Pular para o conteúdo principal

Universal mandou para o exterior R$ 420 milhões, dizem doleiros

por Mario Cesar Carvalho, da Folha

A Igreja Universal do Reino de Deus é investigada nos EUA sob suspeita de ter praticado os crimes de lavagem de dinheiro e conspiração, similar ao que o Código Penal brasileiro chama de formação de quadrilha.

Dois doleiros brasileiros disseram a promotores americanos ter remetido ilegalmente o equivalente a R$ 420 milhões do Brasil para Nova York, no período entre 1995 e 2001. As remessas eram na razão de R$ 5 milhões por mês, segundo a dupla.

O depoimento dos doleiros foi feito no âmbito de um acordo de delação premiada em Nova York. É uma negociação na qual criminosos tentam reduzir suas penas oferecendo informações que podem ajudar a desvendar novos crimes.

Os investigadores americanos tentam descobrir o que a Universal teria feito com esses recursos nos EUA.

A apuração é feita em caráter sigiloso e tem entre os seus alvos o bispo Edir Macedo e a tesoureira da igreja em Nova York, Regina da Silva.

Silva já foi indiciada pela Promotoria de Nova York noutra investigação sob acusação de ter praticado os crimes de apropriação indébita, falsificação de documentos, falso juramento e fraude.

Ela simulou ter feito assembleias em duas igrejas da Universal (Brooklyn e Queens) para levantar empréstimo de US$ 22 milhões.

A investigação americana sobre a igreja é um subproduto da maior operação já feita pela PF contra doleiros, realizada em 2004. Chamada de Farol da Colina (referência à empresa americana que abrigava a conta dos doleiros, a Beacon Hill), ela resultou na prisão de 62 doleiros.

Numa casa de câmbio em São Paulo, a Diskline, a PF achou um CD com arquivos de computador que fazia referência a uma suposta funcionária da Universal, batizada de "Ildinha/Fé".

Ilda, segundo investigação do Ministério Público Federal, "era encarregada de levar as malas de dinheiro para a empresa Diskline".

A casa de câmbio Diskline era a fachada de dois dos maiores doleiros do país, segundo a PF: Marcelo Birmarcker e Cristina Marini Rodrigues. São eles que fizeram o acordo de delação em Nova York e contaram ter remetido perto de R$ 420 milhões para os EUA a mando da igreja.

Bimarcker e Marini Rodrigues operaram três contas no Merchants Bank de Nova York, nas quais teria passado dinheiro sem origem da Universal. Eram contas abertas em nome de empresas criadas em paraísos fiscais: a Milano Finance Inc., Pelican Holding Group e Florida Financial Group.

As três contas movimentaram US$ 851 milhões apenas em quatro anos, entre 1998 e 2002, segundo perícia feita pela PF. Quando a polícia deflagrou a Farol da Colina, uma corte de New Jersey determinou que o saldo das três contas fosse congelado. À época, em 2004, os doleiros tinham US$ 1,32 milhão.

A Promotoria de Nova York começou a investigar as supostas remessas da Universal por uma razão simples: dinheiro sem origem da igreja teria passado por um banco que opera naquela cidade, o Merchants.

Pode parecer uma motivação fraca para uma investigação dessa envergadura, mas foi por essa razão que o deputado Paulo Maluf (PP-SP) virou réu numa ação em Nova York e teve sua prisão internacional decretada.

Tesoureira da Universal é acusada de tentativa de golpe nos EUA.
julho de 2010

Negócios de Edir Macedo na mira da Justiça.

Comentários

rayssa gon disse…
delação premiada.

essa expressão (alem, claro, de toda a noticia), fez meu dia XD.
Anônimo disse…
O CRENTE adora ser enganado........por mais clara que seja a ideia que eles estão sendo ROUBADOS por uma corja de bandidos eles continuam indo e frequentando as seitas crentes....e acreditando PIAMENTE na ´´GIBIBLIA´´ e nos seus pastores picaretas...
Mas pra desarmar pastor picareta é só pedir pra ele fazer suas ´´CURAS ESPIRITUAIS´´ na porta de um PRONTO SOCORRO LOTADO brasil afora........???

NÃO APARECE PASTOR nenhum...eles só curam na televisão...
Anônimo disse…
Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.
Anônimo disse…
- Vamos montar um pu***ro?
Tô precisando de dinheiro
- Pu****o dá trabalho
É exigente pra ca***ho
...
- Que tal virar bandido
E ser da puta o preferido?
- Pra bandido falta pouco
Mas se preso fico louco
...
- Igreja é a solução
Podemos meter a mão
- O capital é quase zero
E é só ficar no lero-lero
satanás disse…
olá! estive conversando com o todo-poderoso e ele está indignado com esses picaretas da fé! ele manda avisar que se eles não pararem com essa bandalheira com o nome dele, ele vai descer e acertar as contas pessoalmente! tá avisado! um abraço caloros a todos!
Anônimo disse…
TO BESTA NÃO SEI COMO ESSA IGREJA AINDA QUE SE DIZ
IGREJA ESTEJA LOTADA ESTA LOTADA DE POBRES INFELIZES QUE DEPOSITAM TUDO O QUE POSSUEM ALI E
NEM SE DÃO CONTA QUE ESTÃO FICANDO CADA VEZ MAIS
POBRE E SÓ QUE HERRIQUECE SÃO ELES E NÃO PERCEBEM QUE ESTÃO DANDO DINHEIRO PRA BANDIDOS QUE NÃO AJUDAM NINGUEM É IGUAL QUANDO VOTAMOS NO BRASIL
ACREDITANDO QUE NÃO VAMOS MAIS PASSAR FOME E NEM SOFRER NESCESSIDADES NÓS NOS ENGANAMOS E NOS DEIXAMOS ENGANAR
Anônimo disse…
O CRENTE adora ser enganado........por mais clara que seja a ideia que eles estão sendo ROUBADOS por uma corja de bandidos, eles continuam indo e frequentando as seitas crentes....e acreditando PIAMENTE nos seus pastores picaretas.


..
Mas pra desmascarar pastor picareta, é só pedir pra eles fazerem suas ´´CURAS ESPIRITUAIS´´ na porta de um PRONTO SOCORRO LOTADO neste brasil afora..!!!!!

NÃO APARECE PASTOR nenhum......eles só curam nas suas igrejas,e televisão.......
REGINA SMITH disse…
qQuando que o povo vai acordar, qualquer um pode falar que e Cristan mais pertencer ao reino de Deus, nao, Edi e o pedagio do Diabo.Reino do Inferno.
REGINA SMITH disse…
MEu filho cuidao aqui no Estados Unidos sua casa vai cair , aqui nao e Brazil que engana qualquer um .......
Cre(n)tinices disse…
regina smith, deixe de ser analfabeta, se for para postar algum comentário imcompreensível não perca seu tempo. Postou 2 vezes sem conteúdo algum, depois quando te chamam de crentinos vcs reclamam. Até muitos teístas americanos reconhecem o quão absurda a situação eestá se tornando devido à próprio crença, sem contar que os Estados Unidos são um ótimo exemplo de como NÃO ser.

Esses crentinos são tão retardados que além de darem bilhões à igreja anualmente, ainda sim tem a cara de pau de dizer que rezar vai resolver problemas? Ah, voltem para o hospício, seus perturbados!
JIZUIS SALVA FALA CUM ELI disse…
Diário de um crente:

EU ÇOU UN CRENTI, PUR IÇU ÇOU UM RETARDADU QUI NUM SABI ISCREVE DEREITO E ISCREVU TUDU IM LETRA GRANDI PRA MOSTRÁ QUI ÇOU UM JUMENTU QUI NAUM SABI DE NADA E TOU PUTO PUQE PROVARU PRA EU QUE MIM SOU UM IDIOTA E SÓ FALU BESTEIRA E QUI RELIGIAUM É COISA DI ZE RUELA COMU EU E QUI ELIS NÃO GOSTA DO PASTOR LÁ DO CULTO QUI É O MEU ÍDOLO I PRA QUEM EU DÔ TODU U MEU SALÁRIO PQ JESUS VAI ME DÁ DINHERU SE EU FICA NA POBREZA E DÁ TUDO QUE EU TENHO PRO PASTOR TROCA DE CARRO DUAS VEIZ PUR ANO E FICA RINO DA MINHA CARA DAI EU VO E XINGO OS ATEU PUQE ELES SAUM DO CAPETA...

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Escola Estadual Igreja Evangélica muda de nome e deixa de afrontar o Estado laico

Evangélico, chefão do tráfico no Rio manda fechar igrejas católicas

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real

Marco Aurélio lembrou  que somente no  império  a religião era obrigatória  O ministro Marco Aurélio (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que não consegue conceber “que nas notas de moedas do real nós tenhamos ‘Deus seja louvado’”, porque isso fere a laicidade do Estado. Em uma entrevista ao UOL, lembrou que na argumentação de seu voto favorável à descriminalização do aborto de fetos anencéfalos, em abril, ressaltou que o Brasil não está mais no império, “quando a religião católica era obrigatória e o imperador era obrigado a observá-la”. “ Como outro exemplo de incompatibilidade com o Estado laico ele citou o crucifixo do plenário do STF. “Devíamos ter só o brasão da República.” Aurélio elogiou a decisão do Tribunal de Justiça gaúcho pela retirada do crucifixo de todas as suas dependências, o que demonstra, segundo ele, que o Rio Grande do Sul é um Estado que “está sempre à frente em questões políticas”. Celso de Mello, outro ministro do Supremo, já

Estudante expulsa acusa escola adventista de homofobia

Arianne disse ter pedido outra com chance, mas a escola negou com atualização Arianne Pacheco Rodrigues (foto), 19, está acusando o Instituto Adventista Brasil Central — uma escola interna em Planalmira (GO) — de tê-la expulsada em novembro de 2010 por motivo homofóbico. Marilda Pacheco, a mãe da estudante, está processando a escola com o pedido de indenização de R$ 50 mil por danos morais. A primeira audiência na Justiça ocorreu na semana passada. A jovem contou que a punição foi decidida por uma comissão disciplinar que analisou a troca de cartas entre ela e outra garota, sua namorada na época. Na ata da reunião da comissão consta que a causa da expulsão das duas alunas foi “postura homossexual reincidente”. O pastor  Weslei Zukowski (na foto abaixo), diretor da escola, negou ter havido homofobia e disse que a expulsão ocorreu em consequência de “intimidade sexual” (contato físico), o que, disse, é expressamente proibido pelo regulamento do estabelecimento. Consel

Arcebispo afirma que vida dos descrentes não tem sentido

Para Battisti, o sentido da vida está no sobrenatural  O arcebispo Anuar Battisti (foto), 59, de Maringá (PR), escreveu um artigo onde aborda um tema recorrente por parte de religiosos, o de que não há sentido na vida dos descrentes em Deus. “Este ambiente de descrença, misturado com ateísmo, leva a pessoa a viver no deserto da vida sem gosto, sem rumo, vagando em busca de um sentido”, escreveu dom Battisti no artigo publicado no Diário.com. “A ausência de Deus cria na alma humana um vazio de sentidos que leva ao desespero, à negação de tudo o que diz respeito ao sobrenatural”, acrescentou. A americana Paula Kirby, consultora de organizações seculares, escreveu recentemente no Washington Post que quem precisa de Deus para que a sua vida tenha um significado é porque a sua família e amigos, em tese, não têm nenhum valor. O que, obviamente, é um absurdo. Ninguém precisa de Deus, por exemplo, para amar seus filhos. Kirby argumentou que é o cristianismo que tenta tirar todo

Intel deixa de ajudar escoteiros que discriminam gays e ateus

Milagrento Valdemiro Santiago radicaliza na exploração da fé

Médico acusado de abuso passa seu primeiro aniversário na prisão

Roger Abdelmassih (reprodução acima), médico acusado de violentar pelo menos 56 pacientes, completou hoje (3) 66 anos de idade na cela 101 do pavilhão 2 da Penitenciária de Tremembé (SP). Foi o seu primeiro aniversário no cárcere. Filho de libaneses, ele nasceu em 1943 em São João da Boa Vista, cidade paulista hoje com 84 mil habitantes que fica a 223 km da capital. Até ser preso preventivamente no dia 17 de agosto, o especialista em reprodução humana assistida tinha prestígio entre os ricos e famosos, como Roberto Carlos, Hebe Camargo, Pelé e Gugu, que compareciam a eventos promovidos por ele. Neste sábado, a companhia de Abdelmassih não é tão rica nem famosa e, agora como o próprio médico, não passaria em um teste de popularidade. Ele convive em sua cela com um acusado de tráfico de drogas, um ex-delegado, um ex-agente da Polícia Federal e um ex-investigador da Polícia Civil. Em 15 metros quadrados, os quatros dispõem de três beliches, um vaso sanitário, uma pia, um ch

PSC radicaliza ao dar apoio a Feliciano, afirma Wyllys

por Ivan Richard da Agência Brasil Deputado disse que resposta também será a radicalização O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), na foto, criticou a decisão do PSC de manter o pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorais da Câmara. Para Wyllys, o acirramento dos ânimos por parte do PSC pode provocar ainda mais confusão nas sessões da comissão. Feliciano é acusado por de ter feito afirmações homofóbicas, como a de que a "Aids é câncer gay", e racistas. “Não falo em nome do movimento [LGBT], mas, se um lado radicaliza, o outro tende a radicalizar. Se o PSC radicaliza e não ouve a voz dos movimentos socais, das redes sociais, o pedido para que esse homem saia da presidência, se a tendência é radicalizar e não dar ouvidos, é lógico que o movimento radicalize do outro. Isso não é bom para a Câmara, para o Legislativo, para o PSC, nem para o país”, disse Wyllys. Wyllys afirmou que as lideranças do PSC estão “confundindo” as criticas ao