Muçulmano diz que não se pode bater em mulher, mas pode


Com imagens do Youtube.





Muçulmana é morta a pedradas por participar de concurso
maio de 2011

Comentários

  1. RESUMIR EM ALGUMAS PALAVRAS O ISLAMISMO :

    . ISLÃ significa : TOTAL SUBMISSÃO A DEUS ...

    ALAH [ é a versão em arabe para EL a forma que DEUS era chamado pelos povos Biblicos primitivos]

    Muçulmano siginifica : CRENTE

    . Eles no século 6-7 reslveram criar uma versão em arabe da GIBIBLIA chamada ALCORÃO ou CORÃO ...

    Que seria supostamente um ARCANJO DO CÉU chamado GABRIEL que teria ditado em arabe pro Profeta MUHAMAD as palavras da GIBIBLIA no caso o CORÃO....

    que é uma versão em arabe com algumas diferenças e muitas semelhanças....

    Como Adão e eva , Jesus , Maria etc...


    e a principal BASE do ISLAMISMO é adorar sem questionar ALAH e fazer do ALCORÃO tudo na vida :

    FUNDAMENTALISMO ISLÂMICO

    o resultado vcs já sabem........?


    Curiosidades :

    Existem em paises islamicos as MADRASSAS escolas religiosas onde crianças aprendem a ler , e são obrigadas a recitar e ler o alcorão quase 12 horas por dia , balançando as cabeças e orando pra alah sob pena de apanhar ....

    O que torna essas crianças em futuros HOMENS BOMBA incentivados pela JIHAD ISLAMICA.....etc etc


    ALGUEM AI consegue ver algo de semelhante com o FERNANDO GIBIBLIA ????????


    CRENTES E MUÇULMANOS são IRMÃOS ???

    EL ou ALAH permitem que seus seguidores usem seu cerebro pra questionar e entender o sentido da vida ???

    ser crente é uma atitude inteligente ?

    ResponderExcluir
  2. que gente ridícula, pode bater, mas que não deixe marcas, nem machuque muito ¬¬
    aff essa situação nunca terá justificativa, ninguém tem direito de bater em alguém!

    no fim o cara falou, falou e não chegou a nenhuma conclusão! babaca!

    ResponderExcluir
  3. Pode bater, mas não pode ter honra?
    Ou pode ter honra mas não pode bater?
    Pode bater mas não pode ser com a mão?
    Ou não pode mas pode com o tal pauzinho lá?

    Resumindo: pode bater com o pauzinho mas se tiver honra pode bater com a mão, não podendo bater porque o profeta Maomé disse mas podendo bater porque o profeta Alah-Alah-Bin-Ulah-Ulah disse que sem honra pode bater com o pauzinho se o profeta autorizar a bater com a mão?

    Tô confuso...

    ResponderExcluir
  4. E a mulher, pode bater no homem com o pauzinho?

    ResponderExcluir
  5. homem que bate em mulher não é homem...

    ResponderExcluir
  6. aliás, é geralmente do tipo que trata a mulher como objeto... Nesse sentido, pagar sexo com dinheiro também é o mesmo que tratá-la como objeto...
    Para além, são aqueles que apedrejam, julgam, condenam... São pseudo-homens, de fato...

    ResponderExcluir
  7. Junto ao muro das lamentações...
    Um fiel faz suas orações...
    Após terminar o ritual...
    Uma repórter pergunta...
    Quantos anos o senhor faz este ritual...?
    Ele responde: 16 anos...
    A repórter questiona-o novamente:
    Como o senhor se sente...
    Após fazer isso por tanto tempo...?
    Ao que ele responde:
    Como se estivesse falando com uma parede...

    ResponderExcluir
  8. Ai que bonitinho , eles tem até o produtinho pra vender na lojinha (luzinha) kk , pra bater na mulher !! kkk

    ResponderExcluir
  9. É um cabra muito macho...
    ...
    Dorme ao lado dela...
    Come a comida que ela faz...
    ...
    É muita coragem...

    ResponderExcluir
  10. são dementes quem bate e quem aceita.

    ResponderExcluir
  11. Muçulmano=crente=católico=judeu=hindu=macumbeiro=espírita=TUDO A MESMA BOSTA.

    ResponderExcluir
  12. "Eu sou da segunda opinião", encerra o palestrante. A segunda opinião, no caso, é "o homem que bate em mulher não tem honra", mas "bater em mulher não é pecado".

    Ou seja, o "sábio" faz uma afirmação ilógica, segundo a qual o adepto de sua religião pode ser desonrado sem pecar ou, ao invés disso, ser ao simultaneamente um crente impecável e sem honra.

    ResponderExcluir
  13. "Só bate na mulher o homem sem honra, mas isso não significa, necessariamente, que é pecado bater. Eu sou da segunda opinião", afirma o orador.

    ResponderExcluir
  14. Generalização estraga o discurso...
    Pensem nisto...!

    ResponderExcluir
  15. Todos covardes.Homens que batem em mulheres são covardes!!

    ResponderExcluir
  16. Acredito piamente que nao é um problema bater nesse muçulmano, e que tenho plena permissao de fazer isso.

    ResponderExcluir
  17. Acredito piamente que nao é um problema bater nesse muçulmano, e que tenho plena permissao de fazer isso. (2)

    ResponderExcluir
  18. Lucio o pior que vc falou certo....

    Religiosos em geral são tudo a mesma bosta...

    Dos meus 20 anos de pesquisa sobre religiões....Apenas o Budismo e Budismo Zen é menos nocivo ao ser humano....não querendo dizer que acredito e concordo com a filosofia budista por completo....sem falar que BUDA tbm foi um MITO assim como o Jesus biblico...

    ResponderExcluir
  19. Em mulher nunca se bate, a melhor forma de se "vingar" de alguma coisa que elas possam ter feito é ficar mais bonito , prosperar e ganhar muito dinheiro. Assim talvez ela volte rs, rs,rs. Mas a Bíblia diz: "Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Efésios 5:28"

    ResponderExcluir
  20. Tanto pode que existe até um produto licenciado (e devidamente anunciado no próprio vídeo) para fazer isso sem pecar...

    A hesitação do imã se deve ao fato de estar pregando em um país de minoria muçulmana. Se fosse o contrário ele provavelmente não estaria tão "cheio de dedos".

    ResponderExcluir
  21. Se eu fosse Deus,não gostaria de ver meus filhos serem maltratados e discriminados.Será que está na bíblia que as mulheres tem que ser humilhadas como muitos pregam fazem.

    ResponderExcluir
  22. Não, não está na Bíblia. leia meu comentário acima.

    ResponderExcluir
  23. Sim,está.Na bíblia(gibíblia)a mulher é tratada como ser inferior em diversas passagens.

    ResponderExcluir
  24. É o mesmo raciocínio confuso do Paulo Maluf quando disse o conhecido "estupra mas não mata".

    ResponderExcluir
  25. Selvagens. Ainda querem ser tratados como gente. Gente não é certamente.

    ResponderExcluir
  26. Esse é o imã, tipo de doutor da lei. Imaginem a cabeçinha dos demais...

    Otto

    ResponderExcluir
  27. Só eu percebi que eles parecem ter um orgasmo quando falam 'Allah' no finalzinho do video?

    ResponderExcluir
  28. Que que é isso, rs, os tempos primitivos existem ainda aqui !!!!!

    ResponderExcluir
  29. Esses aí do vídeo acho que são da mesquita de Porto Alegre,vi pelo símbolo da ''dawa sul''.São uns fanáticos,andam com a barba enorme e segundo eu analizei,eles defendem o terrorismo.
    Esse link é de um rapaz de Porto Alegre que veste roupas do talibã.
    vejam:http://jazira.com.br/blog/?p=141

    ResponderExcluir
  30. Véi, na boa...
    Vá vc, a porra dos sábios e a merda do seu deus à respectiva puta que os pariu!!!

    ResponderExcluir
  31. Na boa,degolava o marido ou pior kkkk

    ResponderExcluir
  32. Coitadas das mulheres muçulmanas, terem que aguentar isso a vida toda ,esse machismo terrivel, esses homens nao sao homens , sao uns monstros, elas q deviam bater neles, o pior da religião é ainda não poder abandona-la. D=

    ResponderExcluir

Postar um comentário


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato