sim de respeito, e humor, temos que tê-lo. Aguentamos vários pastores "de ovelha" falarem mal de outras religiões e xingarem, compararem com bandidos, serial-killers como o fez Malafaia, pq não podemos fazer uma piada de "mal gosto" também.
Abram seus olhos, entendam que ninguém sabe de nada e que devemos viver da melhor forma possível seguindo nossos instintos e normas sociais. Como dizia Sócrates: " Só sei que nada sei" Tenham isso em mente.
Manoel Machado disse…
A diferença entre Gervais e Malafaia é que o primeiro usa a liberdade de expressão somente para fazer rir, sem promover segregação, o segundo quer a liberdade de expressão para cercear a liberdade de minorias... a diferença está aí.
Anônimo disse…
Esta aí um indivíduo que deveria agradecer a Jesus por lhe dar a oportunidade de aparecer numa capa de revista.
AlyneS2 disse…
Até que ele está engraçado, mas acho que agiu como um bobo, ele só está colocando lenha na fogueira.
Anônimo disse…
Apesar de duvidar da autenticidade das estórias da Bíblia e das boas intenções dos Sacerdotes Cristãos, acho que o Gervais só quer aparecer.

Por outro lado, acho que o Mundo progrediu bastante. Se fosse em outros tempos esse ator seria queimado em praça pública por uma junta de padres. Suas propriedades seriam confiscadas, seus entes queridos seriam perseguidos, estigmatizados...

Mas, principalmente a ICAR, ainda tem muito poder de opinião. Um poder que faz os jovens africanos praticarem sexo sem camisinha, levando a uma verdadeira peste de DST, entre elas a AIDS; um poder de opinião que atrasa ou inviabiliza pesquisas que poderiam levar à cura de transtornos mentais e físicos, com os quais a Humanidade vem pelejando há milhões de anos.

É preciso diminuir o poder de opinião desses sacerdotes. Pedófilos não devem ter poder. Protetores de pedófilos não devem ter poder de opinião.
Anônimo disse…
Se ele não acredita, nem deveria tirar esta foto.
Mas ele é um pobre diabo. Não sabe o que faz.
Anônimo disse…
Depois ainda dizem que ateus não gostam de se aparecer, esse homem é um daqueles ateus burros que fazem de tudo para se aparecer, primeiro aquela anta com coador de macarrão na cabeça, agora esse burro,qual vai ser a próxima que vão fazer para se aparecerem.
Anônimo disse…
Ricky Gervais, um ateu tonto,a cara dele já diz tudo pois ele tem uma cara de burro,babaca quer se aparecer coloca uma melancia na cabeça e sai andando
Anônimo disse…
kkkkkkkk

Ele burro? Ele agiu como um besta mesmo mas vocês já viram a nova matéria?

"Nos EUA, mensagem de igreja é entendida como sendo de ateus"

KKKKKK leiam e vão saber quem são burros

KKKKKK fala sério
Anônimo disse…
"Se ele não acredita, nem deveria tirar esta foto.
Mas ele é um pobre diabo. Não sabe o que faz"

Você leu a matéria direitinho? Se leu vai entender que ele só quis tirar graça com as caras dos religiosos não é?
Anônimo disse…
Nossa véi, desisto de ver os comentários, me dá um desanimo saber que existe tanta gente burra, é gente demais falando besteira demais, não é coincidência existir religiões, o povo não sabe de nada, não é capaz de interpretar um texto, até uma criança tem raciocínio superior.