Dr. Roger perde bens antes de possíveis indenizações

O bloqueio do patrimônio e das contas bancárias do médico Roger Abdelmassih, 66, e de seu filho Vicente determinado pela Justiça no começo deste mês, para garantir o pagamento de possíveis indenizações, pode ter vindo tarde.

Reportagem do Fantástico deste domingo (20) mostrou que a dilapidação dos bens do médico acelerou-se após ele ter sido preso preventivamente em agosto sob a acusação de abuso sexual de pacientes.

O programa da Globo apurou no cartório de Avaré (SP) que foram vendidas duas propriedades de uma empresa de agropecuária da qual Abdelmassih e sócio e que outras 14 foram repassadas a bancos para pagamento de empréstimos na ordem de R$ 18 milhões.

Fazenda abandonada. A maior fazenda que é (ou era) de Abdelmassih tem o tamanho equivalente a 900 campos de futebol. Os 600 mil pés de laranja ali plantados (foto) estão  abandonados há oito meses.

Pela reportagem, sobram poucas coisas do patrimônio do médico, entre as quais uma propriedade avaliada em R$ 500 mil, nove tratores e três carros importados de luxo. 

Como as contas bancárias de Abdelmassih e as de seu filho estão indisponíveis, os valores apresentados pelo Fantástico podem estar subestimados, na avaliação de advogados de ex-pacientes que acusam o médico de estupro.

Além disso, como existiam pacientes que pagavam com dólares, não está descartada a possibilidade de o médico ter contas no exterior.

Alguns especialistas estimam que, no caso de condenação, o médico terá de pagar indenizações no total de R$ 20 milhões, no mínimo.

Além das 56 pacientes que constam em ação em tramitação, outras 14 mulheres, até agora, acusam o médico de irregularidades pela lei da Defesa do Consumidor. 

Procurados pelos jornalistas, os advogados do médico não quiseram se manifestar.

Preso no dia 17 de agosto, Abdelmassih foi transferido recentemente da Penitenciária de Tremembé (SP) para a cadeia do 40º DP (Distrito Policial), na zona norte de  São Paulo, de modo que possa acompanhar no fórum os depoimentos das testemunhas de acusação e as de defesa.

Com Abdelmassih, a cadeia tem dez detentos com curso superior. Há cinco celas e em cada uma delas tem duas camas de concreto, chuveiro e vaso sanitário.

A festa de Natal na cadeia será nesta segunda (21). Os detentos vão receber parentes, que poderão levar  comida e presentes.

Nos dias 24 e 25, o cardápio será o de sempre: arroz, feijão, carne, salada e sobremesa.

> Caso Roger Abdelmassih.

Comentários

Anônimo disse…
Espero mesmo que localizem todos esses bens,inclusive os recentemente passados a parente e para "laranjas" e as muitas contas destes no exterior.Para esse tipo de criatura somente o lado financeiro faz diferença!
Anônimo disse…
É... parece que está ficando cada vez mais claro com que tipo de gente nós vítimas estamos lidando...
Anônimo disse…
Atenção defensores do EX-MÉDICO:
A festa de Natal dos presos será hoje... corram e levem seus presentinhos ao Roger, ainda dá tempo!!! Não esqueçam de levar tbem um joguinho de dominó ou cartas, pelo visto ele vai ficar um tempinho vendo o sol nascer quadrado!!!!
Anônimo disse…
Caro Paulo, gostaria de saber o porque o senhor não aceitou o Post que escrevi hoje!?
O que tem de ruim?!A verdade doi né?
Aqui so tem espaço para quem ataca, e para quem difama, a verdade dos fatos o senhor não posta né!?
Anônimo disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, ele perdeu bens?

____Ahh sim, foi o "banco" que tomou...esqueci, que ele era um empresário mal sucedido... e que vinha muito mal financeiramente______

Ele se intitulava o REI da laranja, e esse negócio conheço de perto, meus familiares não se intitulam REIS da laranja, mesmo assim garanto que não devem em bancos, são ricos e limpos...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk, tadinho, foram emprestimos não pagos?

Jesus me abane!!!! Onde estou morando? Não sei mais, porque não BRASIL não é.

Quem acredita que o banco tome propriedades de R$ 18.000.000,00, assim da noite para o dia???
não uma, mas várias proprieddes ao mesmo tempo????

Vamos exigir q elas (as fazendas, as propriedades)apareçam nos leilões desse tal banco...

Aqui não funciona assim, e ele estaria devendo essa quantia "" a morde de quê??? ""

Crianças que tem indenização a receber, aconselho todas pedirem ajuda ao MP para apaurar essas dívidas.

A primeira coisa seria pedir quebra de sigilo bancário, assim poderá ser apurado de onde e de quando vem essas dividas...(se é q elas existam de verdade)
Anônimo disse…
E as contas no exterior?Tem que investigar se foram transferidas para parentes,amigos e tal....
Muito estranha essa história.
Certamente ele tem ainda muito dinheiro,falta saber onde que ele escondeu!!!
Acho que tem que procurar saber todas as movimentações financeiras dele(sigilo bancário,etc...)nos últimos cinco anos,pelo menos...
Eu soube de fonte segura que ele estava nos últimos meses tentando vender suas propriedades...
Elefantas,não deixem ele se safar!!!!Ele tem que pagar,e não somente com a privação da liberdade!!!
Elefanta felizzzzz! disse…
Rei da laranja ou rei dos laranjas? hahahaha!

Mal de grana, conta outra!
Dinheiro confiscado pelos bancos, hahahaha!

É só ter uma boa investigação, quando se quer a justiça sabe de tudo.
Tome lá Polícia Federal!

Feliz Natal, roginho, que haja para você muitos e muito natais como esse ou piores, após o julgamento acaba essa mamata de cela para curso superior, vai ter que fazer muita vassoura para abater na pena!


Olha, quarda lugar no presídio para os outros médicos safados da clínica que faziam manipulação genética!!!

Ih, ainda vai rolar muita podridão vinda da clínica dos demônios!
Anônimo disse…
Tenho rezado todas as noites para que no julgamento do Dr. Roger seja colocado na balança também todo o bem que o Dr. Roger fez nesta vida. Se não der no julgamento da justiça brasileira, pelo menos no julgamento de Deus.
Anônimo disse…
Pois é... Vocês foram com muita sede ao pote... secou!!
Anônimo disse…
Pois é...como EU disse ontem no Fantástico o mal que ele nos fez nenhum dinheiro do mundo paga, nem em laranjinhas, coisa que os defensores devem se esquecer é que quem procurava o ex-médico é gente COM dinheiro e NÃO é dinheiro que nos move. Queremos que ele apodreça da cadeia, se é que é possível ser mais podre. Mas mais pobre é, kkkkkkkkkkkkkkkk!
Anônimo disse…
21/12/09 22:25 - Que bem? bem hoje em dia vindo dali tem que vir certificado, será que são poucos os exemplos?

No Fantástico foi apresentado um casal de gêmeos com pai desconhecido. Imagina o que é isso para uma família, sei de mais, mas deizxa a mídia se encarregar disso.
REVOLTADO COM O CREMESP disse…
Roger, meu filho, seus amigos defensores já te contaram o que fazem com ESTUPRADORES nos presídios?

Vai com fé, meu amigo, reza muito, pois lá eles entendem mais de fertilização do que você.
Anônimo disse…
Gostaria de saber como é que o pobre Roginho vai pagar a pequena bagatela de 5 milhões de reais ,dos honorários de seus advogados?Conta outra porque atrás desse angú tem caroço...
Priscila disse…
Fiquei indignada com a declaração dada na reportagem do fantático pelo casal que está processando a clínica por não ter tido um filho "normal" e sim com uma síndrome. Se esse casal tivesse um filho sem necessitar da fertilização e o mesmo viesse com essa síndrome, quem será que eles iriam processar, Deus?
Eles foram muito infelizes na declaração. Eles querem filhos mas que seja "normal" se não meto processo.
Isso é absurdo. Gostaria que esse casal amasse mais seu filho, existe uma razão para ele ter vindo ao mundo e Deus sabe o que faz. Talvés seja hora de perceber que gerar um filho é muito maior e está muito além da barreira de uma síndrome.
Faço tratamento há algum tempo e quando conseguir engravidar quero amá-lo e protegê-lo de qualquer forma, venha com saúde ou menos saúde, com síndrome ou sem síndrome, quero ser mãe, incondicionalmente.
Solidário disse…
Priscila: o casal recorreu à medicina justamente para não ter um filho com a síndrome, e o médico garantiu um filho normal. Garantia que não cumpriu, embora afirmasse que era o melhor no Brasil em sua especialização.

Ainda assim -- atende para isso, Priscila -- os pais dedicaram todo o amor ao bebê. Até que ele morresse, depois de dias dramáticos em uma UTI, para o sofrimento dos pais, e a mãe até hoje lamenta a perda do "filho querido".

Portanto, Priscila, por esta mal informada, você foi injusta.
Anônimo disse…
A QUERIDA PRISCILA DE 22/12/09 DAS 11:15

PRISCILA, AQUI QUEM FALA É O PAI DAQUELA MARAVILHOSA CRIANÇA QUE FICOU APENAS 86 DIAS CONOSCO. PEDIMOS MUITO A DEUS PARA QUE ELA FICASSE POR TODA A VIDA.

NÓS PAGAMOS R$ 6.000,00 PARA QUE FIZESSE O TESTE EM MIM E NA MINHA ESPOSA, E DEPOIS NO EMBRIÃO... NÃO QUE NÓS QUISÉSSEMOS APENAS PESSOAS NORMAIS, PORQUE ALTISMO, ESQUIZOFRENIA, E TANTAS OUTRAS DOENÇAS NÃO PODEM SER DIAGNOSTICADAS...

NO ENTANTO, NO CASO DO NOSSO FILHO, ELE SOFREU O QUE NÃO PRECISAVA SOFRER... VOU ESCREVER ABAIXO TUDO QUE ELE PASSOU... DEPOIS VOCÊ ESCREVA O QUE VOCÊ ACHA QUE NÓS FOMOS PARA O NOSSO INESQUECÍVEL , ADORÁVEL, LUTADOR, EXEMPLO FILHÃO

VOCÊ JÁ SOFREU OU VIU O SEUS FILHOS SOFREREM O QUE POSTO ABAIXO... SERÁ QUE ERA PRECISO... VOCÊ SABIA QUE A ÚNICA FORMA DE SE GARANTIR NÃO SE TER SÍNDROME DE EDWARDS, QUE É UMA TRISSOMIA DO CROMOSSOMO 18, É ATRAVÉS DA FERTILIZAÇÃO IN VITRO? VOCÊ SABIA QUE AS 50% DAS CRIANÇAS QUE SÃO FORMADAS COM ESTA SÍNDROME NÃO NASCEM, E 98% NÃO CHEGAM AO 1º ANO DE VIDA???

SE NÃO VEJAMOS...

O diagnóstico de Síndrome de Edwards foi confirmado por análise genética de cariótipo com associação de anomalia anorretal (imperfuração anal) necessitando de atendimento cirúrgico urgencial.
No dia 09 de junho de 2009, no primeiro dia de vida foram realizados os seguintes procedimentos cirúrgicos:
1. Colostomia identificada na tabela AMB/90 sob o código: 43.03.008-4. Indicação: Obstrução intestinal congênita causada pela anomalia anorretal.
2. Gastrostomia identificada na tabela AMB/90 sob o código: 43.02.006-2. Indicação: Oferecer via alimentar para o recém-nascido em seu tratamento complementar.

Durante o seu pós-operatório, necessitou de outros procedimentos invasivos, ora realizados pela equipe de enfermagem (catéteres profundos de inserção periférica pelo menos em duas oportunidades), ora realizados pela equipe cirúrgica (dissecção venosa profunda identificada na tabela AMB/90 sob o código 53.02.002-2 em região cervical lateral à direita em 30 de julho de 2009). Esses procedimentos com objetivo de oferecer a via de administração de medicações e nutrição parenteral total, da qual ficou dependente de forma exclusiva durante a maior parte da internação.
A criança também abriu um quadro clínico de volumosa hérnia inguino-escrotal à direita que teve conduta cirúrgica conservadora e expectante em razão do estado geral e instabilidade hemodinâmica resultantes de sua anomalia cardíaca (comunicação interventricular ampla, CIV amplo) parte integrante da síndrome citada em parágrafo inicial.
Precisou de suporte cirúrgico para manutenção da gastrostomia a partir do mês de julho, quando a região de inserção da sonda na pele começou a apresentar vazamento durante a administração de dieta. Nesse caso, optou-se por cerclagem do orifício de inserção da sonda com aproximação da mucosa gástrica na tentativa de conter o extravasamento de dieta. Tivemos pouco êxito e preferimos condutas sem muita agressividade cirúrgica intercalando a partir daí o uso de sondas nasoenterais para continuidade da alimentação.
Todas essas condutas cirúrgicas não seriam suficientes para completar o tratamento da criança que necessitaria de abordagens corretivas posteriores. Citaremos abaixo a maioria delas.
1. Correção do defeito cardíaco. Não realizado anteriormente por conduta médica devido aos riscos e porque houve compensação farmacológica da repercussão hemodinâmica.
2. Fechamento da gastrostomia. Após instalação definitiva da capacidade de deglutição com coordenação perfeita de movimentos.
3. Herniorrafia inguinal direita com exploração contralateral. Após recuperação segura de seu estado geral oferecendo segurança anestésico-cirúrgica.
4. Anorretoplastia sagital posterior (Cirurgia de Penã). Tratamento definitivo da anomalia anorretal por abordagem interglútea.
Anônimo disse…
CONTINUANDO COM A PRISCILA DE 22/12/09 DAS 11:15

5. Fechamento da colostomia. Após o período de adaptação e sessões de dilatação anal pós anorretoplastia sagital posterior (período não inferior a 8 semanas contínuas).
6. Correção de alterações genitais de bolsa escrotal e implantação do pênis. Alterações menores em relação à complexidade, porém indicadas para a criança.
7. Correção ortopédica para “pé torto congênito”. Indicada para evitar seqüelas definitivas estruturais.
“”””Estes procedimentos indicados acima em tempo futuro não puderam ser realizados por complicações que infelizmente culminaram com o óbito atestado da criança em 02 de Setembro de 2009.””””
Assina este relatório, cirurgião pediátrico responsável pelo atendimento da criança enquanto internada na UTI neonatal

ALÉM DISSO MEU FILHO PRECISOU NOS 86 DIAS DE 25 TRANFUSÕES DE PLAQUETAS E MAIS DE 30 TRANSFUSÕES DE SANGUE, NUNCA PASSOU DE 1,400 GRAMAS, PRECISOU PARAR DE COMER PELA COLOSTOMIA 40 DIAS, NUNCA SAIU DO RESPIRADOR, SÓ CHOROU TRÊS CHORINHOS QUANDO NASCEU, TEVE VÁRIAS INFECÇÕES SEJA A ENCOCARDITE, NOS CATÉRES, NO TUBO DE OXIGENIO, FUNGOS ESPALHADO POR DENTRO DELE... OUTRA COISA, NÃO TINHA CORPO CALOSO, VOCÊ SABE O QUE É ISSO??? PROCURE SABER....

EU SÓ PEGUEI ELE NO COLO NO DIA DOS PAIS, E MINHA ESPOSA, MINHA QUERIDA ESPOSA, SÓ O PEGOU NO COLO QUANDO FOMOS BUSCA-LO JÁ MORTO, NO NICROTÉRIO DO HOSPITAL, E NOS ENTREGARAM ELE, LINDO COMO SEMPRE, ENRROLADO, DE FRALDINHA, COM AS MÃOZINHAS AMARRADAS, COM TODOS OS FERIMENTOS COSTURADOS, GELADO POR QUE FOI RETIRADO DE UMA GELADEIRA PARA RECÉM NASCIDOS... SE VOCÊ QUISER EU MANDO UMA FOTO PARA VOCE COLOCAR NO SEU ALBUM, JUNTO COM A DOS TEUS FILHOS

É PRISCILA, NÃO JULGUE PARA NÃO SER JULGADA... ACREDITO “PIAMENTE” QUE VOCÊ IRIA SER UMA MELHOR MÃE E PAI PARA ALGUM FILHINHO COMO O NOSSO...

NÃO PEGA PESADO NÃO... O MUNDO DÁ VOLTAS... NÃO SEI A SUA IDADE, MAS NÃO PARECE SER UMA PESSOA VIVIDA NOS SOFRIMENTOS DA VIDA... PORQUE SÓ QUEM JÁ SOFREU PODE ENTENDER E A AVALIAR ALGUÉM QUE JÁ SOFREU...

ATENCIOSAMENTE,

UM PAI INCONSOLÁVEL...
Anônimo disse…
é um absurdo esse blog, as pessoas falam o que querem.
E nem sabem o que estão falando.
Essa tal de Nelma vai ter que provar, porque no fantástico mostro que ela assinou o termo, mais ela disse que nem leu.
Agora quem tá errada é ela de não ler um termo. ERRADA É ELA não o doutor. Ou todos aqui assinam tudo que vem pela frente sem ler depois culpam os outros?!!?!?!? Me polpe. A prova tá clara, e a justiça esta com tudo isso.
Anônimo disse…
Priscila, ao contrário de vc o que causou a indignação nacional foi o Roger forjar toda sua perda patrimonial, a justiça demorar 4 meses para bloquear seus bens, ele ter milhões para pagar seus advogados e não pagar a indenização para as mulheres que ele estuprou!

Seu comentário foi injusto e infeliz, perdeu a oportunidade de ficar calada.
Tomara que seu filho seja bem saudável e você nunca saiba o que é ENTERRAR bebe de 3 meses. Cansei, kk.
Anônimo disse…
O problema de um filho ou não nascer com sindrome não é culpa do doutor.
A pessoa deveria ter feito um exame expecifico genetico, mais não tem nada a ver com a FIV, OU ICSI.Vi no Fantastico que o casal assinou o termo de conscientimento, e disseram que não leram com atenção. Desculpe isso não é correto. Querem culpar da dor uma pessoa que não tem culpa nenhuma. Mas é facil, agora tudo é o doutor né. Já citado aqui que ele matou medico, ex funcionario.
Hahahahah. O mundo vai acabar por conta do Doutor Roger.
Por isso que aqui não tem credibilidade alguma.
Anônimo disse…
Ao Solidário:


o casal do fantástico não se dirigiu à clínica para ter filho normal, apenas e tão somente PARA TER FILHOS, JÁ QUE A MULHER É DE MAIS IDADE. São os riscos inerentes a uma gestação, mormente de mulheres bem mais velhas. Portanto, nem papai noel acreditaria e promessa de filho saudável. Informe-se melhor.
Anônimo disse…
Ao pai da criança:



sou funcionário da clínica e vcs já haviam detectado a síndrome no pré natal e sabiam que a criança não sobreviveria não importa o que fizessem, e foram alertados pela clinica. Entendo e lastimo a dor de vocês. O que não entendo é que voces queiram culpar o médico.
Anônimo disse…
Nossa, fico tensa, triste, pesarosa ao ler tudo o que foi escrito acima pelo pai da pobre criança. Entendo a DOR, entendo a REVOLTA e me solidarizo com o casal. Perdi também dois meninos em uma primeira gravidez e na minha gravidez bem-sucedida passei por vários sofrimentos durante a estada de meus filhos na UTI. Chegaram a me dizer que um deles não sobreviveria. É horrível... Mas nunca passou pela minha cabeça culpar a clínica por todos esses sofrimentos. Também fiz tratamento com idade além da recomendada e sabia muito bem dos riscos que corria.
Anônimo disse…
O casal sabia eles assinaram o termo.
Mas so que falaram no Fantastico que não leram por intusiasmo. Fazer o que!? A culpa é do doutor??
Anônimo disse…
bi God!

na concepção da tropa de defesa, com despojamento e divina concessão, o “xonado roger” aplicava o seu sujo bigode na face das pacientes sedadas para “FAZER O BEM” ao despertá-las carinhosamente dos tenebrosos procedimentos de fertilização na sua clínica macabra.

Jones
Anônimo disse…
O Elefante

Fabrico um elefante
de meus poucos recursos.
Um tanto de madeira
tirado a velhos móveis
talvez lhe dê apoio.
E o encho de algodão,
de paina, de doçura.
A cola vai fixar
suas orelhas pensas.
A tromba se enovela,
é a parte mais feliz
de sua arquitetura.
Mas há também as presas,
dessa matéria pura
que não sei figurar.
Tão alva essa riqueza
a espojar-se nos circos
sem perda ou corrupção.
E há por fim os olhos,
onde se deposita
a parte do elefante
mais fluida e permanente,
alheia a toda fraude.
Eis o meu pobre elefante
pronto para sair
à procura de amigos
num mundo enfastiado
que já não crê em bichos
e duvida das coisas.
Ei-lo, massa imponente
e frágil, que se abana
e move lentamente
a pele costurada
onde há flores de pano
e nuvens, alusões
a um mundo mais poético
onde o amor reagrupa
as formas naturais.
Vai o meu elefante
pela rua povoada,
mas não o querem ver
nem mesmo para rir
da cauda que ameaça
deixá-lo ir sozinho.
É todo graça, embora
as pernas não ajudem
e seu ventre balofo
se arrisque a desabar
ao mais leve empurrão.
Mostra com elegância
sua mínima vida,
e não há cidade
alma que se disponha
a recolher em si
desse corpo sensível
a fugitiva imagem,
o passo desastrado
mas faminto e tocante.
Mas faminto de seres
e situações patéticas,
de encontros ao luar
no mais profundo oceano,
sob a raiz das árvores
ou no seio das conchas,
de luzes que não cegam
e brilham através
dos troncos mais espessos.
Esse passo que vai
sem esmagar as plantas
no campo de batalha,
à procura de sítios,
segredos, episódios
não contados em livro,
de que apenas o vento,
as folhas, a formiga
reconhecem o talhe,
mas que os homens ignoram,
pois só ousam mostrar-se
sob a paz das cortinas
à pálpebra cerrada.
E já tarde da noite
volta meu elefante,
mas volta fatigado,
as patas vacilantes
se desmancham no pó.
Ele não encontrou
o de que carecia,
o de que carecemos,
eu e meu elefante,
em que amo disfarçar-me.
Exausto de pesquisa,
caiu-lhe o vasto engenho
como simples papel.
A cola se dissolve
e todo o seu conteúdo
de perdão, de carícia,
de pluma, de algodão,
jorra sobre o tapete,
qual muito desmontado.
Amanhã recomeço.

Carlos Drummond de Andrade
(Em A Rosa do Povo)

Jones
(*)- bi God!, no post anterior, é intencional, pela fonética da frase. by god = por deus, é a locução correta
priscila disse…
Ao pai da criança falecida:
Sinto muito pela sua dor e de sua esposa e não consigo imaginar tamanho sofrimento tanto da criança qto de vcs, ainda assim, não vejo motivos para um processo. Fatalidades acontecem o tempo todo e não estamos preparados para perder alguém que amamos tanto, só precisamos entender que a frustração é muito perigosa. Não estou pegando pesado, como o senhor citou acima, somente lamento sua infeliz declaração. Vou dar um exemplo:
Por causa do Natal tenho ido muito ao shopping e só o que ouço( em Salvador) são as pessoas indignadas com sua declaração.Ouví da gerente do banco:
- ... que pessoas são aquelas....(essa moça fez FIV aqui em salvador)
um lojista
- nossa, se a criança não tivesse morrido eles iriam querer devolver, tô abismado...
... Minha secretária
- Meu sobrinho tem síndrome de dawn, ele é o maior presente lá de casa.
Não sou só eu que discordo de vcs, citei algumas que tbém discordam.
Muito pior foi ler todo o sofrimento que seu "FILHO" passou. Paguei pelo mesmo tratamento e não preciso que ninguém me garanta nada, os percentuais são bem claros, está lá, no papel, pra quem quiser ler e mesmo que fosse 1% a chance de dar errado eu escolhí fazê-lo, quando vc pagou, qdo escolheu o médico vc fez por livre e espontânea vontade, ciente de todos os riscos.
As pessoas não tem que pagar pela nossa frustração.
Peço desculpas sinceras se lhe ofendí mas não penso igual a vcs e tenho direito de expor meus pensamentos. Eu não perdí uma grande chance de ficar quita. Algumas pessoas nesse blog precisam entender quando alguém diverge de vcs.
PS: Não precisa "gritar" ao escrever seu texto, sou civilizada e consigo entender qdo as pessoas divergem sobre um assunto.
Anônimo disse…
Procurem investigar BENS FORA DO BRASIL vitimas

podem estar em nome dele ou dos filhos , País

FRANÇA E ITALIA FIQUEM ESPERTAS ....
Priscila disse…
Aos que acham que estou na defesa Dr. Roger:
Gostaria de deixar bem claro que não estou defendendo ninguém, estou defendendo minha opinião. Meu comentário foi única e tão somente sobre a declaração do casal. Se os bens do médico foram distribuídos, penhorados, dados, não sei, se ele fala a verdade ou mentira, tbém não sei, não cabe a mim julgar, existe justiça pra isso, quem tiver culpa vai pagar. Graças a Deus não passei pelas situações que vcs dizem ter passado e aguardo como todo bom cidadão a resolução do caso. Isso não justifica eu externar o que penso em relação a esse outro processo movido contra o médico.; Tá virando moda culpar os médicos de tudo. Meu Deus!!! Esse processo não tem nada com o outro processo de abuso, etc... Sobre o processo de abuso sexual já sei qual o pensamento de vcs e já disse anteriormente o meu. Esse comentário que fiz é sobre outra situação. Poderia ser o médico de Rondônia, de Salvador, Santo Andre, da China, enfim, independe do médico o que me afetou foi a conduta dos pais. Parem de achar que existe um complô a favor do DR.Roger, da minha parte não é com certeza, não preciso disso, tenho minhas convicções e estou bastante feliz e satisfeita com elas. Não posso falar por ninguém, só posso expressar o que eu viví e passei, como fui tratada e o que me foi esclarecido antes de aceitar fazer ou não o tratamento, o livre arbítrio é isso, a gente tem a opção de escolher,se depois não der certa não podemos culpar ninguém pelo sentimento de frustração ou perda.
Anônimo disse…
O casal pagou para que seu embrião fosse testado antes da implantação.Procedimento comum,visando evitar anomalias genéticas.
Mas o medico não fez o procedimento corretamente,e implantou embriões com problemas.Problemas que o casal pagou para diagnosticar.
O casal pagou por uma prestação de serviço,que não foi feita,o que acarretou o sofrimento desnecessário e irreparável de um bebe inocente e sua família.A discussão deveria se estender somente a esse mérito, ,e que isso deveria ter sido evitado,pois o medico disse que faria,e o casal pagou por isso.
Anônimo disse…
Engraçado que as vitimas mudam assunto né?
So porque estão erradas.
No ataque sabem atacar ne, porque não se defendem.
Conta no exterior? Pra que esta tão preocupada?!Cuida do seu, o seu interesse ta bem explicito.
Anônimo disse…
Opaaa.....Calma lá....Quem é voce anonimo das 21:14.
O casal pagou para o embrião ser testado antes da implantação sim, e foi avisado do que poderia ocorrer.
Voce entendeu????
Anônimo disse…
Anônimo das 21:14,

Isso não é verdade, o casal não pagou pelos exames. Informe-se melhor.
Daniela disse…
PRISCILA:

Você deveria lavar a boca com sabão antes de falar o que não sabe. O casal pagou pelo estudo do embrião, anterior à implantação. Nenhuma anomalia foi detectada e por isso o embrião foi implantado. Sabe pq nenhuma anomalia foi detectada ?? Pq o embrião não foi testado, o que foi pedido pelo casal. Eles pediram e pagaram por isso. E pagaram ainda, com a vida e o sofrimento dos seus filhos. Você reclama na Telefônica qdo tem um problema. Reclama no cartão de crédito qdo sua fatura vem a maior. Pois aqui estamos falando de uma questão muitíssimo mais grave: uma VIDA. Mais o sofrimento de seus pais. LAVE A SUA BOCA COM SABÃO ANTES DE FALAR O QUE NÃO SABE. VOCÊ É LEVIANA.
Daniela disse…
AO ANÔNIMO QUE DIZ TRABALHAR NA CLÍNICA:

Como disse acima, o embrião não foi checado antes da implantação ou este problema não ocorreria. O que adiantava saber no pré-natal,quando o feto já se desenvolvia no útero de sua mãe ? Nem todos enxergam o aborto com a mesma simplicidade que você. Se você realmente trabalha na clínica, sabe muito bem que inúmeros casais fazem fertilização unicamente para se precaver de problemas como essa síndrome. Seja decente. Assuma mais este erro desta clinicazinha de fundo de quintal, com faixada de teatro chique.
Anônimo disse…
Anônimo das 22h29:

Não tenho como garantir que tenham pago, mas tenho como garantir que imploraram o teste do embrião. Eis o resultado que tiveram....
Anônimo disse…
Gente,deixemos de hipocrisia.As fatalidades acontecem,mas o casal que sofre pela perda da criança sindromica não precisava ter passado por essa dor.Todas as mulheres quando engravidam (digo todas) almejam o melhor para o seu tão desejado bebê.Fazem planos,cercam-se de cuidados,pre´-natal,etc.Porque querem cuidar da saude do bebe.Ninguém quer gerar um bebe especial,nenhum casal sonha com isso.As pessoas passam a ama-los,por que são filhos queridos ou porque realmente são contra o aborto.Naõ critico ,nem faço apologia,pois as pessoas tem limites de aceitação diferentes.Gostaria de colocar que crianças especiais ,necessitam de pais igualmente especiais(ou mais),cuidados especiais e suporte para a vida toda.Tudo isso é muito caro,principalmente quando o desejo de investir num projeto de vida ficou comprometido.Quem tem filhos,tem medo de morrer precocemente.Como e com quem deixá-los,na minha falta?Crianças normais,facilmente encontrarão o seu destino.E os especiais?Nenhum pai ou mãe aceita uma doença no filho.Muitas vezes gostariamos de estar no lugar deles,para que não sofressem.Para quem recorre a uma fiv para realizar o sonho da maternidade(paternidade),toda essa expectativa é potencializada ao maximo.Quando a proposta é feita pelo papa da fiv no Brasil,com amparo cientifico como por exemplo biopsia e estudo do embrião,nenhum casal vai pensar em sindromes ou malformações congenitas.Todos os riscos serão minimizados,num pre-natal bem feito.Mesmo assim correremos riscos ,poque viver é um risco ,e ser MÃE e PAI não é fácil.È um eterno zelo.Todos desejamos filhos saudaveis.Se não são saudaveis, são nossos filhos.Se existem e são especiais ,deverão ser amados porque são nossos filhos.Nem sempre é assim,mas também nem sempre é assim com crianças normais.Não julguem.Tenho uma filha adotiva,saudavel e linda.O MAL que levou-a ao abandono,foi substituido pelo BEM da realização do meu sonho de ser mãe dela.Ninguem deseja o abandono,ninguem deseja a doença,ninguem deseja a miseria.Sabemos que elas existem,e como seres humanos temos o dever de tentar atenuar todos os sofrimentos.Hoje agradeço as duras palavras do dr Roger,a sua prepotencia,o seu descaso.Quase afundei meu casamento na compulsão de tentar engravidar.Consegui aceitar a minha infertilidade e depois a minha esterilidade.A partir daí,aceitei a possibilidade de adotar(nunca desejei isso em primeiro plano).HOJE SOU MÃE,e FELIZ...
Anônimo disse…
Aos senhores que postararam acima, aqui quem esta postando novamente é o pai da criança que veio a falecer.

1) Quando fizemos a reportagem, ela durou em média 40 minutos, eles recuperaram o que mais acharam pertinente, nem quase 60 segundos. E nisso acaba havendo alguns erros...

2) O que apresentaram não foi um contrato... pois contrato tem dos dois lados as responsabilidades e os direitos de cada um, e também valores, e é assinado por ambos procedimento que não ocorreu. E este contrato deveria ter sido assinado POR AMBOS quando se inicia a conversa e não 1 mês e meio depois, após todo o tratamento, e nos minutos anteriores a retirada dos óvulos e do colhimento dos espermatozóides para serem colocados dois dias depois, se assinar um TERMO DE RESPONSABILIDADE, apenas nossa. Nós pagamos, nós procuramos a melhor clínica, o melhor médico, e estes não tem nenhuma responsabilidade com o que acontece?

3) Novamente vos falo que o acerto que fiz com o Sr. Roger foi para ser feito o exame, porém como seu filho/sócio nos mandou, e isto já está com a promotoria, o Sr. Roger optou por não fazer. Uma premissa, uma responsabilidade SOMENTE dele...

4) Um outro médico da clínica, que por enquanto não pode ser mencionado, mas bem conhecido com sociedades em clínicas também de reprodução, nos falou, para defender o não procedimento, mesmo pago, sobre o mosaicismo... ou seja, mesmo fazendo o teste poderia haver algum “FURO”, pois poderiam colher alguma célula “boa” no meio das com síndrome de Edwards. Só que nosso filho não tinha mosaicismo, MAS 100% DAS CÉLULAS do seu corpinho tinham a dificuldade da síndrome de Edwards. SABEM O QUE SIGNIFICA, NÃO FIZERAM TESTE ALGUM... ISTO TAMBÉM ESTÁ NA PROMOTORIA, E NO MOMENTO CERTO VIRÁ A TONA!!!

5) Uma outra parte que também esta na promotoria, foram colocados 4 embriões: 3 muito bons e 1 EXCELENTE. A) Como eles poderiam saber disso já que assumiram que não fizeram teste nenhum; B) Se o EXCELENTE era o nosso querido e sofrido filho que tinha síndrome de Edwards, que seria se os embriões fossem bons, quase bons, regulares... ALGUÉM PODERIA RESPONDER?

6) Uma ouro ponto importante é que a minha esposa não gerou apenas 4 óvulos, mas mais do que 11, onde estão eles, o que fazem com eles?

7) AO ANÔNIMO DAS 16:52 VOCÊ É MENTIROSO, SE REALMENTE TRABALHA NA CLÍNICA. Mande para o Sr. Paulo Lopes que no pré natal feito com vocês foi diagnosticado a síndrome de Edwards. Mande para o email dele, mande uma cópia deste laudo para ele colocar aqui para nós vermos. “E FICO MUITO PREOCUPADO” por você ainda trabalhar nesta clínica porque não sabe que qualquer diagnóstico sobre esta síndrome só pode ser feito depois da CARIOTIPAGEM. E OUTRA COISA MENTIROSO, EU NÃO SABIA QUE ALÉM DE TODAS AS DIFICULDADES QUE A DOENÇA TRAZIA EM SÍ, ELA ERA PRÓ-MORTE, POR ISSO QUE DISSE AO FANTÁSTICO QUE O QUE MAIS ME DOEU FOI NÃO SABER DAS DIFICULDADES, MAS QUE A CHANCE DELE VIVER ATÉ O PRIMEIRO ANINHO DE VIDA ERA DE APENAS 2%.

8) E AINDA AO ANÔNIMO DAS 16:52, só
estive na clínica para pedir ajuda porque o pezinho do meu filho estava torto, e isto 6 dias antes do bêbe nascer prematuro de 6 meses, e o “DOUTOR” que falei acima que é sócio de outras clinicas de fertilização, junto com outro “DOUTOR”, viram a ultra, disseram que não podiam fazer nem afirmar nada porque só acompanhavam até o terceiro mês, como estava no sexto teria quer ser com o nosso médico aqui na nossa cidade. No entanto disseram que não viam nada de mais para nos preocupar.
Anônimo disse…
(CONTINUANDO)Aos senhores que postararam acima, aqui quem esta postando novamente é o pai da criança que veio a falecer.

9) A SENHOR PRISCILA DAS 19:59, Eu não estou “gritando” apenas na letra, nós estamos gritando por dentro, porque não sei se a senhora sabe, omissões sofrida por eu e minha esposa, porque o nosso foi omissão, e de muitas outras famílias, abusos sexuais entre eles, ecoaram por dentro do CREMESP, das delegacias, dentro dos tribunais desde 1970 e nada fizeram... Veja o caso do Fantástico, do pai que descobriu que não é o pai dos gêmeos, eu mesmo conheço, e está no grupo dos que estão como testemunha no Ministério Público, que nem o pai e nem a mão são os pais biológicos... A senhora sabia disso? Ladrão não é apenas quem rouba 1 milhão, mas quem furta um centavo que não é seu. Não é porque a senhora, graça a Deus (de todo o coração), foi mais afortunada e tudo correu bem pode fechar os olhos para aquilo que não é ou não parece tão correto, que tem fumaça. Porque apesar de dizer que está isenta, a senhora ainda não consegue acreditar muito bem o que passamos, em contra ponto arrefece tudo que tem vindo a tona sobre este Sr. Mas a senhora já observou que nenhum artista, nenhum socialite que foram atendidos por ele se quer vieram falar bem, defende-lo apesar de tudo ter corrido bem? E por favor, não pare de escrever o que pensa, pois me parece ser uma pessoa autêntica em busca da verdade. Então ela te encontrará...

10) AO ANÔNIMO DAS 21:14H. Muito obrigado pela simplicidade!

11) AO ANÔNIMO DAS 22:20H. Lembra-se de Sérgio Augusto Naya, engenheiro, construtor, deputado, falecido, mas responsável pelo desabamento DOLOSO do edifício Pálace II em 22 de fevereiro de 1998 (quase 12 anos), feito entre outras coisas com areia de praia, deixou 8 mortos e 2000 desabrigados E 109 falsificações de documento público. Até agora dos 60 milhões de indenização, apenas 8 milhões conseguiram ser segurado. O restante está em juízo e uma GRANDE PARTE FORA DO PAÍS que esta sendo negociado a sua entrada de volta para pagamento do que der.

12) AO ANÔNIMO DAS 22:23H. “”””SR. PAULO LOPES, GUARDE ESTE POST E O IP DESTE SR. QUE ME PARECE SER O MESMO QUE SE DIZ TRABALHAR NA CLINICA””””. Você concorda que eu paguei para fazer o exame, isto é muito bom meu grande ajudador da causa, porém, e o senhor deve saber muito mais do que ele, o filho do Sr. Roger me escreveu dizendo que não fez o exame. ENTENDEU!!! A cópia da carta enviada por ele deve estar aí na clínica onde o Sr. Trabalha.

13) AO ANÔNIMO DAS 22:29. Eu paguei sim pelo tratamento, foram R$ 40.200,00, (fora os medicamentos, estadias, transporte, alimentação), depois o Sr. Roger cobrou mais R$ 6.000,00 além do que eu paguei no início. No entanto, mesmo assim ele assumiu por risco próprio não fazer o exame, acarretando todo o sofrimento que meu filho passou.

14)DANIELA DAS 23:12 - (menos..., mas muito obrigado)

15)DANIELA DAS 23:15 - Muito obrigado novamente

16)ANÔNIMO DAS 23:17 - Muito obrigado

17)ANÔNIMO DAS 00:22 - Resumiu muito bem... Muito obrigado.

A todos quero que o Senhor que está nos céus e tudo vê, esquadrinhando os corações e pensamentos, que estava vendo tudo naquela clínica, no seu momento próprio possa dar o desfecho que todos merecemos, inclusive ao "sr. Roger e seus adoradores"

UM PAI AINDA INCONSOLÁVEL!!!
Anônimo disse…
Acho que está havendo uma confusão entre síndromes.

A Priscilla cita a síndrome de Down, cuja criança é o maior presente, como se fosse equivalente à síndrome de Edwards, na qual a criança inevitavelmente morre após muito sofrimento. Não há sobrevivência a longo prazo na síndrome de Edwards.

Pelo que eu entendi do casal do Fantástico e pelo que ele contou acima, eles não queriam uma criança perfeita, mas queriam evitar que essa criança pudesse vir a sofrer, sem chance de sobrevivência.

Sabiam que corriam o risco, pela sua idade, de incorrer na fatalidade de haver a fecundação de um embrião com esta síndrome (que difere das outras pela sua gravidade e fatalidade). Sabiam que isso é algo que independe do procedimento de FIV (é o que vem escrito no papel que assinaram, mas não é isso que estão questionando).

E o que disseram é que, justamente por estarem cientes desta possível fatalidade, é que pagaram à parte um procedimento de diagnóstico, objetivando evitar que o embrião com tal problema insolucionável (síndrome de Edwards) fosse colocado em seu útero se transformando num bebê (que incondicionalmente amariam).

Ao que entendi, o tal diagnóstico não foi feito e, quando o bebê já tinha um coração pulsando no ventre da mãe, a clínica descobriu "a falha", avisou os pais que, talvez por já amarem esta criança que se desenvolvia no útero, se recusaram a abortar. Para eles já devia ser uma vida que deveria seguir seu rumo, só que, infelizmente, um rumo, como se sabe, invariavelmente fatal.

Ao que me parece, estão cientes de tudo o que foi dito neste blog. Não estão culpando o médico pelo fato de ter havido a fecundação de embrião com síndrome (a tal da fatalidade que tanto dizem), o culpam por não ter realizado o diagnóstico da síndrome antes de colocar o embrião no útero (pois havia recebido para isso). Esse diagnóstico era perfeitamente viável, e poderia ter evitado tanto sofrimento a um pobre inocente e também aos pais.

Portanto, não parece que o caso seja de "culpar os médicos de tudo", de "frustração pelo filho ter morrido", "de querer levianamente ter um filho perfeito".

Parece-me muito mais do que isso, parece-me que o casal está bem consciente do que foi combinado com o médico e da irresponsabilidade deste ao "passar por cima de um exame", talvez pensando (ele sim) que a chance de a criança ter esse tipo de problema seria mínima.

A questão é: como um embrião que os pais estavam cientes que poderia ter uma síndrome fatal (tanto que assinaram o tal papel) foi parar no útero da mãe, se foi feito um procedimento diagnóstico para evitar isso (o "papel que deveria ter sido assinado" pelo médico)?

Imagino o sofrimento destes pais, que fizeram de tudo para evitar o sofrimento do filho (até pagaram por isso), vendo este calvário. E sabendo que o médico é quem deveria ter evitado. Uma ação por contrato não cumprido é até pouco.

Pior ainda deve ser vir aqui e ouvir dizer que eles não amaram esse filho o suficiente. Na rua, o povo fala qualquer coisa, é leigo. Se ouvirmos tal barbaridade, temos a obrigação de esclarecê-los.

Aos pais, minha solidariedade.
priscila disse…
Gostariade esclarecer ao anônimo 23/12 as 00:59 que não confundí as síndromes, apenas citei o que ouví as pessoas dizendo sobre o caso.
Aos pais:
Acredito que vcs deveríam pedir que a rede globo/fantástico mostrasse trechos de sua reportágem que pudesse tirar a dúvida das pessoas. A forma como foi exibida deixou muita dúvida e perguntas no ar. Não estou sendo leviana estou questionando, não preciso lavar minha boca com sabão por expor o que penso, como escreveram pessoas acima, é questionando que passamos a enxergar outro prisma ou versão de um fato, por isso, quero perguntar aos pais por que ao tomarem conhecimento do diagnóstico e tendo consciência de toda dor e trauma que seu filho passaria vcs optaram por dar continuidade a gravidez?
Gostaria que o senhor entendesse que essa pergunta é pra conhecer o outro lado da história, pois, o que conheço é o que a mídia tem informado, quero ouvir de vcs.
Anônimo disse…
A SRA. PRISCILA DAS 09:17 - Aqui quem posta novamente é o pai da criança.

1) Posso pedir até ao Fantástico para rever a matéria, mas acredito que não irão colocar ao ar porque esta foi colocada com mais de 2 meses depois de realizada. Se necessário, diante do juiz, pediremos a Globo toda a reportagem...

2) Repito SE HOUVESSE FEITO O EXAME ANTES da colocação dos embriões nada disso teria ocorrido.

3) Não soubemos da síndrome antes de nascer, mas após o nascimento de parto prematuro e depois de ser feito o cariótipo que demora quase 1 mês para a resposta. Tínhamos desconfianças após o nascimento, mas o veredito, inclusive que não era mosaicismo, como os médicos da clínica apregoam para defenderem-se, apenas depois do cariótipo (que é bem caro). E tínhamos que pensar em outros problemas como a cirurgia que meu filho teria que fazer de colostomia e gastrostomia antes das suas primeiras 24 horas... e mesmo que pudéssemos saber acertadamente antes do nascimento, é algo muito difícil de ser feito e altamente arriscado podendo ocasionar aborto, pois teria que “perfurar” a mãe, a bolsa que envolve o neném, e o próprio neném para ser retirada células, e isto só pode ser feito até o 4º mês, com mais 1 mês para o resultado, teríamos 5 meses e o aborto teria que ser feita através de cesária.

4) E um outro ponto é que não saberíamos se nosso filho teria tantos problemas... que o "pacote de sofrimentos" viria tão recheado...

5) No entanto, mesmo que soubesse da síndrome de Edwards ou se fosse síndrome de Down, ou qualquer outra... Acredito que não iríamos interromper a gravidez, pelo mesmo motivo que disse numa postagem anterior... Depois que o coraçãozinho estava batendo rapidamente dentro do ventre da minha esposa... Não havia para nós mais síndromes, pés tortos, mãozinhas diferentes... só um lindo bebê, meio diferente dos demais, mas totalmente lindo.

6) E também acreditávamos e orávamos crendo que Deus iria e poderia fazer um milagre de primeiro pular as estatísticas de morte, depois diretamente ou através da ciência indo corrigindo o nosso filho. Mas o milagre que Deus queria nos presentear não foi uma cura aparente, mas tê-lo “quase” perto de nós por 86 dias, e ele a nós. Quando os batimentos cardíacos dele caiam ou sua respiração ficava deficitária, eu e a minha esposa cantávamos musiquinhas, um dela como “oh coisinha tão bonitinha pai, você vale ouro todo o meu tesouro, és formos da cabeça aos pés...” então as medições dos aparelhos mudavam para melhor. Ele lutou muito, mas o gigante era bem maior.

Sabe sra. Priscila, um dia o verei novamente, ele já faz parte da grande família de Deus espalhada por toda terra. Lá onde nos encontraremos, pela graça do Pai, não haverá mais doença, mais síndromes, mais choro, mais perfurações, mais transfusões, mais morte... Lá acredito verdadeiramente, que haverá paz, amor e uma felicidade indizível, onde poderei junto com a minha esposa nos congratular porque fomos, por um meio muito estranho, por um pequeníssio momento, o canal para nosso filho emprestado vir ao mundo e tornar-se parte de um projeto maior: Ser filho de Deus, parte da Sua família pela morte vicária do Seu Filho Jesus Cristo, que estamos nestes dias comemorando mais um aniversário. É isso que creio, é isso que me faz querer lutar por uma justiça realmente devida.
Atenciosamente,

UM PAI AINDA INCONSOLÁVEL...
Anônimo disse…
Ao pai inconsolável,com toda razão.Entendo a sua dor e sei que é tudo verdade.Pais que passam pela dor da perda de um filho,não inventam estorinhas.Além de tudo cheguei a ser consultada na clinica maldita e a biopsia com estudo do embrião também me foi oferecida ,assim como também me foi explicado sobre a redução do numero de embriões.Quanto ao estudo,confesso que achei procedente,pois ninguém paga por uma fiv ,com todos os recursos disponiveis para ter uma criança sindromica.O discurso do dr Roger era que ele selecionaria os melhores embriões(os campeões).Esse procedimento ,só poderia ocorrer apos estudos,é obvio.Se ele fazia redução de embriões nomais,porque implantou embriões geneticamente anormais.Pura maldade ou não houve nenhum estudo?O exame de cariotipo é feito em muitos casos em gestações espontâneas através de amniocentese.O duro é passar para os pais a responsabilidade de interromper ou não uma gestação tão desejada,quando tudo isso poderia ter sido evitado por um exame antes da implantação do embrião.Não sei qual a religião de voces,mas tentem continuar a vida.Voces certamente tem muito amor para oferecer.Existem muitas crianças precisando desse amor.Pense que esse bebezinho que se foi,foi muito desejado por voces,mas só tinha um curto tempinho de vida para ficar entre nós.Ele escolheu vocês ,que o acolheram com amor e dedicação.Sigam em paz .Desejo a voces um Feliz Natal.Que o tempo amenize essa dor e mantenha o amor e o desejo da maternidade(paternidade)no coração de voc^es.Hoje tenho uma filha adotiva,que é a razão da minha vida.Se hoje eu pudesse voltar no tempo,jamais teria passado pelo que passei , nas tentativas de engravidar.Mas a vida é feita de escolhas e o amadurecimento ´so ocorre quando acumulamos experiencias ,sejam elas boas ou ruins .Pode ter certeza de que falo com o coração.Um grande abraço.
priscila disse…
Agradeço pelo senhor ter esclarecido e respondido minha pergunta, e volta a dizer, não fiz essa pergunta para ferí-lo ou insultá-lo, quis conhecer seus motivos e preencher lacunas que a reportagem deixou. Tenho certeza que Deus escolhe pessoas certas para momentos difíceis. Achei bastante produtivo saber o outro lado, conhecer outra versão, desculpe fazê-los passar novamente por essa dor.
Atenciosamente
Priscila
Daniela disse…
AO PAI INCONSOLÁVEL:

Sou vítima do Roger, dos seus crimes sexuais. Sofri MUITÍSSIMO com essa história toda, mas tenho certeza que muito menos do que você e a sua esposa.

Por experiência própria te digo: saia fora desta discussão. Você vai se ferir mais e mais. Já não basta tudo pelo que passou ?? Deixa estas bestas quadradas berrarem sozinhas.

Cuide do seu coração e do da sua esposa. Tentem ter um ano melhor em 2010. Há uma frase do Vinícius que diz: "A morte arde e depois sossega". Sei que vocês ainda sofrerão muito, mas vocês precisam tentar se ajudar a sair dessa. Não entrar nesse tipo de discussão é um começo. Ninguém merece sua perda de tempo, sua dor ao postar tudo isso. Repito: deixe esses dementes injustos berrarem sozinhos.

Desejo um 2010 feliz para você e sua esposa. Você vão dar a volta por cima e terão sua paz de volta.
Anônimo disse…
só fechando o caso. antes de ficarem falando, algm trabalha com reprodução, alguém já chegou a ler o que diz a sociedade brasileira de fertlização ou a Sul Americana???

não, então antes de qqr coisa se informem. Só pra fechar o caso. alguns testes embrionarios são obrigatorios fazer, sem terem q ser tido pagos.

e for detecato alguma anomalia, os pais devem ser imdeiatamente inforados e decidirem o que fazer com o embrião.

e pelo que percebi do casal, isso não aconteceu...ou seja, o dr. roger sabia o que estava fazendo, no minimo foi erro medico.

outra coisa, nenhum banco consegue juridicamente a arreio de credito, em menos de 4 anos, até pq existem recursos, bloqueios de sentença, mandado de segurança.

qqr pessoa que quiser pesquisar com quem trabalha com recuperação de rtivos, esse é o nome que se dá, verá que no caso do routor há algo mto errado, até pq não houve negociação para pagamento..tudo isso tem que estar no processo.

agora antes de defederem se informem melhor..
Anônimo disse…
"O casal pagou para que seu embrião fosse testado antes da implantação.Procedimento comum,visando evitar anomalias genéticas.
Mas o medico não fez o procedimento corretamente,e implantou embriões com problemas. Problemas que o casal pagou para diagnosticar.
O casal pagou por uma prestação de serviço,que não foi feita,o que acarretou o sofrimento desnecessário e irreparável de um bebe inocente e sua família.A discussão deveria se estender somente a esse mérito, ,e que isso deveria ter sido evitado, pois o medico disse que faria,e o casal pagou por isso."

Apesar de todos os erros cometidos pelo Dr., eu sei o quanto esse casal amou esse filho. Conforme ela disse no Fantástico, nenhuma indenização cobre o sofrimento que esse bebê passou, e eu sei o quanto essa mãe desejaria esse filho vivo. Infelizmente a Síndrome de Edwards traz inúmeras complicações que IMPOSSIBILITAM a sobrevivência do bebê. Garanto à Priscilla que, caso estivesse vivo, seria um filho muito especial e muito amado, que não seria "devolvido" jamais.
Olhar um quarto preparado para um sonho que foi despedaçado é um sofrimento diário para esses pais. Quem não sabe da história e diz bobagens deve ser esclarecido que a Síndrome de Edwards não é como a Síndrome de Down, é algo fatal. O que o DR. fez deve ser considerado (além de uma péssima prestação do serviço proposto) acima de tudo um homicídio.

Ao Pai Inconsolável, conheço vocês e acompanhei essa história desde o princípio. Peço a Deus que os abençoe com a sua paz.
Anônimo disse…
CORRAM QUE O ESTUPRADOR SUMIU COM OS BENS !

Vitimas, os advogados do ex-medico fizeram falcatruas p/ desaparecer com os bens que estariam a disposicao das vitimas p/ indenizacoes possiveis. Desde que comecaram as investigacoes estes advogados estao preparando estas "laranjas" p/ defender o patrimonio de Abdelmassih. Ele abandonou a fazenda de Avare p/ poder mostrar que nao tem dinheiro e isso nao e verdade. Ele tem 5 filhos, genros,demais parentes e os advogados ja arrumaram "laranjas" p/ desviar muitos bens.
NAO DUVIDEM DA HABILIDADE DE DESVIO POR PARTE DE ADVOGADOS ESPERTOS E MUITO BEM PAGOS!
Anônimo disse…
A reportagem do fantastico nao e totalmente real.
Nao precisa ser muito esperto p/saber que este desvio de dinheiro, bens foi propositam a fim de defender o patrimonio do ex-medico Monstro.
Nao ha banco no Brasil que tome os bens de uma pessoa em tempo recorde como aconteceu.Tudo arranjado.Tudo foi comprado p/ nao haver dinheiro p/indenizar vitimas tao sofridas. Nao ha dinheiro no mundo que apague o mal que aconteceu a estas indefesas mulheres.O que os advogados querem e fazer o caso cair em esquecimento, algo muito comum em nosso pais. O caso teve grande repercussao mas no momento estamos aguardando o retorno das atividades apos o Carnaval.Ja tivemos um Natal muito triste em saber que compraram o Papai Noel Gilmar Mendes p/ deixar o Monstro ir p/ casa no dia 24/12 e ainda solto.Ate onde teremos que engolir tamanha tristeza em ver tantas manobras injustas?
Parabens aos advogados de Abelmassih pela estrategia! Mas, continuo confiante em um desfecho final com JUSTICA e todos, realmente todos sabem que ela e uma so. Este homem precisa voltar a cadeia e pagar pelos estragos feitos a tantas familias e mulheres marcadas pelo abuso sexual. Que se a justica brasileira nao for o suficiente que a ONU se pronuncie em favor dos direitos humanos das mulheres que sofrem ainda hoje algo que aconteceu-lhes ha tanto tempo e nao podem esquecer.
Anônimo disse…
ADVOGADOS BEM PAGOS

Esta e mais uma manobra p/ desvio de bens que poderiam ser disponibilizados p/ indeniar vitimas de Roger Abdelmassih, o estuprador que usa Propofol.
O Fantastico foi simplesmente ingenuo na sua reprotagem ao declarar que bens foram tomados pelos Bancos. So mesmo brasileirosp/ acreditarem que isso seja verdade! O Monstro nao esta ficando pobre! Nao ha pagamento de dividas e sim formas de burlar a justica porque o Roger esta sendo acusado pelos crime faz mais de 2 anos e so agora puseram as maos nele. Nao acreditem em tudo! Tem muito dinheiro escondido. PROCUREM ANTES QUE ELE DESVIE ATE O ULTIMO CENTAVO P/ NAO PAGAR INDENIZACOES. Ele adora dinheiro e so mesmo doendo no bolso. O homem e inescrupuloso e nao tem nada de bobo. Esperto feito uma raposa, mas espero que a raposa volte p/a jaula!!!