Pular para o conteúdo principal

Site romeno cobra R$ 54 para perdoar vivos e mortos

O pagamento pode ser feito com  
 cartão de crédito ou pelo PayPal
O site Cristin Ortodox da Romênia cobra por mês o equivalente a R$ 54 para perdoar por intermédio de orações pecados de vivos e mortos. Há também opções de oração para obter saúde e bons resultados em exames escolares. As orações são transmitidas ao vivo em voz alta. O pagamento é feito com cartão de crédito e pelo PayPal.

O serviço tem convênio com quatro igrejas ortodoxas, e o assinante terá de optar por uma delas. Site e igrejas dividem entre si o dinheiro arrecadado.

O Christian Post repercutiu a informação com Father iulian Anitei (sic), sacerdote do credo ortodoxo em Houston, Estados Unidos. Ele disse que o site não tem a aprovação da Igreja Ortodoxa da Romênia e questionou a seriedade dos líderes religiosos que se associaram à iniciativa da oração on-line por perdão de pecados.

“O que sei é que os líderes ortodoxos romenos não estão de acordo [com o site], porque são muitos tradicionais”, disse.

Contudo, Anitei confirmou ser comum as igrejas ortodoxas receberem dinheiro de fiéis que pedem orações para obter determinadas graças, mas a contribuição não é obrigatória.



O professor Craig J. Hazer, da Universidade Biola, uma instituição cristã que fica da Califórnia, disse que a cobrança por orações não está de acordo com os ensinamentos de Jesus e dos apóstolos.   

Anitei afirmou que, diferentemente do que o site dá a entender, “não é que fiéis esperam de Deus perdão de seus pecados porque deram dinheiro, mas é uma maneira de expressar a sua profunda fé”.

Com informação do Christian Post e do  Cristin Ortodox.


maio de 2011

Comentários

  1. é o "arrecadai-vos" em novas versões

    a criatividade não tem limites...

    ResponderExcluir
  2. kkkkkk, ke piada, bando de ordinarios, mais pior são os idiotas q caem nessa kkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Enquanto tiver otário no mundo, malandro não passa fome. Rs

    ResponderExcluir
  4. a ortodoxa esta serta, niguem trabalha sem ganhar algo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Cantora gospel incentiva uso de cloroquina: 'Eu tomei'. E morre de Covid-19

Grã-Bretanha retém 'Arca de Noé' por não ter condições de navegar

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade