Cruvinel propõe abrir programação da TV Brasil a todas religiões

A presidente da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), Tereza Cruvinel, disse que vai propor ao conselho curador da entidade que a TV Brasil se abra a todas as religiões. De acordo com levantamento do IBGE, existem no Brasil centenas de credos.

O conselho se reuniu hoje para discutir o fato de a emissora privilegiar na sua programação apenas duas religiões, a católica e a evangélica.

A proposta da Crunivel difere da do conselheiro Daniel Aarão Reis, que vinha defendendo que a emissora apresentasse um programa sobre as crenças, sem entregar horário a religiosos para que façam proselitismo, como ocorre atualmente.

Cruvinel admitiu que há na entidade e fora dela um debate “muito caloroso”, porque “há quem diga que o Estado é laico e, portanto, as oito emissoras de radio da EBC e a TV Brasil não deveriam apresentar programas com conteúdo religioso.

Na interpretação dela, contudo, a TV Brasil não é do Estado, mas pública, porque pertence à sociedade, que professa diferentes crenças.  Esse argumento é questionável porque as emissoras são financiadas pelo dinheiro que o Estado arrecada via cobrança de impostos.

A presidente da EBC defendeu a criação de uma regulamentação de conteúdo que abranja todos os meios de comunicação. Para representantes do setor, o que o governo pretende, na verdade, é controlar a divulgação de informação, principalmente de emissoras de grande audiência, como a Globo.

A TV Brasil consome perto de R$ 700 milhões por ano. Desse total, R$ 400 milhões vêm do orçamento da União. No Ibope, a audiência da emissora dá traço – o que significa que praticamente ninguém a assiste.

Com informação do Portal Terra.
Procuradoria questiona o ensino religioso nas escolas públicas.
agosto de 2010

Comentários

  1. É TV ou Igreja? Tem que abrir pra NENHUMA! Estado é laico, por*a!

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, eu ri!
    É como abrir uma igreja para todas as religiões. Nunca vai dar certo. Principalmente porque o fanatismo fecha a mente das pessoas. Quem nunca viu, então pesquise por "blog do cadu".

    ResponderExcluir
  3. Carlos Santos - ex evangélico12/09/2010

    O que o PCC - Primeiro Comando Crente faz é propaganda pura, mostrando falsos milagres,falsos demônios através de falsos pastores e verdadeiros assassinos,traficantes de armas e muito luxo,carrões,aviões,charutos, champangne uma vedadeira esbórnia, além dos padres pedófilos cantores vendendo CDs.
    É necessário uma investigação na Record comprada pela quadrilha Universal, com o dinheiro dos otários para divulgar o evangélio,hoje passa sexo,drogas,violência,vampiros, além de trocar propaganda do governo por apoio dos parlamentares eleitos pela gang do Macedão pata do demo.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo2/02/2013

    O Estado é laico, as pessoas, não!! O Estado tbm não deveria fazer propaganda de ateu, como se Deus não existisse, pois não professa o Ateísmo.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo3/12/2013

    Esse Deus do cristianismo não existe, o cristianismo é um fenômeno de ilusão de ótica, toda vez que tem cristão rezando prá Deus, está rezando para o Papa sem saber. O cristianismo é coisa do século passado, está morto, e fedendo através de pastores, bispos, o papa, e o diabo a quatro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nobel 2019 de Física afirma que 'não há lugar para Deus no universo'

Robinho: de jogador promissor a evangélico fanático e a estuprador

Com fechamento de 400 templos em uma década, Igreja da Inglaterra ruma para o fim