MP abre inquérito para apurar se Malafaia fez afirmações homofóbicas

Mensagem que o pastor distribuiu no Rio
A procuradora Ana Carolina Araújo Roman, do MP (Ministério Público) em Brasília, abriu inquérito para apurar se foram homofóbicas as afirmações do pastor Silas Malafaia em maio de 2010.

Durante uma audiência pública sobre o Estatuto das Famílias na Câmara dos Deputados, o pastor da Assembleia de Deus, da subdenominação Vitória em Cristo, se opôs com veemência (como é de seu estilo) à união civil de casais homossexuais.

Afirmou que se a relação homoafetiva for legalizada, “tudo o que se imagina” poderá ter o respaldo da lei, incluindo a necrofilia e a zoofilia.  “Quem tem relação com cachorro, vamos botar na lei. É um comportamento, ué, vamos aceitar. Quem tem relação com cadáver, é um comportamento, vamos botar na lei.”

O Ministério Público vinha examinando o caso desde aquela época. Em fevereiro, a procuradora Ana Carolina transformou as investigações em inquérito.

Malafaia se destaca pela sua pregação e militância ultraconservadora, principalmente em relação aos homossexuais. Em outubro de 2010, ele distribuiu no Rio de Janeiro 600 outdoors com a inscrição: “Em favor da família e preservação da espécie. Deus fez macho e fêmea”.

Cruzada de Malafaia contra os gays


Com informação do Radar On-line e do arquivo deste blog.

fevereiro de 2011

Comentários

  1. Esse Malafaias da vida, não tem mais quem perseguir, tiram agora os homossexuais como novo bode expiatório, antes era os católicos e seus santos, depois os espirítas e macumbeiros etc..Não tem moral pra falar de ninguém, ainda mais quem industrializa o sagrado.

    ResponderExcluir
  2. é só ler o que está no outdoor e dar prosseguimento ao processo

    ResponderExcluir
  3. Ao que parece finalmente alguém atentou para os absurdos que esse Malafaia faz ao atacar de forma covarde os homossexuais se valendo de deturpações e das mais sorrateiras falácias.

    ResponderExcluir
  4. O malafajuta é o pastor crente mais cretino que tem no Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Avaliando o que está escrito no cartaz, não vejo nada demais.
    Acho repugnante o Malacheia e a corja evangelica medieval que ataca os diferentes de si, mas nesse caso específiconão há nada demais.

    "Em favor da da familia e preservação da especia humana. Deus fez macho e femea"

    Nesses dizeres não há incitação alguma ao ódio, nem segregação, nem nada... É apenas exposição da crença dele, usando no final os dizeres da biblia, que por mais medieval que sejam esses ensinamentos e doutrinas, os evangelicos possuem o direito de crer e expressarem tal crença.
    Se essas asneiras convencem alguem, azar desse alguem...

    É aquele velho papo do Voltaire: "Posso não concordar com o que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dize-lo."

    Nesse caso não vi problema, mas como todos sabemos que em outros casos eles são nocivos... Que o MP vigie de perto essa corja evangelica e punam esses crápulas quando necessario.

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem Lucas,os tais outdoors,apesar de infantis e desnecessários,expressam ou expressariam apenas o pensamento medieval dele mas eu acho que o Malamofoda está sendo julgado´pelo que entendi´´,pelas asneiras que andou falando em uma comissão do congresso quando comparou união homossexual com bestialidaade e isso concorre para o preconceito e discriminação.SE,eu estiver errado,perdão.

    ResponderExcluir
  7. A estrategia do Malafaia de demonizar pelo ultraje injusto e maléfico da pregação religiosa rancorosa beirando um quadro de histeria aguda os chamados inimigos da igreja e dos crentes é ,na verdade,uma desfiguração desvirtuada e capciosa da realidade, em que ele, ao recorrer ao pretexto do discurso religioso, alega que teria o direito costitucional de adjetivar gays e outros de depravados,degenerados e anormais,portanto,preconceituar tais indivíduos a título de liberdade de expressão,porém,extrapolando os limites da civilidade ao fazer comparações grotescas,desreipeitosas,esdrúxulas e descabidas como na infeliz colocação que homossexualidade e bestialidade são coisas semelhantes.Sindromizando sua idiossincrasia odienta,o dito cujo, somatiza suas revoltas internas e a sua sexualidade confusa,pois é necessário ter distúrbios quanto ao exercício sadio e normal da sexualidade e não estar confuso quanto a ela para proferir as barbaridades,descomposturas e vilipendiações rudes que este senhor fala em suas prédicas nada cordiais ou afáveis, e exterioriza seu ódio injustificado por meio de um discurso colérico e ensandecido contra seus supostos inimigos e desfetos.

    ResponderExcluir
  8. Corrigindo.
    Inimigos e desafetos.

    ResponderExcluir
  9. Malafaia precisa de inimigos para industrializar o seu produto, a fé.

    ResponderExcluir
  10. Concordo completamente com Lucas Muniz Hadade, foi desapegado, sutil, sábio, sem preconceito

    ResponderExcluir
  11. "Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las".

    "Os preconceitos são as razões do imbecis".

    "Todo homem é culpado do bem que não fez".

    "Uma única palavra posta fora do lugar estraga o pensamento mais bonito".

    "Se não conseguir achar algo que lhe agrade, tente ao menos achar algo novo".

    ResponderExcluir
  12. O Lucas disse que os tais outdoors não foram necessariamente homofóbicos,concordo em parte, mas foram provocativos e politiqueiros e o meliante Malacheia está sendo julgado pelo MP,e diga-se de passagem já havia passado até da hora que isso acontesse,pelo fato de comparar,de forma totalmente infeliz,uma relação homossexual com sexo de ser humano com cachorro.E a bela e muito feliz frase de Voltaire está correta e foi brilhantemente concebida mas todavia, ele esqueceu de completá-la; com um conquanto que nenhuma das suas palavras das quais discordo não me ofenda talvez.

    ResponderExcluir
  13. Discordo completamente, os outdoors do Malafaia foram qualquer coisa menos sábios...

    ResponderExcluir
  14. Malafama chegou a insinuar no seu programa da tv,inclusive fazendo propaganda ilegal prol Serra,acerca da sexualidade da Dilma.Malafalsa é preconceituoso sim senhor e já passou da hora de ser corretivado.

    ResponderExcluir
  15. Deus não existe,a lógica diretriza a razão nessa direção,e religião é apenas uma farsa.Muito provavelmente ,a maior farsa e mentira da história da humanidade.Uma espécie primitiva e extremamente complexa capaz de evolucionar não se complementaria nem tampouco explicar-se-ia pelo mito alegórico-lendário fantasioso e tolo de Adão e Eva.
    Religião,política e futebol entorpecem e demenciam a seus fanáticos adeptos.Não há religião pura.Jamais houve uma fé ou crença universal.Todas passaram por processos de sincretismos e assimilatividades culturais e são subprodutos culturais conclusivamente.Os cristãos originaram-se dos judeus e ,por sua vez,os judeus receberam muito da cultura dos egípcios quando foram seus escravos e na condição de escravos também receberam assimilações culturais de Roma e de outras culturas da época.Formando um universo de fabulações.Ademais,a livre interpretação da bíblia deu origem a novos dogmas como os das testemunhas de jeová,dos mórmons,dos kardecistas etc.Estiigmatizar quem quer que seja tendo os textos fabulistas e contraditórios de um livro baseado em histórias lendárias e que prega um deus criado pelo homem sendo este deus,um ser dos mais cruéis já inventados pelo homem, é absurda estupidez e falta de sensatez.

    ResponderExcluir
  16. Este senhor já havia cometido todos os excessos possíveis na sua fanática cruzada contra os homossexuais.Cruzada esta, em que ele já recorreu a tudo de baixo e falseativo para desmoralizar o movimento lgbt brasileiro.Este senhor com seus discursinhos histéricos e ululantes carregados de impropérios já pisou demais nos homossexuais por motivos escusos,porque bem intencionado,ele nunca esteve.Tardou essa atitude do MP.Ainda mais, ele precisaria aprender, que não se diz tudo que se pensa sob pena de ofender os outros.É deselegante opinar intuitando afrontar,injuriar ou ofender aos outros gratuita e desnecessariamente.

    ResponderExcluir
  17. O Malapatifaria é um sujeito podre.

    ResponderExcluir
  18. Se o MP fizer o que tem de ser feito não vai engolir uma declaração de um pastoreco xiita como o Malacheia comparando sexo homoafetivo com sexo com cachorro.Isso não é homofobia,segregacionismo,fundamentalismo ou ainda visão heteronormativa,isso é grosseria e descompostura mesmo.Malanazista precisa controlar sua língua venenosa.Todos podem democraticamente expressar suas opinões desde que não ofendam o outro como costuma fazer esse camarada.

    ResponderExcluir
  19. O infeliz do Malabode esquece que ainda que todos os homens fossem gays e todas as mulheres lésbicas, existe uma coisa chamada inseminação artificial.Realmente é um absurdo que em uma época tão cheia de recursos tecnologicos,científicos etc ainda existam pessoas como esse indivíduo.

    ResponderExcluir
  20. Tem que aparecer, se não, não vende o seu PRODUTO. $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$..

    ResponderExcluir
  21. malafaia p/ Presidente e bolsonaro vice!!!

    ResponderExcluir
  22. Malafaia e Bolsonaro são canalhas que só estão onde estão graças a imbecis como esse Eder.

    ResponderExcluir
  23. Os gays, os defensores dos gays e demais furiosos inimigos do Malafaia têm muito PRECONCEITO contra quem faz sexo com cadáver ou animal!

    Não deveriam ficar "ofendidos" com as comparações entre homossexualismo, zoofilia e necrofilia, pois, como dizem os militantes gays, toda forma de sexualidade e "amor" é válida!

    Que coisa feia. Os gays se sentem SUPERIORES aos adeptos de outras "orientações sexuais" e DISCRIMINAM os zoófilos e necrófilos!

    Mas como precisam arrumar um jeito de tentar perseguir o Malafaia, os gayzistas fazem beicinho, chamam a mamãe e o MP...

    Abaixo a zoofobia e a necrofobia, caros defensores do vale-tudo sexual e da modernidade politicamente correta!

    (Da Cristofobia e da Malafaiofobia que afetam os homo-ateus nem falo, pois essas parecem não ter cura...)

    ResponderExcluir
  24. Malafaia é um ser asqueroso e rídiculo a comparação que ele fez foi absurda e ofensiva e não me venham com defesas para sicário.Se o Brasil fosse um país sério e que respeitasse as leis esse cara já estaria PRESO há muito tempo.

    ResponderExcluir
  25. Acontece anônimo do dia 22/04/11 das 04:09 que zoofilia e necrofilia são PATOLOGIAS E VOCÊ FINGE NÃO ENTENDER.E usando de FALSIDADE IDEOLÓGICA(no sentido literal do termo) E INTELECTUAL tenta comparar patologias como zoofilia e necrofilia com homossexualidade que não é PATOLOGIA!!!!!Malafaia é um bandido.E desde quando ESTUPRADOR tem dignidade e crédito para criticar e falar dos outros??????!!!!!!

    ResponderExcluir
  26. Quem seriam os homo-ateus e os gayzistas????Os malafaistas e o próprio Malagritaria histérica desenfreada vão ter quer comer muito feijão com arroz para nos convencer que homossexualidade está no mesmo nível de pedofilia,zoofilia ou bestialidade e necrofilia!!!!Um homem pode amar outro homem sim ;uma mulher pode amar outra mulher sim,do ponto de vista afetivo e sexual.E um cachorro ??E um gato??E uma cobra??E um jacaré??E uma onça??Ter uma animal(seja ele um bode,cavalo,burro,papagaio,boi,vaca,porco,cachorro,urubu,galinha,macaco,tartaruga ou coelho etc) de estima e gostar dele não significa que se esteja disposto(A) a ter sexo com ele.Isso é crime e é ANORMAL pois é PATOLÓGICO e homossexualidade não.FATO.Agora,pergunto eu: porque Malafaia(sujeito esperto e raposa velha e malandro que sabe usar muito bem o radicalismo e essencialismo e extremismo idiossincrásico biblista-literalista como ninguém para aplicar seu golpes e vender suas bíblias de 1000 reais para otários) e sua turma(uma grei de alienados que nada sabem além das baboseiras fundamentalistas fabulistas e mitológicas bíblicas) não provam suas teses que afirmam que ser gay,bissexual ou lésbica é um mero comportamento nada tendo a ver com biologia ou genética para ganharem um NOBEL e ficarem reconhecidos mundialmente???Outra coisa esse negócio de gayzismo ainda é equivocado e igualmente preconceituoso pois o movimento é dos cidadão LGBTS e não só dos gays exclusivamente...

    ResponderExcluir
  27. Malafaia é um sujeito perigoso não se pode facilitar com ele.

    ResponderExcluir
  28. Malafaia é um medíocre.Vai ter de se conformar com a decisão do STF. Mais um sapo que o Mala-xiita(Malaxiita a biba do éden) vai de engolir atravessado!!
    Chuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuupa Malanazi!!!!!

    ResponderExcluir
  29. Acho incrível como palavras tão simples e objetivas como 'em favor da família e preservação da espécie humana' que somente expressam um pensamento ser interpretadas como preconceito.
    Nada mais que um pensamento foi dito nesse outdoor, é muito fácil as pessoas que estão de fora desse pensamento criticar, pois não analisam sequer os fundamentos desta afirmação, ou seja, a palavra de Deus!
    Sou cristã, evangélica e acho um absurdo discriminarem os homossexuais, e garanto que esta não é a intenção do outdoor! Porém não sou hipócrita de concordar com uma prática que a própria bíblia condena, porém fui doutrinada a amar todos os homossexuais, pois eles são seres humanos, como eu ou qualquer outro! Só não somos a favor de ter que engolir práticas que são espelhadas por comportamento. Não quero um casal homossexual se beijando dentro da igreja, se nós não permitimos que nossos casais façam o mesmo. Não sou quero ser obrigada a admitir uma empregada que se veste como um homem, se eu ensino meu filho que Deus fez o homem e a mulher para se completarem, formarem um casal e dar continuidade a nossa espécie. É simples se você é ateu e diz pra seu filho que Deus não existe você contrataria alguém cristão seja católico ou evangélico para passar a maior parte do tempo com seu filho, dizendo a ele que Deus existe, contradizendo tudo o que ensina a ele?
    Se isto que vos disse anteriormente é real, teria que ser aplicado a ambas as partes quero o direito obrigatoriamente me admitir do jeito que sou, e caso não aconteça entrar com ação judicial por danos morais.
    Não estou ofendendo alguém em me expressar, estou? Pois acho que a constituição ainda me garante este direito!
    Enquanto as críticas ao dízimo é uma ordenança bíblica, porém nenhum pastor tem direito de pedir extratos bancários, ou constranger ninguém a dar o dízimo para ser membro da congregação. O dízimo é para a manutenção do templo, ações sociais, compra de mantimentos para viúvas e órfãos que necessitam de um amparo. Já as ofertas, são de quantia livre, quando se tem condições e desejo de fazê-lo. As campanhas para conseguir comprar um imóvel, ou um emprego também são de livre e espontânea vontade, se você não concordar não é obrigado a aderir. De tudo que foi discutido em relação a posicionamento de pastores, convenções evangélicas se esqueceram do mais importante, o que Jesus Cristo faria em nosso lugar? Se um pastor, padre, reverendo faz algo que o desagrada dará conta a Ele, não cabe a nós seres humanos julgar, mais discordar é um direito meu, e o farei quantas vezes achar necessário !

    ResponderExcluir
  30. Esse cara já encheu o saco.

    ResponderExcluir
  31. MP ABRIU INQUÉRITO DE QUE?
    Homofobia é crime
    qual artigo?

    ResponderExcluir
  32. Não há necessidade de haver citação de crime específico em lei para ser considerado ofensa.

    ResponderExcluir
  33. Continua vulnerando as mentes fracas dos alienados e incapazes de pensar por si mesmos este sacripanta!

    ResponderExcluir
  34. Esse charlatão devia fechar sua bocarra que mais parece uma latrina.

    ResponderExcluir

Postar um comentário


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato