Pular para o conteúdo principal

Polícia prende pastor por abuso de meninas 'a mando de Deus'

Araújo diz que 
livrava as garotas 
da Pombagira
A Polícia Civil de Rio Branco, capital do Acre, prendeu o pastor Laudionor Siqueira de Araújo (foto), 43, sob a acusação de abusar sexualmente de pelo menos duas garotas, uma de 13 anos e outra de 16.

Ele pregava o evangelho ao longo de rodovias, como a AC 40, nas casas de fiéis que não têm templo por perto.

De acordo com o delegado Rafael Pimentel, Araújo, em diferentes ocasiões, levou as adolescentes para sua casa de modo a livrá-las da Pombagira Maria Padilha.

Durante a sessão de exorcismo, após untar o corpo da vítima, o pastor a violentava a mando de Deus, porque somente assim, segundo ele, o espírito demoníaco da Pombagira seria expulso.

O delegado disse que o pastor amedrontou as garotas com a possibilidade de, caso continuassem possuídas, serem atacadas por homens atraídos sexualmente pela Pombagira, e elas poderiam ser mortas.

Exames laboratoriais confirmaram que as adolescentes foram estupradas.

O pastor não se manifestou para dar a sua versão.  A polícia informou que ele já tinha cumprido uma pena por estupro.

Com informação e foto site O Rio Branco.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Padre associa a tragédia das enchentes ao ateísmo de gaúchos. Vingança de Deus?

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Tribunal do Ceará derruba lei que reduzia pena de condenados que lessem a Bíblia

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Só metade dos americanos que dizem 'não acredito em Deus' seleciona 'ateu' em pesquisa

Santuário de Aparecida inaugura mosaicos de padre suspeito de abuso sexual