Pular para o conteúdo principal

'É incrível como o ódio pela fé tem se tornado tão substancial'

da leitora Ju a propósito de
Órgãos públicos no Amazonas estão impregnados de símbolos católicos

Incrível como esse ódio pela fé tem se tornado tão substancial. A esquerda veio com tudo mesmo, e a primeira coisa que precisa fazer é abalar o conceito de fé, que se desdobra em moral, limite ao mal, limite aos desejos ilegais e imorais.

É preciso derrubar Deus porque Ele é a única rédea contra as ações criminosas, contra o roubo, a corrupção, os crimes mais violentos, porque, oras!, se a religião, qualquer que seja, resume o Código Penal em 10 mandamentos, os únicos contra os quais lutam os homens sem fé, Deus é culpado pela resistência!

Queremos o mundo livre de Deus porque queremos ser os animais selvagens que estão latejantes dentro de nós. Queremos abortar, queremos corromper, queremos matar sem culpas!

O aumento da violência não é fruto de denúncia da imprensa, não aparece mais agora por causa da tecnologia, da globalização. É fruto da insistente e malévola dedicação daqueles que precisam ser livres para ofender todos os bens caros ao mundo. 

Se perguntarmos ao estuprador se ele está contente com a nova ordem mundial, a qual prevê liberdade a pedófilos, descriminalização das drogas, limitação à ação policial, defesa do aborto, etc., certamente ele dirá que Deus é um entrave.

A pior desgraça do mundo contemporâneo é a desfaçatez com que os imorais pregam a moralidade, a pluralidade. Se fossem honestos, diriam que querem a expulsão de imagens religiosas da sociedade porque são um empecilho às barbaridades que pretendem cometer.

A intolerância se revela sob o pretexto de ofensa ao pluralismo religioso, que inclui o ateísmo, mas a mensagem de fundo, a que não aparece, é a de destruição dos princípios básicos da dignidade da pessoa humana, que é viver dentro da lei, na observância do respeito ao próximo.

Deus tenha piedade de nós.

 'Moralidade não vem da fé no Cristo ou em quem quer que seja'
resposta de Pablo Lana a Ju em março de 2011 

Comentários

Anônimo disse…
Muito bem Ju... Alguém pelo menos um pouco sensata que questiona o motivo de tanta raiva, ódio... Já que os amigos acima se acham diferentes... parecem mais invejosos do que coerentes... pois as bocas deles destilam veneno sobre veneno.

São minoria, sempre foram em toda a HISTÓRIA DO MUNDO... e agora arrotam frases daquilo que não sabem
Alguem acredita mesmo que a moral vem da religião?
É justamente o oposto. A religião se adapta ou é criada baseada na moral (cultura) local e então começa agir através disso.
Até os cristãos sabem disso. Quando reconhecem as atrocidades do velho testamento, usam como deculpa o contexto social da época, para justificar. E contexto social (cultura) está acima da suposta "lei de d´us". Caso contrario as posturas das entidades que regem as "leis de d´us" nunca mudariam por já estarem e nascerem perfeitas, por supostamente serem de "d´us".

VOLTO A DIZER:

Um exemplo disso vem da mitologia cristã: as atrocidades do velho testamento são justificadas, pelos proprios cristãos, por estarem de acordo com o contexto social da época.
Ou seja, quem regeu a lei foi a moral da sociedade da época e não a suposta moral de "d´us".
Ricardo disse…
"Se fossem honestos, diriam que querem a expulsão de imagens religiosas da sociedade porque são um empecilho às barbaridades que pretendem cometer."

Minha cara Ju, o artigo não diz que querem expulsar as imagens religiosas da SOCIEDADE, e sim dos órgãos públicos, pois esses são representantes do Estado, que no Brasil é laico, graças a Deus. Por favor, não distorça o texto para se adequar a suas ideias.
Aliás, eu gostaria muito de saber qual parte do conceito "O Estado é laico" muita gente insiste em não entender.
Unknown disse…
Ju, me explica então, como a raça humana conseguiu sobreviver desde a idade da pedra, quando não se existiam religiões e o ser humano não fazia nem idéia do que era um deus...éramos pra estar extintos então! Não consigo entender isso...se matou mais em nome de Deus do que por desavenças. Os muçulmanos querem dizimar os Israelitas usando um pretexto religioso. Moralidade nós tínhamos quando a humanidade acreditava no sol e não o precisava personificar ou fantasiar sobre, pois o entendíamos. Agora, nossa moralidade é baseada em um Deus que pede para um pai sacrificar seu filho por puro capricho, que diz que as mulheres devem ser totalmente submissas aos homens, chegando ao ponto da humilhação, que diz para seu povo matar sem perdão, sem deixar nenhum animal, mulher ou criança vivo, que comete genocídios sob o pretexto "mas os caminhos de Deus são tortuosos"...tão tortuosos que se pode fazer tudo, desde que seja em nome Dele e o exemplo que Ele nos deu foram genocídios, infanticídios, megalomania, humilhação feminina, entre outros. Sinto muito, cara Ju, mas a sociedade cristã/muçulmana foi criada com esses valores, quer você aceite ou não.
Anônimo disse…
Engraçado, quando li o título desse texto pensei que iria ler um manifesto contra as religiões.

Pois não é difícil constatar que parte muito mais ódio de dentro das religiões fundamentalistas contra os demais membros da sociedade que não compartlham de mesma "fé" do que o inverso.

Achei que eu leria um texto demonstrando (facilmente) como em nome da fé ("pela fé") se destila tanto ódio!

Estou decepcionado.
O texto é carregado em sarcasmo... muito bom!

acho que os amigos acima não entenderam.
Unknown disse…
/\ enlighten me, please...
Anônimo disse…
A questão dos Simbolos!, é como se toda escola ou orgãos publicos tivesse o Simbolo do Palmeiras!
E os outros times!?...ou vc acha que só existe a Cruz?
Anônimo disse…
Como eu não torço para nenhum time, não me ofendo quando de vez em quando vejo alguns escudos em alguns lugares discretamente, às vezes de maneira mais festiva etc.

Só não conseigo suportar a idéia de alguém querer vir me provar por "a+b" que EU TENHO QUE TORCER PARA UM TIME porque sem isso eu não vivo bem nem sou feliz.

E tem que ser o time dele (ou dela)!
Ricardo disse…
Anônimo(a) 10:41,

Olha, eu não vi sarcasmo algum no texto. Vi apenas uma católica confusa, confundindo Estado laico com a noção Mal de sua religião.
O que a autora do texto quis dizer com "(...)se a religião, qualquer que seja, resume o Código Penal em 10 mandamentos,(...)"?
Quer dizer que todas as religiões seguem os mesmos dez mandamentos?

Ricardo 08:57, não vi uma católica confundindo o estado laico, o que eu vi é uma pessoa querendo ressaltar a importância das propriedades manipulativas da religião para manter a sociedade controlada e normalizada.

PS: Acho que Amagorath estava sendo irônico no seu sarcasmo.
Marcelo Idiarte disse…
Então ficamos assim: a Igreja perseguiu, torturou, saqueou, queimou e matou milhares de seres humanos em nome do "amor"; e as pessoas sensatas querem tirar os símbolos religiosos dos tribunais, escolas e demais prédios públicos em nome do "ódio"? Por favor...
Anônimo disse…
O ódio sempre foi um sentimento característico da religião e dos religiosos.Eles sonham em impor seus dogmas,símbolos etc para todos compulsoriamente.
Anônimo disse…
O que eu mais gostei foi: "...a religião, qualquer que seja, resume o Código Penal em 10 mandamentos...".
1 - O islamismo, o xintoísmo e o budismo (só pra citar alguns) NÃO acatam os 10 mandamentos.
2 - Imagina o malabarismo jurídico que condenar alguém por pedofilia com base nos 10 mandamentos.
Avelino Bego disse…
"Queremos o mundo livre de Deus porque queremos ser os animais selvagens que estão latejantes dentro de nós. Queremos abortar, queremos corromper, queremos matar sem culpas!

Mas isso já é feito. Usa-se divindades pra se justificar qualquer ato de guerra.

Além do mais, desde quando o Homem precisa de uma divindade pra nortear a sua moralidade?

Nossa moralidade vem do "acordo" que fazemos em grupo:



"- Eu não te mato, se você prometer não me matar".

A moral vem antes de um deus.

Aliás, deus é obra da moral e ética humana, e não o oposto.

Posts + acessados hoje

Desmascarador de curandeiros e paranormais, James Randi morre aos 92 anos

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade