Rússia veta meios de comunicação aos charlatões espirituais

Divulgação como esta seria proibida na Rússia
Em seu programa de tv, Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, às vezes pede que os devotos, do outro lado da tela, coloquem  um copo d’água sobre o aparelho de tv para que, com as orações, se obtenha um líquido milagroso. 

Na Rússia, também existe esse tipo de coisa. Os ‘bruxos’ Alan Chumak e Valdimir Kashpirovski, para uma audiência de milhares de pessoas, prometem (ou prometiam) curar cancerosos, entre outros doentes, que estivessem assistindo ao programa.

Mas o parlamento russo acaba de aprovar uma lei que proíbe charlatões espirituais, como religiosos milagrentos do tipo Valdemiro Santiago, curandeiros, videntes, futurólogos e devotos do ocultismo em geral de terem acesso aos meios de comunicação, incluindo a internet, com o objetivo de explorar a população.

Estão incluídos nesta lista os malandros que prometem êxito nos negócios e o retorno de maridos infiéis ou de ex-amantes. (No Brasil, até gente supostamente esclarecida, com curso superior, cai nessa enganação.)

“É ridículo tratar uma dor de dentes esfregando na bochecha um rabo de rato”, disse a deputada Tatiana  Yákovleva, do comitê de Saúde da Assembleia Legislativa.

Para ela, enganar a população com a promessa de curar câncer e Aids – como é comum também no Brasil, observa este blog – “é crime”. A nova lei tem o apoio da IOR (Igreja Ortodoxa Russa).

Tatiana informou que lei foi criada para deter a multiplicação de charlatões que obtêm dinheiro fácil com a exploração da credulidade e da ignorância de parte da população, a mais pobre. 

Ela estima que a Rússia tenha 800 mil curandeiros que movimentam anualmente US$ 2 bilhões. O número de médicos não passa de 620 mil. Pela estimativa oficial feita em 2007, a população do país naquele ano era de 141 milhões de pessoas. Cerca de 20% desse contingente já recorreu aos charlatões uma ou mais vezes.

Ressalta-se que o parlamento russo não deixou de admitir a existência de milagre, respeitando as crenças religiosas, mas decidiu restringir as atividades de quem se aproveita da fé dos crentes ingênuos. 

No Brasil, escudados pela lei de liberdade de religião, os charlatões agem livremente. Aqui, em um único programa de televisão, os milagrentos neopentecostais, por exemplo, curam mais do que Jesus Cristo em toda a Bíblia.

Com informação das agências.

> Charlatões do ocultismo cobram até R$ 3.000 por enganação.

Comentários

  1. a rússia é um país mais sério, já o brasil infelizmente deixa muito a desejar

    ResponderExcluir
  2. não falem do que voces não conhecem, seus imbecís

    ResponderExcluir
  3. vamos a celebre frase do presidente Charles de Gaulle:

    "Le Brésil n'est pas um pays sérieux.."

    ResponderExcluir
  4. A mão da justiça e ética é pesada, né crente das 12:08

    ResponderExcluir
  5. Ignorância...teu nome é religião. Fanatismo...teu nome é ignorância. Um círculo vicioso atrela infindavelmente a pobreza e a superstição, pois na falta de assistência médica, condições nutricionais e sanitárias adequadas, as massas recorrem a estes vendilhões e milagreiros para supostamente curá-las...Na maioria das vezes, micoses, que desaparecem com assepsia, pseudotumores que eram apenas gânglios ou inchaços, sem falar nos ONIPRESENTES E RECORRENTES SINTOMAS psicossomáticos, oriundos de uma falsa moral religosa de fundo na consciência coletiva que atribui os bens e males a causas transcendentes, metafísicas. Deformados pelos pais e gerações anteriores todos deseducados pela catequese diabólica dos curandeiros oficializados, padres e pastores, intérpretes autorizados dos sintomas da culpa internalizada e transformada em doenças...Curam-se instantaneamente como por milagre, ao ouvirem que estão perdoados, que estão salvos, que estão curados...Nada mais lógico , pois é a mente que cria estas pseudodoenças e ela mesma as faz desaparecer.

    ResponderExcluir
  6. Deixem os milagreiros trabalharem gente...pelo menos dão expediente, enquanto os políticos nem comparecem...E o MAIOR MILAGRE desses templos de falsas curas e mentirosíssimos milagres...SABE QUAL É...???é NÃO SAÍREM DE LÁ CONTAMINADOS todos uns pelos outros. huashsauhasushdusahdhsaushsuahs!

    ResponderExcluir
  7. Precisamos urgentemente dar um basta nessa "MAFIA" de religiosos do "pau-ôco". Todos são no mínimo malditos, bandidos, exploradores.
    Pior que estão contaminando e se infiltrando nos poderes constituídos. Nosso povo não merece, ou ,será que merece?) ficar refém dessas quadrilhas.
    Vamos fazer alguma coisa "pelo amor de Deus".
    O bandido do Valdemiro Santiago que tanto critica o carnaval vai fazer seu showzinho no sambódromo do Anhembi, pode?
    Vai levar suas ovelhinhas no pasto de capeta.
    As autoridades tem que endurecer e botar atrás das grades esses picaretas travestidos de religiosos.
    Desse jeito nem um milagre vai salvar esta nação.

    ResponderExcluir
  8. Os promotores tem mêdo, já que dependem dos políticos para manter as mordomias:altos salários para não trabalhar,intocáveis, com licença para matar. Além do que, promotor que se preza gosta é de holofote,glamur,notoriedade isto é que gera convite para palestras, vende os livros que eles escrevem, chovem convites para dar aula e quem sabe, não vira deputado semelhante ao que acabaria com a violência das torcidas, elegeu-se,vende muitos livros, é sócio de universidade um grande exemplo de defesa da sociedade.Se houvesse uma única autoridade séria, todos eles estariam presos:os jatos do Macêdo, o helicóptero do Valdomiro, as vitímas de Sonia e estevão???

    ResponderExcluir
  9. Paulo Lopes, seu Blog é tendencioso, incrível como faz questão em dar ênfase em artigos contra os cristãos evangélicos, quem é você para denominar de charlatão evangélico o Sr. Waldemiro Santiago, já foi lá pessoalmente verificar e averiguar ?
    Procurei em seu perfil, para saber que religião segue ou acredita, como queira, essa informação não encontrei, será por qual motivo você omite ela no seu perfil.
    Quero ver se você é peitudo mesmo, torna público qual fé você professa.
    Grande erro de sua parte, pensar que todo lider evangélico é enganador, exíste homens comprometidos com a palavra de DEUS verdadeiramente.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Há pastores que não são charlatões, como parece ser o caso DESTE.

    ResponderExcluir
  11. Paulo Lopes,Mas você não deixou claro qual é sua religião, diz ai?
    Falar de Ricardo Godim é fácil, tirar partes da pregação dele para satisfazer seu desejo próprio e escrever no Blog também.
    Deveria ouvir a pregações dele, na totalidade quem sabe teria muito mais motivos para escrever.
    Mas vamos ao mais importante, deixa público qual é sua religião, qual seu receio.

    ResponderExcluir
  12. Se esse tal de Valdemiro fosse isso tudo que dizem que é todos os problemas do país já estariam resolvidos.

    ResponderExcluir
  13. Incrivel como o prório Blog, autoriza e facilita a ação de anônimos, quem se presta a esses tipos de coisa, que crédito têm.
    Se sabe o que está falando, tem base para provar seja coerente em postar o nome, qual motivo para se esconder.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Mansur, não creio que uma pessoa deva ser avaliada pela religião que tem ou pela que deixa de ter. Porque, como você deveria saber, existe gente boa e má em tudo quanto é credo ou na falta dele.

    Mas já que você insiste em saber qual é a minha religião -- embora eu não pergunte a religião de nenhum leitor, porque se trata de algo de fórum íntimo --, sou da religião que prega o bem da humanidade.

    Este tipo de religião é o suficiente pra você?

    ResponderExcluir
  15. Entra lá na Rússia Shuerk que eu quero ver kkkkkkkkkkkkkkk......

    ResponderExcluir
  16. Um pequeno erro de digitação no texto. O nome da deputada deve ser Yakovleva (forma feminina de Yakovlev). V e C fivam perto no tevlado... rsrsrs

    ResponderExcluir
  17. Não sei se errei, mas se sim foi por ignorância. Não entendo nada de russo -- tanto que mudei a grafia.

    ResponderExcluir
  18. Defensor de charlatão ou é vitima ou é cumplice.

    ResponderExcluir
  19. As pessoas acreditam no que quiserem: em igrejas, pastores, políticos, médicos, blogs ateístas.

    É assim que funciona a LIBERDADE.

    Querer que o Estado regule a crença das pessoas é algo típico de mentes ditatoriais, seja na Rússia, no Brasil ou na Ateulândia.

    ResponderExcluir
  20. Kjempeflott,gjennomsnittig og eventrylig barn31 de dezembro de 2011 01:03

    O que seria típico lá na terra da Crentolândia?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site