Mais nove ex-pacientes acusam Abdelmassih de abuso sexual

Abdelmassih-Roger

Desde a prisão preventiva do médico Roger Abdelmassih (foto), em 17 de agosto, mais nove mulheres se apresentaram à polícia acusando-o de abuso sexual. Uma delas veio dos Estados Unidos para registrar queixa na Delegacia da Mulher em São Paulo. Pelo menos outras sete ex-pacientes deverão comparecer à policia nos próximos dias. A informação é da Band.

Abdelmassih é o especialista em reprodução humana assistida mais conhecido do país. Ele fez fama por alardear uma elevada taxa de êxito de fertilizações da sua clínica e por tratar de mulheres de ricos e famosos, como Roberto Carlos (foto abaixo).

No começo deste ano explodiu um dos maiores escândalos do país envolvendo atendimento médico: dezenas de ex-pacientes denunciaram o especialista de abusos sexuais, incluindo desde beijos de língua na boca à penetração vaginal. Abdelmassih se diz inocente.

Antes que o MPE (Ministério Público Estadual) de São Paulo o denunciasse formalmente à Justiça por estupro de 56 pacientes, o médico por três vezes deixou de comparecer à polícia para depor. Numa das vezes, em março, ele obteve do STF (Supremo Tribunal Federal) liminar para não se apresentar com o argumento de que desconhecia a íntegra dos depoimentos do inquérito policial e quem o acusava. Ainda assim na época ele dizia que tudo não passava de fofocas.

Abdelmassih teria começado a abusar de pacientes  no inicio de sua carreira, em Campinas (SP), nos anos 70, quando ainda não tinha se especializado em reprodução humana e dava atendimento como urologista.

Em 1999, uma ex-funcionária o denunciou ao Ministério Público de ter sofrido abuso quando estava sedada. Na época, a juíza Kenarik Boujikian Felippe não aceitou a apuração do MP porque, no entendimento dela, o órgão não tem poder de investigação, mas só a polícia, para a qual foi enviado o caso. (Trata-se de uma questão de competência que surgiu com a Constituição de 1988 e que divide os juízes.)

Algo estranho ocorreu ao final de 2008 e que até agora não se esclareceu: os documentos das investigações despareceram do Fórum da Barra Funda, em São Paulo. Depois de refeitos com cópias, os originais foram encontrados em um banheiro do fórum.

Agora, o caso Abdelmassih, encorpado por muito mais denúncias, volta à juíza Kenarik. Caberá a ela decidir se atende ao pedido dos advogados do médico de reconsideração da ordem de prisão preventiva, de modo que ele possa responder à Justiça em liberdade.

Kenarik pediu um parecer do Ministério Público, que se manifestou pela manutenção da prisão com o argumento de que, se for solto, Abdelmassih poderá inibir o surgimento de novas denúncias. Ex-pacientes temem que ele fuga do país.

roger-Roberto-CarlosA juíza tomará sua decisão até o final da próxima semana.

Márcio Thomaz Bastos e José Luís Lima, advogados do médico, vão recorrer à instância superior, caso Abdelmassih continue na Penitenciária de Tremembé.

> Caso Roger Abdelmassih.

Comentários

Reclamão disse…
""...Na época, a juíza Kenarik Boujikian Felippe não aceitou a apuração do MP porque, no entendimento dela, o órgão não tem poder de investigação, mas só a polícia, para a qual foi enviado o caso. (Trata-se de uma questão de competência que surgiu com a Constituição de 1988 e que divide os juízes.)""
Creio que ao cidadão e contribuinte, mantenedor dessa máquina pública capenga, pouco importa a discussão acadêmica sobre a burocrática competência, muitas vezes utilizada para conveniência de criminosos. O que nos interessa é a apuração do feito, a verdade, a justiça absoluta, o bandido trancafiado.
Anônimo disse…
Bandido!! E esse povo da high society, tipo Roberto Carlos, Hebe, Pelé, Fatima Bernardes, etc...tudo babavam o ovo dele! No nosso século ficou provadíssimo que escolaridade e/ou condição financeira não acrescentam absolutamente nada ao caráter de ninguem!! Estupidez, banditismo, maucaratismo existem em qualquer lugar, em qualquer meio social!!! As pessoas querem sslecionar suas amizades usando como critérios a condição financeira e o prestígio social das pessoas! Tomem!
Anônimo disse…
O advogado de 5 milhões 12.12.2009

Circulava ontem no restrito mercado da advocacia criminal que o ilustre jurista e fã de Carmem Miranda, Márcio Thomaz Bastos, cobrou a bagatela de R$ 5 milhões para colaborar na complicada defesa do médico urologista Roger Abdelmassih.

Junto com o famoso advogado José Luís Oliveira, Bastos também assina o pedido de reconsideração da prisão do especialista em reprodução humana acusado de ter cometido estupro contra 60 pacientes.

O pedido foi recebido pela juíza titular da 16º Vara Criminal de São Paulo, Kenarik Boujikian Felippe, que o encaminhou para a análise do Ministério Público.

Antes do caríssimo Thomaz Bastos entrar em campo, três pedidos de habeas corpus anteriores feitos à Justiça de São Paulo, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) foram negados.

http://www.alertatotal.net/
Anônimo disse…
Alguém muito próximo ao doutor, me contou que a cifra paga ao digníssimo ex-ministro da justiça, foi outra. Bem mais gorda: R$25.000.000. Quem pode, pode. Tanto faz a causa, o que importa é o valor... para alguns.
Anônimo disse…
Sem cólera nem parcialidade, os fatos foram descritos, as provas e evidências colhidas e, a cada dia avoluman-se denúncias e ilícitos praticados pelo espírito insáciável deste médico que apegado a uma fantasia de majestade, a exigir reverência de uma biografia que, na sua convicção, o torna imune a questionamentos.

Não! Não, é um filme! É só mais um episódio de um drama que envolve muitas vítimas e um acusado que entendia que nunca haveria prestação de contas com a justiça.

Espero que um dia este médico possa ler sua "biografia desautorizada", confortavelmente sentado na laje da cama, em sua cela no Tremembé.

Qual será o conteúdo do próximo capítulo?
Anônimo disse…
Teve um anonimo que postou que a jornalista, Fatima Bernardes o defende por ter feito a FIV com ele mas isso está incorreto. A Rede Globo nunca gostou do "DR" e a Fatima fez sua FIV em Ribeirão Preto!!!!!!
Anônimo disse…
Albdelmassih: das colunas sociais para as páginas policiais.


O médico que durante muito tempo foi apresentado a Sociedade como referência em reprodução assistida no país e, que além de habitual freqüentador de programas televisivos de fofocas e entretenimento, bem como renomada revista de celebridades, isto tudo através de matérias e entrevistas pagas, continua ainda a freqüentar a mídia impressa, falada e televisada, contudo, atualmente as matérias a seu respeito não são, mais pagas, assim como foi abandonado pelos(as) amigos(as) celebridades, foi transferido obrigatoriamente das colunas sociais para as páginas policiais.

Vale também lembrar que os custos que tinha anteriormente para veicular as matérias e entrevistas em seu favor, continuam, contudo, com valores multiplicados e diretamente proporcionais à sua defesa.

Estes mesmos custos que ontem serviam para inflar sua fama e prestigio e, obviamente obter retorno financeiro através de uma pretensa e notável capacidade profissional, hoje servem tão somente para contestação dos muitos ilícitos e crimes dos quais é acusado.

Enfim, diga-se o que for, mas que o sujeito é colunável! Ah! Isto ele é!
Anônimo disse…
Exatamente isso... Fatima Bernades não fez tratamento com ele.As pessoas estão confunfindo e agredindo os famosos, só porque eram amigos. Por acaso vc que agride não tem amigos??? e se derepente um de seus amigos fosse descoberto como pedófilo, vc seria culpado? acha justo ser agredido porque era amigo do tal?
Anônimo disse…
Esses que estão zangadinhos dizendo que a Fatima Bernardes não fez FIV com ele, devem ser parentes dela ou ela própria. :)
Anônimo disse…
Ao anônimo das 17:41 - você tem razão, não temos mesmo que agredir os famosos apenas por serem amigos, por terem se tratado e por possivelmente terem também suas mulheres sido vítimas do doutor. Mas da mesma forma que aquela legião de famosos foi outrora à mídia para colocarem o médico-estuprador no pedestal que ele ocupava, uma atitude digna que eles deveriam ter , assim que o julgamento for finalizado, é de ir à mídia e dizerem como estiveram enganados e também atirar pedras no médico-monstro.
Anônimo disse…
Acho que ele pensava que o mundo e o Brasil ainda estavam no século XIX! Se deu mal kkkkkkkkkkkkkkk
Gente, quem quiser dizer o que quiser, que diga! Quem quiser achar o que quiser, que ache! Mas é fato: o mundo mudou,o Brasil mudou, as coisas mudaram, quer queiramos, quer não! Ele se achava o rei da cocada preta, o todo poderoso, o ricão intocável. Tudo isso seria mesmo verdade...até o século XX! Não acordou pro mundo, se ferrou! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Silvia disse…
Advogados de defesa esperam Abdelmassih que seja solto hoje | 9:47
Os advogados José Luís Oliveira Lima e Márcio Thomaz Bastos, responsáveis pela defesa de Roger Abdelmassih, apresentam hoje à juíza Kenarik Felippe, da 16ª Vara Criminal de São Paulo, a defesa por escrito do médico. A dupla está na expectativa de ainda hoje a juíza responder sobre o pedido de reconsideração da prisão foi feita na terça-feira passada.

No pedido, os criminalistas argumentaram que a suspensão do registro profissional de Abdelmassih decidida pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo já impede que ele exerça a profissão. E que, assim, Abdelmassih deixaria de representar um potencial perigo para seus pacientes.

Esta é a quarta vez que sua defesa tenta retirá-lo da cadeia. Antes, foram tentados três pedidos de habeas corpus - no Tribunal de Justiça de São Paulo, no STJ e no STF. Todos tiveram liminar negada. Um dos maiores especialistas em reprodução assistida, Roger Abdelmassih, de 65 anos, está preso desde 17 de agosto em São Paulo. O médico responde a 56 acusações de estupro, todas negadas por seus advogados.

Por Lauro Jardim
Anônimo disse…
Faço votos para que continue "residente e domiciliado em Tremembé", pois com "residência fixa" será muito mais fácil para ser encontrado por seus amigos e amigas celebridades!

Vai que se reúnam para fazer um show surpresa!

O local "não e muito adequado para receber os amigos", mas amigo que é amigo" não se importa com conforto e, sim com a "verdadeira amizade" - aquela sem interesses – incondicional e sem luz de refletores.

ÉH! Rei Roberto, cantando, Tom e Nobrega fazendo humor, Pelé fazendo embaixadinha e a Hebe dizendo, "Vc ficou uma GRAÇINHA sem bigode".

E como Albdelmassi sempre gostou de registrar seus momentos ao lado das celebridades, sugiro, ao final, a famosa foto, onde anfitrião e todos os convidados posam aos fleches das câmaras.

Ta legal! O fundo da foto não vai ficar das melhores! Mas amigo que é amigo...
Anônimo disse…
Ao anonimo das 20:42... eu postei que a Fatima Bernardes não fez sua FIV com o "DR" pois ela mesma nunca escondeu o fato de ninguem e muito menos de que fez com um medico de Ribeirão Preto. Este anonimo deveria se informar melhor pra não falar asneiras... ah, a proposito EU não sou parente do ex medico e sim sou vitima dele, me chamo Helena Leardini e fui assediada em 2003.
Anônimo disse…
sr paulo....vc acha correto a postagem das 17:27 epq o sr não posta que mandam...o sr é um manipulador e deve tar atras de um esquema bem grande.Voce não é um jornalista correto. Por isso sustenta essa classe de bando.
Anônimo disse…
Ao Anônimo das 19:45 - Sua mensagem é quase ininteligivel. O Paulo é manipulador? O que ele tem a ver com o post das 17:27? A que classe de bando está se referindo? Enfim - defina melhor o que você pretende escrever antes de fazê-lo. Sugiro que anote o que pretende escrever num caderninho e leia algumas vezes para ver se faz sentido, antes de sair postando aqui.
Anônimo disse…
Aos anônimos das 19:45 e 22:23,

GARGALHADAS!!!!!!

Gostei do lance do caderninho! Eu também não tinha entendido nada!!!!
Anônimo disse…
Como já diz Millôr Fernandes:

"Não me contem!
Ele era tão famoso
Antes de ontem! "
Anônimo disse…
Caso a MM Juíza Kenarik Boujihian, num ato de completa desfaçatez para com as mulheres e a população do Brasil, conceda a liberdade desse "monstro", o CNJ deverá intervir imediatamente. O Roger pode não só ameaçar pessoas como já fez, mas talvez mandar matar alguém. Ele é capaz disso sim. Além disso, o caso Roger Abdelmassif encobre uma série de outros crimes, inclusive tráfico de órgãos, retirada de óvulos sem a permissão da vítima, para serem vendidos no mercado internacional. Eis a origem do dinheiro escuso dele. O mercado de óvulos, fora do Brasil, é milionário.
Anônimo disse…
Deu para entender direitinho, SIM, o que o anônimo das 19h45 disse. Este blog está nojento, com comentários de revirar o estômago de qualquer pessoa com o mínimo de educação e sensibilidade.
Luciana disse…
Nojentos foram os mais de setenta crimes(denunciados,porque nunca saberemos quantos realmente foram)desse Roger Abdelmassih.Se o estômago revira,é por nojo desse sujeito,que por décadas abusou,estuprou,retirou óvulos sem consentimento ,ameaçou e intimidou pacientes para encobrir seus crimes.Sensibilidade tenho pelas muitas pacientes cujas vidas e sonhos foram brutalmente violentados pelo monstro.
Aproveito para agradecer a essas mulheres,que se expuseram denunciando o psicopata tarado.Evitaram que muitas outras sofressem um abuso semelhante!
Anônimo disse…
Oi Luciana, o meu comentário não foi em defesa do médico (16h48). O seu comentário mostra uma pessoa equilibrada, mas se ler com atenção, verá que muitos que escrevem neste blog estão claramente desequilibrados e provavelmente possuem um desvio psicológico tão grave ou pior do que o do médico. Basta ler com atenção. Aliás, algo que eu não deveria mais fazer, pois realmente me revira o estômago.