Pular para o conteúdo principal

Juros do banco do bispo Edir Macedo estão entre os mais elevados

Tabela do Banco Central
Os juros do Banco Renner estão entre as mais elevados do mercado, de acordo com tabela do site do BC (Banco Central). O banco pertence à Renner Participações, da qual o bispo Edir Macedo (da Igreja Universal do Reino de Deus) é acionista. Em 2009, ele comprou 40% das ações da holding. Não houve divulgação do valor.

Um dos segmentos em que o Renner atua é o do financiamento de compra de veículos a pessoas físicas. A taxa de juros, para esse tipo de operação, é de 2,82 – a 41ª colocada na tabela do BC composta por 52 instituições do período de 7 de janeiro a 13 do mesmo mês. O banco que cobra a menor taxa (1,08) é o BMG.

Não se trata de um período em que a taxa do Renner esteve excepcionalmente alta. Em todos os períodos examinados por este blog, o banco se destaca com um dos que mais cobram, desde antes de o bispo adquiri-lo.

Nas operações em crédito pessoal, a taxa do Renner foi, naquele período, de 2,86, a 41ª de uma lista de 94 instituições. Mais do que o dobro do 1 ponto percentual cobrado pelo primeiro colocado, o Sofisa.

A taxa de desconto de duplicata é 3,12 (36ª colocada); a de capital de giro, 2,38 (36ª); e a de aquisição de bens a pessoas jurídica, 3,01 (41ª).

A administração do dia a dia do banco continua com a família Renner. Ficou acertado que o bispo teria um representante na diretoria. A perspectiva é de que haja um rápido avanço nos próximos anos.

O banco já opera com crédito consignado com os dez mil funcionários da Record e com desconto de duplicata das cinco mil fornecedoras do grupo de empresas de Edir Macedo. O faturamento anual do banco está em torno de R$ 3 bilhões.

A expectativa do mercado é de que em algum momento o banco procure atingir os fiéis das Igreja Universal. Boa parte deles pertence às classes C e D, cujo poder aquisitivo vem se fortalecendo.

Se objetivo de fato for esse, o banco terá de abrir novas agências, o que já ocorre. O site da instituição informa que em 2010 houve a abertura das filiais de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Salvador e a inauguração da nova sede em Porto Alegre.

Com informação do Banco Central, Banco Renner e Istoé Dinheiro.

abril de 2009

Comentários

Vânia de Abreu(ex-viciada em IURD) disse…
O papo da quadrilha universal é seguinte MANO!
Aquí é coisa de deus, mas a Record está exibindo sacanagem na fazenda,violência nos filmes e vampirismo? resposta do quadrilheiro:É veja bem a record não é igreja...Pergunta: E o tal bispo Rodrigues(fundador da igreja e líder político) que aprontou todas em Brasília?R- É veja bem, ele foi excluído da igreja...Pergunta-E esse banco praticando usura?Resposta: É, banco é banco...A universal é uma organização criminosa, todos já deveriam estar prêsos há muito tempo.
Anônimo disse…
Nosso Deus é o Dinheiro

Não surpreende a nota publicada neste blog.
Está em andamento a transformação natural dos templos da IURD em AGÊNCIAS BANCÁRIAS que ainda não operavam legalmente no mercado financeiro e tinham muito trabalho para ensacar as ofertas dos fiéis de forma rudimentar.
A partir da criação das Agências de Jesus, o “irmão” poderá usar os cartões bancários e outros meios eletrônicos para, automaticamente, colocar mais um “tijolinho” na construção da sua morada no paraíso.
A tendência é que as demais seitas religiosas copiem o MODÊLO UNIVERSAL de salvação.
bornato disse…
A matéria não diz se o banco Renner tbm oferece crédito pessoal. Se sim, o Edirzão estaria montando o golpe perfeito. Se o fiel nao tiver dinheiro, ele recomenda o próprio banco que "empresta" a juros altíssimos e no fim das contas recebe como dízimo o dinheiro que emprestou. E, na sequencia, deposita como doação todo o crédito.

É a industria da fé em operação total.
Anônimo disse…
IURD: IGREJA UNIVERSAL DO REINO DO DINHEIRO.
Já estava escrito que no fim dos tempos iriam surgir falsos "profetas" que iriam "defender" o nome de Deus em prol do dinheiro e da ganância.Aí estão eles. O pior cego é aquele que não quer ver.Edir Macedo,o inferno de aguarda. Pilantra.
Anônimo disse…
Diz sim, esse corno montou sim o golpe perfeito , ele empresta e ele recebe tudo com juros bem rapidinho, olha o trecho:

"Nas operações em crédito pessoal, a taxa do Renner foi, naquele período, de 2,86, a 41ª de uma lista de 94 instituições. Mais do que o dobro do 1 ponto percentual cobrado pelo primeiro colocado, o Sofisa."

Posts + acessados hoje

Malafaia faz campanha contra vacina: ‘Não podemos ser cobaias de chinês’

Para não pagar imposto, TJs alegam que máquina de passar roupa é essencial à religião

Negro apanha por suspeita de estar roubando seu próprio carro