AD vende réplica de mala dos fundadores por R$ 350

A Assembleia de Deus está aproveitando o seu centenário para faturar com a venda pela internet de uma réplica da mala (foto) com a qual os fundadores da igreja, os suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, chegaram ao Brasil em 1910, no Pará, vindo dos Estados Unidos.

Acompanhada por 10 CDs sobre o centenário e 10 dos “melhores momentos” da igreja, a mala custa R$ 350 à vista. A igreja aceita todos os cartões de crédito e pagamento por boleto. Em dez prestações, o kit sai por R$ 389,40. A entrega ocorrerá até o dia 15 de agosto. O frete está incluído no preço.


Mala com CDs


Com informação do site da Assembleia de Deus.

março de 2011

Comentários

Anônimo disse…
Não surpreende que a sacada comercial parta do principio que os evangélicos amam os seus PASTORES que são, reconhecidamente, as “GRANDES MALAS” do universo.
Os seus apetrechos serão acomodados na pré-histórica mala old fashion Berg & Vingren para a tão sonhada viagem a Terra Prometida.
Aguardem a propaganda na TV com a Dona Bela (Zezé Macedo) atirando a mala véia gospel no falecido Professor Raimundo muito indignada:- “Eles só pensam naquilo...”
No dindim, é lógico...
Anônimo disse…
Ser crente é assinar um atestado literal de burrice...!!!
disse…
Desculpe-me querido a ignorância, mas procurei esta informação no site e não encontrei, pode colocar a pagina que se encontra esta noticia por favor???
Rô, acesse o site www.vozshop.com. É onde a Assembleia de Deus está vendendo a mala. Acrescentei ao post o vídeo da campanha publicitária da igreja.
Anônimo disse…
pelo jeito, se fosse o ap Paulo que tivesse vendendo , nos dias de hoje, com certeza criticarian-no tambem.
Anônimo disse…
nao vejo nada demais em uma igreja vender algo, desde que nao seja com apelatividade,ou profanando o sagrado, como o faz a universal, mundial, e outras.pelo que diz ai em cima, é só uma mala com cds, compra quem quer, ninguem é obrigado.
Anônimo disse…
Os espertos vivem e bem porque tem os trouxxas para sustenta-los! ESPERTOS = PASTORES E SEUS PUXA-SACOS TROUXAS= CRENTES
Anônimo disse…
@Anônimo 01/08/11 14:27

Lógico que o material é apelativo, é como vender album de figurinhas para ciranças, camisetas de time para torcedores, terços e lembranças de santos para católicos e afins.
A pessoa se sente mais "integrada" com a igreja possuindo algo do tipo, e é claro que as mais 'crentes' podem chegar ao absurdo de deixar de por comida na mesa para ter um patrimônio desses... é explorar a boa fé das pessoas sim.
Creio que se o preço fosse mais acessível seria ainda maior o número de pessoas que iriam comprar essa mala só para ser uma pessoa "in"

Isaac
Anônimo disse…
Desculpe-me, amigo, mas não vejo embasamento para este tipo de discussão. Acredito existam coisas mais interessantes para se fazer do que estar buscando falhas no que a igreja faz ou deixa de fazer, até mesmo porque a igreja é formada de pessoas de várias classes sociais, diferentemente de como pensam alguns sujeitos ignorantes (sem o devido conhecimento). A igreja tem um grande número de profissionais que ocupa altos postos nos diversos segmentos sociais, porém, a igreja não está preocupada com isso ou aquilo, o propósito primordial da igreja é a adoração a Deus e isso é algo completamente pessoal e intransferível, independentemente de pastores ou de quaisquer pessoas que estejam ocupando um cargo eclesiástico ou fazendo da igreja meio de vida. Se você realmente conhece a minha igreja (igreja de Cristo inserida nessa igreja que você aponta), deveria saber que não tem o costume de vender ou fazer qualquer tipo de comércio visando lucros ou com a intenção de ludibriar os seus membros. Minha igreja é uma igreja transparente, o que não a isenta de ter entre os seus membros pessoas que representam JOIOS, ou seja, sujeitos que estão nela de forma camuflada ou maliciosa, principalmente pela dimensão da igreja. Sua crítica direciona-se a um ato isolado diante das festividades de 100 anos da Igreja Assembleia de Deus no Brasil, com a realização de congressos, estudos bíblicos, cruzadas etc, para os quais a igreja necessita ou necessitava de recursos para sustentar a realização dos mesmos. Pensando em alcançar os referidos recursos, é obvio que a igreja tinha de fazer algo que fosse significativo para os seus membros, assim como os clubes fazem camisas, bonés etc e conseguem arrecadar milhões dos seus fãs, a única diferença é que esses últimos o fazem de forma constante, já a igreja em momentos pontuais e extremamente necessários. Desse modo, peço-lhe dispor de maior sensatez quando da análise de determinados assuntos que fogem à sua realidade e/ou competência, e, principalmente, do irrefletido desejo de denegrir a imagem da igreja. Agradeço sua atenção.
A.C.O.S, Membro da Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco.
Anônimo disse…
Perdoe-me pelo uso do texto corrido, às vezes esqueço os parágrafos, só os lembro diante da construção de textos científicos.

Obrigada.
A.C.O.S
Carlos Paulista disse…
Quem disser que a igreja está se aproveitando do centenario para tirar dinheiro dos fieis,é o mesmo que dizer aos fãs dos beatles,aos fãs do elvis presley que estão sendo enganados por comprar CDs antigos destes cantores.
O que a igreja fez foi vender replicas da mala dos fundadores da assembleia como recordação e aproveitar para suprir gastos com o centenario.
Eu fui ate o site www.vozshop.com e não vi nenhuma coisa que forçasse os fieis a comprar,tais como:"compre esta mala e voce vai ser abençoado" ou "coopere comprando e voce vai ter um lugar no ceu",ao contrario,la está simplesmente as mercadorias expostas e compre quem quiser!
Aí, Paulopes,porque voce não faz uma materia dizendo que tem pessoas que gastam seu dinheiro com pornografia,drogas,bebedeiras e etc?
Obs:sou assembleiano e la somos ensinados a cooperar com a igreja voluntariamente,e coopera quem quer,pois nossa salvação não depende disso e sim em crer em Jesus Cristo(atos 4.10-12).
Cristian Z. R. disse…
Está barato em comparação as meias que custam R$ 153,00.
Anônimo disse…
qual é a real finalidade de se vender a réplica da mala dos fundadores da assembléia de deus?,se é para comemorar o centenário não precisa disso, daqiu a pouco vai aparecer alguém vendendo réplica de muitas outras coias,que foram dos fundadores,cuidado para não entrar no mesmo caminho da uniersal,internacional da graça,mundial do poder de deus,etc...,ai entra a heresia.as igrejas deveriam se envergonhar de usar o dinheiro dos crentes para tirar mais dinheiro do povo de deus.
Anônimo disse…
Venda de indulgências...
A reforma protestante foi em vão.
Lutero deve estar se contorcendo no túmulo.
Anônimo disse…
Igreja não prega a igualdade entre pessoas, afirma escritor
Benítez disse que a Igreja mente...
27 Comentários

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/04/assembleia-de-deus-vende-replica-de.html#ixzz2B7NvnzfH
Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.

-------- Busca neste site